domingo, 3 de maio de 2020

Mecanismo Acima de Todos – Parte III



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Há pelo menos duas perguntas fundamentais sobre a crise institucional brasileira, cujo impasse entre os poderes ameaça se transformar em colisão e ruptura: 1) Será que os coletivos não eleitos têm legitimidade para mandar no Povo – que tem o poder originário, instituinte? 2) Será que os integrantes destes mesmos segmentos podem intervir, de forma constante e permanente, nas decisões que são exclusivas e soberanas do Poder Executivo? A resposta óbvia ululante é um NÃO ROTUNDO.

Decisões monocráticas e liminares do Supremo Tribunal Federal, atendendo a provocações gritantemente políticas, promoveram intervenções e interferências em recentes  atos do Executivo. O ministro Alexandre de Moraes impediu a nomeação e posse do Diretor-Geral da Polícia Federal. Também suspendeu a investigação da Receita Federal contra 133 contribuintes, incluindo o Presidente do STF, José Dias Toffoli, e o ministro Gilmar Mendes. O ministro Luis Roberto Barroso suspendeu o ato do Itamaraty expulsando 34 diplomatas venezuelanos do Brasil.

O STF atropelou prerrogativas exclusivas do Presidente Jair Messias Bolsonaro e de órgãos do Estado Brasileiro Só faltou o Supremo proclamar, em francês, para ficar bonitinho: “Le Executive c’est moi”... E se algum General do povo reclamar: “Brioche neles”...

A Judicialização da Política extrapolou... Subiu de patamar... Agora assistimos à Judicialização do Poder Executivo. Os ministros do Supremo Tribunal Federal resolveram deixar claro que eles mandam no Brasil. O que talvez estejam ignorando, perigosamente, é que que pode caber recurso ao Senado... Só uma maioria de senadores tem poder, no estamento jurídico atual, para enfrentar os ministros do STF. A “sorte” deles, por enquanto, é que Bolsonaro, aparentemente, não tem hegemonia no Senado... Acontece que, numa crise institucional, tudo muda o tempo todo...

A coisa está muito esquisita... Generais na ativa e na reserva já reclamam da frequente interferência do Poder Judiciário em seara que não lhe compete. No ato de Alexandre sobre a PF, um importante General reclamou e ironizou: “Mais uma interferência totalmente indevida em ato que é de competência exclusiva do Presidente da República. Próximo passo será indicar ministros e até o Comandante da Força Armada”. A tensão militar é inegável... Nem na proximidade da queda de Dilma Rousseff foi tão intensa como agora... Será que os ministros do STF ignoram isto?

A presente crise institucional, à caminho de uma ruptura, exige foco na solução: “Mais consciência, menos leis”. Eis o resumo do que o Brasil precisa na luta constante, resiliente e permanente pela Liberdade e pela Democracia. Temos de superar a Era do Estado-Ladrão, ditador, centralizador.

O regime Capimunista rentista esgotou-se na paciência das pessoas. Necessitamos avançar ao primeiro estágio seguro de um Capitalismo Democrático, a partir da proposição, debate e conclusão de um Projeto Estratégico de Nação para uma Nova Constituição enxuta e que seja obedecida pela vontade simples do cidadão, sem necessidade de intervenções e interpretações por um Supremo Tribunal Federal que agora resolveu brincar de interventor no Poder Executivo.

O quadro institucional nunca esteve tão horrível. Na próxima semana, a instabilidade deve refletir no mercado. Quem tem muita grana investida fará movimentos para dar liquidez aos investimentos. A insegurança jurídica, política e institucional vai impactar, ainda mais, a economia combalida pelas medidas exageradas que governadores, prefeitos e muitos otários tomaram, sob a desculpa de combater a pandemia.

O Mecanismo, Acima de Tudo, partiu para a truculência. Talvez seus operadores temam uma reação, também bruta, de Bolsonaro e, mais assustadora ainda, dos Generais que são parceiros de governo. O Golpe para desestabilizar Bolsonaro acelerou.

O momento exige decisões inteligentes, sem raciocínio com o coração, o fígado e o intestino. É hora de aplicar toda a estratégia indireta, para que o Presidente da República legitimamente eleito conquiste a hegemonia de poder...

Definitivamente, do jeito que está é que não dá para ficar. O País vai quebrar, uma ruptura violenta pode acontecer e há risco de desintegração nacional. Por mais ruins que sejamos como cidadãos, não merecemos isto... Ou merecemos?

Nóis fecho co Borsonaro”


Sucesso no humor caipira nesta mega crise institucional...

Releia os artigos:

Mecanismo Acima de Todos!


Mecanismo Acima de Todos – Parte II






Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 3 de Maio de 2020.

15 comentários:

Anônimo disse...




A cabala escura ou negra, ta esperneado. Pode espernear que estamos fechados com o Bolsonaro. Se preciso morrer por esta pátria morreremos grudados com nosso verdeiro e grande compatriota, o Presidente Bolsonaro. Esse é nosso compatriota. Esse por mais que a turma do Deep State tenta desqualificá-lo, não tem mácula.
O povo tem que ficar esperto porque o traidor faz parte do mecanismo ou establishment ou Deep State. Qualquer partido que ele for, ele pertencerá ao mecanismo ou establishment ou Deep State.

Estamos juntos, Presidente Bolsonaro.


Vejam o video no link. O kim Paim desmascara legal o teatro do traidor que provavelmente já entrou no governo do Presidente Bolsonaro tramando contra ele junto com o PSDB.



https://www.youtube.com/watch?v=HhgkBw5aNgE&t=833s


Vejam o video do Mauro Fagundes que ta bacana também.


https://www.youtube.com/watch?v=ohewHLHWRkg













aparecido disse...

Está muito simples de entender.. Esta aceleração da bandidagem é devido ao mecamnismo querer tirar Bolsonaro antes do FIM DO CORONINHA... depois com o executivo capturado o povo não pode fazer mais nada.. só haverão eleições eletronicas falsificadas...e com o fim do coroninha o povo pode sair as ruas e eles nada podem fazer contra Bolsonaro... ENTAO A JANELA DE OPORTUNIDADE E ESTA... DOIS MESES.. DEPOIS DISSO JA ERA....o povo vai ter que sair as ruas com coroninha e tudo...tem gente confiando demais no taco.. e os carecas do STF não sabem que a PF não sabe usar uma metralhadora.. aquelas que aparecem nas operações são apenas midiaticas.. se precisarem usar não sabem como funciona... só o exercito com a infantaria sabem usá-las...a corda está por um fio para arrebentar...salve-se quem puder e quem não puder corra pra casa que o bicho ta pegando....o Objetivo final do mecanismo é dar o golpe dentro da pandemia...esta escancarado.......

aparecido disse...

Está muito simples de entender.. Esta aceleração da bandidagem é devido ao mecamnismo querer tirar Bolsonaro antes do FIM DO CORONINHA... depois com o executivo capturado o povo não pode fazer mais nada.. só haverão eleições eletronicas falsificadas...e com o fim do coroninha o povo pode sair as ruas e eles nada podem fazer contra Bolsonaro... ENTAO A JANELA DE OPORTUNIDADE E ESTA... DOIS MESES.. DEPOIS DISSO JA ERA....o povo vai ter que sair as ruas com coroninha e tudo...tem gente confiando demais no taco.. e os carecas do STF não sabem que a PF não sabe usar uma metralhadora.. aquelas que aparecem nas operações são apenas midiaticas.. se precisarem usar não sabem como funciona... só o exercito com a infantaria sabem usá-las...a corda está por um fio para arrebentar...salve-se quem puder e quem não puder corra pra casa que o bicho ta pegando....o Objetivo final do mecanismo é dar o golpe dentro da pandemia...esta escancarado....

aparecido disse...

MORO é um fracasso... e ele mesmo comprova tudo aquilo que seus inimigos diziam dele...como juiz era um juiz rigoroso e isso fez sua fama...mas ao fazer carreira solo mostrou que nunca deveria ter saido do cargo de juiz....foi além das sandálias e quebrou a cara...Um famoso pintor de Atenas pintou um belo quadro e achou que as sandalias usados pelo modelo não ficaram muito boas no quadro...chamou um sapateiro para opinar e o sapateiro fez varias sugestões , que qceitou, refez a pintura e melhorou muito a sandália...O sapateiro empolgado começou a opinar sobre outras partes do quadro e o pintor muito irritado disse : Que o sapateiro não vá além das sandálias...frase tão perfeita que 2600 anos depois ainda está sendo repetida...e que mostra que um profissional bem sucedido numa profissão não deve se meter em assuntos de outras profissóes e oficios...pode quebrar a cara........Aqui mesmo no Brasil temos o Dr. Varíola que dá palpites o tempo todo sobre todas os assuntos da medicina.. e como não existe ninguém no mundo que entende tudo da medicina ele só fala borracha o tempo todo...ou melhor : vai além das sandálias

CRISTÃO INDIGNADO disse...

