domingo, 15 de março de 2020

A Hora mais Escura



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Elcio Ribeiro Filho

Estamos presenciando a maior engenharia social perpetrada na história, após múltiplas tentativas similares partidas justamente da China nas duas últimas décadas. 

Países inteiros em estado de sítio, imposições de mudanças de comportamento nas interações entre as pessoas em escala global (já que todas as tentativas pelas políticas identitárias vem fracassando), estamos vivendo a distopia Orwelliana.

China, o laboratório social mais cruel, genocida, o regime viral autoritário mais resiliente já criado na história da humanidade. 

Estamos assistindo o maior golpe já viabilizado pelos tubarões dos mercados financeiro e de capitais, que faz a crise de 29 parecer um resfriadinho.

Presidentes do FED e do Banco Central Europeu deram coletivas de imprensa transparecendo felicidade e alívio com a crise global em andamento, porquanto a mesma serve aos propósitos escusos deles: acirrar a injeção massiva de dinheiro criado ao bel prazer dos bancos que detém o monopólio da oferta monetária, para "salvar" a economia global (ou estariam a acobertar os desmandos na política monetária das impressoras primordiais de dívida global e sua mais recente fórmula conhecida como quantitative easing?).

No Brasil, os políticos estarão de prontidão para coibir as manifestações? 

Observemos a escalada vertiginosa do alarde e do pânico com a aproximação do dia de amanhã. 

Todos estamos nos perguntando: onde estava a preocupação no carnaval? 

Não existe nenhum consenso na comunidade médica internacional. 

Muitos médicos em pânico pela possível falta de infraestrutura para atender os eventuais contaminados. 

Pouquíssimos indignados com as muitas conclusões sem fundamentos claros.

E alguns (bem relacionados com o meio político) excitados com a injeção de dinheiro que suas Organizações Sociais de Saúde vão receber para lidar com a "crise".

Ninguém cobrando ou pressionando a China por explicações reais sobre a origem do vírus. Mesmo com o curioso histórico chinês de centro originário de outras tantas quase-pandemias.

Assumimos que a causa é apenas um fato oriundo da natureza.  Somos vítimas do hábito da opinião instantânea perpetrada pela imprensa para gerar visibilidade. 

Vivemos o contínuo controle social que se utiliza do medo como ferramenta.

Paulistano que sou, me pergunto: João Doria e Bruno Covas estarão de prontidão para impedir a reunião? 

Vão empreender a polícia militar, GCM e CET para criar o maior número de obstáculos possíveis? 

Vão suspender o transporte público?

Com mais de 3 milhões de brasileiros massacrados pelo crime (e sem resolução) com a conivência do Estado nos últimos 35 anos. Incalculáveis mortes pela falta de retorno dos serviços públicos pelos impostos pagos à elite feudal política brasileira. Seria essa a nossa vacina contra a histeria coletiva atual?

No Brasil, sair todos os dias sem saber se voltaremos para casa já é nossa realidade. Preparados, precavidos, mascarados e de luvas, a quem seja necessário, vamos.

Senhoras e senhores:

Agora não é hora para o medo.

Elcio Silva Ribeiro Filho é Advogado.

7 comentários:

Anônimo disse...

A CHINA, mais precisamente WUHAN, foi a origem desse vírus , chamado hoje de COVID-19. Existe a possibilidade de que tenha havido um leak, um vazamento, do LABORATÓRIO de VIROLOGIA P4 , em WUHAN, que armazena os patógenos letais, como o do EBOLA e SARS. Poucos falam nisso, atualmente. E o COVID-19 CHINES continua fazendo suas vítimas fatais,alastrando-se e causando prejuízos materiais de grande monta, no mundo inteiro !!

Anônimo disse...

Você quis dizer ANCIÕES, né!

Ernesto disse...

O DR. LI WENLIANG, médico do HOSPITAL CENTRAL DE WUHAN, considerado o primeiro a detectar o vírus do COVID-19,em 2019, e acabou sendo uma vítima do vírus, tinha 34 anos de idade.
NAO ERA UM ANCIAO !!

Anônimo disse...

Sequer temos kits para deteção desse vírus.

Anônimo disse...

Vamos parar por um minuto para pensar racionalmente sobre essa chamada pandemia. Todos os anos, cerca de 15 milhões de pessoas morrem de doenças respiratórias. Mesmo estimativas conservadoras dizem que a gripe mata mais de 300.000 pessoas anualmente. E ainda assim temos histeria extrema sobre alguns milhares de mortes de pessoas cuja idade média é de 80 anos.

Inaldo disse...

O livro de Dean Koontz, Eyes of Darkness, publicado em 1981, em sua pág 181 ( versão pdf disponível na internet ) já denuncia esta arma biológica criada para este fim, engenharia social em escala global e mais uma etapa na política chinesa de dominaçao financeira global ...

"To understand that," Dombey said, "you have to go back twenty months. It was around
then that a Chinese scientist named Li Chen defected to the United States, carrying a
diskette record of China's most important and dangerous: new biological weapon in a
decade. They call the stuff 'Wuhan-400' because it was developed at their RDNA labs
outside of the city of Wuhan, and it was the four-hundredth viable strain of man-made
microorganisms created at that research center.
"Wuhan-400 is a perfect weapon. It afflicts only human beings. No other living creature
can carry it. And like syphilis, Wuhan-400 can't survive outside a living human body for
longer than a minute, which means it can't permanently contaminate objects or entire
places the way anthrax and other virulent microorganisms can. And when the host
expires, the Wuhan-400 within him perishes a short while later, as soon as the
temperature of the corpse drops below eighty-six degrees Fahrenheit. Do you see the
advantage of all this?"

Citação do livro Eyes of Darkness, do autor Dean Koontz

Pedro Ubiratan Machado de Campos disse...

Concordo com quase tudo, de fato a China do filósofo Confúcio caiu na lábia do satânico Mao Tsê Tung, da etnia Kiao Kiu Tiao que hoje praticamente domina as quase 400 outras etnias submetendo-as a mais cruel ditadura na face da terra.Suponhamos que tenham desenvolvido a cepa desse bichinho inofensivo e disseminado ele pelo mundo e todo doente, idoso e de saúde vulnerável ao ser examinado constata-se portador do bichinho. Pronto, espalha-se o pânico. Solto no coração da China, criou o cenário propício a demonstrar a eficiência dos chinos no enfrentamento da "pandemia"", agora desmontam o circo após comprarem as ações dos capitalistas ocidentais que lá investiram, tal qual disse Marx, que "os capitalistas nos darão a corda com a qual serão enforcados". Segundo cientistas, são vários especialistas em virologia, como o Dr. Prof. Bany Shmidt, que atestam ser o coroazinho inofensivo, não patogênico, mas muito útil para os fins a que está se prestando. Pânico no povo e nas bolsas de valores.