sábado, 7 de março de 2020

PF indicia em inquérito os 3 filhos de Roberto Marinho



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Afanásio Jazadji

Acolhendo decisão do juiz federal criminal da 2ª Vara do Rio de Janeiro, Gustavo Pontes Mazzocchi, o procurador da República Paulo Henrique Ferreira Brito, encaminhou à Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro pedido de instauração de inquérito para apurar supostos crimes de falsidade ideológica contra a ordem tributária e as telecomunicações que teriam sido cometidos pelos sócios controladores da GLOBOPAR – Globo Comunicação e Participações S/A, empresa que, de fato, tinha como titular de todas as suas ações a então “empresa de fachada” CARDEIROS PARTICIPAÇÕES S/A, que sucedeu a outra “sociedade de prateleira” de nome 296 Participações S/A, ambas com o surpreendente capital de apenas R$ 1000,00 (hum mil reais).

Além de Roberto Irineu Marinho, João Roberto Marinho e José Roberto Marinho, proprietários do Grupo Globo e concessionários dos canais de TV localizados em São Paulo; Rio de Janeiro; Belo Horizonte, Recife e Brasília, também foi indiciado o advogado Eduardo Duarte, responsável pela criação de diversas “empresas de papel” e que foram usadas pelos Marinhos, sem prévia aprovação governamental.

O processo investigatório teve início em São Paulo e foi transferido para o Rio de Janeiro por declínio de competência do MPF e do juiz da 7ª Vara Federal Criminal/SP. Nesse processo de simulação de transferência de ações intervieram as seguintes “empresas de fachada” e todas com capital inicial de R$ 1.000,00: 2 RIM 1947 PARTICIPAÇÕES S/A e EUDAIMONIA PARTICIPAÇÕES S/A (de Roberto Irineu Marinho); 336 PARTICIPAÇÕES S/A, JRM PARTICIPAÇÕES S/A e IMAGINA PARTICIPAÇÕES S/A (de João Roberto Marinho) e ZRM PARTICIPAÇÕES S/A e ABARÉ PARTICIPAÇÕES S/A (de José Roberto Marinho).

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e o próprio presidente da República já estão informados de toda essa ilegal engenharia societária envolvendo a exploração de relevante serviço público.

Afanásio Jazadji é Jornalista, radialista, advogado e deputado estadual por 20 anos seguidos no Estado de São Paulo e membro da Academia Paulista de Jornalismo.

Um comentário:

ALMANAKUT BRASIL disse...

Cuide dos teus comunistas aí no Inferno, Roberto Marinho!