terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Muda, judasciário! Fora, gestapo!




Edição Atualizada do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

“O poder Judiciário é o poder mais transparente que tem. Quanto à responsabilidade, quantos a gente já não pôs para fora no Conselho Nacional de Justiça... Veja agora a prisão dos desembargadores (baianos). O trabalho na Bahia foi feito pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo CNJ”... “Veja se o Conselho Nacional do Ministério Público fazia isso, até pouco tempo. O Judiciário trabalha com muita transparência. O Ministério Público deveria ser uma instituição mais transparente”.

Deixemos para os “analistas de fofocas” (os gênios da zelite do shownarlismo), as inúteis avaliações emocionais sobre as recentes críticas feitas por José Dias Toffoli à Lava Jato e seus supostos efeitos negativos sobre empresas corruptas. Petista roxo no passado – porém há muito tempo convertido pelo espírito de corpo do Supremo Tribunal Federal -, Toffoli causou frisson porque declarou que o Judiciário tem sido mais transparente que o Ministério Público. Os fofoqueiros atingiram o delírio do orgasmo.

Quem quiser perder tempo vestindo carapuças que o faça... É mais lucrativo para a cidadania pensar estrategicamente e enaltecer as declarações que o Presidente do Supremo Tribunal fez ao jornal Estado de S. Paulo sobre os efeitos democráticos que a informatização correta do Judiciário vai viabilizar. Além de puxar a orelha da máquina judiciária que peca por falta de transparência, Toffoli defende a agenda correta: o Judiciário precisa ser mais ágil e cada vez mais transparente para que o senso de Justiça prevaleça.

Toffoli se prepara para comprar uma briga gigantesca com alguns Tribunais de Justiça estaduais que não aderiram ao Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU) – padronizado pelo CNJ. As Cortes rebeldes, que preferem usar seus sistemas próprios, podem sofrer cortes nos repasses orçamentários. No limite, o presidente do CNJ, o mesmo Toffoli, tem poderes para aplicar pena de advertência ou até determinar o afastamento do cargo de presidentes de tribunais que se insurgirem. O rigor extremo não deve acontecer, mas fica no ar uma reação togada contra a padronização, mas também contra a transparência.

O negócio do SEEU não fedeu porque o ministro Alexandre de Moraes derrubou a obrigatoriedade do sistema operacional. A Assembleia Legislativa de São Paulo entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, alegando que o sistema violava o princípio federativo e usurpava o papel da União e dos estados para legislar sobre direito penitenciário e procedimentos de matéria processual. Assim, a guerra entra em período de trégua... 

A luta por um sistema Judiciário mais rápido e absolutamente transparente é uma das mais importantes demandas da cidadania brasileira. É impagável o custo econômico e social de um judiciário caro, ineficiente e injusto (em muitos casos). Um País com insegurança jurídica – como o Brasil – terá imensas dificuldades para retomar o crescimento e atingir o desenvolvimento. Por isso, temos de condenar e combater o “Judasciário” e suas “gestapos”. Precisamos de Justiça – não de “justiçamento”ou de “jagunçagem”.

Coisas incríveis não acontecem dentro da zona de conforto. É fundamental chacoalhar a máquina Judiciária (polícias, promotoria, procuradoria e magistrados) – que tem se comportado como “judasciária”, praticando mais rigor seletivo que fazendo efetiva justiça.

TST caindo na real

Além da entrevista de Toffoli ao Estadão, também é relevante chamar a atenção para os recados da nova presidente do Tribunal Superior do Trabalho ao jornal Folha de S. Paulo.

Maria Cristina Peduzzi defende que a reforma trabalhista “foi tímida” e que a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho, da Era Getúlio Vargas) ainda precisa ser muito atualizada:

“Precarização pode haver, sem dúvida. Só que nós vivemos hoje a Quarta Revolução Industrial. Convivemos com modos de produção que eram impensáveis à época em que a CLT foi editada. Hoje nós temos a economia on demand. Nós temos o consumidor realizando o trabalho, não é o autônomo realizando o trabalho que antes só era realizado perante vínculo de emprego. Você faz movimentos bancários pelo celular, compra sua passagem aérea, faz a reserva do hotel. É outra realidade. Amazon e Uber são plataformas que diversificaram o comércio. A legislação deve se adaptar. Teletrabalho no serviço público hoje é uma realidade. O trabalho intermitente, que é tão impugnado, veio colocar no mercado de trabalho categorias que antes estavam à margem. O trabalho em tempo parcial não é uma invenção brasileira”.

Releia o artigo: O triunfo do usuário das redes sociais


Conta tudo, Cabralzinho

A anunciada delação premiada do ex-governador Sérgio Cabral filho tem tudo para abalar Bangu e o Judiciário.

Há muito se fala que Cabralzinho teria bala na agulha contra ministros do Superior Tribunal de Justiça...

O acordo que o vascaíno Cabral fechou com o MPF precisa, ainda, ser homologado pelo Supremo Tribunal Federal – aquele mesmo que permite corruptos soltos até o trânsito em julgado que só chega no Dia de São Nunca...  

A Globo merece?


Cúpula da Globo deve ter ficado muito pt da vida com este vídeo viralizado nas redes sociais.

Os cantoress Zé Neto e Cristiano faturam o Troféu do Domingão do Faustão e dedicam a Bolsonaro: “Este aqui é pra você”.

Bolsonaro não perdeu tempo e faturou a conquista...

Golaço não filmado do Pelé


Um gol incrível do Rei Pelé – que não foi filmado na época – acaba de ser reproduzido em formato de videogame, a partir das informações do craque e de outros jogadores do Santos... Incrível! Fantástico! Extraordinário!

Tomara que este golaço inspire os jogadores do Flamengo, no primeiro desafio para chegar à final do Mundial de Clubes da Fifa 2019...

Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7


Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Dezembro de 2019.

4 comentários:

Loumari disse...

Llamado de María Santificadora al pueblo de Dios - 01/Dic/2019

https://www.youtube.com/watch?v=AZs8LLosLSQ&t=102s


Mensaje urgente de la Santísima Virgen María a las naciones de Latinoamérica - Mensaje a Gustavo

https://www.youtube.com/watch?v=ftqzeTozmss


Llamado urgente de María Auxiliadora al pueblo de Dios - 23/12/2018

https://www.youtube.com/watch?v=4qjymly4bFM&t=29s


OCEANO DE GRAÇAS ❤️ ❤️ ❤️

Não vos abandoneis a vossa própria sorte. Põem toda confiança em Deus unicamente.
(Padre Pio da Pietrelcina)

❤️ Palavra de Luz

❤️ Amor

❤️ Esperança

❤️ Misericórdia

❤️ Paz

❤️ Cristo Redentor

❤️ Nova Criação

Loumari disse...

Llamado de San Miguel al pueblo de Dios - 07/Dic/2019

https://www.youtube.com/watch?v=QwdN_jPJubE&t=29s

Rodrigo Almeida disse...

A entrevista de Toffoli foi um escárnio

Anônimo disse...

Loumari, é o cão do inferno (tem que deixar um aviso em destaque).
Quem assistiu ao seriado "sobrenatural" (supernatural), sabe o que é um "cão do inferno".
Quem chega nesse blog, deveria ser alertado, que na porta do blog (comentários) tem sempre um comentário do cão do inferno, para espantar outros petistas (e demais parasitas da teta publica).