segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Outra Teoria – Renúncia do Papa Bento XVI



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Sob o ponto de vista estritamente técnico, há quem diga que o Papa Bento XVI foi chantageado e obrigado a renunciar.

É sabido que o Banco do Vaticano (Instituto para Obras de Religião) está envolvido em escândalos desde a época do Papa João Paulo I. O último episódio da série “O Padrinho”[The Godfather] sugere, inclusive, que aquele Pontífice foi assassinado. No conclave que escolheu seu sucessor, o tiro saiu pela culatra para os globalistas. Eleito João Paulo II, conservador e pragmático, viveu parte de seu tempo sob o regime comunista. Conhecia bem a fera. É fácil conjecturar que os implantadores da Nova Ordem Mundial tentaram matá-lo da mesma forma como atentaram contra a vida do Presidente Jair Bolsonaro.

Consta que o ilustre médico que operou nosso Presidente diversas vezes, teria dito que ele se salvou por milagre.

No histórico discurso que Bolsonaro proferiu na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas- ONU, sua excelência deixou claro o propósito de defender a Soberania brasileira a qualquer custo.

Se for preciso, O Brasil romperá relações diplomáticas com o Vaticano (Cidade Estado do Vaticano) e declarará o Papa Francisco “persona non grata”.

Há rumores de que os globalistas ameaçaram excluir o banco vaticano do sistema SWIFT (“Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication” ) causando assim um colapso da administração da Igreja Católica. Bento XVI preferiu renunciar.

O Arcanjo que mais admiro é São Miguel; guerreiro e chefe das milícias celestes não nos faltará e veremos cumprida a profecia de São Dom Bosco; o surgimento do Império da Cruz jorrando leite e mel.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

sergio soares disse...

Caro Carlos Mantiqueira ,eu que passei por 5 dos 7 sacramentos da igreja católica,estudei os 7 últimos anos do ensino médio em colégio católico(Sto.Agostinho) e tenho meus ascendentes ,de pai e mãe ,católicos,posso dizer que há muito tempo,desde o final da década de 80 ,não tenho dúvida alguma que Albino Luciani foi assassinado,assim como boa parte dos italianos não têm dúvida alguma.Ele iria começar uma faxina radical na igreja.Estouraram os escândalos do Banco Ambrosiano,as lojas maćônicas p-2,a mega-corrupção capitaneada pelo Cardeal Paulius Marcinkus,o "banqueiro de Deus",Luigi Mennini,Pellegrino Strobel,seguidos da proteção do Vaticano para que não fossem presos.E o também "suicídio-assassinato"(se é que existe) de Roberto Calvi,presidente do banco,enforcado sob uma ponte londrina.A exumação deste ,por equipe de médicos forenses,chefiada por Bernd Brinckman,indicaram assassinato em terreno baldio.Enfim,os globalistas da NOM mandam há 300 anos no mundo.Imrimem o dinheiro todo,inclusive o dólar americano,moeda mais forte do mundo.Nada como ter um Fed para chamar de "só seu".E viva a INTERNET.O mundo está ficando pequeno....

CaioB disse...

Gostei.
Gostei muito.
A invocação do Arcanjo Miguel e de suas milícias celestiais é necessária, muito necessária.
As forças das trevas se imiscuiram disfarçadamente entre a população do planeta e agora, com manobras orquestradas, estão a um passo de nos causar caos, dor e morte, no intuito de destruir a Obra Divina.
A luta é nossa, de nós humanos, mas a invocação e o pedido de ajuda ao Arcanjo Miguel não é apenas nosso direito, também nossa obrigação. Há uma guerra, guerra que muitos e muitos não entendem e não querem sequer tomar conhecimento.
Irmão, obrigado pela clamação, clamação que tem apoio.