quarta-feira, 6 de maio de 2020

Gestapo do PT na PF?



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Félix Maier

Segundo a mídia e o próprio Sergio Moro, nem mesmo durante o governo petralha de Lula e Dilma houve tanta interferência na Polícia Federal como ocorre hoje com o Presidente Bolsonaro.

No entanto, o depoimento dado por Moro no antigo motel de Lula em Curitiba - Sede da PF local -, em processo aberto pela PGR, não apresentou prova alguma contra Bolsonaro, apenas teceu elucubrações sobre crimes do Presidente que poderiam ocorrer no futuro, além de se omitir marotamente na época, não denunciando tais "crimes" no momento oportuno, configurando possível crime de prevaricação.

O depoimento de Moro na PF de Curitiba foi tão estéril que analistas políticos como Caio Copolla, da CNN Brasil, afirmam que "a montanha pariu um rato".

A mídia é tão safada que até agora não citou uma vez sequer a grave acusação de Romeu Tuma Jr. em seu livro "Assassinato de Reputações", de que existe uma "Gestapo do PT na PF" - o que seria um pequeno mas contundente contraditório àquela celestial PF enaltecida por Moro.

Ou seja, segundo o antigo chefe do Conselho Nacional de Justiça, houve aparelhamento petista na Instituição, com o objetivo de fazer dossiês de inimigos políticos, guardá-los na gaveta e, no devido tempo, jogar no ventilador para "assassinar reputações". Será que Moro nunca leu tal livro do filho do Tumão?

Infelizmente, não temos mais jornalismo no Brasil, apenas versões ridículas de fofocas apresentadas por militantes políticos de esquerda, que infernizam diariamente o Governo Bolsonaro, fazendo de tudo para derrubá-lo.

Desgracadamente, também não temos ministros no STF para defender a Constituição Federal, que deveria ser sua missão primordial, mas advogados do PT, como Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, e do PSDB, como Alexandre Moraes, todos envolvidos em atos permanentes de conspiração contra toda a sociedade brasileira, além de acintosamente defecar em cima da Constituição que deveriam defender, ao barrar, por exemplo, a nomeação de um Delegado da PF para comandar sua Instituição, prerrogativa exclusiva do Chefe do Executivo.

Félix Maier é Capitão reformado do EB.

4 comentários:

Fredoliveira disse...

O.supremo e uma decepção pois verificamos que a constituição do país está sem guardião .

aparecido disse...

O capitão parece um tanto perdido.. Existe uma Gestapo do PT em todas as repartiçoes publicas brasileiras minicipais estaduais e federais...e desconfio... até nas FFAA... A burocracia brasileira é petista de cabo a rabo...embora não tenha mais apoio na sociedade a CF de 88 impede a remoção desta Gestapo...e isto paralisou o pais...eles mandam em tudo e não podemos fazer nada senão obedecê-los.. e o leao esta tão manso que não metem medo em ninguém...Na PF existe a ala petista a ala psdb a ala freixo a ala serrista e outras.. aquilo é uma policia de facção a serviço de caciques politicos..A PF ser uma instituição de estado é o CA..RA..LHO....

aparecido disse...

Moro é um cara viciado em ribalta... e agora sem ribalta joga m.. em tudo na tentativa de abrandar sua crise de abstinencia...conseguiu destruir sua solida reputação em apenas 15 dias...jamais deveria ter saido de Curitiba.. e Bolso errou feio ao colocar um cara inexperiente em politica num cargo tão importante..Moro talvez tenha sido o pior ministro da Justiça da historia republicana .. por não ter o perfil requerido por tal cargo...A relação crispada de Bolsonaro com governadores congresso e STF deve-se em grande parte a inexperiencia de MORO em exercer o cargo de ministro da Justiça...Moro como chefe da segurança publica do pais deveria ter otimo relacionamento com todos os governadores.. mas MORO é queixo duro e inflexivel.. ninguém com estas caracteristicas consegue fazer uma carreira politica.. Uma cadeira em que sentaram Tancredo Neves, Petronio Portela e Dr. Paulo Brossard jamais jamais deveria ser dada a um inexperiente em politica como Moro...DEU XABU GROSSO !!!!!

Félix Maier disse...

O assunto era PF. Ponto final.