domingo, 14 de junho de 2020

Sobre o ministro que decidiu que Força Armada não é Poder Moderador



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Um Juiz do Supremo Tribunal Federal que decide que “as Forças Armadas não podem ser "Poder Moderador” da República só pode ter perdido o juízo já que parece não ter a mínima ideia do que vem a ser Forças Armadas, o que vem a ser “Poder Moderador”, nem o que é República.
A República, do latim “res publica”, ou “coisa pública”, é uma forma de Governar o Estado. O “Poder Moderador” é uma forma de Poder que existiu durante o Império e não vale a pena nem explicar aqui o que é, porque foi extinto pela Constituição de 1891 ...o Judiciário é um dos Poderes dentro do Estado de Direito.
As Forças Armadas JAMAIS foram uma “forma de Poder”, muito menos um “Poder Moderador”.
As Forças Armadas NÃO estão NEM de fato NEM de direito sujeitas à coisa alguma em parte alguma do Mundo em época nenhuma. A única coisa capaz de sujeitar, de se IMPOR sobre uma Força Armada é OUTRA Força Armada.
É uma fantasia, uma estupidez achar que uma Força Armada DEVE agir dentro ou fora da Constituição ou da “Lei”.
A Constituição, os 3 poderes, o Poder Judiciário e a própria República SÓ EXISTEM porque as Forças Armadas, em qualquer lugar e em qualquer época, GARANTIRAM e GARANTEM a Existência de todos eles. Não se trata da existência ou não de “Estado de Direito no Brasil”, trata-se da Existência DO Brasil.
Um país não se declara INDEPENDENTE de outro sem garantia da Força Armada. Só depois disso é que ele passa a SER um país, a ter Constituição, a ter Poderes que podem ser “obedecidos”.
As Forças Armadas NÃO são a Lei, são a FORÇA em estado puro que GARANTE que um Estado possa ter uma Constituição, um Poder Judiciário, uma LEI e um Governo Democrático, Monárquico, Imperial, Republicano, Parlamentarista, Racista, Nazista, Fascista, Lésbico, ou Antropofágico...eu sei lá...
As Forças Armadas NÃO nascem da Lei; é o contrário – a LEI, historicamente, nasce das Forças Armadas ficando quietas e dizendo - “Bom, agora vamos ter um Governo da LEI, não da Força”.
Jamais existiu NEM jamais vai existir OBEDIÊNCIA derivada da Força Armada – Obediência deriva da submissão à LEI, não à Força Armada. O que deriva da Força Armada é o MEDO.
Dentro das Forças Armadas o que existe NÃO é obediência – é Hierarquia e Disciplina. Não é uma “Lei” que me faz cumprir a ordem do oficial superior; é a hierarquia DELE e a MINHA disciplina.
É por isso que eu, quando era militar, se não cumprisse uma ordem, seria PRESO. Enquanto civil, se não cumpro a Lei que devo OBEDECER, eu sou PROCESSADO.
Decidir que as Forças Armadas NÃO são o “Poder Moderador” é como decidir que o meu cachorro é, de fato, um cachorro porque está escrito na Constituição que ele é um cachorro e não um gato.
É como dizer que ele só tem “poder de ser cachorro”, não o “poder de ser um gato”. Escrito ou não que ele é um cachorro, decidido ou não pela “Lei” que ele é um cachorro, ele continuará sendo um cachorro e manterá, com ele, todos os seus poderes caninos...incluído aí o poder de, como fazem os cães, MORDER alguém quando é isso que eles acham que se deve fazer.
Entendeu, Ministro Fux? Entendeu Ministro Reinaldo Azevedo?
Milton Pires é Médico. Editor do Ataque Aberto.

4 comentários:

aparecido disse...

Me parece que o cigano FUX assinou diploma de OTARIO.......quem impõe limites a uma força armada é outra força armada..melhor e mais armada que ela.... o resto é o resto......Me parece que o homem nunca frequentou uma faculdade de direito...não é a lei que garante as Forças Armadas... São as Forças Armadas que garantem a lei...qualquer estudante de direito no mundo aprende isso na primeira semana do curso...É a lei que nasce do poder das armas.. e não o poder das armas que nasce das leis...simples .. e o homem que vai ser o prox presidente dp STF não sabe disso..

Anônimo disse...




Perfeito o artigo.

É só mais um meio dos tentáculos das elites satanistas forçar as Forças Armadas a obedecer cegamente ao ditador da Nova Ordem Mundial. Inclusive abrindo mão da soberania e permitindo a introdução de um ditador (um dos tentáculos) em nosso país. E como as elites e seus tentáculos sabem que o povo está desarmado e a única reação seria é através das Forças Armadas, não fazem outra coisa a não ser provocá-las. Essas elites que gostam de processar governos conservadores por crimes contra a humanidade por combater seus escravos psicopatas que aos seus domínios, matam milhões, não sei por que não foram processadas pelo nazismo, pelo fascismo, pelo comunismo e pelo terrorismo que foram os responsáveis por todos os crimes contra a humanidade há centenas e centenas de anos.








Anônimo disse...

🇧🇷 Dr Milton brilhante artigo, lógico e claro, uma decisão idiota sem sentido do ministro fux, deixa claro o nível raso das onze zebras 🦓 que assombram o lixo o esgoto a casa de negócios para venda de sentenças milionárias STF.

Félix Maier disse...

Forças Armadas não são Poder Moderador.
São Poder Garantidor - da Lei e da Ordem.
Está na CF e ministro nenhum do @STF_oficial vai urubuzar o Art 142.
F. Maier

#STFVergonhaNacional