terça-feira, 21 de julho de 2020

TIRO E QUEDA



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

O tirocínio de meus amáveis leitores permitirá que identifiquem a queda a que me refiro.

Ainda que não sofra da tireoide, qualquer debiloide tem sintomas de nervosismo ao ver dos urubus o narcisismo.

O nosso “herói” ,como Terezinha de Jesus, de uma queda foi ao chão. Acudiram três cavalheiros cada qual chapéu na mão. O primeiro NÃO foi seu pai; nem o segundo, seu irmão (no momemto mais enrolado que bobina); o terceiro foi aquele a quem a ave é tão suave.

Em sua Marília, há quem proteja o seu Dirceu.

Zebedeu, veja aonde se meteu !

A tradução tabajara de após a queda (do francês Après da chute) seria, por acaso, após o chute ?

A ferida se cura com vermute ?

O título de arrivista há alguém que lhe dispute ?

Milhões de brasileiros de bem querendo que você (nas palavras de importante general) se phoda !

Ao mesmo tempo, fazendo chuva e sol, não é chamado de viúva, boda ?

Serás tu o expiatório bode ?

Cantar-lhe-emos maviosa ode ?

Ganha-la-á num programa fantástico ?

Tuba de alto clangor ou lira singela ?

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

aparecido disse...

Aqui na minha chacara quem come aves novas no ninho são os tucanos malvados...pombas e rolas desesperadas pelas malvadezas dos tucanos...grandes predadores de filhotes e ovos...já os tucanos sapiens predam os cofres publicos e predam violentamente as nossas liberdades...em Brasilia dizem que até urubus fazem isso, mas a zoologia brasiliencia é pouco conhecida na planicie....