quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Preconceitos




Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

É impossível, no entendimento da origem de qualquer conceito, ignorar a importância do preconceito. O preconceito, atacado pelo politicamente correto, não dá origem à verdade – ele cria a verdade comum, mais bem eu deveria dizer a “pós-verdade”, a verdade “livre do preconceito” natural de cada um de nós.

O preconceito é a forma primária do conceito. O conceito tem origem na concordância da razão com o seu objeto. O preconceito é a ausência de qualquer razão e qualquer objeto reais “em si mesmos”.

Todo preconceito é pois, não resta dúvida, individual e só adquire dimensão social, uma dimensão orgânica na História, quando não se transmite na forma rígida da norma jurídica ou do experimento científico.

O território do preconceito é, digo eu, muito mais a Arte e a Linguagem do que qualquer outro campo em que se faça presente a comunicação humana na sua forma lógica.

O preconceito é a história de uma razão que está grávida de conceitos. Ele é formado por opiniões, por traumas, acidentes e medos. O preconceito antecede o conceito, ele não é a forma impeditiva do conceito.

Não existe maior combate no Brasil do que aquele que se dá aos preconceitos. Nós morremos de medo dos preconceitos, nos aterrorizamos com a possibilidade de alguém nos considerar preconceituosos. Isso nos magoa, nos fere, nos humilha profundamente.

O preconceito é, para nós que vivemos no furacão daquilo que é politicamente correto, a volta no tempo, o retrocesso na ordem evolutiva porque não aceitamos nada diferente de uma Ordem cuja história não seja racional, lógica e capaz de superar qualquer necessidade de manifestação simbólica que abunda nos preconceitos.

Nós vivemos o mito de que a substituição do preconceito pelo conceito é decorrência do próprio progresso e que, inevitavelmente, estas mudanças são coletivas e tem sempre que ser experimentadas na mesma forma, na mesma catarse civil de uma época e de um lugar.

É, mais do que o conceito, do que a própria intelecção, o preconceito que nos torna especiais. O preconceito é o que imaginamos ser possível tornar conceito numa natureza que não obedece regras que nós insistimos que são sempre inteligíveis.

O mundo não é racional, mas natural e assim é, também, o preconceito – ele é infinitamente mais natural do que racional ou moral. Ele é a soma de tudo que não é racional, nem moral, mas que parte do natural na nossa eterna e involuntária tentativa de dar à realidade uma forma compreensível e capaz de ser transmitida numa linguagem que vencerá o desafio de superar o tempo.

É impossível olhar para qualquer realidade física sem formar dela um preconceito que depois, haveremos de ver, não obedece aos fundamentos racionais que utilizamos como categorias organizadoras daquilo que já sabemos ser verdade científica, como categorias históricas.

A luta contra o preconceito é a mais infeliz e antinatural de todas as lutas, é a luta que trai o homem na sua natureza...Nessa nossa natureza que ainda conserva em si mesma uma irracionalidade contra qual toda ciência há de ser, para sempre, infeliz na sua tentativa de superação.

Se o Brasil finalmente um dia "acabar com todos os preconceitos" estará liquidada toda nossa possibilidade individual, nossa capacidade humana, de chegarmos espontaneamente à verdade, ao CONCEITO daquilo que venha a ser qualquer coisa que nos cerca....

Viveremos no Brasil dos passarinhos. NENHUM passarinho azul pode chegar, sozinho, à conclusão de que o quarto passarinho na foto é vermelho porque isso é "preconceito"...

Uma voz muito mais alta, um poder muito mais forte, uma energia descomunal, vai nos obrigar, vai impor a todos nós a pós-verdade: os quatro passarinhos da foto acima são azuis. Ponto final. 

Milton Simon Pires é Médico. Editor do Ataque Aberto.

2 comentários:

Loumari disse...

18/02/2020 - Mensagem de SÃO JOSÉ / Mensaje de SAN JOSÉ

Mensagem de Aparição reservada, transmitida em 18 de fevereiro de 2020, em Grand Canyon, Tusayan, Arizona, Estados Unidos, à vidente Irmã Lucía de Jesús, para Encontros com o Castíssimo Coração de São José / Meetings with the Most Chaste Heart of Saint Joseph

https://www.youtube.com/watch?v=zYL6FknKfSs

Loumari disse...


Proverbs 9:10 King James Version (KJV)

10 The fear of the Lord is the beginning of wisdom: and the knowledge of the holy is understanding.