quinta-feira, 22 de agosto de 2019

A volta do Peru é colorida


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Coleguinhas de Incitatus ameaçam votar contra a indicação do filho do Mito para a embaixada nos Estados Unidos da América.

Talvez se esqueçam do “day after”.

Como o nome indicado já recebeu o “agreement” do governo Trump, a eventual rejeição seria (será) um tapa na cara do presidente norte americano.

Lembrem-se que o visto de entrada para o país da Disney, Las Vegas e Miami é discricionário. Os que votarem contra, estarão sujeitos, no futuro, a não mais pisar no “país das maravilhas”. Nem eles nem os familiares.

"Pobrecitos!”.

É verdade que lhes restará a velha e decadente Europa para visitar. “Mas qual é a graça ir para uma região em ruínas?” - perguntar-se-ão eles.

Como burros olhando para palácios, por incultos, não saberão apreciar a grandeza das edificações do passado, nem a História clássica.

Por aqui, na Pindorama, poderão continuar com suas tentativas de reintroduzir o regime do “toma lá, dá cá”.

No more “Disney's Animal Kingdom”; no more casinos; no more shopping centers.

Mais perdidos que cachorro em dia de mudança, desesperados, fugirão dos “postes” que talvez, por cúmulo, ainda urinarão neles.

Se houver infarto e a caminho do hospital ainda estiverem na maca, ouçam a voz da Cãociência: “O cara tá preso babaca!”.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

4 comentários:

Anônimo disse...

O regime do “toma lá, dá cá” está hiperativo com o Presidente Bolsonaro. E agora que o papá quer promover o filhinho a embaixador... ele não olha a meios(do erário público) para convencer o Senado e outros para conseguir esse objetivo.

O Mantiqueira deve ser das pessoas mais preconceituosas que eu conheço a escrever artigos.

Nós, Brasil, é que estamos socialmente em ruínas, desprezando os muito pobres(cerca de 60 milhões), mas, infelizmente, ainda temos muitos políticos afirmando que não há fome nem pobreza extrema nesta Nação.

Anônimo disse...

É da competência exclusiva do Presidente indicar seus ministros e embaixadores.Se o Mito quer indicar seu filho Eduardo para os Estados Unidos é por confiança.É simples assim!

Augusto disse...

Bolsonaro está CERTO.
CADÊ O EXERCITO!
https://youtu.be/hRJYE2A_s0E

Anônimo disse...

Mantiqueira demonstrou uma mentalidade de vira-lata complexado que eu não esperava.