quarta-feira, 10 de julho de 2019

Troque o Estado-Ladrão pelo Estado Necessário



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

O que falar de um País com 64% das famílias endividadas e uma inadimplência média de 23%? Não basta pedir para aguardar a aprovação da reforma da Previdência... Também não adianta fazer aquele apelo inútil para que o devedor ou inadimplente reduza ainda mais seus gastos, porque muitas das despesas são geradas por impostos e agravadas por juros e multas... A Crise é estrutural, e não conjuntural...

Não há solução segura, se a economia não voltar a crescer. Para isto, não existe mágica. O único jeito é tirar o Estado do cangote do cidadão. É preciso gerar mais empregos. É preciso baixar e eliminar impostos. Fintechs e cooperativas de créditos precisam tomar o lugar dos bancos tradicionais, fornecendo crédito produtivo ou para o consumo bem mais barato. Enfim, o Brasil tem de evoluir do Capimunismo Corrupto e Extorsivo para um Capitalismo Democrático, Cooperativo e Solidário.

Essa transição é o maior desafio do Governo Bolsonaro e de toda a sociedade brasileira. Este é o discurso que tem de ser exaustivamente repetido, até se tornar realidade. O Estado-Ladrão tem de ser substituído, o mais depressa possível, pelo Estado Necessário. Elimina-se o regramento excessivo e adota-se a legalidade baseada em regras enxutas e procedimentos burocráticos mínimos. Se o Brasil não fizer tamanho dever de casa, será condenado à periferia do mundo cada vez mais tecnológico e competitivo.

Os avanços econômicos e burocráticos precisam vir acompanhados da Reforma Política. A prioridade imediata é a adoção do Voto Distrital já na próxima eleição municipal, em 2020. O fortalecimento do poder local e a capacidade de pressão imediata do eleitor sobre o eleito são pressupostos urgentes para a evolução brasileira. Eleições mais baratas e com maior chance de representatividade dos escolhidos pelo povo ajudarão o Brasil a mudar mais depressa.

Fundamental lembrar que tudo isso pode ser inviabilizado se a sociedade brasileira não conseguir uma vitória efetiva no combate ao Crime Institucionalizado. Este será o maior desafio, porque a cultura do crime está arraigada em todas as classes sociais, em criativas variedades bandidas. O Crime se reinventa e se sofistica. A estrutura estatal brasileira ainda é o espaço perfeito para a bandidagem.
Portanto, o Estado-Ladrão ainda pode ter longa sobrevida, se o Brasil não conseguir superar tantas dificuldades e desafios.  

Balbúrdia


Eis um vídeo que apresenta o retrato fiel do que ocorre  em  grande parte das universidades federais brasileiras.


Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Julho de 2019.

17 comentários:

Loumari disse...

Aquele homem de nome messias bolsonaro não é o que Brasil precisa como presidente. Para Brasil é péssimo este homem. Mas é o presidente apropriado para os brasileiros. Este é o homem perfeito para presidente do povo brasileiro. Perfeitíssimo.
Enquanto 52% da população brasileira vive na condição de extrema pobreza, o presidente se deleita de refeições com no prato lagosta. Um verdadeiro Faraó com baixo a ele seus escravos que trabalham para ele gozar de todos os luxuriantes luxos e dar-se a banquetes dignos de um rei. É publicado em muitos jornais do globo uma sena que é considerado uma burla, onde o presidente de Brasil almoça com o embaixador de Israel e ambos comeram lagostas. Até aqui nada de extraordinário, só que, o embaixador de Israel maquilhou a foto para apagar a imagem da lagosta no seu prato. Pela lei seguida ortodoxamente por judeus lhes são proibidos comer certos animais, esta lei deles é baseada no mandamento LEVÍTICOS 11 "Os animais que se devem comer e os que se não devem comer".

Com esta transgressão, ainda hoje li um novo artigo onde vem claramente escrito que o embaixador de Israel no Brasil está em grandes tormentos. Judeus só devem comer o que é Casher. O resto é considerado impuro e quem comer o que pela lei judaica é considerado impuro, este se fez abominável si mesmo.

Segundo vocês, quem leva uma pessoa a transgressão? A violar seus princípios fundamentais e sagrados na sua crença? E por quê o embaixador de Israel sendo judeu comeu o que pela lei de sua religião proíbe, e por que depois ele tentou o tudo por tudo para borrar a imagem da lagosta no seu prato? Porque, só depois de sair do hipnotismo que se deu conta que comeu o interdito e cometeu grave erro transgredindo a lei o que na sua crença é mandamento inviolável.

Brasil está em decomposição e a fractura social se aprofunda e se alarga. Os que eram da classe media ontem hoje já são contados entre os pobres. E a crise perdura e se agrava.

A economia estagna e na área económica todos os faróis já estão no alerta laranja. Os bancos para continuarem a subsistir num país onde a economia está a meio mastro, privados de liquidez para suportar e manter seu padrão, aplicam tácticas de malabarismo. Manobras Engenhosas que vão até a praticar extorsões de fundos para suportar sua condição difícil de suster. Num país onde as regulamentações não são respeitadas por ninguém, os bancos mediante suas necessidades aplicam métodos não forme as regulamentações de leis de finanças. Por exemplo, as modificações no percentual de taxas de juros, são determinados por quem? Bancos brasileiros quando praticam seu aumento nas taxas de juros o valor não aufere o autorizado e determinado pela lei de finança, aplicam o que o seu conselho determina para responder as suas necessidades para continuar a se manter no verde. Eles não acrescentam a percentagem nas taxas de juros como em outros países onde mediante a inflação as taxas de juros são revisadas para cima ou para baixo. Bancos brasileiros não sabem revisar as taxas para baixo para ajudar a sociedade a investir e estimular a economia. E quando aumentam as taxas de juros, não as multiplicam por dois ou três. Nada disso. O aumento é decuplicado e com muita sorte se não é centuplicado.

Atente pela França! hoje quem precisa de empréstimo imobiliário para comprar sua própria casa que o valor é por ex: de duzentos e cinquenta mil euros, a taxa de juro que se aplica a este cliente é de apenas 1,45%
E isto estimula muito o sector da construção civil. Muito trabalho para as agências de imobiliárias, cria muita venda de material de construção e de renovações, muita grana para os notários que formalizam as compras e vendas (...).

Continua

Loumari disse...

Brancos brasileiros não contribuem com o investimento em seu país. O único que lhes interessa é arrecadar o máximo possível de grana para aumentar seu capital e se repartir confortáveis dividendos entre os membros associados.

Como precisa o Talmude Judaico: Quando o Messias vier, cada judeu terá 2800 escravos. E o tal Messias chegou no Brasil. Agora vocês povo não passam de animais que o Deus deles vos fez em forma humana a fim de que o maçom não seja servido por animais. O animal em forma humana está condenado a servir o judeu dia e noite.”

Loumari disse...


Assisti na Net um vídeo de um idoso argelino no estado de revolta e o homem denuncia: se não nos livrarmos dos franco-maçons nunca alcançaremos a liberdade verdadeira, nunca conheceremos a democracia. A franco-maçonaria é um flagelo e esta praga suga as nações onde eles estão e controlam as instituições e condenam o povo a escravidão.
Nos basta olhar para Brasil, é exactamente isso. Brasil é país pertencente a ordem de Franco-Maçom. Os seus métodos de domínio a nação e controlar o seu povo é o anarquismo. Eles no poder começam por aplicar a doutrina que consiste na primeira etapa, abolir qualquer autoridade organizada, criam regime em que não há governo, aplicam a disciplina de negação de autoridade outra que não seja a deles mesmo, concebendo uma classe política que exclui a sociedade do direito de coerção, criam desordem e confusão na sociedade até tirar o povo força de reagir, tirar-lhe a esperança, e no Brasil onde o povo foi feito lavagem de cérebro, vimos como todos se precipitaram em investir seu voto em apoio ao homem que todo esclarecido, viu que era demónio. Pegaram nos cabeças da máfia de Rio de Janeiro e os coroaram reis e donos do país.
Que povo é este que vota em um idiota como jair? Este homem é o mais idiota dos idiotas, onde ele está sentado deve estar a rir-se tanto deste povo tolo, que creu que um analfabeto funcional havia de ser alternativa judiciosa!
Eles chegaram ao poder graças aos idiotas que sofreram a lavagem de cérebro obra da maçonaria, e agora nos altos escalões, são festas só. O povo escravo trabalha e financia tudo.
Como precisa o Talmude Judaico: Quando o Messias vier, cada judeu terá 2800 escravos. E o tal Messias chegou no Brasil. Agora vocês povo não passam de animais que o Deus deles vos fez em forma humana a fim de que o maçom não seja servido por animais. O animal em forma humana está condenado a servir o judeu dia e noite.”
Povo brasileiro, a vossa crueldade vos cegou de tal modo que não viram a besta chegar. E o pior é que vocês mesmos o constituíste rei sobre vós. Tratamos de vos advertir que este messias trazia consigo a morte, a destruição. Mas vocês se enfureceram contra os que vos advertiam e elegeram aderir aos tentáculos do dragão infernal. Forjaram vós mesmos vossa própria sentença de morte.
Em 5 meses no prato do brasileiro modesto os grãos de arroz e de feijão diminuem cada dia. É a saúde que se desvanece.

Loumari disse...

Brasil: a honra manchada do ex-juiz anticorrupção

O RETORNO DA VARA

Por Catherine Gouëset, 10/07/2019

Jornal francês: L'Express

O ministro da Justiça do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro, o ex-juiz Sérgio Moro, surpreendido por revelações sobre sua imparcialidade, e se vê abandonado por alguns de seus partidários.

https://www.lexpress.fr/actualite/monde/amerique-sud/bresil-l-honneur-terni-de-l-ex-juge-anticorruption_2088771.amp.html


OBS: Sérgio Moro vendeu sua alma ao Diabo contando com ser homem exitoso e gozar de uma carreira brilhante. Ele devia saber que o Diabo não tem amigo. E a glória que vem do poder do Diabo é de muito curta duração.
Fez pacto com gentes absolutamente não recomendáveis contado que ia ser nomeado em exclusividade presidente do supremo federal, para depois, de lá se candidatar para a presidência do Brasil, só que, os Pitbulls ferozes não vão lhe fazer tal favor. jair bolsonaro já se declarou abertamente que é candidato a sua sucessão em 2022
E também seu filho ambiciona a presidência em 2022.
Sérgio Moro, você se julgou muito esperto e por cima de todas as coisas. Só que, você não estudou a lei da natureza que se aplica automaticamente. O que o homem semeia, aquilo mesmo vai obrigatoriamente colher. Resultado, a sua carreira tão ambicionada está a se abortar a luz do dia de maneira muito prematura.

Dizem as palavras da canção de um homem de Deus:

Go tell that long tongue liar
Go and tell that midnight rider
Tell the rambler
The gambler
The back biter
Tell 'em that God's gonna cut 'em down
You can run on for a long time
Run on for a long time
Sooner or later God'll cut you down

Q disse...

Sou seu fã Jorge Serra, mas não dou visita pra esse canal sujo do poeta dos fundos, não.

Anônimo disse...

