quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Mídia tupiniquim fabrica conflito inexistente



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

O Presidente Jair Bolsonaro ainda não definiu se vai encarar o frio no Fórum Econômico Mundial de Davos, nos Alpes Suíços. O evento reúne a nata da oligarquia financeira globalitária, entre os dias 21 e 24 deste mês. O ministro da Economia, Paulo Guedes, estará lá. O “Posto Ipiranga” defende que Bolsonaro também vá, para apresentar o “novo Brasil” aos maiores investidores do planeta.

O porta-voz Otávio Rego Barros informou: "O presidente ainda não bateu martelo sobre ida a Davos. Está aguardando retorno dos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional)". Ou seja: a prioridade imediata de Bolsonaro é dar uma descansada. Bolsonaro viaja ao Guarujá (SP) nesta quinta-feira (9jan) pela manhã. Pretende pegar uma praia até terça-feira (14jan).

Embora a canalha e idiotizada mídia tupiniquim irresponsavelmente deseje, o Brasil não vai entrar na guerra contra o Irã. O país é um importante comprador de milho, carne, soja, açúcar e farelo de soja do Brasil. Em 2018, o Irã foi o quinto maior destino das exportações brasileiras do setor agrícola, após China, União Europeia, EUA e Hong Kong. O Brasil exportou US$ 2,258 bilhões em produtos agrícolas ao Irã e importou US$ 39,92 milhões.

Bolsonaro tem guerras mais importantes para tocar. Além do combate permanente contra idiotas e canalhas na mídia e alhures, o Presidente precisa enfrentar o Crime Institucionalizado no combate permanente à corrupção sistêmica. Outra batalha, que começa a ser vencida, é garantir (e, se possível, não atrapalhar) a retomada do crescimento econômico.  O Irã nada tem a ver com isso...

Portanto, não devemos perder tempo com um noticiário maniqueísta que tenta vender a falsa idéia de que a grave crise no Oriente Médio vai atrapalhar o Brasil mais que o normal. A turma do mercado financeiro também não pode embarcar no nervosismo que a extrema mídia tenta provocar sobre as incertezas na pancadaria entre EUA e Irã. Mesma postura de cautela e calma deve ser adotada pela turma do agronegócio – que mais fatura com as relações Brasil-Irã.

Outro detalhe fundamental: os grandes investimentos programados para o Brasil vão acontecer independentemente da vontade de briguentos e da imprensa 171. Atrasos podem ocorrer, mas a reconstrução brasileira é um processo praticamente irreversível. Talvez nem uma manobra muito desastrosa do governo Bolsonaro consiga reverter o processo.

Conselho útil: vamos tratar da vida e desconsiderar a babaquice – principalmente a sugerida pelos canhotinhos da Globo & afins. Terrorista é esta mídia que tenta fabricar conflitos inexistentes, como o do Irã com o Brasil, e vice-versa.

Assim, Bolsonaro pode descansar na praia, com toda calma... Da mesma forma como Lula pode fazer o mesmo e namorar à vontade... A política, séria, acabou para o $talinácio...

Sobre Geopolítica séria, leia o artigo do General Carlos Alberto Pinto Silva: Ataque Americano no Iraque   

Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7




Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Janeiro de 2020.

Nenhum comentário: