sexta-feira, 15 de novembro de 2019

RES DERELICTA



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Há cento e trinta anos, o glorioso Exército Brasileiro cometeu seu maior erro. Num golpe de estado, afastou um homem culto e honrado, proclamou a República e, pior, não a implantou.

Não fosse a grandeza incomensurável do Brasil, não teríamos resistido aos desgovernos de incompetentes e/ou corruptos.

Por milagre escapou com vida de um covarde atentado, o homem patriota e corajoso que agora tenta reparar os descalabros cometidos no passado.

Mais que Coisa Pública, nossa Pátria era Coisa Abandonada.

Canalhas de toda espécie, usurparam o poder do Estado para se locupletar.

Resta ao excelentíssimo senhor Presidente da República, decretar a Intervenção Constitucional prevista no art. 142 da carta magna.

Sem ela, não terminará o boicote deliberado e pertinaz conta o progresso do Brasil.

As redes sociais romperam o monopólio da informação antes detido pela grande mídia, hoje prostituída.

Neste mais de século decorrido, tivemos apenas dois estadistas: Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek.

Houve outros governantes bem intencionados mas hesitaram em tomar as medidas necessárias contra os inimigos do Brasil, internos e externos.

Cinco ou seis gerações depois, os herdeiros espirituais de Caxias têm o dever e a oportunidade de salvar nossa Pátria.

“Pro Brasilia fiant eximia”

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Anônimo disse...

Moro, Dallagnol e Bolsonaro DERAM RAZÃO a Luladrão, na medida em que não buscaram reparação do dano moral sofrido, junto ao Judiciário!! Será que eles têm MEDO do Cachaceiro Ladrão?

sergio soares disse...

Só discordo,completamente ,dos elogios à Getúlio Vargas,que inchou o nosso enorme estado,e Juscelino idem.TODOS LIXOS.