terça-feira, 28 de abril de 2020

A farsa do impedimento sem chance


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

São mínimas, muito improváveis de se materializarem, as chances de impeachment contra Jair Messias Bolsonaro. Apesar da narrativa golpista da extrema mídia, dando eco a teses insustentáveis de canalhas, o Presidente da República fez movimentos políticos estratégicos e, sem negociatas, reagrupou a base de apoio no Congresso que estava mal mobilizada e estruturada. A covarde oposição não tem votos, prova jurídica sustentável e muito menos apoio popular para tirar Bolsonaro do poder fora do prazo legalmente previsto para o mandado, previsto para acabar em dezembro de 2022.

A bancada do agronegócio, que representa o sustentáculo econômico do Brasil, está compromissada com a sustentação para que Bolsonaro siga cumprindo o tempo legal de governo. O mesmo ocorre com a bancada evangélica e com a chamada bancada da bala (formada por representantes de policiais). Ao todo, Bolsonaro conta com mais de 300 votos no Congresso Nacional. Além de afastar a narrativa golpista, o governo pretende usar o rearranjo político para aprovar as reformas econômicas que o Brasil necessita.

Não é á toa que um dos inimigos públicos de Bolsonaro, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já advertiu que o impeachment é uma questão que exige muito cuidado: “O papel da Câmara neste momento é voltar a debater o enfrentamento ao coronavírus”. Assim, para bom entendedor, Rodrigo sugere que não vai tocar adiante os 29 pedidos de impeachment contra Bolsonaro.

Bolsonaro costurou acordos com o chamado "Centrão"? Maravilha... Se os partidos considerados clientelistas e patrimonialistas vão ocupar cargos no governo, em novo pacto de coalizão para evitar uma colisão, seria bom que as tais instituições funcionem... Principalmente os órgãos de fiscalização e investigação: Abin, Polícia Federal, AGU, CGU, TCU, Ministério Público e o povo... Pintou sacanagem, tem de denunciar. Se Bolsonaro virar corrupto, porrada nele! Simples, assim...

Inventar narrativas mentirosas não vale! Por isso, não será fácil sustentar o papo-furado do impedimento sem motivo e por pura leviandade. O Mecanismo golpista aposta todas as suas fichas no inquérito que será relatado pelo ministro Celso de Mello para apurar fatos denunciados após a saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça. A narrativa é insustentável. No entanto, mesmo que consiga prosperar, nas condições políticas realistas, é muito improvável que seja aprovada pela maioria dos 513 deputados – sem sequer chegar à apreciação dos 81 senadores.     

Eis a realidade objetiva que vai desagradar a golpistas e a uma parcela da classe média alta que investe no “nojinho” a Jair Bolsonaro. A tal “oposição” bem que poderia ser mais responsável – e menos canalha – propondo iniciativas para tirar o Brasil da crise e, de forma legítima, apresentar uma alternativa eleitoral ao “inimigo” Bolsonaro. Qualquer atitude diferente desta é abominável, criminosa e desrespeitosa.

Aos babacas da “oposição” e aos otários de plantão, o recado majoritário nas ruas, nas redes sociais e no Congresso Nacional é que não avançarão os projetos de impedimento contra Bolsonaro. Agora, o Brasil tem de cuidar dos impactos mortais do coronavírus na saúde e na economia. Os idiotas inúteis podem bater panela à vontade...

O povo, honesto e trabalhador, quer comida na mesa, salário no bolso e renda sobrando para poupar, empreender e progredir. Infelizmente, a irresponsável “oposição” só sabe sabotar e gritar contra Bolsonaro. Seria melhor aprender a fazer política de verdade. Investir na radicalização e no ódio só levará o País a uma convulsão social incompatível com a ordem democrática que a maioria deseja ver instaurada no Brasil.

Por isso, os segmentos esclarecidos da sociedade precisam investir na Depuração Democrática que permitirá a transição do Capimunismo Rentista para o Capitalismo Democrático. Essa chance inédita não pode ser jogada fora pela omissão dos bons ou pela canalhice da Turma do Mecanismo.

Resumindo: Golpe, Não! Os militares não permitirão! A prioridade é a saúde e a economia. Os bons Filhos da Pátria vencerão os maus filhos da puta! Vamos aprovar as reformas. E priorizar o debate para a Constituição do Novo Brasil verdadeiramente democrático.

O BBB20 acabou ontem... A babaquice tupiniquim também precisa acabar já... Verdade Acima de Tudo... E que o Acima de todos nos proteja...

Compromisso com o presente do futuro







Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Abril de 2020.

17 comentários:

Loumari disse...

Resta saber o que o vosso amado presidente no fim do seu mandato o que vai fazer o seu renome, quais serão os seus feitos mais marcantes.
Até aqui não houve nenhuma reforça para constituir as bases do início de uma nova fundação.
Vão passar os anos e o seu mandato só terá consistido em acusar o passado, como perro raivoso a atacar os outros, o tempo passa e é assim e só a isso a que ele se dedica. Não tem projecto, não tem plano, não tem ideia, não tem nem a mais mínima noção de governança, toda sua vida ele não fez nada, e vocês crêem mesmo que este nabo, oportunista, sedento de poderes quais uma vez tendo-os, não sabe o que fazer com eles em beneficio da sociedade. Só promessas, promessas no vento, e assim ele diverte e agrada os seus bovídeos.


ONDE ESTIVER O CADÁVER, AÍ SE AJUNTARÃO OS ABUTRES” (MT 24:28)

Loumari disse...

O Papa no Regina Caeli: não há noite que não se possa enfrentar com Jesus

Na oração mariana do Regina Caeli, este III Domingo da Páscoa (26/04), Francisco ressaltou que na vida estamos sempre em caminho. E nos tornamos aquilo rumo ao qual caminhamos. “Escolhamos o caminho de Deus, não o caminho do eu; o caminho do ‘sim’, não o do ‘se’. Descobriremos que não há imprevisto, não há subida, não há noite que não se possa enfrentar com Jesus.”

O Papa conduziu ao meio-dia deste III Domingo da Páscoa (26/04), da Biblioteca do Palácio Apostólico, no Vaticano, o Regina Caeli, que substitui o Angelus durante o período pascal. Na alocução que precedeu a oração mariana, Francisco aderiu ao Evangelho deste domingo (Lc 24,13-35) que, ambientado no dia de Páscoa, conta o famoso episódio dos dois discípulos de Emaús. “É uma história que começa e termina em caminho”, observou o Santo Padre.

Comentando esta página do Evangelho: De facto, está a viagem de ida dos discípulos que, tristes por epílogo da história de Jesus, deixam Jerusalém e voltam a casa, em Emaús, caminhando cerca de onze quilómetros.
Duas viagens dos discípulos de Emaús
Trata-se de uma viagem que se dá de dia, com boa parte do caminho em descida. E se tem a viagem de retorno: outros onze quilómetros, mas feitos ao cair da tarde, com parte do caminho em subida após a fadiga do percurso de ida.

Duas viagens, acrescentou Francisco: uma fácil de dia, e outra cansativa de noite. No entanto, observou, a primeira se dá na tristeza, a segunda na alegria. “Na primeira se tem o Senhor que caminha ao lado deles, mas não o reconhecem; na segunda não mais o vêem, mas sentem sua proximidade. Na primeira encontram-se desanimados e sem esperança; na segunda correm para levar aos outros a bela notícia do encontro com Jesus Ressuscitado.”

Continua

Loumari disse...

Pôr em primeiro lugar Jesus e os irmãos

“Os dois diferentes caminhos daqueles primeiros discípulos dizem a nós, discípulos de Jesus hoje, que na vida temos diante de nós duas direcções opostas: tem-se o caminho de quem, como aqueles dois na ida, se deixa paralisar pelas desilusões da vida e segue adiante triste; e se tem o caminho de quem não coloca em primeiro lugar a si mesmo e seus problemas, mas Jesus que nos visita, e os irmãos que esperam a sua visita.”

Eis a reviravolta, indicou o Papa: “deixar de orbitar em torno do próprio eu, das desilusões do passado, das ideias não realizadas, e seguir adiante olhando para a realidade maior e verdadeira da vida: Jesus vive e me ama”.

Passar do "se" ao "sim"

A inversão de marcha é esta, continuou: passar dos pensamentos sobre meu eu à realidade do meu Deus; passar – com outro jogo de palavras – do “se” ao “sim”. Do se: “se tivesse sido Ele a libertar-nos, se Deus pudessse ouvir-me, se a vida andasse como eu gostaria, se tivesse isso e aquilo...”

Esses são os nossos "se", parecidos com os dos dois discípulos. Os quais porém passam ao sim: “sim, o Senhor vive, caminha connosco. Sim, agora, não amanhã, coloquemo-nos em caminho para anunciá-lo”.

Da lamentação à alegria e a paz

“Sim, eu posso fazer isto para que as pessoas sejam mais felizes, para que as pessoas melhorem, para ajudar muitas pessoas. Sim, sim, posso.” Do se ao sim, da lamentação à alegria e à paz, porque quando nos lamentamos, não estamos na alegria; estamos naquele ar de tristeza. E isso não ajuda nem nos faz crescer bem. Do se ao sim, da lamentação à alegria do serviço, acrescentou.

Como se deu essa mudança, do eu a Deus, dos “se” ao “sim”? – perguntou Francisco. Encontrando Jesus: os dois de Emaús primeiro lhe abrem seus corações; depois o escutam explicam as Escrituras; depois, convidam-no a casa.“São três passagens que também nós podemos fazer em nossas casas:
- Primeiro, abrir o coração a Jesus, confiar-lhe os pesos, as fadigas, as desilusões da vida;
- Segundo, ouvir Jesus, tomar o Evangelho em mãos, ler hoje mesmo esta passagem, no capítulo vinte e quatro do Evangelho de Lucas;
- Terceiro, pedir a Jesus, com as mesmas palavras daqueles discípulos: ‘Fica connosco, Senhor’ (v. 29): com todos nós, porque precisamos de Ti para encontrar o caminho.”

