sábado, 9 de novembro de 2019

País Desonsificado


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Todo o mundo fala do molusco. É o que menos importa.

Não devemos ter medo de palhaços ébrios e decadentes.

O que apavora é ver a inação felina.

Enquanto for tolerado o governo do Crime Organizado, de nada adiantam as boas intenções do Mito populista.

Sem embargo de suas qualidades pessoais (coragem e patriotismo), Bolsonaro é ingênuo. Deixou-se seduzir pela lábia do “mágico” das finanças.

Criado o primeiro factóide da reforma da (im)previdência, o tirador de coelho da cartola, deu “armas” para o cão egresso chantagear o Presidente.

Aprovada aos trancos e barrancos a primeira reforma, o prestidigitador envia uma segunda; a administrativa.

Só que cria sua própria ruína ao declarar que “tudo é negociável” !

Enquanto não for afastado, não há perigo de melhoras substanciais.

Mas o que Bolsonaro não entende (ou finge não entender) é que sem convocar a Intervenção Constitucional prevista no art. 142 da carta magna, o câncer do “aparelhamento”continuará a inviabilizar o funcionamento do governo.

O judas ciário já comprovou à náusea de que está a serviço do Crime.

O cão egresso, em crise de abstinência, topa qualquer negócio. Diria Ricardo III: “Meu reino por uma propina !”

Não se fiem na Dona Onça. Fé demais ou fé de menos.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: