quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Consertos para a Juventude



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal
O Alerta Total cansa de repetir que o Brasil só vai retomar o caminho consistente do crescimento e do desenvolvimento se promover a livre e intensa discussão para um Projeto Estratégico de Nação. A coisa pode até não ser tão sofisticada, mas é fundamental que aponte as intenções básicas, prioritárias e realistas para a reconstrução do Estado Brasileiro em bases democráticas de capitalismo. Uma Nova Constituição, para reformas e mudanças estruturais efetivas, depende destes pressupostos.
Além dessa necessidade estratégica, vale lembrar que a cidadania brasileira, consciente e civilizada, não está investindo tempo e força em algumas prioridades imediatas de luta política. Uma delas é a adoção do Voto Distrital para garantir a representatividade e valorizar o poder local. Outra é para que a tal “Justiça Eleitoral” cumpra a lei e execute o voto impresso para conferência física do sistema eletrônico de votação. A terceira é a permissão para candidaturas independentes dos partidos políticos.
Um quarto ponto que precisa ser atacado com extrema urgência: o fim do Fundo Partidário. É uma aberração que o dinheiro público seja usado para financiar a atividade privada de partidos políticos. O certo seria que cada agremiação seja sustentada por seus filiados. Partidos não podem funcionar como cartórios que limitam a livre atividade da Política. A representação do eleitor não deveria ser tutelada por esquemas mafiosos focados em escolher bandidos para supostamente representar o cidadão.
Para que tanta dificuldade e burocracia na criação de partidos políticos? Tal atitude é inconstitucional, pois fere o direito à livre associação. O Estado não tem legitimidade para regular a atuação político-partidária. Por isso é importante que se fortaleçam duas reivindicações: a independência total dos partidos em relação ao poder público e a legitimidade das candidaturas independentes dos partidos políticos. As duas medidas detonariam o modelo de corrupção partidária e dariam mais poder ao eleitor.
Esses consertos no sistema político brasileiro vão acontecer em breve. Além do crescente fortalecimento dos legítimos movimentos organizados da sociedade, também cresce a demanda da juventude por reformas e mudanças. A garotada que se manifesta nas redes sociais da Internet demonstra o desejo pelas coisas certas. Se tal pressão crescer – e a tendência é esta -, tudo vai mudar para melhor. Basta de sacanagem!
Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7








 Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Dezembro de 2019.

5 comentários:

Jayme Guedes disse...

Serrão, a maior riqueza natural de uma nação não é a extensão territorial, o clima ou o subsolo. Pense no Japão. A maior riqueza natural de uma nação é a qualidade de seu povo. Numa democracia a qualidade do povo significa a qualidade da maioria que elege. Como discutir um projeto estratégico de nação com uma maioria formada de analfabetos? Como discutir um projeto estratégico de nação com um povo cujas aspirações não vão além da trilogia do atraso, vale dizer, meu time, minha seleção e minha escola de samba? A palavrinha mágica, Serrão, é EDUCAÇÃO. E não estou teorizando não. A divisão da Coréia em dois novos países foi um excelente laboratório. A diferença entre a Coréia do Sul, que priorizou a educação, e Coréia do Norte, que priorizou o armamento, prova o que estou afirmando. Um programa que priorize a educação do povo acima de tudo precisará de 50 anos para mostrar os primeiros resultados. Pense, a geração que surgir em 2020 estará pronta aos 30 anos de idade e lá estaremos em 2050. A baixa qualidade da maioria que elege pauta a qualidade de todos com os quais se relaciona, vale dizer, qualidade dos eleitos, da imprensa e dos agentes econômicos. Qualquer coisa diferente do que eu disse aqui é só mimimi.

Anônimo disse...

BLOG CHUMBO GROSSO
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
ABRIRAM A TAMPA DO TÚMULO DO LULINHA

J.R.GUZZO

Nada como algumas perguntas simples e respostas sem complicação para se entender com rapidez a maior parte das coisas que aparecem no noticiário como se fossem o enigma do buraco negro do Universo. Essa história das transações entre um dos filhos do presidente e uma gigante do mundo das comunicações, por exemplo, que acaba de ressuscitar mais uma vez: está tudo 100% errado aí. É um alívio, realmente, diante de tantos mistérios da nossa vida pública, dar de cara com algo que qualquer um pode entender na hora – no caso, um embrulho onde não é possível encontrar nada de certo no começo, no meio e no fim.

Pode a empresa de um filho do presidente da República, conhecido como “Lulinha”, fazer algum tipo de negócio com uma empreiteira de obras públicas? Não pode. Podem, os dois, manter relações comerciais durante anos a fio? Não podem. Pode haver sociedade entre o filho e uma companhia que depende diretamente de atos do pai para sobreviver e prosperar? Não pode. Pode o presidente assinar um decreto que beneficia diretamente a empresa que é sócia do seu próprio filho? Não pode. Enfim: não pode nada, mas aconteceu tudo, no negócio montado entre Lulinha e a Oi/Telemar – Oi/Telemar, mas podem me chamar de Andrade Gutierrez.

É fato que entre 2004 e 2016 a Oi/Telemar pagou 132 milhões de reais à Gamecorp/Gol, a empresa do filho, por “serviços prestados”. É fato que não apareceu até agora nenhum motivo ou justificativa para que a primeira desse tanto dinheiro assim à segunda – que nunca teve ativos, talentos, funcionários, atividade empresarial ou qualquer outra coisa que pudesse valer, para a Oi, pagamentos de mais de 130 milhões de reais. É fato que um dos serviços prestados, constante de uma nota de 900.000 reais emitida em 2009, foi por “consultoria jurídica”. Como assim? A Gamecorp/Gol não era um escritório de advocacia – era apenas uma firma que fazia, segundo declarava o seu dono, “desenvolvimento e gestão de canais de distribuição de TV por assinatura” ou coisas desse tipo, todas elas em estado igualmente gasoso.

É fato, enfim, que em 2008 o presidente Lula assinou o decreto 6.654, dando à Oi/Telemar o direito de comprar a Brasil/Telecom. A compra não podia ser feita, pela lei – para isso, teria de haver, diretamente, um decreto presidencial de autorização. Resumo da peça, com pano “extremamente rápido”, como no “Teatro Corisco” de Millôr Fernandes: a Oi deu mais de 130 milhões de reais à Lulinha, e Lula assinou o papel que deu à Oi exatamente o que ela queria, e que só o presidente poderia dar. É isso o que aconteceu. O resto é metafísica, empulhação e conversa de advogado.

A Gamecorp/Gol, como é sabido, desapareceu da face da Terra sem deixar vestígio: só durou enquanto recebeu “aportes” e pagamentos da empreiteira-mãe. Quanto à própria Oi/Telemar, como também se sabe, a coisa toda acabou em lágrimas: a empresa está em “recuperação judicial” e seu presidente acaba de pedir demissão, assim que a justiça pediu novas investigações sobre o caso – que se julgava morto. “É só pepino”, explicou ele.

Resta, enfim, mais uma constatação de grande simplicidade: o silêncio da imprensa sobre histórias como essa faz o caso desaparecer do noticiário, mas não dos autos. A Justiça é um animal de comportamento imprevisível. Essa ou aquela história parecem sepultadas para sempre – mas de repente a tampa do túmulo se abre e saem de lá 47 mandados judiciais de busca e apreensão, a “fase 69” de uma investigação criminal e sabe-se lá quantos infortúnios a mais. A vida é dura.

Postado por Altamir Pinheiro às 12/12/2019 07:25:00 AM

Anônimo disse...

Blog.chumbo grosso

TUDO INDICA QUE O SÍTIO DE LULA, TAMBÉM, FOI COMPRADO COM DINHEIRO ROUBADO

Lula volta a acusar procuradores de “pirotecnias” para atingi-lo e a seus filhos, devido à Operação Mapa da Mina, nome sugestivo, lançada pela Lava-Jato terça-feira. Ela avança em um flanco do caso do Sítio de Atibaia que parece promissor do ponto de vista das investigações. O ex-presidente já está condenado em segunda instância neste processo, acusado de receber benefícios de empreiteiras em obras na propriedade usada por ele e família.

Embora não esteja provado que Lula é o dono do sítio, entendeu a juíza Gabriela Hardt que existe vínculo entre favores de empreiteiras (OAS e Odebrecht) prestados na propriedade e grandes contratos que as empresas tinham com a Petrobras, capturada por um esquema de corrupção do PT.

Tudo está provado, penas começaram a ser cumpridas, e bilhões saqueados já foram restituídos à estatal. Há tempos está superada a questão sobre se houve ou não corrupção no lulopetismo.

A Lava-Jato, em seus mais de cinco anos de existência, puxa agora um fio que pode levar à origem do dinheiro com o qual Fernando Bittar, Kalil Bittar e Jonas Suassuna — Fernando, sócio de Fabio Luis, “Lulinha”, filho de Lula — compraram o sítio que ficou em usufruto do ex-presidente e família.

Estão mapeadas transferências generosas de dinheiro da Telemar/Oi, sem razão plausível, para empresas do grupo de amigos, incluindo Lulinha. O final do percurso do dinheiro suspeito saído da “Supertele” — outro delírio petista e que terminou em corrupção e falência — seria o sítio.

Esta nova operação da Lava-Jato, neste momento, reforça a necessidade de o combate à corrupção ser perene, constituir uma ação institucional de Estado.

É uma questão desimportante se a Lava-Jato deve ser ou não prorrogada indefinidamente. O que tem de delimitar seu tempo de duração é a finalização ou não dos inquéritos com os quais trabalha.

Mais esta ramificação nas investigações sobre o sítio de Atibaia, que pode elucidar a origem do dinheiro usado em sua compra para usufruto de Lula, indica que ainda há o que apurar. E que tem de ser perene o enfrentamento dos esquemas que desviam dinheiro público. O desmonte do grupo do ex-governador Sérgio Cabral no Rio e as evidências de desvios em contratos assinados em São Paulo para a compra de trens por governos tucanos demonstram a extensão pluripartidária e geográfica da corrupção.

O avanço das investigações sobre o sítio precisa servir para reforçar o trabalho em andamento no Congresso para restabelecer a prisão em segunda instância, seja via Código de Processo Penal (CPP) ou por mudanças em dispositivos da Constituição que não sejam cláusulas pétreas.

A feliz decisão do STF de preservar o compartilhamento de informações de inteligência financeira entre organismos de fiscalização também ajuda na construção de uma estrutura de combate ao roubo do dinheiro público que seja do Estado e não de governos.
Editorias de O Globo. - A manchete e a imagem não fazem parte do texto original.

Postado por Altamir Pinheiro às 12/12/2019 06:54:00 AM

Anônimo disse...

Será que Gilmar Mendes precisa repetir para Guido Mantega que continua em vigor jurisprudência consolidada pelo STF e resumida naquele pétreo e "ético" bordão comercial que "PAGANDO BEM, QUE MAL TEM???"

Loumari disse...

LLAMADO URGENTÍSIMO DE MARÍA ROSA MÍSTICA AL PUEBLO DE DIOS - MENSAJE A ENOC 3 de Agosto de 2018

https://www.youtube.com/watch?v=UPDA-4jauaA&t=25s


OCEANO DE GRAÇAS ❤️ ❤️ ❤️

Desejos Infinitos de Serenidade, Paz, Prosperidade, Saúde a todos vós, assim que a vossos familiares.
Unidos no Amor de Deus e da Santíssima Virgem Mãe Celestial, possamos ser uma voz de Paz e de Esperança com o coração colmado de misericórdia de Jesus.

Graças vos damos por serem nossos irmãos e irmãs em CRISTO JESUS.

Vos abençoe o Senhor em cada etapa de vossa vida e passem boas festas.

Que o Senhor nasça em cada coração e vos ensine o Amor, a Compaixão e o Respeito por cada criatura. Paz e bem-estar a todos.

❤️ FELIZ NATAL.

❤️ Palavra de Luz

❤️ Paz

❤️ Amor

❤️ Vida

❤️ Cristo Redentor

❤️ NOVA CRIAÇÃO


MENSAGEM DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO - 4 DE DEZEMBRO DE 2019

Amado Povo Meu:


MEU CORAÇÃO DESEJA MANTER-VOS DENTRO DELE, PARA QUE NADA VOS SEPARE DE MIM.

Constantemente vos chamo a serem mensageiros do Meu Amor, da Minha Paz e quanto mais são Minhas chamadas, maiores são as distracções e maior é a letargia em que os Meus filhos vivem. Por isso lhes chamo novamente a oração, a receber-me na Eucaristia devidamente preparados, lhes chamo a CONHECER-ME, a adentrar-se no Amor de Minha Mãe, na Sua Palavra dada pelo mundo, antecipando a dor desta geração, provocado por desobediência e soberbia com que se rebelaram contra MIM.

Eu lhes chamo por Amor, o tempo do homem não é Meu Tempo, a humanidade está imersa em um mar de pecados que Satanás verte e enxerta constantemente nas mentes, com isso o pensamento e o coração da criatura humana se negam a seguir-me, se negam a reconhecer-se como pecadores, fazendo que seus irmãos carreguem com o peso de suas acções indevidas, imprudentes, soberbias e precipitadas.
CADA UM FOI CHAMADO PELO SEU NOME PARA SEGUIR-ME!

LUCAS 13:3 Não, vos digo; antes, se vos não arrependerdes, todos de igual modo perecereis.


Tu, pois, ó SENHOR, DEUS DOS EXÉRCITOS, DEUS DE ISRAEL, desperta para visitares todas as nações: não tenhas misericórdia de nenhum dos pérfidos que praticam a iniquidade. (Selah.)
(SALMO 59:5)


Consome-os, na tua indignação, consome-os, de modo que não existam mais; para que saibam que DEUS reina em JACOB até aos fins da terra. (Selah.)
(SALMO 59:13)


Unidos a São Miguel Arcanjo, paz a todos homens e mulheres de boa vontade.

QUEM COMO DEUS?

NINGUÉM COMO DEUS!

ALELUIA! ALELUIA! ALELUIA!


Apocalypsis 22 Biblia Sacra Vulgata (VULGATE)

16 Ego Jesus misi angelum meum testificari vobis haec in ecclesiis. Ego sum radix, et genus David, stella splendida et matutina.
17 Et spiritus, et sponsa dicunt: Veni. Et qui audit, dicat: Veni. Et qui sitit, veniat: et qui vult, accipiat aquam vitae, gratis.


Apocalypsis 22 Biblia Sacra Vulgata (VULGATE)

20 dicit qui testimonium perhibet istorum. Etiam venio cito: amen. Veni, Domine Jesu.
21 Gratia Domini nostri Jesu Christi cum omnibus vobis. Amen.