Na vida estamos sempre em caminho

Francisco concluiu a alocução antes da oração mariana ressaltando que na vida estamos sempre em caminho. E nos tornamos aquilo rumo ao qual caminhamos. “Escolhamos o caminho de Deus, não o caminho do eu; o caminho do ‘sim’, não o do ‘se’. Descobriremos que não há imprevisto, não há subida, não há noite que não se possa enfrentar com Jesus.”

“Que Nossa Senhora, Mãe do caminho, que acolhendo a Palavra de Deus fez de toda Sua vida um ‘sim’ a Deus, nos indique o caminho”, foi o pedido do Santo Padre à Virgem Maria.

Loumari disse...

ORAÇÃO INICIAL A RAINHA E MÃE DOS ÚLTIMOS TEMPOS

Amados filhos, lhes convido a orar:

Pai Divino, Eterno e Omnipotente,

Filho Santíssimo, Verbo Encarnado,

Paráclito Santo, Espírito Divino,

Três Pessoas em um só Deus Verdadeiro.

Derrama Tua Santíssima Bênção sobre esta criatura que suplica ante Vossa Majestade Divina.

Sujeita a minha mão para que não me separe de Tua Protecção, dá-me esperança inabalável do encontro com a Tua Glória.

Por Teu Santo Espírito seja esculpida a minha alma e ache eu o discernimento que me conduz assim a Verdade de Tua Palavra e não me desvie do Caminho Santo.

Santíssima Trindade, legaste a Teu Povo a bênção de ter a Rainha e Mãe dos Últimos Tempos, para que interceda e defenda a Teu Povo.

Acolho a tão excelsa Rainha e Mãe, sujeito-me a Sua Mão bendita e me submeto a Sua Instrução Materna para que, junto a Ela, seja cumpridor de Tua Vontade.

Mãe que guias, Mãe que intercedes, Mãe que amparas a esta Humanidade sem rumo, seja o meu timão em este instante, para que, ante as garras do mal, não sucumba minha alma por debilidade.

Dá-me a força de vontade para não temer ante a espera, mas de temer cair nas insinuações do mal e não permitas que a minha alma se perca nas trevas malignas.

Rainha e Mãe dos Últimos Tempos, vem, acolhe-me e ensina-me a esperar pelo instante Trinitário, não seja eu quem deseje adiantar a hora, mas sob Teu amparo e fidelidade, seja eu Teu reflexo e não me espante nenhum momento diante do qual pareça que vou sucumbir.

Rainha e Mãe dos Últimos Tempos, faz renascer em mim o Amor, a Fé, a Esperança e o valor para viver como Tu, alimentando-me da Vontade Trinitária e continuar com a fervente fé de que me conduzirás assim ao encontro anelado com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, renascendo a nova vida junto a Santíssima Trindade. Ámen.


ORAR PARA A CONVERSÃO DA HUMANIDADE

Oração do dia:

Rainha e Mãe, olha para mim, na minha solidão, vem a mim, preciso do Teu Amor.
Leva no Teu Coração estas minhas petições, Te suplico que aceites: (formular os pedidos).
Ilumina-me com os raios de Tua Obediência, Fé, Esperança e Caridade.
Desejo auxiliar os meus irmãos com Tua mesma Obediência, para que unidos, possamos conhecer a Teu Filho Amado. Ámen.

Oferecimento: Lhes chamo a oferecer obediência a Meu Filho.


ORAÇÃO FINAL

Unidos a Santíssima Virgem Maria imploramos o Dom do Espírito Santo:
Vem Espírito Divino, vem com Teu Poder, renova todo meu ser e faz que, como criatura nova em Ti, minha mente e meu pensamento sejam renovados e meu coração palpite constantemente por manter-me sendo um só Contigo,
Oh Santíssima Trindade. Ámen.


JOÃO 4:34 Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.

Loumari disse...

APOCALIPSE 22:15,17 Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.
EU, JESUS, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de DAVID, a resplandecente estrela da manhã.
E O Espírito (Deus) e a Esposa (a Virgem) dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.


Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Ámen. Ora vem, Senhor Jesus!
A graça do nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós! Ámen.
(APOCALIPSE 22:20,21)


Apocalypsis 22 Biblia Sacra Vulgata (VULGATE)

20 dicit qui testimonium perhibet istorum. Etiam venio cito: amen. Veni, Domine Jesu.
21 Gratia Domini nostri Jesu Christi cum omnibus vobis. Amen.

Loumari disse...

