sábado, 10 de agosto de 2019

Entre apertos, erros e acertos



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Não restam dúvidas de que Jair Bolsonaro já está cumprindo – e muito bem, às vezes de forma surpreendente – a sua missão de ser um Presidente de um Governo de Transição do Capímunismo Rentista para lançar as bases do desejável Capitalismo Democrático que iremos atingir, um dia. Agora, sentimos o momento de aperto. Porém, entre menos erros e mais acertos, o Brasil tem a chance única de avançar, mesmo em meio a uma crise econômica mundial que avizinha. As oportunidades são reais e alcançáveis.

Mudanças nem sempre ocorrem pelos acertos. Mas pelas necessidades de mudar diante do acúmulo histórico de tantos erros combinado com a adoção de diagnósticos e receitas corretas para superar a crise. O Brasil vive este momento inédito. Curiosamente, as coisas boas ocorrem em meio a um País dividido. A esquerda socialcomunista ou socialfalsamentedemocrata, petralha e tucanalha com peemedebosta no meio, se desmoralizou, porque combinou má gestão estatal com corrupção. A canalhice abriu caminho para uma direita que tenta se consolidar entre liberal e conservadora, mas que consolidou amplo apoio popular (e populista) para confrontar o regime do Crime Institucionalizado.

Infelizmente, o Crime Institucionalizado ainda tem muito poder. Felizmente, a maioria da sociedade entendeu que é preciso enfrentá-lo de todos os modos, sobretudo aumentando a pressão contra os agentes que se destroem na guerra de todos contra todos. Os bandidos começam a ser perdedores e a as pessoas de bem da sociedade brasileira começam a vencer a partir de algumas reações positivas. Agora é hora de colocar em prática as ações ativas – que começam a esboçar um inédito Projeto Estratégico de Nação. A melhora  começa a acontecer no tranco, entre acertos e caneladas verbais do Presidente Bolsonaro.

A Reforma da Previdência já passou na Câmara e vai passar no Senado, provavelmente com a inclusão dos Estados e municípios, bem como de um regime de Capitalização. Também está vindo por aí a reforma tributária, cujo debate começa a ganhar força e vigor, porque não tem outro jeito. Em seguida, espera-se o aumento da discussão sobre a reforma política, a partir da implantação do Voto Distrital a partir da base: os municípios. Só esta medida irá gerar a verdadeira representatividade do político escolhido pelo voto direto e secreto.

Vai subir a temperatura da guerra de todos contra todos, assim que Jair Bolsonaro decidir quem será seu Procurador-Geral da República. Se o escolhido for um “processador” e não um “engavetador”, quem vai sentir o tranco é a  bandidagem institucionalizada, que infesta os poderes estatais ou órbita em torno dele. Novamente, a os segmentos esclarecidos da sociedade precisam ajudar com uma pressão total nunca antes vista na nossa História.

Temos de acertar na veia até derrubar o regime ditatorial do Crime Institucionalizado. No mais, é investir pesadamente em Educação, esportes e artes, para que a ignorância, a roubalheira e a violência parem de controlar o espetáculo. O show tem de ser do cidadão honesto na construção de um Capitalismo Democrático, em um regime de segurança e Justiça.  

Bem definido

Luiz Inácio Lula da Silva, na visão do leitor Zé Moraes:

Lula é um cara das mil tranbicagens.

O ex-presidente do Brasil não passa de um ‘passa fome’ que deu certo ou pelo menos através dos seus trambiques, ganhou no colo a maneira mais fácil de perpetuar a roubalheira através dos sem número de golpes na economia brasileira, a Presidência do país.

No mínimo devemos tê-lo como o chefão da quadrilha que assolou o país. Safado e não menos que isto deve ser tachado.

É pena que ainda tem milhares de votos para numa praticamente impossível eleição.

O homem sabe jogar para os eleitores. Sinto que pessoas que ainda tem um mínimo de conhecimento continuam a perpetuar a idéia de que ele é um perseguido político. Uma sugestão: caso venha a ser libertado que ele vá para qualquer destes países aos quais emprestou dinheiro sempre e bem entendido, de nossos impostos.







Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Agosto de 2019.

11 comentários:

Anônimo disse...

NUTAVAEL DIZ...
NAO ADIANTA FANTASIAR. NAO SE CONSEGUE NADA SEM UM CHOQUE DE REEDUCAÇAO DO POVO BRASILEIRO. NOSSO PAIS FOI FATIADO POR UM SUPREMO DE BOSTA FEDERAL E ELEITORAL. UM CONGRESSO DE QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA, UM SENADO DE QUADRILHAS HEREDITARIAS. CADA UM QUER TRAZER AS BENESSES PARA SEU PARTIDINHO MEIA BOCA.NOSSO PAIS SO TEM REPRESENTATIVIDADE COM O SENHOR PRESIDENTE QUE FOI ELEITO PELO POVO BRASILEIRO NAO PARA SEGUIR MARQUETEIROS DE MERDA E SE COMUNICAR ATRAVEZ DE PORTAVOZES MAS PARA CUMPRIR UMA META DE COLOCAR O PAIS NOS EIXOS. O TEMPO DAS FALACIAS JA TERMINOU.
NOSSO PRESIDENTE TEM QUE SER MAIS PRESIDENTE E MAIS GOVERNANTE DO PAIS E NAO UM FANTASMA FANTASIADO DE OTORIDADE FAZENDO SALAMALEQUES DE MARQUETAGEM DE BOSTA.
NOSSO PAIS JA PERDEU MUITO TEMPO COM FALACIAS E MAIS FALACIAS DE MINORIAS DE BOSTA QUE GOSTAM DO MERDA SUL, MERDA EUROPA E MERDA AFRICA E POR ESSAS E OUTRAS QUE NOSSO PAIS ESTA UMA MERDA. SAO SEGUIDORES DA MARQUETAGEM DE SEIS MIDIAS MORTAS, DE IGREJAS QUE JA PERDERAM E MUITO DE FAZER SEUS SERVIÇOS QUANDO RESOLVERAM DAR VOZ A FALACIAS E MAIS FALACIAS PARA ANGARIAR BENESSES.
NOSSO PRESIDENTE TEM QUE SER MENOS POLITICO, MENOS SEM ESPINHA DORÇAL E COMEÇAR A PASSAR A LIMPO MINISTERIOS TRAQUES, PASSAR A LIMPO MIDIAS PORCAS, EVITAR CONFRONTO COM GENERAIS. ELE TEM QUE SER MAIS MILITAR E MENOS HIPOCRITA CONGRECISTA.
QUE ELE NAO COMEÇAR A USAR AQUILO ROXO VAI NALFRAGAR NA PRAIA. ELE TEM QUE SER IGUAL AO MINISTRO MORO, A FORÇA TAREFA DE CURITIBA E A GAROTADA DA DEFENSORIA PUBLICA DE CURITIBA. ELE FOI NOMEADO PRESIDENTE PARA FAZER A LIMPEZA DO INTULHO QUE ENTUPIU NOSSA NAÇAO E NAO PARA FICAR DE CONVERSA QUE NEM LULINHA PAZ E AMOR.
TEMOS QUE TRAZER DE VOLTA, NOSSOS VALORES, NOSSA CIDADANIA, NOSSO RESPEITO UNS PELOS OUTROS. NAO INTERESSA, COR, IGREJA, MAÇONARIA E VIGARICES DE TODOS OS SENTIDOS PARA FATIAR NOSSA NAÇAO. SEMPRE CONVIVEMOS COM VIADOS, PUTAS, SAPATONAS E OUTRAS INSTANCIAS DE RELIGIOES QUE NAO A NOSSA QUE E A JUDAICO CRISTA. BASTA QUE CADA UM TOME CONTA DE SEU QUADRADO E A JUSTIÇA IMPERE ACIMA DE TUDO. TEMOS QUE ACABAR COM ESTA FARSA DE SUPREMA CORTE DE MERDA E CONSTITUIÇAO DE MERDA. CADA DEPUTADO, SENADOR FOI ELEITO POR UM NUMERO MINIMO DE ELEITORES. NOSSO PRESIDENTE FOI ELEITO PARA CUMPRIR UMA TAREFA E TEM QUE CUMPRIR. SE NAO PUDER OU NAO TIVER A ALTURA QUE UM GENERAL TOME CONTA DO PUTEIRO E COMECE A FAZER A LIMPEZA. CHEGA DE FALACIA QUE NAO LEVA A NADA. QUEREMOS AÇAO. FALEI.

Anônimo disse...

Vindo dos Pampas

sábado, 10 de agosto de 2019
Um presidente algemado pela esquerda
✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

Se eu pensasse com o “traseiro”, ou com algum outro órgão “pensante” similar, no lugar do cérebro, como deve ser, provavelmente a essa altura dos acontecimentos eu também já estaria arrependido de ter optado por Jair Bolsonaro, para Presidente da República, nas eleições de outubro de 2018.

Mas fi-lo por múltiplas razões. E acredito não ter errado. A principal delas reside na absurda hipótese do “diabo”, ou de algum “demônio”, ter competido nas eleições de 2018 com o candidato do PT. Se isso tivesse ocorrido, com certeza eu teria trabalhado e votado “nele”, em desfavor da esquerda, que por muito pouco não destruiu o Brasil, de 1985 a 2018, mais acentuadamente depois de 2003, tamanha a roubalheira implementada nesse período, o que alguns entendidos garantem ter superado o valor do PIB brasileiro (cerda de 6,5 trilhões de reais), chegando à estupenda cifra de 10 (dez) trilhões de reais. E os resultados dessa “quebra” de um país estão aí para qualquer um constatar. São os malfeitos políticos e governamentais acumulados durante 33 anos, sempre capitaneados pela “obra prima” da esquerda, a Constituição de 1988, principal responsável “escrita” pelos descalabros morais, políticos, administrativos e econômicos, hoje reinantes, e que possuem a força necessária para “algemar” e imobilizar qualquer governo, inclusive o de Bolsonaro, que inexplicavelmente ainda se dobra e faz “juras de amor” sobre a constituição e leis deixadas pelos seus algozes, impondo-lhe a quase total ingovernabilidade.

E foi precisamente com base nessa constituição espúria que escreveram uma parafernália de leis, praticamente imobilizando os poderes da Presidência da República, deixando-a totalmente “refém” do Poder Legislativo, origem do vício político mais conhecido como “toma lá-dá-cá”.

Com base nessa realidade político-administrativa, conseguiram retirar da Presidência da República uma infinidade de poderes administrativos, inclusive o “poder discricionário”, indispensável ao bom funcionamento de qualquer governo. O mais significativo exemplo dessa “castração” dos poderes administrativos de Bolsonaro é a situação do “COAF”, que pelos termos Constituição deveria ser da exclusiva competência do Presidente da República, mas que através de normas infraconstitucionais (leis), esse órgão passou a ser gerido somente com o “aval” do Congresso Nacional, para qualquer iniciativa do Presidente da República sobre a sua organização e funcionamento. Os Presidentes (políticos) anteriores, após o Regime Militar, jamais tiveram esse problema. A razão é simples: sempre se submeteram ao “toma lá-dá-cá”. À permuta de interesses entre os membros dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Bolsonaro está pagando um alto preço por não ter aderido de “corpo-e-alma” a esse “troca-troca” entre os Três Poderes.CONTINUA....

Anônimo disse...



Vindo dos Pampas CONTINUA II

Mas a quadrilha de delinquentes políticos responsáveis pela trágica situação de hoje, tanto nos aspectos políticos, quanto morais, econômicos e sociais, ainda têm o desplante, a ousadia e a cara-de-pau de lançar na “conta” do Governo Bolsonaro todas as causas e consequências dos malfeitos que eles mesmos plantaram e executaram durante tanto tempo.

Desse modo, o grande dilema de Bolsonaro estaria numa espécie de “crise de identidade”. Sua Excelência não estaria sabendo ao certo se mais se identificaria com o militar que foi no passado, ou com o político que se tornou mais tarde.

A desvantagem do “político” Bolsonaro, em relação ao seu lado “militar”, está em que na política existem mais vícios que na caserna. E Bolsonaro conseguiu a sua candidatura presidencial não pela sua condição de militar, porém pela de político. E para mim esse detalhe não “soma” nada. É só olhar para o passado e verificar que os melhores presidentes não foram os políticos. Foram os militares. Tanto é que foi durante o Regime Militar, de 1964 a 1985, que o Brasil conseguiu cumprir à risca o lema positivista inscrito na sua bandeira. Foi o melhor período de “ordem” e “progresso”, além da “paz” e “segurança pública”, asseguradas ao povo brasileiro, em contraste com a “desordem”, “retrocesso”, ”violência” e “insegurança” patrocinados pela esquerda durante todo o tempo em que mandou.

Mas o atual Presidente sem dúvida tem muitas virtudes. Mas também algumas deficiências, como qualquer outra pessoa “normal”. É uma pessoa correta e bem-intencionada. Mas infelizmente caiu nas armadilhas da esquerda, chamadas “leis”, que estão impedindo a sua plena governabilidade. O próprio Presidente até já reconheceu que também o Estado Brasileiro foi “aparelhado” pela esquerda. E esse “aparelhamento” está presente nas próprias leis. Questões simples de “governo” foram transformadas em “questões de Estado”, e assim transformadas em lei. E Bolsonaro não pode mexer em nada, sem o “amém” do Congresso, ou seja, sem o tradicional “toma lá-dá-cá”. O caso da reforma da previdência em curso está passando dos limites do tolerável.CONTINUA....

Anônimo disse...



Vindo dos Pampas CONTINUA III E TERMINA.....

Então, pelo que se observa, uma das deficiências mais marcantes do Governo Bolsonaro tem sido a sua FALTA DE CORAGEM. Nesse ritmo em que anda o seu governo ele vai terminá-lo sem ter conseguido nada, refém que ficou dos Poderes Legislativo e Judiciário e das leis que o “amarram”.

Mas a classe política não é nada confiável para estabelecer uma nova ordem política e legal. Se deixarem essa missão para “eles”, provavelmente sairia coisa pior do que já está aí. E os brasileiros necessitam urgentemente se libertar da escravidão a que sempre foram submetidos pelos seus políticos. Por que somente essa “curriola” de maus elementos acampados na política tem o direito de fazer as leis e governar? Será que o povo brasileiro não conseguiria gente mais decente e capacitada que os políticos para executar essas tarefas? Não seria melhor a confecção de uma nova constituição por um grupo de reconhecidos sábios ao invés desses políticos malandros? Desses mesmos políticos malandros que enchem o peito quando passam a ser chamados de “constituintes”? Será que os brasileiros necessitariam continuar refém dos seus políticos para sempre?

Apesar de tudo, todos os males que atravancam o desenvolvimento e a paz social do Brasil poderiam ser afastados num só “canetaço”. A Constituição autoriza. Todos sabem qual é o artigo a que me refiro, e que poderia fazer o “milagre” da salvar um país à beira do caos. E esse artigo poderia ser utilizado tanto pelo Presidente da República, quanto pelo PODER MILITAR, com inteira autonomia, independentemente de Bolsonaro continuar governando, ou não.

Sérgio Alves de Oliveira / Advogado e Sociólogo
NUTAVAEL DIZ...
ESTOU CHEGANDO A CONCLUSAO QUE ELE NAO E MILITAR PURO SANGUE. SE FOSSE REALMENTE MILITAR PURO SANGUE JA TERIA TOMADO UMA ATITUDE CONTRA OS VIGARISTAS DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA. TOC. TOC.TOC. O TEMPO DE INDECISOES JA ACABOU. TRATE DE AGIR COMO MILITAR E NAO COMO BOCA MOLE DO CONGRESSO. TEVE O AVAL DO POVO PARA CUMPRIR METAS E NAO INDECISAO. A META PRINCIPAL E FAZER LIMPESA NO LIXAO DOS TRES PODERES DE BOSTA. DEMAIS IMPORTANCIA A QUEM MERECE ESTA IMPORTANCIA. O JUIZ MORO E BRETAS ESTAO JOGADOS AS TRAÇAS ENQUANTO OS BANDIDOS ESTAO CADA VEZ MAIS TIRANDO O SOCEGO DO POVO BRASILEIRO.O MUNDO ESTA DE OLHO EM SUA ESTRATEGIA DE BOSTA. FALEI.

Anônimo disse...

O MASCATE
* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *

* Democracia neste país é relativa, mas corrupção é absoluta *
"PIMENTORIUM IN ANUS OUTREM REFRESCUS EST"

sexta-feira, agosto 09, 2019

O STF precisa ser fechado pelo bem da democracia.

Bom dia meus CINCO leitores.

Cinco, é O MASCATE fazendo sucesso!!!

Mais uma vez o STF trabalha em favor da bandalheira e da impunidade.
Essa situação de proibirem que o preso de Curitiba, mais conhecido como "O Cagalhambão" fosse confinado em um presídio em SP mostra que a suprema corte assumiu ditatorialmente o controle DAnação. Usurparam as prerrogativas do TRF 4 e do STJ, cagaram para a legalidade e o respeito aos outros tribunais que eram os que deveriam dar parecer sobre a cana o vagabundo dos nove dedos.
Os fins justificam tudo!! E o tudo é a impunidade do "painho"
Os togaditos usam e abusam das prerrogativas de fazerem merda e atacarem o estado de direito para proteger seus "DONOS".
Impressionante a celeridade em que são julgados os pedidos de liberdade para o Cagalhambão e outros tantos processos se arrastando por décadas até a infame prescrição.
Gente morrendo por falta de julgamento de méritos sobre o estado pagar medicamentos de alto custo e o Cagalhambão passa na frente como se fossem imperativas e urgentes suas demandas.
O estado de direito, o respeito à constituição e a imparcialidade da justiça viraram lenda. Quem manda são eles e ponto!
Um tribunal trabalhando em nome de um único meliante com a clara intenção de soltá-lo da tranca.
Ainda não fizeram de forma aberta por temerem, mas não muito, uma reação popular. Acredito que o medo mesmo é o de terem que lidar com a presença do cabo e do soldado enfiando o pé na porta do puteiro com as bençãos de parcela da população cansada de tanta safadeza.
Esse tribunal precisa ser fechado com urgência!
Mas não se animem, em breve eles darão um jeito de livrar aquela bunda magra da cadeia.
O que acontece no STF é reflexo da PROSTITUIÇÃO cidadã de 1988. Leis mal feitas e totalmente paternalistas com os criminosos, um emaranhado de direitos e poucos deveres, a não ser o de votar, pagar impostos e não reclamar. CONTINUA.....

Anônimo disse...



O MASCATE CONTINUA II....
Quatro instâncias para julgar um crime e o infinito numero de recursos para quem pode pagar promovem uma impunidade irritante e injusta com aqueles que são os iguais perante as leis. Isso precisa mudar!!!
A democracia está agonizante, Bolsonaro só foi eleito por conta do imenso apoio declarado pela população. O povo na rua elegeu o Capitão, pois se fosse uma eleição como as que já estávamos acostumados a ter, o PT estaria no Planalto.
Mesmo assim deram uma "ajeitada" nos votos para não esvaziar definitivamente o que sobrou do prestígio da quadrilha da estrela vermelha.
O Bananistão precisa mudar urgentemente, porém os isentões politicamente corretos e a turminha do quanto pior melhor passam dias batendo no presidente, qualquer atitude ou palavras que ele coloque a público é motivo para uma avalanche de Fake News, está impossível governar com o que tem de isentões, fiscais e patrulheiros, viúvas do picolé e do coroné, os bandidos no congresso e agora no supremo.
Os pedidos de impeachment de sinistros do STF se amontoam e o presidente do senado Davi Batoré Alcolumbre vai engavetando um a um.
Como um povo vai se defender dos desmandos de uma corte inútil, injusta e aparelhada que trabalha em favor de um lado da política em detrimento da democracia?
Ou o povo parte para o pau e põe a corja para correr na porrada, ou o senado que comece a fazer o trabalho dele que é o de OUVIR as vozes das ruas. Do jeito que está é só na bala para mudar alguma coisa.
Certo que da câmara municipal do município mais filhodaputa do interior da casa do caraleo até a suprema corte, os representantes são o reflexo do povo que os elegeu.
Quando vejo o comportamento dos alunos em sala de aula que não deixam os professores darem aulas por causa da baderna e conversas paralelas percebo que o congresso é a mesma merda. Ninguém da a mínima para o orador da vez, o cidadão está na tribuna aos berros para ser ouvido e os "colegas" nem aí. CONTINUA...

Anônimo disse...



O MASCATE CONTINUA III E TERMINA....
A falta de educação é tão latente que tenho certeza que nesta encarnação não verei um povo minimamente educado e respeitoso.
Em restaurantes o exemplo é gritante na concepção da palavra. O povo não consegue conversar educadamente. Tem que berrar feito puta que ganhou na mega sena. Tomanocó!!
Bem, vimos um sem número de processos prescrevendo por falta de julgamento da suprema corte e a celeridade com alguns prova que o tribunal que é entupido de gente muito bem paga pelos nossos impostos não trabalha porque não quer, ou só trabalha quando quer.
Precisamos com urgência de mudanças nas leis, uma nova constituição, a revisão e modernização do código penal uma reforma tributária, reforma administrativa e política e acima de tudo: os juizes do STF serem eleitos para mandatos de oito anos colocando um fim as infames nomeações de amiguinhos de bandidos para trabalharem em favor dos criminosos.
Chega a ser uma afronta a forma em que alguns sinistros peitam a sociedade Tupiniquim, perderam de vez o receio e o respeito ao povo, fazem o que bem entendem sem medo de serem interpelados, afinal, são tão supremos, e acreditam estarem acima de Deus.
Vejo com certo receio e preocupação que o Bananistão vai ter que pegar em armas para defender a democracia, defender até daqueles que estão lá para zelarem por nossa constituição e só fazem é proteger ideologicamente seus parceiros de crime.
Essa última em que o Tio Chico Moraes proibiu a receita federal de investigar sinistro do STF os coloca nos píncaros da canalhice.
A Lava Jato esbarrou no STF e a ordem por lá é a de livrarem a cara de todo mundo. Tem muito Sinistro atolado até o pescoço na merda e os outros que ainda não chegaram a tanto sabem que se um cair caem todos. O emprego vitalício e muito bem remunerado é quase como ganhar na loteria. Então ninguém faz nada, por conta do corporativismo e pelos próprios interesses umbilicais.
A coisa é tão escancarada que NENHUM sinistro da suprema alegou suspeição em qualquer julgamento de político preso que tenha tido qualquer tipo de ligação com o sinistro.
Eles são absolutos super isentos, suspeição é para os fracos.
E continuaremos assistindo ao circo de horrores que o STF promove sem parar.
E o Brasil? Oras o Brasil...

E no mais...
O LULLA CONTINUA PRESO, BABACA!!!
E PHODA-SE!!
By O Mascate às sexta-feira, agosto 09, 2019

Anônimo disse...

rvchudo
quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Satisfazendo egos na PMERJ e no CBMERJ.

A Advocacia Geral da União entrou com uma ação na justiça Federal contra o governo do Rio de Janeiro, pedindo a anulação do decreto de Witzel que inventou a o posto honorífico de Oficial General no Corpo de Bombeiros e na Polícia Militar.

Segundo a AGU o ato foi “infralegal e sem competência”, viola a Constituição e o sistema jurídico, lesa os interesses das Forças Armadas e “serve de estímulo” para que outros governadores façam o mesmo.

Alega a AGU que, ao definir que o posto de general será dado a quem for nomeado secretário por Witzel, o Decreto não atribuiu “qualquer etapa meritória para a promoção", "sem a devida preocupação com as regras básicas de promoção e hierarquia das instituições militares".

No mais...

É como escreveu Lima Barreto: "O brasileiro é vaidoso e guloso de títulos ocos e honrarias chochas.

E segue a PMERJ com seus oficiais sendo motivo de chacota, uns condenados por roubar verba de saúde da corporação, outros por abusar de sua autoridade ao excluir policiais só para fazer estatística e outros recebendo “mimos” que não fazem jus (ilegais). Já chega de bajulação! Coronel não deve receber gratificação por assumir um comando, é inerente a sua patente! Postos e graduações são previstas em Legislação própria e um Juiz, como o governador do Estado do Rio de Janeiro, não pode mudar Lei com um Decreto. .

Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 06:36
NUTAVAEL DIZ...
TODAS AS POLICIAS MILITARES ESTADUAIS SAO CABIDE DE EMPREGO DA CORJA. ELES NAO SERVEM PARA NADA PORQUE NAO TEM A FORMAÇAO DE UM MILITAR REAL. SOMENTE OS TOLOS PENSAM QUE ELES SAO BONS. BASTA VER OS RESULTADOS DO TRABALHO DELES PARA SABER QUE NAO PRESTAM PARA NADA.

Anônimo disse...

Me pergunto, ainda, se realmente é possível passar a limpo o Brasil sem que se quebre os pratos.

Já dizia um conhecido meu, sujeito conhecedor da alma dos outros: "O problema do Brasil é o brasileiro. Povo de alma ruim".

Enfim, espero realmente que Bolsonaro consiga alguma coisa, entretanto já sinto um cheiro desagradável emanando da latrina. É o cheiro daquela coisa que se repete no Brasil: vem um cara, implementa algumas medidas duras e necessárias, mas que não comprometem o 'poder reinante', e depois se some do mapa, não sem antes deixar a porteira aberta para que as hienas voltem a tomar conta do campo novamente, prometendo tudo o que já prometiam antes. Já vi isso acontecer antes nesse país.

Anônimo disse...

O voto em urna eletrônica não é secreto.

Benedito disse...

Por mais que se queira o jogo político sempre será um jogo sujo, onde áquele que conseguir sair mais ou menos limpo serà o vencedor !