segunda-feira, 12 de agosto de 2019

O PT está morto! Longa vida ao PT



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por H. James Kutscka

Com a eleição do Capitão Bolsonaro, muita gente comemorou.

O PT está morto!

Sabe de nada inocente! Como na proclamação da ascensão de um novo monarca, a frase aparentemente contraditória usada: “The King is Dead, Long live to the King”, anunciava ao mesmo tempo a morte do rei e saudava o novo Rei. Para a plebe ignara nada mudava.

Nos tempos modernos, quando da última sessão da Liga das Nações Robert Cecil, um de seus idealizadores saudou a fundação da ONU em seu discurso exclamando: - The League is dead, long live  to The United Nations.

O ninho dos futuros esquerdistas progressistas estava assegurado.

No Brasil atualmente, vivemos em uma espécie de monarquia do mal; o PT está morto, longa vida ao STF, um PT no plural.

A situação me lembra um antigo desenho animado do Pica-Pau, criação do imortal Walter Lantz que estreou nas telas em 1941 e sobrevive até hoje, com apenas 196 episódios tendo sido produzidos até 1972.

Em um deles, o pássaro maluco atormenta a vida de Wally Walrus (No Brasil Leôncio), uma de suas vítimas mais simpáticas, que está tentando reger uma orquestra sinfônica com sua batuta.

O abusado pássaro de topete vermelho (oh coincidência!) pousa no instrumento de regência do simpático leão marinho, que tenta desfazer-se dele chacoalhando violentamente a batuta.

A cada chacoalhão aparece um novo Pica-Pau pousado sobre ela, um pesadelo surreal.

Aqui, na vida real, nos livramos do Muar de São Bernardo, mesmo com a tentativa da Anta do Planalto de salvá-lo das cordas, nomeando-o ministro, o recado para o “Becias” foi gravado, vazou e “deu ruim” para o marginal.

Depois de um só chacoalhão, acreditamos ter nos livrado do Vampiro Mãos de Tesoura e do Malddad, com a eleição do Capitão.

Ledo engano.

Como no desenho, agora como por milagre, são os onze da Satânica Trama Farisíaca que não permitem ao capitão, embora Messias no nome, governar, porque ele não descende da linhagem dos que há mais de trinta anos saqueiam o país; comem lagostas acompanhadas de vinhos premiados, enquanto o povo humilhado se contenta diariamente  com um prato de arroz com merda:

- Com pouco arroz, por favor, pede o povo que economiza para pagar as contas do “Mecanismo”. 

O PT segue dando as cartas.

Desculpem por favor, a falta de esperança desse escriba nas instituições, nas leis e na constituição com a qual os onze, diariamente limpam suas excelentíssimas nádegas, nos bidês do Supremo de porta aberta.

A impunidade acabou com o pudor e a decência.

A solução infelizmente, somente será alcançada com o povo indo à luta, e não será em demonstrações pacíficas de apoio a Sergio Moro, Bolsonaro ou Lava Jato nas avenidas das nossas capitais.

Isso eles tiram de letra.

Estão literalmente cagando para elas, e se limpando com a Carta Magna.

A coisa tem de ser “raiz”, a hora é da Bastilha.

Allons enfants de la Patrie! (em francês tudo fica mais bonito).

H. James Kutscka é Escritor e Publicitário.

Um comentário:

Unknown disse...

Às armas!