NO VIVAS EN EL PASADO. Homilía 28 de abril del 2020 (Jn 6,30-35) | Padre Sam

https://www.youtube.com/watch?v=oLNFTx-AdxI&t=29s

Reflexión del Padre Sam del día 28 de abril del 2020:

Del Evangelio según San Juan 6, 30-35

En aquel tiempo, la gente le preguntó a Jesús: "¿Qué señal vas a realizar tú, para que la veamos y podamos creerte? ¿Cuáles son tus obras? Nuestros padres comieron el maná en el desierto, como está escrito: Les dio a comer pan del cielo".

Jesús les respondió: "Yo les aseguro: No fue Moisés quien les dio pan del cielo; es mi Padre quien les da el verdadero pan del cielo. Porque el pan de Dios es aquel que baja del cielo y da la vida al mundo".

Entonces le dijeron: "Señor, danos siempre de ese pan". Jesús les contestó: "Yo soy el pan de la vida. El que viene a mí no tendrá hambre, y el que cree en mí nunca tendrá sed".

*- Palabra del Señor,*
*- Gloria a Ti, Señor Jesús.*

aparecido disse...

O juizeco fanhoso de Curitiba bagunçou o coreto e mostrou qye seus inimigos tinham razão quando falavam sobre ele....um sujeito que estava num cargo muito acima de sua competencia e de seu brio.. Não tinha nem competencia e nem brio para ocupar tão importante cargo...quis ir além de suas sandálias e quebrou a cara...agora tampa a cara quebrada com uma focinheira chinesa...provavelmente sua carreira politica se encerrou neste episódio grotesco...

Anônimo disse...

Os militares precisam mesmo apoiar nosso Presidente que vem lutando bravamente pelo desenvolvimento do país e na defesa da nossa soberania. O que os militares tem que entender, se é que já não entende, é que, as marionetes não tem legitimidade para governar nosso país porque elas estão à serviço de estrangeiros (globalistas) e não do nosso país; cuja uma de suas intenções é nos roubar a Amazônia. Desde o FHC para cá que não tínhamos um governo que não fosse marionete dos globalistas; agora que temos o Presidente Bolsonaro e não abrimos mão do governo dele.
Vergonha alheia.

Estamos juntos Presidente Bolsonaro. Deus te ilumine. Estou visualizando sempre nosso mestre amado Jesus com suas mãos sobre sua cabeça e emitindo raios de luz sob sua cabeça.

Vejam o porquê que o ex ministro Sergio Moro saiu atirando no Presidente. Ele era um cavalo de troia do PSDB dentro do Governo do Presidente Bolsonaro. Um pau mandado do PSDB. Quantos e quais os crimes que foram cometidos? No mínimo a Prevaricação.


https://www.youtube.com/watch?v=UK7l47vsNz4


Vejam como eles xingam os opositores do que eles são e os acusam do que eles fazem. Deve ser por isso que o ex Diretor Maurício Leite Valeixo estava se sentido cansado, provavelmente eles estavam cobrando serviço e o ex ministro querendo abafar a corrupção e os crimes dos poderosos. E O Diretor estava mesmo era de saia justa. Como era o próprio que estava interferindo nas investigações, saiu acusando o Presidente de fazer aquilo que ele próprio estava fazendo. Vejam o video no link.




https://www.youtube.com/watch?v=OgyBXdt7JMI




Aproveitem e vejam esse outro video também.


https://www.youtube.com/watch?v=dsXEgDVU6fI

Anônimo disse...

"Movimentos políticos estratégicos e sem negociatas", kkkk, só rindo. Onde você chegou meu caro Serrão. Uma das maiores bandeiras eleitoral do Bolsonaro, que atraiu meu voto, foi se afastar da velha política e agora ele rasga esta promessa e você acha um movimento estratégico. Tem sim negociatas, como o porto de Santos para o Paulinho da Força, O ministério do astronauta e o DNIT (fonte de corrupção passada) para o Centrão etc, etc. O Jair Messias Bolsonaro é corrupto? Não tenho provas mas e seus filhos, são capacitados, como os da Lula? Só uma coisa tenho certeza, preciso escolher um novo candidato para 2022, para evitar a volta do PT e a continuidade do Bolsonaro.

Anônimo disse...

Os militares precisam mesmo apoiar nosso Presidente que vem lutando bravamente pelo desenvolvimento do país e na defesa da nossa soberania. O que os militares tem que entender, se é que já não entende, é que, as marionetes não tem legitimidade para governar nosso país porque elas estão à serviço de estrangeiros (globalistas) e não do nosso país; cuja uma de suas intenções é nos roubar a Amazônia. Desde o FHC para cá que não tínhamos um governo que não fosse marionete dos globalistas; agora que temos o Presidente Bolsonaro e não abrimos mão do governo dele.
Vergonha alheia.

Estamos juntos Presidente Bolsonaro. Deus te ilumine. Estou visualizando sempre nosso mestre amado Jesus com suas mãos sobre sua cabeça e emitindo raios de luz sob sua cabeça.