Não sou dos maiores fãs de Bolsonaro, mas minha indignação com o STF é total! O inimigo do meu inimigo é meu amigo, do peito. Chegou a hora de arrumar a casa, não adianta esperar por Alcolumbre, ele aguarda o “momento oportuno” para abrir processo de impeachment contra os togados, ou seja, nunca. Quase a metade do STF é de golpistas que já deveriam estar em casa lendo jornal, mas ganharam um bônus de 5 anos - golpistas!

Está claro que o STF tornou-se uma ferramenta do poder globalista e anti-nacional, a serviço da máfia financeira, da dinastia dos chamados “argentários” (argento = prata). Não tem uma decisão que seja pró Brasil, não seguem mais a letra da lei, seguem “princípios” voláteis, o “espírito” (volátil) da Constituição. Uma sorrateira e cínica usurpação de poder - BASTA!

Recentemente temos um caso (“case” para os que gostam de inglês) a ser estudado, a tentativa de golpe contra o presidente da Turquia, Erdogan. Depois de solicitada ajuda de consultores militares russos uma blitzkrieg foi deflagrada contra os golpistas. Problema resolvido em menos de um dia. Quem ainda acredita em acordos com Washington sofre de falência cognitiva. Obviamente, no Brasil estamos vivendo uma situação de grave ameaça à segurança nacional, vai ficar feio pro Exército assistir inerte à consolidação da supremacia dos ratos. Prende todo mundo e convoca eleições diretas para o STF em novembro, Bolsonaro!

Essa turma está se garantindo na base do papel e da caneta Mont Blanc, doce ilusão dos tolos. Quanto maior o orgulho maior a queda, esculhambaram com todas as leis brasileiras mas nada podem contra as leis naturais de Newton. Contra a força física do braço forte a milionária Mont Blanc não vale nada.

Anunaki disse...

Fernando Haddad, ontem na Globo News, afirmando que as posturas do ex-juiz, ex-ministro e ex-tudo Sérgio Moro já endossam dentro do partido (PT) pedidos de nulidade dos processos contra Lula. Esse é o tipo de coisa que Sérginho Malandro, ops, Moro, vai conseguir com sua deslealdade. Ou seria lealdade?

Só sei que nada sei, mas sei que Lula reclamava da "perseguição política" na lava-jato. Agora fica a dúvida: foi Sérgio Moro uma tremenda de uma pizza dentro da lava-jato?

Teria Moro entregue de bandeja para o STF todo o arsenal para anular a lava-jato? E com isso, consequentemente, trazer de volta ao cenário político o bêbado mais famoso do mundo? A resposta mais óbvia é um tremendo de um "sim".

Se isso se confirmar futuramente, então de fato Sérgio Moro entrará para a história desse país como o PIOR dos traidores dessa nação.

Rogerounielo disse...

Bolsonaro diz não admitir interferência e que Forças Armadas estão com povo

Depois de mais de uma hora de live, ele encerrou dizendo: "Peço a Deus que não tenhamos os problemas dessa semana. CHEGAMOS AO LIMITE, NÃO TEM MAIS CONVERSA DAQUI PARA FRENTE. NÃO MAIS EXIGIREMOS. FAREMOS CUMPRIR A CONSTITUIÇÃO, SERÁ CUMPRIDA A QUALQUER PREÇO. Amanhã vamos nomear o novo diretor geral da PF", disse.

De mãos dadas com a filha caçula, Laura, o presidente chegou descer a rampa para acenar aos manifestantes.

Próximo ao presidente, um jovem vestido com a camisa da seleção brasileira carregava um MASTRO COM AS BANDEIRAS DE ISRAEL E DOS ESTADOS UNIDOS. Uma outra menina mais nova levava uma BANDEIRA DO BRASIL.

Fonte - Link https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/05/03/bolsonaro---palacio-do-planalto---domingo.htm

Do UOL, em São Paulo 03/05/2020 12h29

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizou uma live em frente ao Palácio do Planalto na manhã de hoje na qual, enquanto acenava a apoiadores aglomerados em frente ao local, disse que não vai mais admitir interferência em seu Governo. Ele ainda afirmou que as "Forças Armadas" estão com o povo em meio a manifestações em Brasília contra ministros do STF e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM).

"Nós queremos uma independência verdadeira dos Três Poderes. Não vamos admitir interferência", disse. Não houve referência direta, mas na última semana Bolsonaro se queixou diretamente do papel do Supremo Tribunal Federal (STF), especificamente do ministro Alexandre de Moraes, na decisão de barrar liminarmente a nomeação de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal.

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

Em outro momento, o presidente disse que a manifestação era espontânea e disse que "queria trabalhar sem interferência para o futuro do Brasil".

"Todos nós queremos o bem da nossa pátria", completou, dizendo que tem o povo de seu lado, e que as Forças Armadas estão do lado do povo. "Temos as Forças Armadas ao lado do povo, pela lei, pela ordem, pela democracia, pela liberdade".

Bolsonaro ainda voltou a atacar governadores e prefeitos por causa das medidas de restrição no combate ao novo coronavírus. "Essa destruição de empregos de forma irresponsável feita por alguns governadores não é bom", disse.

O presidente ainda afirmou que as medidas de isolamento social poderiam ter um efeito "mais danoso" do que o próprio coronavírus.

Depois de mais de uma hora de live, ele encerrou dizendo: "Peço a Deus que não tenhamos os problemas dessa semana. Chegamos ao limite, não tem mais conversa daqui para frente. Não mais exigiremos. Faremos cumprir a constituição, será cumprida a qualquer preço. Amanhã vamos nomear o novo diretor geral da PF", disse.

De mãos dadas com a filha caçula, Laura, o presidente chegou descer a rampa para acenar aos manifestantes.

Próximo ao presidente, um jovem vestido com a camisa da seleção brasileira carregava um mastro com as bandeiras de Israel e dos Estados Unidos. Uma outra menina mais nova levava uma bandeira do Brasil.

Os manifestantes, em determinado momento, começaram a gritar "Quem Mandou Adélio", em referência ao homem que esfaqueou Bolsonaro, durante a campanha eleitoral, em outubro de 2018, na cidade de Juiz de Fora.

Continua

Rogerounielo disse...

continuação

O presidente acredita que houve um mandante do atentado, apesar da Polícia Federal ter concluído que Adélio agiu sozinho.

Deputados presentes

Ao lado de Bolsonaro na rampa do Congresso estavam alguns deputados federais da base de apoio do presidente, como seu filho Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis.

"Esse povo aqui quer , não é fechar Supremo, não é fechar Congresso. O que nós queremos é que deixem o nosso presidente Jair Bolsonaro governar", afirmou a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), que estava ao lado do presidente.

Já Eduardo Bolsonaro disse: "Esse poder aqui é para poucos. É o poder do povo. Poucas autoridades não gozam do mesmo prestígio. O ideal é que todos tivessem essa mesma acolhida", afirmou.

Fonte - Link https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/05/03/bolsonaro---palacio-do-planalto---domingo.htm

Fim

Rogerounielo disse...

Essa "GUERRA IDEOLÓGICA", no Brasil, vinda do exterior, vai chegar ao fim, em breve, felizmente. Para bons entendedores certos símbolos dizem muito mais do que textos inteiros.

Fredoliveira disse...

O mecanismo será derrotado. Vejam a pesquisa da Paraná: Bolsonaro tranquilo na frente..agir a em.brasilia povo nas ruas em favor do presidente. Forças armadas estará com.o povo.

Anônimo disse...

O SENHOR PRESIDENTE, JAIR BOLSONARO, VAI COLOCAR O BRASIL NO RUMO CERTO. QUEIRAM OU NÃO, OS QUE TORCEM CONTRA SEU GOVERNO.

Unknown disse...

Quase semore concordo com o editor do Blog. Mas desta vez vou discordar.Quando o STF impediu Dilma de indicar Lula para Ministro, havia um inquérito aberto contra Lula. Agora o Alexandre Morais suspendeu temporariamente a indicação do Ramage porque existe um inquérito aberto sobre interferência política do presidente na PF. O Ministro do STF não suspendeu a indicação de Bolsonaro sem motivo. Se Bolsonaro não concorda que acione a AGU. Votei em Bolsonaro para ir contra o PT. Mas agora estou compreendendo na prática o significado de facista e ainda misturado com fanatismo religioso dos apoiadores.

Selminha Rocha disse...

😂😂😂😂😂"çei"..
TRAIDORES NÃO PASSARÃO e NÃO VOLTARÃO 🇧🇷🇧🇷 Deus é fiel 🙏🏻🙏🏻🙏🏻

Vanderlei Lux disse...

Desculpe ao "Unknown" aí acima, mas não EXISTIA nenhuma investigação sobre Ramagem tampouco sobre Bolsonaro a respeito de interferência política na PF ANTERIOR a saída de Sérgio Moro do governo, a suspensão de sua nomeação foi completamente uma interferência indevida do Judiciário sobre o Executivo sim.

O inquérito real de interferência política na PF foi aberto pela PGR justamente algumas horas depois de Sérgio Moro ter feito aquele circo da sua demissão.

Ou seja, a interferência de Alexandre de Moraes foi inconstitucional SIM, pois o inquérito da PF não existia naquele momento...