sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Fuja das tretas com as gretas sem garbo


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal
Só quem duvidava que o conservadorismo rondava a Europa ficou surpreso com a expressiva vitória de Boris-Johnson para primeiro-ministro britânico. O Partido Conservador obteve seu melhor resultado desde o triunfo de Margaret Thatcher nos anos 80. O Partido Trabalhista tomou um pau feio. Johnson irá ao Palácio de Buckingham para pedir permissão à rainha para formar um novo governo. E tudo caminha para que o Reino Unido deixe a União Européia em 31 de janeiro de 2020.
O vencedor fez um esperado discurso populista-nacionalista: "Este governo conservador recebeu um novo e poderoso mandato para realizar o Brexit - e não apenas para fazer o Brexit, mas para unir este país e levá-lo adiante"Boris-Johnson acrescentou que a eleição dá “chance de respeitar a vontade democrática do povo britânico, mudar este país para melhor e liberar o potencial de todo o povo”.
O discurso do Boris serviria para Bolsonaro. Mas, aqui no Brasil, o conservadorismo ainda toma paulada do renitente e tacanho modismo esquerdizante. Além disso, o Presidente também apanha, todo dia, de um parlamento que não tem um compromisso efetivo e verdadeiro com reformas ou mudanças.
A rotina é macabra. O Executivo troca caneladas com o Legislativo. Os deputados e senadores criam dificuldades para, ano que vem, conseguir facilidades de Bolsonaro. Em 2020 tem eleição municipal. Todos querem eleger vereadores e prefeitos em suas bases eleitorais. O jogo continuará duríssimo. O Governo seguirá com imensas dificuldades para aprovar reformas.
Resumindo: o governo conservador, de transição, continuará encontrando imensas dificuldades no Brasil que não consegue eleger representantes políticos legítimos. Por isso, a prioridade de quem apóia reformas e mudanças deve ser a luta pelo Voto Distrital, pelas candidaturas independentes de partidos e pela eleição com direito à recontagem do voto por alternativa impressa.
A pergunta é: faremos isso, ou vai continuar o mimimi meramente ideológico, para enganar bobo, enquanto as reformas e mudanças são sabotadas pelos agentes do Crime Institucionalizado?
Liderar mudanças efetivas, com foco em pautas possíveis de realizar, é melhor que perder tempo com tretas com as Gretas sem garbo...
Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7




 Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Dezembro de 2019.

4 comentários:

Anônimo disse...

O FHC não tá nem aí pro nosso problema da candidatura sem partido. A preocupação dele, é com quem qual dos dois candidatos ele vai dividir o fundo partidário. Ele é adepto daquele ditado: "O importante, é competir" (e receber o fundo partidário). https://polibiobraga.blogspot.com/2019/12/fhc-acha-que-problema-para-2022-sera.html

Augusto disse...

DENÚNCIA GRAVÍSSIMA.
O deputado Otoni de Paula afirma que o governador do Rio Wilson Witzel
está colocando a máquina do Estado do #RJ para forjar provas contra a família Jair Messias Bolsonaro no caso do assassinato da vereadora #Marielle.
https://www.facebook.com/MAvancaBrasil/videos/1485860388229091/

Loumari disse...

Vos vangloriar de uma eleição cujo resultado foi determinado por Inteligência Artificial?
Vocês sabem que Boris Johnson, Johnson que nem é seu verdadeiro apelido, porque este homem é de pai turco (o pai adoptou um nome britânico para se assimilar no ambiente so british) e Boris nem nasceu em UK, ele nasceu em Upper East Side, New York, Estados Unidos de América.

Sua origem paterna: Ali Kemal (nascido em 1867 em Fatih, executado em 6 de Novembro de 1922 em Izmit) um político, escritor editorial e poeta otomano. Ele foi o último ministro do Interior do sultão e, posteriormente, um oponente de Kemal Atatürk. Seu filho Osman Wilfrid Johnson é o avô paterno do político britânico Boris Johnson.

E vocês estão aqui a se vangloriar de coisa que cuja origem é FALSA. Um usurpador só pode ter intenções de destruir o que de princípio ele não tem infinidades.

Hoje muitos governos têm por governantes demónios. USA, BRASIL, UK, são pioneiros dos governos tomados por demónios

Anônimo disse...

A Loumari foi plenamente atingida pela inversão revolucionária do discurso esquerdista hegemônico da Nova Ordem Mundial, porque desconhece o mecanismo da criação de "fatos" a partir da construção de narrativas. Ela também se deixa levar pela vaidade, pois fala de si na terceira pessoa, como se fosse um personagem.