domingo, 26 de abril de 2020

Salvo pelo Gongo – Leia-se KungFlu!



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Em todo mundo há quem reze por São Corona!

Instituições, multinacionais, países, entidades e até pessoas como os simples mortais!

A União Européia ganhou uma sobrevida pós Brexit.

Um grande banco alemão saiu dos holofotes.

O sistema bancário italiano, ganhou fôlego de monte, na Páscoa de hiena (ou quase isso).

Um ex-ministro, por vendeta, fez o povão esquecer do quase xará.

Feliz é a Holanda que tem um banco de rabo.

No Brasil os bancos enrabam o governo, as empresas e os infelizes clientes.

O arcanjo Central entupiu-os de dinheiro tal qual raposa que zela pelo galinheiro.

Vivemos um momento paradoxal.

Uns vestem máscara. Outros deixam cair as suas.

O desgovernador que mora numa itálica rua, numa quase fazendinha, age como aquela senhora de meia idade (perua) que saiu de seu elegantíssimo clube dirigindo um luxuosíssimo carro. No primeiro farol fechado aproximou-se um mendigo e lhe disse:

”Dona, há três dias que não como!”

Resposta: “Insista! Regime é assim mesmo; depois a fome volta!”.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

aparecido disse...

Os tempos estão estranhos... ontem de manhã vendo um cidadão passeando com seu enorme cachorro...e quem usava a focinheira era o cidadão.. o cachorro latindo livremente..kkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

É inimaginável o que aconteceu no governo Bolsonaro a esta altura do Corona virus. Será que não existem conselheiros de cada lado, generais ou interlocutores, que pudessem conscientizar os dois que o momento foi totalmente inadequado para este racha, com consequencias totalmente imprevisíveis. Desde o inicio desta pandemia e agora, os fatos estão demostrando que ninguém está preocupado com o povo e sim com seus próprios interesses.
Triste para o Brasil do Bem.

Anônimo disse...

É inimaginável o que aconteceu no governo Bolsonaro a esta altura do Corona virus. Será que não existem conselheiros de cada lado, generais ou interlocutores, que pudessem conscientizar os dois que o momento foi totalmente inadequado para este racha, com consequencias totalmente imprevisíveis. Desde o inicio desta pandemia e agora, os fatos estão demostrando que ninguém está preocupado com o povo e sim com seus próprios interesses.
Triste para o Brasil do Bem.