NUTAVAEL DIZ...
A BURRICE E UMA CARACTERISTICA DE TODA A MULHER IDIOTA, QUE PENSA QUE SABE TUDO E NAO SABE NADA, PRINCIPALMENTE SE ELA FOR ESTRANGEIRA E ESTIVER FALANDO E PENSANDO SOBRE NOSSO PAIS COMO SE FOSSE DELA.
ESTAMOS VENDO UM MONTE DE MENTIRAS JOGADAS AO LEU QUANDO NA REALIDADE O QUE VEMOS E UM PEQUENO GRUPELHO QUE DEFENDE FACÇOES CRIMINOSAS HORA FALA ISTO, HORA FALA AQUILO SEM QUE NA REALIDADE SAIBA O QUE SE PASSA REALMENTE EM NOSSO PAIS.
NOSSO PRESIDENTE TEM SIDO ACHINCALHADO SEM O MENOR MOTIVO QUANDO ASSUMIU A SEIS MESES. ELE RECEBEU UM PAIS AOS CACOS POR CAUSA DE QUARENTA PARTIDINHOS MULAMBENTOS QUE CONTINUAM FREQUENTANDO O DESERTO DE BRASILIA.
E PRECISO SER IDEOLOGICO DE MERDA PARA QUERER ACHAR QUE ELE PODE PASSAR EM CIMA DE UM CONGRESSO FRAUDULENTO, UM SENADO FRAUDULENTO E UMA SUPREMA CORTE FRAUDULENTA.
QUANDO UMA PESSOA PASSA EM CIMA DE TODOS OS DETALHES SERIOS PARA JUSTIFICAR SUAS APOLOGIAS DE MERDA TEM QUE TER VIVENCIADO ESTA DROGA TODA DESDE QUE NOSSO PAIS SE TRANSFORMOU NESTE CENARIO LAMENTAVEL QUE ASSISTIMOS HOJE EM DIA.
ISTO E CULPA DO POVO?}
QUE OPÇÃO O POVO TEM COM QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA CHUPINZANDO NOSSO PAIS E NOSSAS CONTAS BANCARIAS?
QUE OPÇÃO TEMOS SE AS FORÇAS CONTRARIAS CRIADAS POR UMA SUPREMA CORTE DE MERDA QUE ESCONDE PROCESSOS TEMOS SE NA REALIDADE COM AS MAQUININHAS FAJUTAS QUE ESTAO PROGRAMADAS PARA COLOCAR SEMPRE OS MESMOS VAGABUNDOS NO SISTEMA ESTAO A PLENO VAPOR E A SUPREMA CORTE JA ESTA PEDINDO MAIS MAQUININHAS PARA CONTINUAR O PROCESSO DE LESA PATRIA.
EM VEZ DE FICARMOS ACUSANDO QUEM RECEBEU O PAIS NESTA BOSTA FEDERAL DEVERIAMOS ESTAR ACUSANDO OS REIS REUS NESTA PATUSCADA CHAMADA. CONSTITUIÇAO PERNETA QUE DA SEMPRE GANHO DE CAUSA AOS FRAUDULENTOS.
GRAÇAS A DEUS EU NAO PRESENTO PARTIDOS, NAO REPRESENTO MULHERES, NAO REPRESENTO PRETOS E BRANCOS, NAO REPRESENDO VIADOS E SAPATONAS.
EU REPRESENTO O BRASIL, O SENHOR JESUS E O POVO BRASILEIRO SOFRIDO QUE NAO TEM NADA GRAÇAS A MARGINALIDADE DOS TRES PODERES DE MERDA E DOS QUARENTA PARTIDINHOS MULAMBENTOS DO AMEM AMEM. QUEM QUISER USAR OUTRAS BANDEIRAS QUE FAÇA A MINHA E A BANDEIRA BRASILEIRA, VERDE E AMARELA E EU SEMPRE DOU NOME AOS BOIS PORQUE SEGUI TUDO DESDE GETULIO DORNELLES VARGAS, DITADOR PARA CA.
SE ALGEM QUISER VESTIR A CARAPUÇA QUE VISTA E COLOQUE UM LACINHO. DE MINHA PARTE NAO DOU OUVIDOS A MEIAS PATACAS. EU VIVI E VI TUDO. FALEI.

Anônimo disse...

BLOG DO ORLANDO TAMBOSI
Liberal cáustico e anti-ideológico, combatendo o lulopetismo desde 2005.

terça-feira, 9 de julho de 2019

Show de crianças vestidas como drags: respeito ou abuso?

Pais levam meninos que se identificam como meninas transgêneros para desfilar e dançar em Denver; dizem que isso é expressão de amor e inclusão. Artigo de Vilma Gryzinski:

Quando os militares americanos ocuparam o Afeganistão, depois de derrubar os talibãs que protegiam Osama Bin Laden, aconteceu um choque de civilizações.

Muitos ficaram horrorizados e perguntaram, através das cadeias de comando, o que deveriam fazer com os aliados locais a quem deveriam treinar, policiais e militares que exibiam orgulhosamente seus “meninos dançarinos”.

Resposta: a antiga tradição dos Pashtuns, a etnia predominante, deveria ser respeitada. Num país onde homens e mulheres nunca se misturam, os espetáculos de dança dos “bachabaze”, pintados ou vestidos com roupas femininas, eram parte da cultura local.

Os militares americanos que preferiam dar ordem de prisão ou de abrir fogo contra os exploradores de menores, às vezes raptados ou vendidos pelas próprias famílias miseráveis, acataram.

Os meninos afegãos continuaram a dançar e a ser exibidos pelos poderosos locais, que os emprestam ou alugam para ser estuprados por convidados depois das festas. Uma janela para esta barbárie foi aberta pelo livro O Caçador de Pipas.

Em questão de poucos anos, crianças americanas estão sendo levadas por seus pais e mães para dançar em público com roupas femininas.

Em Denver, o “show de drag queens para todas as idades” acontece todos os fins de semana há seis meses.

Cerca de dez crianças participaram do último, no domingo. A polícia manteve à distância um punhado de manifestantes que protestavam contra o espetáculo, com cartazes dizendo que isso é abuso infantil.

“Essas crianças são muito corajosas. Conseguem compartilhar seus talentos e seus dons”, disse à televisão CBS uma das acompanhantes, Elizabeth Mitchell. “Sou cristã e mãe de uma criança gay e minha neta está fazendo uma apresentação hoje. São muitas emoções e muitos conflitos para mim.” CONTINUA....

Anônimo disse...



BLOG DO ORLANDO TAMBOSI – CONTINUA II

Qual a distância entre sentimentos generosos como acolher, amar, respeitar, incluir e prover assistência médica e psicológica a uma criança transgênero, e a simples insanidade de colocar este rótulo definitivo em quem não idade ou maturidade para saber com certeza o que é “uma menina num corpo de menino” ou vice-versa?

O que é um amor de amor paternal ou simplesmente modismo ditado por “influencers”, essa palavra que se tornou detestável?

O que é até uma rejeição inconsciente a ter um filho gay e preferir enquadrá-lo na categoria hoje socialmente mais aceitável de trans?

Quando adultas, pessoas trans, em geral, não querem usar plumas e paetês ou exibir cabeça raspada e musculatura tatuada, entre outros estereótipos, mas parecer pessoas comuns do sexo com o qual se identificam. Fica mais fácil incorporá-las à paisagem social.

‘DESMOND IS AMAZING’

As crianças americanas incentivadas a se comportar como drag queens não são submetidas a violências sexuais como os pobres meninos afegãos. Mas há casos de claro abuso.

Andrew e Wendi Napoles, um casal de Nova York, começaram levando seu filho Desmond para desfilar na parada gay e acabaram por exibi-lo, na época com onze anos, em dança num bar imitando Gwen Stefani.

Os clientes, adultos homossexuais, jogavam dinheiro enquanto o menino magrinho, conhecido pelo selo “Desmond is Amazing”, se contorcia.

O menino foi levado a um programa matutino de televisão. Entrou rebolando como modelos de desfile de lingerie, com peruca cor-de-rosa, e se jogou no chão, numa performance muito aplaudida pelo público e pela dupla de apresentadores.

Se fosse uma menina de onze anos, vestida e maquiada como mulher adulta, seria um escândalo. Erotização precoce, irresponsabilidade criminosa dos pais e incentivo à pedofilia.

Por que com um menino que se apresenta como drag queen é diferente?

Porque o desejo saudável e necessário de combater preconceitos e proteger vítimas de tantos abusos por ser de alguma categoria da coleção de letras — LBGTQIA, e aumentando — virou uma imposição política, social e até legal.CONTINUA.....

Anônimo disse...



BLOG DO ORLANDO TAMBOSI – CONTINUA III

O princípio libertário de que cada um viva como quiser, incluindo no pacote que faça sexo como e com quem quiser, tendo o interlocutor idade e consentimento necessários, está se transformando em seu oposto.

Nos Estados Unidos, com uma inquebrantável, até hoje, garantia de liberdade de expressão, é possível discutir, debater e discordar quando o assunto são as sérias questões envolvidas, no caso de crianças submetidas a tratamentos hormonais, entre outras mudanças sem volta.

Na Inglaterra, um país com outra tradição política e onde as leis costumam ser cumpridas, virou caso de polícia, literalmente.

Queixas por transfobia, baseadas num sentimento individual de ofensa e na lei de comunicações nocivas, já provocaram casos absurdos como o de Kate Scottow, levada detida pela polícia, na frente dos dois filhos, por ter chamado pelo Twitter um ativista transexual de “ele”.

