quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Valor e Preço



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Há três espécies de valores.

-Intangíveis: Fé, Pátria, Honra, Família, Liberdade, Lealdade, Coragem, Amor, Amizade, Gratidão, Alegria, Inteligência, Humor, Música, Serviços Médicos e de outros profissionais, etc.

-Tangíveis:
-- Utilitários: Alimentos, Medicamentos, Armas, Utensílios...
-- Insumos: Agrícolas, Industriais e Tecnológicos...

Normalmente os valores intangíveis não tem valor monetário.

Os valores tangíveis têm valor de troca e/ou valor de uso.

O preço depende da lei da oferta e procura. É a necessidade que leva alguém a pagar um preço “absurdo” por algo.

Em sua peça “Ricardo III” Shakespeare, diz que o reino da Inglaterra, num momento de desespêro, valia apenas um cavalo.

Há preços pagos de uma só vez e outros de prestação continuada. Quem não conhece a frase ?: “O preço da liberdade é a eterna vigilância”.

O pagamento por esses valores pode ser em moeda ou alguma outra espécie de dinheiro.

Os pagáveis em moeda, podem ter seus preços comparados.

A moeda tem três funções básicas: meio de troca, medida de valor e reserva de valor.

No Brasil, em diversas ocasiões, nossa moeda deixou de ser reserva de valor; no auge da hiperinflação sarnenta, deixou de ser medida de valor, mas nunca deixou de ser meio de troca.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: