terça-feira, 27 de agosto de 2019

O papo furado amazônico



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Não dá para perder tempo com faniquitos do Presidente da França. Mane Macron apenas faz jogo de cena retórico. A guerra dele já está perdida no nascedouro. Se ele quiser uma “Amazônia Internacional”, por que ele não cede a Guiana Francesa para seus aliados? Pimenta nos olhos do francês parece refresco? Mas não é, não...

Em vez de bater boca com o enfant president, o Brasil tem de conservar, com competência, seus 70% da região Amazônica. Eis a complicada missão em que estamos falhando, o que torna a soberania questionável pelos canalhas defensores da Nova Ordem Mundial. A Amazônia é nossa? Sem dúvida que sim. Só que precisamos ocupá-la, conservá-la e desenvolvê-la de modo sustentável. Haja trabalho...

O governo brasileiro acerta ao recusar os cerca de R$ 90 milhões que os bonzinhos países ricos desejam “doar” para o Brasil cuidar do problema das “queimadas”. O ministro da Casa Civil, Ônix Lorenzoni, deixou claro que não deseja a grana prometida por Macron, falando em nome do G-7: “O Brasil é uma nação democrática, livre e nunca teve práticas colonialistas e imperialistas como talvez seja o objetivo do francês Macron”.

A grana que vem para ONGs só reforça o esquema de interferência ilegítima no território brasileiro. Mas isto só acontece porque nossos governantes permitem. O Poder público brasileiro deixa muito a desejar na gestão amazônica. Claro que a falha é, historicamente, proposital. Agora, com Bolsonaro, a retórica de defesa da Amazônia ganha protagonismo. O discurso só precisa ganhar dimensão na vida real. Do contrário, os estrangeiros, gerindo ONGs, vão tomar conta do que é “nosso”.

Uma perguntinha básica que precisa ser feita: Por que o esquema de Zona Franca deu certo e desenvolveu os chamados “Tigres Asiáticos”, porém não deu muito certo no Brasil? A Zona Franca de Manaus é uma lamentável piada em termos reais de desenvolvimento sustentável e geração efetiva de riquezas em uma região tão grande e estratégica como a Amazônica.

Resumindo: O Brasil tem de dar prioridade, de verdade, para “nossa” Amazônia. A região precisa deixar de ser vista como um lugar exótico, tornando-se, de verdade, uma imensa área que necessita da correta presença do poder público e da iniciativa privada para realmente se desenvolver. Os militares já fazem o máximo que podem. O resto da sociedade brasileira também tem de fazer a parte dela.

Qual projeto estratégico temos para a Amazônia? Passou da hora de debater e colocar, finalmente, em prática. O resto é mimimi inútil.

Bolsonaro x seus inimigos na mídia


Presidente apresentou uma lista de jornalistas que receberam para dar palestrar ao governo, na gestão passada, e que agora são seus principais críticos ferozes.









Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Agosto de 2019.

12 comentários:

Anônimo disse...

Essa “FOIA”, sempre parcial.
Do Claudio Humberto:
Já existem mecanismos previstos na Convenção do Clima, celebrado no âmbito das Nações Unidas, para ajudar na preservação da Amazônia, mas não se concretizaram em razão do calote de vários países ricos, inclusive a França. O calote é estimado em US$2,5 bilhões (equivalentes a R$10,3 bilhões) pelo governo brasileiro, na forma de créditos de carbono, estabelecidos no acordo de Kyoto, e o fundo verde do clima. Por essa razão, o Brasil decidiu não considerar a “iniciativa” risível da França de “doar” a ninharia de €20 milhões. Segundo o chanceler Ernesto Araújo, no âmbito da Convenção do Clima da ONU há "vários mecanismos para financiar o combate ao desmatamento e o reflorestamento", mas a França não paga sua parte.
- A “doação” anunciada por Emmanuel Macron contém uma provocação contra o Brasil: o dinheiro será para ONGs, e escolhidas pela França.
A diplomacia brasileira deu um baile em Emmanuel Macron, antes e durante a reunião do G7 em Biarritz. A articulação que acabou isolando o presidente da França em seu discurso raivoso. Os principais parceiros do Brasil foram Reino Unido, Estados Unidos, Japão e até o Canadá, que pulou do barco de Macron. O êxito da operação foi comemorado no Planalto: na declaração final do G7, o presidente francês não conseguiu emplacar qualquer menção ao Brasil ou à Amazônia. Assim, uma montanha chamada Macron pariu um rato.

Vanderlei Lux disse...

Em 1º lugar (já disse antes): G7 = EUA. O resto é cocô de moscas. Se Bolsonaro conseguir entrar em um acordo sólido com Trump, o resto que se foda, literalmente!

Em 2º lugar, os "90 milhões" do michê francês, disfarçado de 'presidente', eram tão somente dinheiro destinados a manter vivas as 30 mil ONG´s francesas aqui presentes. Obviamente que tal 'fortuna' faz até os Odebrecht´s ficarem vermelhos de vergonha. Ninguém parece lembrar que a França, junto de seus pares desenvolvidos, deve ao Brasil bilhões de reais, prometidos pelos próprios no acordo de Paris, de 2015.

Em 3º lugar: o PT (junto com suas inúmeras 'filiais') sempre foi uma das muitas cabeças da Hidra globalista que aqui fincou seus dentes. O PT praticamente arrendou a Amazônia e pior: pagava com o $$ dos impostos dos brasileiros o tal 'arrendamento' aos arrendatários, numa completa inversão de valores. Quem não se lembra dos 'cupins asiáticos' (cupins chineses na realidade) na era petista? Ganhavam duplamente: pela madeira cortada e pelo dinheiro de impostos desviado pelas ONG´s ambientalistas.

Em 4º lugar: Quando leio reportagem da revista Globo Rural sobre um(a) morador(a) acusando agentes do ICMBio por incêndio criminoso, não duvido. Infelizmente, não duvido.

Em 5º lugar: As esquerdas ainda vão criar o termo 'Amazonofobia'. Como conseguiram com a homofobia e o racismo, toda e qualquer denúncia séria sobre crimes na Amazônia será tratada como blefe. E quando não for blefe, lembrem-se de quem luta contra toda e qualquer punição para criminosos; do que incendeia ou assassina -- afinal, são apenas "vítimas da sociedade".

Em 6º lugar: Na França ou no Baixo Gávea, só quem ganhou com as chamas foram os políticos populistas. E as celebridades que mentalizaram a Amazônia fazendo yoga na cobertura ou fazendo um 'passeatão' na Av. Vieira Souto, seu quintal, com burgueses socialistas -- e livres. O movimento era "apartidário". Um boneco inflável gigantesco com os dizeres 'Lula Livre' foi apenas uma feliz coincidência. Como sempre, quando o calor dos acontecimentos arrefecer, estarão lá, no meio da floresta, incógnitos, os verdadeiros heróis apagando o fogo. E algo me diz que não postarão fotos nas redes sociais para ganhar likes.

Em 7º lugar (também já disse antes): O Brasil precisa se livrar do mundo! Principalmente desse mundo que fala em democracia para os seus e entrega mercantilismo escravagista para os outros, normalmente mercantilismo disfarçado de 'tratados climáticos', 'acordos de Paris', 'pacto emissão de poluentes', 'adesão ao tratado do meio ambiente', etc, etc...

Em 8º lugar: CHEGA DE SERMOS OTÁRIOS!!!!

Anônimo disse...

O SUBVERSIVO DO SÉCULO XXI

Seja bem-vindo, amigo! Seja você também mais um subversivo! Não se entregue e nem se integre às mentiras do governo e nem da mídia! Seja livre, siga o seu instinto de liberdade! Laissez faire! Amém!

terça-feira, 27 de agosto de 2019
O Brasil é o país que mais preserva o Meio Ambiente no mundo.

https://youtu.be/eoyoeCSizL8

Meio Ambiente - Evaristo de Miranda Embrapa

Postado por anon, xxi às 06:03

Anônimo disse...

https://subversivoxxi.blogspot.com/

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

O Globalismo descarado: A Hipocrisia Verde Amazônica...

https://youtu.be/ZJdQ1TlENE0


A venda da Amazônia e o lobby europeu por trás da crise – Por Herbert Passos Neto

Postado por anon, xxi às 14:50

Anônimo disse...