Caroline Farrow foi processada por dizer que a mãe que levou seu filho de quinze anos para uma operação de mudança de sexo na Tailândia havia submetido o adolescente a “mutilação” e “castração”. A mãe, diretora de uma organização voltada para crianças trans, acabou retirando a queixa.

HORMÔNIOS SECRETOS

Tanto Kate quanto Caroline também são militantes, mas do lado oposto: contestam ativamente, pelas redes sociais, que um homem passe a ser mulher se assim o declarar e, em especial, a inclusão obrigatória de crianças na categoria transgênero pelo mesmo motivo.

Uma corrente feminista minoritária também se alinha nessa corrente e protagoniza brigas homéricas com ativistas trans. As mulheres sempre acabam apanhando.

Sem nenhuma militância, uma professora de uma escola britânica que tem o espantoso número de 17 estudantes trans declarou, sob anonimato, que a metade não se se encaixa no quadro de disforia de gênero. CONTINUA...

Anônimo disse...



BLOG DO ORLANDO TAMBOSI = CONTINUA IV E TERMINA....

Na verdade, afirmou, são crianças do espectro autista, influenciadas a se declarar transgêneros por outras, mais velhas. Uma adolescente autista estava esperando a idade legal para se submeter à mastectomia dupla, disse a professora.

Interromper a puberdade com tratamentos hormonais de crianças categorizadas como trans é a intervenção mais contestada, por motivos óbvios, no tratamento da disforia de gênero.

Os médicos britânicos são orientados a fornecer o tratamento sob segredo, sem conhecimento dos pais, se assim for pedido.

Qual a saída para tantas distorções absurdas, levando em consideração todas as incríveis complexidades envolvidas, desde a solidariedade humana mais elementar até a força da lei?

Antes dos 18 anos, os meninos dançarinos do Afeganistão são dispensados, às vezes com uma pequena compensação, por seus senhores.
Perdem a graça juvenil e caem nas desgraças de uma vida traumatizada. Geralmente, através da droga — o Afeganistão é o maior produtor de ópio e heroína do mundo.

O que é o ópio do povo, hoje, num lócus político-social onde pais e mães acreditam sinceramente que estão fazendo um bem às crianças que levam para um “show de drag queens de todas as idades”?

Postado por Orlando Tambosi às 20:42

Loumari disse...

Capriles, candidato contra Chávez/Maduro recebeu US$ 27 milhões da Odebrecht. Fato ocultado ao vazar

https://www.youtube.com/watch?v=2STYVU1eSh8


OBS: Como disse Abraham Lincoln numa das suas citações:

"Podeis enganar toda a gente durante um certo tempo; podeis mesmo enganar algumas pessoas todo o tempo; mas não vos será possível enganar sempre toda a gente."

Anônimo disse...

rvchudo
quarta-feira, 10 de julho de 2019

Lula entra em desespero.

Quando o ex-ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser-Pereira visitou Lula na cadeia em Curitiba, no último dia 19 de maio, ele publicou um texto no Twitter dizendo que o ex-presidente estava “em ótima forma física e psíquica” e que o projeto dele era casar-se quando saísse da prisão. Muita gente acreditou que ele estava realmente feliz e logo os holofotes se voltaram para a socióloga Rosângela Silva, a Janja, sua noiva. Os dois pombinhos namoravam alegremente na cela da PF do Paraná. Mas, agora sabe-se que a felicidade de Lula era farsesca. Na verdade, o ex-presidente está desesperado. Depois de 14 meses atrás das grades, ele não aguenta mais ficar preso. Está enlouquecendo. Teme envelhecer na cadeia. Há dez dias, quando o STF analisou o pedido de habeas corpus de seus advogados para colocá-lo em liberdade, ele até acreditou que poderia ser solto. Com uma nova decisão contrária na Justiça, o desalento atingiu o ponto mais alto em seus níveis de tensão e ansiedade. “Bateu o pânico em Lula”, dizem amigos próximos.

