quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Cada Macaco no seu Galho



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Um amável leitor incomodou-se com minhas apreciações sobre o atual ministro da Economia e pediu-me um nome para sua eventual substituição.

Não sou economista e portanto não tenho a capacidade de fazer uma avaliação técnica a respeito de alguém apto à função.

Sem embargo, penso que sei bem observar a coerência das pessoas e suas biografias.

Mais que conhecimento teórico, o Brasil hoje precisa de exemplos.

Acho tremendamente infeliz a idéia de privatizar a Casa da Moeda. Um governo verdadeiramente soberano deve imprimir seu próprio papel-moeda , mesmo sem lastro, e outorgar-lhe o “status” de “legal tender”, de curso legal e forçado dentro de seu território.

Por ironia, a Suíça imprime suas notas numa gráfica privada (que eu saiba). Se for realmente verdade tratar-se de uma empresa particular, a Orell Füssli tem tradição e credibilidade para tanto. https://www.swissinfo.ch/por/cultura/das-b%C3%ADblias-para-os-bancos_orell-fuessli---a-gr%C3%A1fica-su%C3%AD%C3%A7a-de-500-anos/44904808


Num país onde o povo pode convocar plebiscito sobre qualquer assunto, os tiranos não estão seguros.

Peço aos mais hábeis que sugiram nomes ao nosso amado Presidente, num eventual afastamento do atual Arlequim; um servidor de dois patrões.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Vanderlei Lux disse...

Prezado Mantiqueira, buenas!

Não te incomodes com "amáveis leitores", que ao menor sinal de críticas aos "mitos", já puxam de suas gavetas os "sermões da montanha", principalmente daqueles que falam que "reformas da previdência" são a solução para todos os problemas da roubalheira desenfreada e oficializada ocorridas anteriormente e que provavelmente ainda ocorrem.

O debate político no Brasil é como final futebolística: guerra de torcidas somente. É gritos de um lado e urros de outro. Mas poucos se importam com quem está lá no meio, realmente jogando. A única coisa que os "torcedores" querem é que seu time ganhe!

Eu te digo, com confiança: a melhor alternativa para o substituto de Guedes, como querem os torcedores de Bolsonaro, era deixar o lugar vazio! Era fazer o governo parar de se meter na economia. Era deixar os bancos se virarem sozinhos no mercado, sem proteções monopolísticas que fazem dos 4 bancos brasileiros os mais ricos do mundo!

Uma coisa me disseram após a aprovação dessa "reforma da previdência": os únicos que estão batendo palmas são, ironicamente, não aposentados. Mas eles só vão entender isso quando pedirem suas aposentadorias.

Anônimo disse...

Sobre a importância da moeda nacional, notícia na TV disse que o Banco Central está incentivando a abertura de conta em dólares (não sei o que significa para a economia do país).
Sou contra a Reforma da Previdência, mas a banca internacional manobra de tal maneira que a situação dada, quando o presidente Bolsonaro chegou, foi de reformar ou ter o Brasil boicotado pelos investidores internacionais. O país só teria voz ativa para não reformar se não necessitasse desses recursos externos, mas os governos anteriores providenciaram para que essa autonomia não existisse. Um vídeo mostra que governantes que tentaram manter a soberania financeira de seus países morreram em "acidentes".