domingo, 5 de janeiro de 2020

Taradoxos



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

O mais admirável da língua portuguêsa é a infinita possibilidadde de jogos de palavras.

Vivemos num país surreal. A mais alta corte só faz baixarias. Estariam os tarados preparados para as consequências ?

Com métodos pouco ortodoxos, nos asfixiam mais que de carbono monóxidos.

Pior, os urubus não preenchem o requisito constitucional do “notável saber jurídico”.

Dona Onça, numa letargia que nos dá nostalgia dos idos de março, não se move, não de comove.

Tanto lhe faz se nos lixamos ou se não chove.

Somos enxovalhados por corruptos e/ou tarados.

Nosso querido Mito não parece nem aflito. Sem querer repete trovas acadêmicas: “Não sei se é fita ou se fato; o fato é que ela (dona Onça) me fita , me fita mesmo de fato”.

A felina parece a coruja pintada com cores de papagaio e vendida para um simplório. Perguntado se ela falava, respondeu: “Falar não fala, mas presta uma bruta atenção !”

Assim estamos nós; órfãos (ou orfeões?).

Entre tantas hesitsações, clamemos pelo Vate Camões (ou c'as mães ou c'as mãos ?)

De jeito que a coisa vai, ficará como o cara indeciso sobre qual banheiro usar.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

DEFENSORES DE PONTEZINHA disse...

Lula nunca mentiu, nem mesmo na tesão. Ele tem 73 com tesão de 20, no "ané". Velho safado FDP.