Razões para isso existem de sobra. Na semana que vem, o juiz Luiz Antonio Bonat, substituto de Sergio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, deverá impor nova condenação a Lula, desta vez no caso do recebimento de propinas da Odebrecht na compra de um terreno para o Instituto Lula e de uma cobertura ao lado da sua em São Bernardo do Campo, no valor de quase R$ 13 milhões. O petista pode pegar outros 12 anos de cadeia, o que pode minar de vez sua resistência psicológica. Para agosto, está marcada a continuidade do julgamento do habeas corpus em seu favor, sob a alegação da suspeição do ex-juiz Sergio Moro no julgamento do tríplex do Guarujá, mas os últimos acontecimentos no caso dos vazamentos criminosos dos diálogos dos magistrados da Lava Jato acabaram virando um tiro no pé dos defensores do ex-presidente. Afinal, as conversas não comprometeram a imparcialidade de Moro e o episódio pouco ajudará na formação dos argumentos que podem levar os ministros do STF a decidirem se soltam ou mantêm Lula preso. Esse julgamento, iniciado em dezembro, já está 2 a 0 contra o ex-presidente (votos de Cármen Lúcia e Edson Fachin). Faltam ainda os votos de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Gilmar e Lewandowski devem votar a favor de Lula. A dúvida ainda reside sobre a posição de Mello. No julgamento do HC do ex-presidente há dez dias, o decano votou por manter o petista encarcerado.

Em carta à “Folha de S.Paulo” na quarta-feira 3, no entanto, Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, aniquilou a tese da defesa do petista: confirmou que as obras no tríplex do Guarujá e no Sítio de Atibaia foram mesmo parte da propina recebida pelo PT. “Combinei com João Vaccari (tesoureiro do PT) que todos os custos do tríplex e do sítio seriam descontados da propina nos contratos entre a OAS e a Petrobras”, afirmou Pinheiro.

Outra esperança, a votação no STF sobre a prisão após condenação em segunda instância, também parece esvair-se. O presidente da Corte, Dias Toffoli, disse na semana passada que fechou a pauta do ano e o assunto não foi contemplado. “Pode até haver uma janela para discutir o tema, mas ele não está na pauta”, disse ele, que tende a deixar a questão para 2020. A decisão do ministro renovou sua frustração. CONTINUA....

Anônimo disse...



rvchudo CONTINUA II E TERMINA....

GEBRAN Não deve aliviar

O pior ainda está por vir. No segundo semestre, Lula deve receber uma nova sentença em segunda instância. É que no último dia 15 de maio chegou ao Tribunal Regional Federal da 4a Região o recurso para revisão da condenação à qual foi submetido no caso do Sítio de Atibaia. Em fevereiro, a juíza Gabriela Hardt, da 13a Vara Federal, o condenou a 12 anos e 11 meses de cadeia por ter recebido propinas da OAS e Odebrecht para a reforma do local. O MPF apelou ao TRF-4 pedindo aumento da pena de Lula. O destino está nas mãos do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do processo no TRF-4. Gebran é tido como linha dura e, no julgamento do tríplex, foi o responsável por aumentar da pena do petista de 9 anos e 6 meses para 12 anos e 1 mês.

Como o TRF-4 trabalha com rapidez na análise desses recursos (no caso do tríplex o processo levou apenas seis meses tramitando), é possível que até novembro Lula amargue mais uma condenação em segunda instância. Assim sendo, mesmo que consiga a hipotética liberdade em agosto, terá que voltar para a cadeia três meses depois para cumprir uma nova pena de quase 13 anos atrás das grades. Como ele está com 73 anos, pode sair da prisão com 86 anos. É o que o atormenta.

O ex-presidente petista pode ficar na prisão até os 86 anos de idade, se for condenado de novo.

ISTO É



Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 03:19

Anônimo disse...

Vindo dos Pampas
terça-feira, 9 de julho de 2019

A hipocrisia anda solta na Esquerda ✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

No que daria se “também” tivessem hackeado e publicado as conversas telefônicas da “gang” de criminosos e seus comparsas, perseguidos, investigados ou condenados pela Operação Lava-Jato?

Com certeza, a “moral” que estão pregando os ferozes opositores da Operação Lava-Jato, com a divulgação sistemática de gravações clandestinas de ligações telefônicas, obtidas ilicitamente, atribuídas ao então Juiz Sérgio Moro, e ao Procurador Deltan Dallagnol, certamente com muitas “adaptações” forjadas, já teria força suficiente para demonstrar, além dos outros “méritos”, o tamanho descomunal da IDIOTICE acampada na mente dessa “cambada” de criminosos que procuram por todos os meios escapar da ação da Justiça, por meio desses expedientes ilícitos de inversão de valores.

Para começo de conversa, todas essas pretensas “provas” que os criminosos gravaram são provas absolutamente unilaterais e imprestáveis, desprovidas de autenticidade. Gravaram e divulgaram pelo site “The Intercept”, do jornalista “gringo” Gleen Greenwald, somente conversações dos seus “inimigos”, em trechos convenientemente “selecionados”, talvez com “adaptações”, como se fossem essas as únicas conversas telefônicas a respeito do assunto, e que “eles” próprios, e a sua respectiva “curriola”, seriam os “santinhos” nessa história toda, e que nunca teriam falado nada ao telefone sobre questões “impublicáveis” da Lava-Jato.

E nessa história toda, certamente tem gente muito importante envolvida, não só de políticos e autoridades públicas, mas certamente também das mais altas autoridades do próprio Poder Judiciário, que depois dessas gravações ilícitas, cinicamente, e com a maior “cara-de-pau”, passam a censurar os “desvios de conduta” de juízes e procuradores na Lava-Jato, como se jamais tivessem feito o mesmo, provavelmente a favor do “lado contrário”. Como bom exemplo, serve a fotografia descontraída recentemente tirada numa confraternização, onde aparece o Ministro Presidente do STF, tomando cachaça na companhia de um dos advogados mais ativos na defesa de réus muito ricos (???) da Operação Lava-Jato.

Em resumo, posso garantir-lhes que o norte do pensamento desses partidários de todos os tipos da “Lava-Jato-Não”, têm em comum a concepção de que “SÓ EXISTE AQUILO QUE SE ENXERGA; O QUE NÃO SE ENXERGA, NÃO EXISTE”.

Talvez estivesse aí uma boa sugestão de “mote” para uma nova “escola filosófica”, forjada na imundície do esgoto da política brasileira.
Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo

Jayme Guedes disse...

Serrão, não terceirize a responsabilidade. O que é preciso substituir é a mentalidade do eleitor. O Estado-ladrão é aquele que o eleitor pediu na cabine eleitoral. De onde veio o dinheiro roubado durante os 16 anos do governo corruPTo? Da competência dos ladrões que geravam os recursos que iriam desviar? Não. Jamais houve competência por parte dos governos petistas e seus cúmplices. Aquele dinheiro era gerado naturalmente e foi todo roubado. A doença do Brasil é a corrupção e a cura depende de um presidente honesto. Goste vc ou não, conseguiu ver o Bolsonaro acusado de corrupto? É acusado de tudo: chulé, tira meleca, é grosso, etc, etc. Só insignificâncias. Se o Bolsonaro nada fizer no seu atual mandato o Brasil se recupera e volta a ser o que era no primeiro mandato do Luladrão. Mas o Bolsonaro quer mais, muito mais. As reformas pelas quais enfrenta um congresso de ladrões já eram necessárias desde o primeiro governo do Luladrão e ele tomou alguma iniciativa nesse sentido? Se ligue. Sem diagnóstico não há cura. O Luladrão, que comprava o congresso constituido de ladrões teria aprovado tudo e hoje seríamos do tamanho dos USA. Para ser mais claro, a doença do Brasil é a ignorância do eleitor. Você acha que democracia por voto universal combina com eleitorado de baixa escolaridade? O Brasil que temos é aquele que a massa ignorante, manipulada por ladrões, pediu. Pediu e, claro, foi atendida.

Anônimo disse...

Artigo, Alexandre Garcia - O dinheiro do crime

Aqui: https://blogdopolibiobraga.blogspot.com/2019/07/artigo-alexandre-garcia-o-dinheiro-do.html

Anônimo disse...

Superado finalmente o imbróglio da previdência, vejamos agora qual será o próximo embuste que a corja dos congressistas irão inventar para criar dificuldades e vender facilidades.
O estado de endividamento dos brasileiros indica que não passam de meros escravos e que o Estado não passa de um ridículo capataz a serviço da corja do congresso.