sábado, 12 de outubro de 2019

Dez Medidas Econômicas



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Henrique Abrão e Laércio Laurelli

O panorama atual da economia não é muito animador,ao longo de décadas,assistimos governos patinarem e seus governantes repetirem medidas erráticas.Sugestões para um plano de salvamento encerrando dez pontos fundamentais:

1) Redução da taxa selic para 2%

2) Aplicação de 100 bilhões da reserva para os setores mais atingidos da indústria e do comércio

3) Desburocratização para fins de cadastro nacional e acesso ao crédito com linhas efetivas pelos bancos e cooperativas

4) Cruzamento de folhas de pagamento entre servidores para extinção das distorções

5) Fim do demoníaco instituto do precatório prorrogado até 2028 mediante compensação com dívida ativa e deságio legalizado de venda e compra

6) Realização de um plano decenal em todos os Municípios do Brasil para saneamento, infraestrutura e descentralização dos serviços públicos

7) Retirada do cadastro negativo de 25% dos 60 milhões de brasileiros para renegociação e programa de redução do spread

8) Diminuição drástica do número de empresas, hoje são 5 milhões, em estado de iliquidez, por meio de renegociação, venda de ativos e distribuição de encargos

9) Corte de, no mínimo, 5% da carga tributária para empresas de pequeno e médio porte

10) Redução da alíquota do imposto de renda de 27,5% para 20% isentando até 3 salários mínimos todos os trabalhadores da iniciativa privada e pública, além de taxação de fortunas 2% acima de 50 milhoes de reais

Em linhas gerais, se implementadas as sugestões, em seis meses teremos um Brasil com cara de progresso e surto desenvolvimento.

Carlos Henrique Abrão (ativa) e Laércio Laurelli (aposentado) são desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Autores de livros jurídicos.

Nenhum comentário: