sexta-feira, 9 de agosto de 2019

O Cinismo Pragmático domina o Brasil?



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

A subcultura da transgressão da lei – encarando o Crime como algo “normal” ou “aceitável” – começa a produzir loucuras pelo Brasil afora. Um sujeito tacou fogo em um setor do Poupatempo, na Grande São Paulo, só porque ficou revoltado com seus 512 pontos na carteira de habilitação para dirigir veículos. A lógica maluca é: Se as mais altas autoridades não respeitam a lei, por que o cidadão comum tem de bancar o certinho, e não pode “fazer merda” quando lhe der na telha? É o Cinismo Pragmático.

Em meio a tanta doideira, é excelente saber que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, tomou a atitude correta de entrar com uma Representação, solicitando à Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, que investigue o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil por crime de calúnia. Em entrevista à Folha de S. Paulo, Felipe Santa Cruz, de maneira infame e responsável, acusou Moro de “bancar o chefe de quadrilha” nas investigações sobre hackeagem de celulares de autoridades. Santa Cruz se enquadrou criminalmente. O caso vai para primeira instância judicial, porque presidente da OAB não tem foro privilegiado.

O militante esquerdista Santa Cruz, falando indevidamente em nome da OAB, claramente caluniou Moro, pregando que o ministro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”. Moro detona na representação a Dodge: “Atribuir falsamente ao Ministro da Justiça e Segurança Pública a condição de chefe de quadrilha configura em tese o crime de calúnia do artigo 138 do Código Penal”.

Os poderosos falam o que querem, segundo as circunstâncias e conveniências. O Cinismo Pragmático é um assunto que merece ser mais bem analisado, observado e estudado no Brasil. O CP infestou todas as instituições. É um corruptor de valores que destrói as melhores relações pessoais e sociais, principalmente no mundo político, econômico e religioso. O CP é uma manifestação festiva dos 7 Pecados Capitais. A defesa de Lula é uma manifestação corriqueira de CP.

Aprofundaremos o assunto, brevemente... Na guerra de todos contra todos os tolos, ainda teremos muitas manifestações dantescas de Cinismo Pragmático...   





Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 9 de Agosto de 2019.

4 comentários:

jomabastos disse...

Não existe a mínima dúvida. O Cinismo Pragmático domina o Brasil.

A impudência, o descaro e a falta de intelectualidade dominam o Brasil.

O Sérgio Moro também tem que a obrigação de pedir para serem julgados e ou acusados, e o mais rápido possível, todos os suspeitos e acusados de corrupção e de outros crimes, que estão bem encadeirados no legislativo, no executivo e em outros altos cargos públicos e/ou políticos.

Anônimo disse...

UMA É CERTA: OS PRIVILEGIADOS DO PODER NÃO QUEREM SER "INCOMODADOS"!
Mas, está difícil para eles pois os odios gerais contra os parasitas e espoliadores do povo aliados ao Lula petismo estão desesperados!
Enfrentar o povão irado contra os comunistas não será tarefa fácil para as elites, não azelites, como rosnava o cão furioso e sarnento Lula!
A recente derrota de 11 x 1 para o sanguinario Lula não ser levado para S Paulo mostra que o STF não poderá brincar com fogo!
Todos com quem converso sabem e falam que Bolsonaro começou a erguer a casa que caiu, e a nação devastada pelos quadrúpedes do PT!

Anônimo disse...

COMO DIRIA NELSON RODRIGUES TODA UNANIMIDADE É BURRA. ASSIM OS INFAMES MINISTROS DO STF ESCALARAM O ILUMINADO MARCO AURELIO QUE HÁ POUCO TEMPO TENTOU SOLTAR TODOS OS BANDIDOS DO BRASIL INCLUINDO O NOVE DEDOS CONDENADO EM SEGUNDA INSTANCIA,PARA DIVERGIR NESSE EPISODIO TRAGI COMICO DE IMPEDIR QUE O CONDENADO LULA FOSSE TRANSFERIDO PARA O PRESIDIO DE TREMEMBÉ ONDE ESTÃO PRISIONEIROS OS CRIMINOSOS MAIS FAMOSOS DO BRASIL,O ESCORE FOI DE 10 A 1 E ASSIM CHEGAMOS A TRISTE CONCLUSÃO QUE BASTA UM SOLDADO E UM CABO PARA ELIMINAR O STF COMO SODOMA E GOMORRA, ONDE NÃO HAVIA SEQUER UMA PESSOA DECENTE, PARA SER SALVA. NBR

Vanderlei Lux disse...

"Cinismo Pragmático"???

Acredito que o termo mais correto seria "Arrogância pragmática"... e o petismo é a personificação disso.

Mas pior ainda que o tal "cinismo pragmático", é a "aceitação pragmática" que o brasileiro tem pela corrupção. É uma espécie de assentimento que me causa náuseas de se testemunhar. O tal Felipe Santa Cruz, só mais um peão petista no tabuleiro, já vem à bastante tempo injuriando e difamando o governo de Bolsonaro. E, em uma analogia ao joguinho de xadrez, parece ter sido o peão escolhido para tentar derrubar a 'rainha' de Bolsonaro: Sérgio Moro.

É ÓBVIO (escancarado e explícito) que Santa Cruz é só mais um dos muitos chamarizes que o PT colocou no tabuleiro para atrair Sérgio Moro à uma jogada mais ousada. E pelo visto, o gorduchinho 'presidente da OAB' teve êxito.

Uma coisa que muitos parecem não perceber é a intensa e insistente estratégia que os esquerdistas/coletivistas em geral possuem em relação aos seus inimigos: uma "arrogância pragmática". Vejam como eles se 'atiram' no tabuleiro, caluniando, difamando, corrompendo e mentindo descaradamente, um após outro, sem dar descanso ao 'inimigo'. Parecem que não respeitam ninguém nem nada.

Uma vez, visitando a Europa, tive uma passada pela Bulgária (por pura curiosidade de conhecer o lugar de origem de Dilma Rousseff) e lá, aprendi uma coisa a respeito de esquerdistas/coletivistas: eles surgem para humilhar. O esquerdismo atual nada mais é do que uma espécie de religião que veio para humilhar o homem e isso os Búlgaros ainda tem bem forte em suas mentes. Para eles, os coletivistas são como uma espécie de bota/coturno que esmaga a face de um homem junto ao chão.

O "pragmatismo cínico" dos esquerdistas, hoje em dia, e à exemplo de Felipe Santa Cruz, não deixa de ser a forma como esses coletivistas atuais tentam mostrar sua forma de humilhar. Mostram que estão acima de qualquer lei/ordem e que não possuem medo de nada. O que Felipe Santa Cruz vem fazendo à meses com o governo de Bolsonaro não deixa de ser aquela bota/coturno que os Búlgaros se referem.

Se não nos livrarmos dessa bota/coturno pelos mais vigorosos e rígidos meios, veremos cada vez mais esse "cinismo pragmático" aumentar.