Vejam o porquê que o ex ministro Sergio Moro saiu atirando no Presidente. Ele era um cavalo de troia do PSDB dentro do Governo do Presidente Bolsonaro. Um pau mandado do PSDB. Quantos e quais os crimes que foram cometidos? No mínimo a Prevaricação.


https://www.youtube.com/watch?v=UK7l47vsNz4


Vejam como eles xingam os opositores do que eles são e os acusam do que eles fazem. Deve ser por isso que o ex Diretor Maurício Leite Valeixo estava se sentido cansado, provavelmente eles estavam cobrando serviço e o ex ministro querendo abafar a corrupção e os crimes dos poderosos. E O Diretor estava mesmo era de saia justa. Como era o próprio que estava interferindo nas investigações, saiu acusando o Presidente de fazer aquilo que ele próprio estava fazendo. Vejam o video no link.




https://www.youtube.com/watch?v=OgyBXdt7JMI




Aproveitem e vejam esse outro video também.


https://www.youtube.com/watch?v=dsXEgDVU6fI

Anônimo disse...

Os militares precisam mesmo apoiar nosso Presidente que vem lutando bravamente pelo desenvolvimento do país e na defesa da nossa soberania. O que os militares tem que entender, se é que já não entende, é que, as marionetes não tem legitimidade para governar nosso país porque elas estão à serviço de estrangeiros (globalistas) e não do nosso país; cuja uma de suas intenções é nos roubar a Amazônia. Desde o FHC para cá que não tínhamos um governo que não fosse marionete dos globalistas; agora que temos o Presidente Bolsonaro e não abrimos mão do governo dele.
Vergonha alheia.

Estamos juntos Presidente Bolsonaro. Deus te ilumine. Estou visualizando sempre nosso mestre amado Jesus com suas mãos sobre sua cabeça e emitindo raios de luz sob sua cabeça.

Vejam o porquê que o ex ministro Sergio Moro saiu atirando no Presidente. Ele era um cavalo de troia do PSDB dentro do Governo do Presidente Bolsonaro. Um pau mandado do PSDB. Quantos e quais os crimes que foram cometidos? No mínimo a Prevaricação.


https://www.youtube.com/watch?v=UK7l47vsNz4


Vejam como eles xingam os opositores do que eles são e os acusam do que eles fazem. Deve ser por isso que o ex Diretor Maurício Leite Valeixo estava se sentido cansado, provavelmente eles estavam cobrando serviço e o ex ministro querendo abafar a corrupção e os crimes dos poderosos. E O Diretor estava mesmo era de saia justa. Como era o próprio que estava interferindo nas investigações, saiu acusando o Presidente de fazer aquilo que ele próprio estava fazendo. Vejam o video no link.




https://www.youtube.com/watch?v=OgyBXdt7JMI




Aproveitem e vejam esse outro video também.


https://www.youtube.com/watch?v=dsXEgDVU6fI

Rodrigo Almeida disse...

União do lulopetismo com fhctucanismo.

Rogerounielo disse...

Metade da mão de obra global corre risco de perder renda, diz OIT

1. Disse a Organização Internacional do Trabalho (OIT), em novo monitoramento publicado nesta quarta-feira (29/04/202020), conforme matéria transcrita no item 5 abaixo:

a) “Confinamento por causa da pandemia de covid-19 tem impacto mais severo que previsto inicialmente nas empresas e trabalhadores em torno do mundo”;

b) “Cerca de 1,6 bilhão de trabalhadores da economia informal, equivalente à metade da mão de obra mundial, correm agora o risco imediato de ter seus meios de subsistência destruídos, ou seja, veem à frente um maciço impacto de empobrecimento. No Brasil, 47,8% dos trabalhadores estão na economia informal, sendo os mais vulneráveis no mercado de trabalho”;

c) “A estimativa da OIT é de que o primeiro mês da crise provocou uma queda de 60% da renda dos trabalhadores informais no mundo. Essa redução foi de 81% nas Américas. Na América Latina, 54% da mão de obra têm emprego informal. A contração da renda significa às vezes não ter mais o que comer e ausência total de segurança e perspectiva de futuro”.

Observação: Esta análise consta do arquivo “Metade da mão de obra global corre risco de perder renda, diz OIT.docx”, disponível no Google Drive, pasta pública (WEB) “ECONOMIA DIGITAL - DIGITAL ECONOMY”, conforme link https://drive.google.com/drive/folders/0B-FB-YQZiRk8SEdQb1BYUTRQLXc?usp=sharing ou no link https://rogerounielo.blogspot.com/2020/04/metade-da-mao-de-obra-global-corre.html.

1.1 A OIT pode considerar, contudo, não sei se para todos os países, mas certamente para vários países no mundo, especialmente os mais pobres, que PARA CADA MEMBRO DA POPULAÇÃO INFORMAL QUE GERA RENDA NO TRABALHO INFORMAL PODE EXISTIR MAIS UMA PESSOA QUE NÃO TRABALHA EM NENHUM LUGAR E QUE É SUSTENTADA POR UM TRABALHADOR INFORMAL.

1.1.1 “No caso específico do Brasil, a população ativa soma aproximadamente 79 milhões de pessoas ou 46,7%, índice muito baixo, uma vez que o restante da população, cerca de 53,3%, fica à mercê do sustento dos economicamente ativos” (Fonte – Link https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/populacao-economicamente-ativa-brasil.htm).

1.1.2 “São considerados informais os trabalhadores sem carteira, trabalhadores domésticos sem carteira, empregador sem CNPJ, conta própria sem CNPJ e trabalhador familiar auxiliar. O trabalho informal atingiu o equivalente a 38,4 milhões de pessoas, apesar da estabilidade com relação a 2018” (Fonte – Link https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/02/informalidade-atinge-recorde-em-19-estados-e-no-df-diz-ibge.shtml).

1.1.3 Se no caso específico do Brasil, os 38,4 milhões de trabalhadores informais tiverem cerca de 53,3% (restante de pessoas que não trabalham formalmente ou informalmente), que são sustentados por um trabalhador informal, então, temos, de forma ampliada uma população de 20,4 milhões de pessoas que são sustentadas por 38,4 milhões de pessoas e, assim, quando 38,4 milhões de pessoas tem redução foi de 81%, no Brasil, estatisticamente falando, conforme item “1.c” anterior, temos 58,7 milhões de pessoas que vão passar fome, ao mesmo tempo.

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

2. Se o ISOLAMENTO SOCIAL TOTAL continuar, a DESAGREGAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA, cujo PIB é 68% gerado por serviços, e a DESAGREGAÇÃO DA ECONOMIA DE TODOS OS DEMAIS PAÍSES DO MUNDO, será de tal ordem que em breve o BRASIL deve PARALISAR a venda de GÊNEROS ALIMENTÍCIOS para a CHINA e para todos os demais países do mundo, assim como esse processo já está acontecendo na Alemanha (vide item 18.4.1 abaixo – consultar análise que consta do arquivo “A sinuca de bico da produção de carne.docx”, em anexo, disponível no Google Drive, pasta pública (WEB) “ECONOMIA DIGITAL - DIGITAL ECONOMY”, conforme link https://drive.google.com/drive/folders/0B-FB-YQZiRk8SEdQb1BYUTRQLXc?usp=sharing ou no link https://rogerounielo.blogspot.com/2020/04/a-sinuca-de-bico-da-producao-de-carne.html) e, agora, começa a ocorrer nos EUA, com o COLAPSO DA PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA, DEPOIS COM O COLAPSO DA PRODUÇÃO DA CARNE SUÍNA, DEPOIS COM O COLAPSO DA PRODUÇÃO DE FRANGOS E, ASSIM, SUCESSIVAMENTE, EM FUNÇÃO DO FECHAMENTO DE FÁBRICAS, DO FECHAMENTO DE ABATEDOUROS E DA PERDA ABATEDOUROS !!!

2.2 Não é, apenas, o COLAPSO DA PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA, DEPOIS O COLAPSO DA PRODUÇÃO DA CARNE SUÍNA, DEPOIS O COLAPSO DA PRODUÇÃO DE FRANGOS E, ASSIM, SUCESSIVAMENTE, EM FUNÇÃO DO FECHAMENTO DE FÁBRICAS, DO FECHAMENTO DE ABATEDOUROS E DA PERDA ABATEDOUROS nem uma questão de manter a exportação aberta, pois existem outros fatores como, por exemplo, a queda no preço das commodities e a INUTILIDADE DE PRODUZIR BOIS GORDOS, que comem ração de milho, ração de soja, vai, literalmente, quebrar as pessoas que engordam bois, vai quebrar as pessoas que engordam porcos, vai quebrar as pessoas que engordam galinhas e, assim, sucessivamente.

2.3 Os produtores de alimentos, no mundo todo, vão quebrar, sucessivamente, em pouco tempo.

2.3.1 HAVERÁ BRUTAL ESCASSES DE COMIDA NO MUNDO TODO, POIS OS PRODUTORES DE ALIMENTOS ESTARÃO TODOS QUEBRADOS, EM TODOS OS PAÍSES DO MUNDO. POR QUÊ?

2.3.2 O MERCADO CONSUMIDOR DE BILHÕES DE PESSOAS DA FORÇA DE TRABALHO INFORMAL ESTARÃO SEM RENDA PARA COMPRAR PRODUTOS E SERVIÇOS, CONFORME MATÉRIA PARCIALMENTE TRANSCRITA ABAIXO, E O CORONAVÍRUS NÃO TERÁ QUE FAZER O SEU TRABALHO DE MATAR BILHÕES DE SEREM HUMANOS, POIS OS PRÓPRIOS SERES HUMANOS COM PODER DE DECISÃO FARÃO O TRABALHO PELO CORONAVÍRUS DE MATAR BILHÕES DE SERES HUMANOS DESPROTEGIDOS, NO MUNDO TODO.

3. O que reforça a conclusão tirada no anterior de que “O MERCADO CONSUMIDOR DE BILHÕES DE PESSOAS DA FORÇA DE TRABALHO INFORMAL ESTARÃO SEM RENDA PARA COMPRAR PRODUTOS E SERVIÇOS, CONFORME MATÉRIA PARCIALMENTE TRANSCRITA ABAIXO, E O CORONAVÍRUS NÃO TERÁ QUE FAZER O SEU TRABALHO DE MATAR BILHÕES DE SEREM HUMANOS, POIS OS PRÓPRIOS SERES HUMANOS COM PODER DE DECISÃO FARÃO O TRABALHO PELO CORONAVÍRUS DE MATAR BILHÕES DE SERES HUMANOS DESPROTEGIDOS, NO MUNDO TODO”???

4. Matemática de dois mais dois!

4.1 Com queda de 50,8% no faturamento, o setor mais impactado foi o de serviços, que inclui empresas de turismo e transporte, bares e restaurantes e autopeças - Fonte - Link https://exame.abril.com.br/economia/crise-do-coronavirus-faz-receita-do-varejo-cair-247-entre-marco-e-abril/

4.2 Mais de 600 mil pequenas empresas fecharam com pandemia, diz Sebrae - Fonte - Link https://www.oantagonista.com/economia/mais-de-600-mil-pequenas-empresas-fecharam-com-pandemia-diz-sebrae/

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

4.3 Em convulsões sociais, POR CAUSA DO COLAPSO DA ECONOMIA BRASILEIRA e POR CAUSA DO COLAPSO DE TODAS AS OUTRAS ECONOMIAS DOS DEMAIS PAÍSES DO MUNDO, conforme itens 3.1 e 3.2 retro, vamos ter invasão, saques e depredação a supermercados, invação, saques e depredação de residências onde moram as famílias, paralisação dos serviços em geral e do transporte, por que as pessoas estarão assustadas e com medo da violência de outras pessoas! As pessoas vão continuar em casa, por causa da violência de outras pessoas! Nos ataques às torres gêmeas nos EUA, o medo paralisou toda a economia dos EUA. Nada funcionava. Caminhoneiros e prestadores de serviços estavam com medo de sair de casa e serem atacados nas ruas ou terem suas casas invadidas com suas famílias dentro, enquanto estavam na rua trabalhando. O coronavírus será “esquecido”, quando tiverem início a invasão, saques e depredação a supermercados, invação, saques e depredação de residências onde moram as famílias, POR CAUSA DO COLAPSO DA ECONOMIA BRASILEIRA e POR CAUSA DO COLAPSO DE TODAS AS OUTRAS ECONOMIAS DOS DEMAIS PAÍSES DO MUNDO!

4.4 O Brasil e demais países do mundo deixarão de exportar comida para a CHINA, EM POUCO TEMPO, o que deve acontecer com os demais países que exportam para a CHINA ou que importam comida de outros países do mundo, em função da análise contida no item seguinte! Serão BILHÕES DE CHINESES morrendo de fome TODOS AO MESMO TEMPO e bilhões de pessoas morrendo de fome em outros países do mundo.

4.4.1 Outros BILHÕES DE PESSOAS MORRERÃO DE FOME NA RÚSSIA, NOS EUA e na EUROPA, pois com a DIMINUIÇÃO GERAL DE COMIDA NO MUNDO, como já está acontecendo com a ALEMANHA, por exemplo, conforme item 1.1 anterior, OS PAÍSES, ALÉM DE NÃO TEREM CONDIÇÕES DE ADOTAREM PROVIDÊNCIAS PARA EXPORTAR COMIDA TAMBÉM ESTARÃO SOFRENDO COM A FALTA DE COMIDA PARA SUAS POPULAÇÕES E COM A BRUTAL ELEVAÇÃO DO PREÇO DA COMIDA POR CAUSA DA ESCASSEZ DE COMIDA, TUDO AO MESMO TEMPO, E ASSIM, OS GOVERNOS TENDEM A PROIBIR EXPORTAÇÃO DE COMIDA PARA OS DEMAIS PAÍSES DO MUNDO E OUTROS PAISES SIMPLESMENTE NÃO TERÃO DINHEIRO PARA COMPRAR COMIDA.

4.5 Todos estão com medo de MORRER, ao mesmo tempo, o medo da morte é uma pandemia que MATARÁ BILHÕES DE PESSOAS NO PLANETA TERRA e, certamente, as IMPRENSAS DE CADA PAÍS DO MUNDO e a IMPRENSA INTERNACIONAL, CONTROLADA PELOS CAPITALISTAS E PELO SISTEMA FINANCEIRO INTERNACIONAL, serão os responsáveis pela MORTE DE BILHÕES DE PESSOAS, nessas ações "fantasiosas", incentivando o medo da morte pelas populações ao redor do mundo, para privilegiar o Sistema Financeiro Internacional, infelizmente, com a participação do Papa, da ONU, da OMS, da Igreja Católica, etc.

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

5. Início da transcrição da matéria:

Metade da mão de obra global corre risco de perder renda, diz OIT

Confinamento por causa da pandemia de covid-19 tem impacto mais severo que previsto inicialmente nas empresas e trabalhadores em torno do mundo

Cerca de 1,6 BILHÃO DE TRABALHADORES DA ECONOMIA INFORMAL, EQUIVALENTE À METADE DA MÃO DE OBRA MUNDIAL, CORREM AGORA O RISCO IMEDIATO DE TER SEUS MEIOS DE SUBSISTÊNCIA DESTRUÍDOS, ou seja, veem à frente um maciço impacto de empobrecimento. No Brasil, 47,8% dos trabalhadores estão na economia informal, sendo os mais vulneráveis no mercado de trabalho

A estimativa da OIT É DE QUE O PRIMEIRO MÊS DA CRISE PROVOCOU UMA QUEDA DE 60% DA RENDA DOS TRABALHADORES INFORMAIS NO MUNDO. ESSA REDUÇÃO FOI DE 81% NAS AMÉRICAS. NA AMÉRICA LATINA, 54% DA MÃO DE OBRA TÊM EMPREGO INFORMAL. A contração da renda significa às vezes não ter mais o que comer e ausência total de segurança e perspectiva de futuro

Fonte - Link https://valor.globo.com/mundo/noticia/2020/04/29/metade-da-mo-de-obra-global-corre-risco-de-perder-renda-diz-oit.ghtml

Por Assis Moreira, Valor -- Genebra 29/04/2020 08h35 · Atualizado

O confinamento por causa da pandemia de covid-19 tem impacto mais severo que previsto inicialmente nas empresas e trabalhadores em torno do mundo, alerta a Organização Internacional do Trabalho (OIT) em novo monitoramento publicado nesta quarta-feira.

Cerca de 1,6 bilhão de trabalhadores da economia informal, equivalente à metade da mão de obra mundial, correm agora o risco imediato de ter seus meios de subsistência destruídos, ou seja, veem à frente um maciço impacto de empobrecimento. No Brasil, 47,8% dos trabalhadores estão na economia informal, sendo os mais vulneráveis no mercado de trabalho.

Globalmente, a baixa no número de horas trabalhadas no segundo trimestre deverá se agravar de maneira significativa. Comparado a antes da crise (quarto trimestre de 2019), a OIT prevê uma redução de 10,5%, equivalente a 305 milhões de emprego a tempo integral (tendo como base a semana de 48h). A estimativa anterior previa queda de 6,7%.

Na América Latina, a baixa nas horas trabalhadas foi de 1,5% no primeiro trimestre de 2020, mas deve passar para 10,3% no segundo, segundo o especialista Roger Gomis, refletindo a enorme deterioração no mercado de trabalho na região.

A estimativa da OIT é de que o primeiro mês da crise provocou uma queda de 60% da renda dos trabalhadores informais no mundo. Essa redução foi de 81% nas Américas. Na América Latina, 54% da mão de obra têm emprego informal. A contração da renda significa às vezes não ter mais o que comer e ausência total de segurança e perspectiva de futuro.

Outro indicador, a mobilidade, calculada com base nos usuários de Google Maps, diminuiu 65% na média na América Latina. No Brasil, a redução foi superior a 50% recentemente.

Conforme a OIT, mais de 436 milhões de empresas enfrentam riscos de perturbações. Elas exercem suas atividades nos setores econômicos mais atingidos, como é o caso de 232 milhões na venda a atacado e no varejo, 111 milhões na indústria, 51 milhões na hotelaria e 42 milhões no setor imobiliário e em outras atividades comerciais.

A proporção de trabalhadores vivendo nos países onde os locais de trabalho foram fechados obrigatoriamente, por causa da pandemia, diminuiu de 81% para 68% nas últimas duas semanas, principalmente em razão da volta da atividade na China. Mas a situação piorou em todas as outras regiões.

Para o diretor-geral da OIT, Guy Rider, os governos precisam ter medidas urgentes, bem focadas e flexíveis para ajudar trabalhadores e empresas. Para ele, na medida em que a pandemia evoluir e a crise do emprego aumentar, a necessidade de proteger os mais vulneráveis torna-se mais urgente.

Fonte - Link https://valor.globo.com/mundo/noticia/2020/04/29/metade-da-mo-de-obra-global-corre-risco-de-perder-renda-diz-oit.ghtml

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

6. Observação: Esta análise consta do arquivo “Metade da mão de obra global corre risco de perder renda, diz OIT.docx”, disponível no Google Drive, pasta pública (WEB) “ECONOMIA DIGITAL - DIGITAL ECONOMY”, conforme link https://drive.google.com/drive/folders/0B-FB-YQZiRk8SEdQb1BYUTRQLXc?usp=sharing ou no link https://rogerounielo.blogspot.com/2020/04/metade-da-mao-de-obra-global-corre.html.

Fim