NUTAAVAEL DIZ...
EM VEZ DA IMPRENSA MARRON FICAR SERVINDO DE PAPAGAIOS DE PIRATA REPERCUTINDO AS PALAVRAS DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA QUE NAO SE SUSTENTAM MAIS DENTRO DOS TRES PODERES DE MERDA E QUE CONTINUAM DENTRO DOS PARTIDOS REPERCUTINDO TODAS AS ASNEIRAS DO PLANETA PENSANDO QUE VAO CONTINUAR A FAZER LAVAGEM CEREBRAL A TODAS AS PESSOAS DE BEM QUE MORAM E SOFREM DENTRO DESTE PAIS POR INOPERANCIA DESRESPEITO, VIGARICE, PREVARICAÇAO DESTES MESMOS PARTIDOS QUE ASSOCIADOS A UMA SUPREMA CORTE DE ARTEZAOS DE DEMOLIÇAO DO PAIS. NA,NA,NI,NA, NAO. O PAIS VEM DANDO A RESPOSTA PARA ESTA HIPOCRISIA INDOLENTE DOS TRES PODERES DE MERDA.
PARTIDINHOS MEIA BOCA QUE VIVEM TROCANDO DE SIGLA, TROCANDO DE CARA, TROCANDO DE ROUPA MAS A HISTORINHA E SEMPRE A MESMA. AFOCINHADOS DENTRO DE UMA CONSTITUIÇAO MANIPULADA E MANIPULAVEL PELA CORJA DA SUPREMA CORTE DE FARAOS DO EGITO QUE CUSTAM MUITO AOS COFRES PUBLICOS COM SUAS BOCAS DE OURO, SEUS DESEJOS IMPUROS E INSANOS DE CONTINUAREM A TRAFICAR INFLUENCIA COM OS BANDITOS TRAFICANTES DE DROGAS DO MERDA SUL, MERDA EUROPA E MERDA AFRICA.
AVISO E NOSSO PRESIDENTE PARE DE FAZER O PAPEL DE VIZINHA FALADEIRA E DEIXE DE FICAR TROCANDO FARPAS DEFENDENDO FILHOS, DEFENDENDO ESTA HIPOCRISIA DE BOSTA QUE ESTA SITIADA NO DESERTO DE BRASILIA.
O SENHOR SABE MUITO BEM A CORJA QUE ANDA POR LA. PARE DE FAZER AFAGOS A IDIOTAS, GENTE QUE ESTA COMPROMETIDA COM A JUSTIÇA E MUNDO MAIS JAMAIS TIROU DE SEUS QUADROS OS MESMOS CAPACHOS DE SEMPRE.
PARA DE QUERER SE REELEGER E TENTE AO MENOS CUMPRIR A QUE VEIO. LIMPE ESTA DROGA CHAMADA TRES PODERES DE MERDA. AJUDE O JUIZ MORO E A RAPAZIADA DE CURITIBA. PARE DE CHARADAS UM GOVERNANTE TEM QUE TER POSTURA E FAZER VALER SUA IMAGEM. DE UM O PONTA PE NOS PUXA SACOS DE SEU PARTIDO, DE SUA FAMILIA, DE PARTIDINHOS MULAMBENTOS DE CONSTITUIÇAO VILA E PASSE A SER NOSSO PRESIDENTE REALMENTE.
TALVEZ O SENHOR DEVESSE E IMAGINAR UM GENERAL DE CAXIAS E NAO UM MEQUETREFE QUALQUER QUE VIVE DIZENDO ASNEIRA. FALAR E VOLTAR ATRAZ E O PRINCIPIO DA CAIDA.
ABRA SEUS OLHOS O POVO JA DEU O RECADO. ACABE COM PLIM PLIM E OS OUTROS CANAIS DE BOSTA E VIVA PARA O QUE O SENHOR RENASCEU. SANGUE DE JESUS TEM PODER SO O SENHOR PODE LIMPAR SEU PROPRIO TRAZEIRO. NAO DEIXE ISSO A ENCARGOS DE OUTREM. NOS NASCEMOS SOS E MORREMOS SO. O RESTO E CONVERSA DE SUBDESENVOLVIDO DE MERDA QUE QUER CONSERVAR BENESSES MAS NAO TEM VERGONHA NA PUTA DA CARA. FALEI.

Anônimo disse...

🇧🇷 A zona franca é um sucesso a prova viva é Manaus um belíssima capital no coração da floresta.
🇧🇷 O resto é mi mi mi.

Anônimo disse...

Testemunho "quase copiado".
Em 2018, quando votei no Bolsonaro, votei para não permitir que os tetistas esquerdistas continuassem roubando e implantando uma ditadura; sabia (achava) que o Bolsonaro não era bom; mas estava errado, o Bolsonaro está se saindo muito melhor do que eu imaginava e/ou esperava, ao ponto de eu ter certeza, que nas próximas eleições, eu vou votar no Bolsonaro, e não (apenas) contra o lula (haddad) e o FHC (doria).

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Traduzindo para o latim o pensamento de Macron,fica assim: "pimentorium in anus outrem refrescus est"

Anônimo disse...

A anos atrás o governo militar fez a Transamzônica apostando que só a ocupação poderia trazer desenvolvimento e assegurar a soberania do Brasil em seu território. Já o PT trabalhava para transformar tudo em uma grande reserva indígena. A região amazônica é hoje um grande terreno baldio, propício a invasões e grilagens por parte de várias nações. Mesmo os nacionais também a exploram de forma predatória, poluindo com mercúrio nos garimpos ilegais, queimando a que deveria ser protegida.

Anônimo disse...

Esse comentário do Serrão é verdadeiro!Ainda bem que no G7 ele ficou isolado!

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:

O jornal Sputnik publicou neste domingo matéria jornalística com a seguinte manchete:
“G7 não faz sentido sem Brasil e Rússia, diz deputado do Parlamento Europeu. O deputado do Parlamento Europeu, Thierry Mariani, afirmou que o grupo do G7 é inútil sem a participação da Rússia, Brasil, China ou África.” Artigo disponível em: https://br.sputniknews.com/europa/2019082414430069-g7-nao-faz-sentido-sem-brasil-e-russia-diz-deputado-do-parlamento-europeu/

Anônimo disse...

Se os incêndios são criminosos; não se resolve com bombeiros [vai apenas queimar dinheiro (sem trocadilho)], se resolve (combate) com policia.
PS: Com tanto índio, tanta ong, tanta terra indígena; ninguém faz dança da chuva.