sábado, 8 de fevereiro de 2020

Levando Whisky pra casa


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Uma nova síndrome acomete o urubusário: a impichemania.

Façamos uma analogia.

O cara é síndico de um prédio. Pode demitir funcionários mesmo os contratados pelo administrador anterior. Mas nosso “herói” agora quer demitir uma faxineira escolhida por um dos condôminos para ajudá-lo na arrumação de sua casa.

Não é o bacanudo que paga a trabalhadora, nem o condomínio.

Por “exigência” de outros moradores é apresentada uma petição contra a auxiliar do vizinho que eles não vão com a cara.

Os reclamantes não têm boa fama no prédio. Desviaram bens (surrupiaram, melhor dito), não são amigos da higiene nem dos bons costumes. Em abstinência forçada pelo novo zelador que não rouba nem deixa roubar, estão furibundos e doloridos como se tivessem um furúnculo na parte final da retaguarda.

Talvez, em sua suprema arrogância, consiga o indigitado afastar a trabalhadora.

O esbulhado patrão, coitado, não tem a quem recorrer; nem chorar pro bispo adianta mais. Aliás, um romano agora recebe um pulha cão denado (ou danado?) numa evidente apologia do crime. Parece desatino de argentino.

Com o c. mais ardente que água, de medo do próprio “impeachment”, o panacocéfalo é capaz de tudo (lembram-se dessa ameaça feita pela anta empichada ?). Repito: “de tudo “.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: