segunda-feira, 3 de agosto de 2020

A Lava Jato foi parar em Irajá?

 

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Revolução à vista? Meio dia e meia, em teleconferência no Ninho do Urubu, o Flamengo apresenta seu novo técnico. O catalão Domènec Torrent chega para dar continuidade ao trabalho do português Jorge Jesus. Que mais um estrangeiro no decadente futebol brasileiro valorize a arte do toque de bola e o poder ofensivo da equipe. Que o time chute mais a gol – deficiência da Era do Mister.

Institucionalmente, seguimos em ritmo de gol contra ou ilegal. O fim do foro privilegiado segue parado há um ano e meio na Câmara dos Deputados. A prisão após segunda instância nem começou a andar na Câmara dos Deputados. No Senado, segue inercial o movimento para colocar na agenda de apreciação os vários e bem justificados pedidos de impedimento de ministros do Supremo Tribunal Federal. A maioria dos 513 deputados e 81 senadores prefere a impunidade.

A semana promete mais narrativas. Uma delas afirma que o Presidente Jair Bolsonaro e o Procurador-Geral da República, Augusto Aras. Desmontam a Lava Jato. Na realidade, a operação perdeu fôlego porque muitas investigações passaram do limite e denúncias não seriam aceitas pelo Judiciário. Também houve omissões esquisitas. Não foram investigados crimes societários. Muito peixe grande foi poupado, inclusive banqueiros. A delação do Palocci não avançou. A de Sérgio Cabral, também. Outras, idem...

Assim, vamos que não vamos... Passar o Brasil a limpo parece obra de ficção. Nada de anormal. Aguardemos pela próxima decisão esquisita de algum membro do Supremo Tribunal Federal. Agosto é sempre o mês do desgosto.

Releia o artigo de domingo: Equilíbrio emocional derrota a Ditatoga

 


Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 03 de Agosto de 2020.

12 comentários:

Anônimo disse...



Bom dia, Serrão, Bom dia, leitores, que Jesus ilumine o dia de cada um.


A Lava Jato provou-se seletiva ao investigar uns e poupar outros, principalmente os tucanos de alta plumagem e bico enorme, o que nos induz a concluir que era uma Lava Jato PSDBista, pois agora começou investigações e denúncias dos mesmos. Não adianta chorarem, pois nos sentimos muito enganados, ludibriados. E para não deixar dúvidas, percebemos o desespero destas pessoas com as falsas narrativas que o Presidente Bolsonaro e o PGR Augusto Aras desmontam a Lava Jato.
O que perguntamos é: Por que precisa de uma operação específica para investigar as ilegalidades no país? Agora está havendo tantas investigações que não havia antes. Seriam as falsas narrativas apenas desespero dos tucanos que agora estão sendo investigados? Os atuais eventos denunciam.
Percebemos uma manipulação para induzir o povo a acreditar que o Presidente Bolsonaro e o PGR está contra a corrupção subliminarmente. O que não procede porque está tendo muito mais investigações agora, que antes. E o PGR está sendo rotulado de ser Petista, como se, ser Petista, fosse diferente de ser PSDBista. Até parece que eles esquecem que o PSDB tem um pacto com o PT, o Pacto de Princeton.


E para quem não sabe ou não acredita no Pacto de Princeton, eis no artigo do link a seguir. Deveriam, no mínimo, se sentirem envergonhados de falar dos Petistas. Ou de querer induzir as pessoas a acreditarem que os os Petistas são diferentes dos PSDBistas. São todos iguaizinhos e estão os dois à serviço dos globalistas.


http://www.portalvejams.com.br/ler.php?id=9411



E por falar em denúncias, quem plantou as escutas contra o Presidente Bolsonaro? Perguntar não ofende.
O Ed Raposo está perguntando e suspeitar e emitir opinião é não crime. Então vamos suspeitar e emitir opiniões. Vejam no link abaixo.



https://www.youtube.com/watch?v=7OTFO0bwvNc





Anônimo disse...

rvchudo

segunda-feira, 3 de agosto de 2020
“A Maior Ação do Mundo”
Foi dada a largada para “A Maior Ação do Mundo”: O povo brasileiro contra as medidas inconstitucionais do STF.

"A maior Ação do Mundo" já está em pleno andamento!

Advogados de todo o brasil, pessoas comuns e toda a sociedade indignada com medidas absolutamente inconstitucionais advindas do Supremo Tribunal Federal (STF) estão unidos nesta trincheira de luta contra "O Inquérito do Fim do Mundo".

Saiba mais sobre o assunto e participe.

O futuro do Brasil está em nossas mãos.

Abaixo transcrevemos o conteúdo postado no blog oficial do movimento.

O Inquérito do Fim do Mundo.

Em março de 2019, socorrendo-se aos termos do artigo 43 de seu Regimento Interno, o Presidente do supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Tóffolli, por meio da portaria GP 69/2019 determinou a instauração do inquérito nº 4781.

O inquérito tem como objetivo a apuração de "existência de noticias fraudulentas (fake news), denunciações caluniosas, ameaças e infrações revestidas de animus calumniandi, diffamandi e injuriandi, que atingem a honorabilidade e a segurança da Suprema Corte, de seus membros e familiares.

A Portaria designou de ofício o Ministro Alexandre de Moraes como relator do caso.

Diante da gravidade da situação, no dia 21/03/2019 o Partido político Rede Sustentabilidade ajuizou uma Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental - ADPF 572, objetivando o reconhecimento da inconstitucionalidade da Portaria em questão, e por consequência do Inquérito. Continua....

Anônimo disse...

revchudo – continua II.....

Contudo no dia 18/06/2020, com 10 votos pela improcedência e 1 pela procedência, a referida a;ção foi julgada improcedente, por maioria, da Suprema Corte, mantendo-se assim o curso e processamento do Inquérito.

Fato é que, desde sua instauração, vários princípios e regras básicas e universais de direitos humanos vem sendo cotidianamente violadas.

Há clara violação ao princípio do juiz natural ao suprimir o sorteio do relator pela nomeação de ofício por meio da Portaria.

Nota-se ainda o evidente impedimento dos Ministros e da própria Suprema Corte, ao processarem, eles próprios, um Inquérito que figuram como vitimas.

Há ainda flagrante violação aos princípios da legalidade e do devido processo legal, ao substituir o uso de ações de cunho privado para a defesa dos interesses dos Ministros e da Corte, (tais como indenizações e queixa crime e notícia crime a PGR) pelo inquérito.

Também os direitos a liberdade de expressão e a livre manifestação de pensamento vem sendo violados. O relator Ministro Alexandre de Moraes já chegou a determinar a remoção do ar de uma revista online ainda em 2019 (Revista Cruzoé - decisão posteriormente reformada). Mais recentemente a imprensa noticiou que o Ministro havia ordenado a remoção e alguns perfis, páginas e canais de redes sociais e ainda a busca e apreensão de equipamentos (computadores, celulares, tablets e dispositivos de armazenamento - pendrives, HDs externos) de jornalistas e outros "investigados".

Paralelamente a isso, o Congresso Nacional vem se empenhando em aprovar uma Lei Federal através do Projeto de Lei 2630 - PL 2630 - Lei das Fake News, objetivando criminalizar as intituladas fake news, ou notícias falsas, entre outras, em afronta a Pareceres e Declarações da Corte Interamericana de Direitos Humanos que inclusive recomendam a descriminalização de condutas penais relativas a proteção da honra de autoridades, justamente no afã de salvaguardar a liberdade de expressão e evitar perseguições políticas.

Os direitos constitucionais de sigilo bancário e fiscal também vem sendo violados através de seguidas ordens de "quebra de sigilo", não fundamentadas nos termos e limites da Lei.

E como se não bastasse, os direitos fundamentais a ampla defesa e ao contraditório também vem sendo violados ao impedir total ou parcialmente que advogados tenham acesso à íntegra dos autos para promoção da defesa adequada aos interessados. Continua....

Anônimo disse...

revchudo continua III …..

Chegamos ao auge da ruptura, quando agora, em outro inquérito (4828), prisões de jornalistas e meros apoiadores do atual governo passaram a ser presos cautelarmente, de forma completamente arbitrária e ilegal, porque fora das hipóteses e requisitos legais previstos na legislação brasileira.

Até mesmo o advogado Felipe Santa Cruz, Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, responsável pela condução e gestão do órgão máximo de defesa dos direitos dos advogados brasileiros, vem se revelando tímido senão inerte na defesa das prerrogativas profissionais (tendo sido inclusive impetrado um Mandato de Segurança contra o mesmo para que promovesse a defesa dos direitos dos advogados), sem perder de vistas o nítido uso político da Instituição, na medida que outros temas, especialmente os dedicados à críticas contra o atual governo são priorizados em prejuízo da defesa dos direitos dos advogados, que patrocinam os interesses de investigados, dos quais alguns são meros apoiadores do atual Governo Federal, hoje, alvos do Inquérito.

Enfim, diante da flagrante ruptura de vários dispositivos legais e Constitucionais, culminando em grave crise institucional a própria existência do Estado Democrático de Direito, partido de que quem deveria fazer justamente o contrário: Defender a Constituição Federal de 1988 e o ordenamento jurídico vigente, diante o "Inquérito do Fim do Mundo', assim intitulado pelo Ministro Marco Aurélio de Melo. O que fazer?

A maior Ação do Mundo!

Antes de mais nada, é importante destacar a importância indiscutível, não só da existência, mas também da manutenção e proteção do Supremo Tribunal Federal, do Congresso e do Executivo Federal, enquanto poderes regularmente constituídos e competentes a manutenção da ordem democrática, através da suja coexistência de forma harmônica e independente e do respeito ao império da Constituição Federal da República Federativa do Brasil de 1988 e das leis brasileiras vigentes.

Portanto, jamais discutiremos ou incentivaremos qualquer medida tendente ao fechamento ou detrimento desses órgãos, fonte do estado democrático de Direito.

Todavia, não se pode perder de vistas a obrigatoriedade, frise-se, dos Três Poderes da República Federativa do Brasil ao cumprimento incólume da lei e da Constituição Federal Brasileira, sobretudo no que diz respeito a proteção dos direitos fundamentais humanos.

O(as) combativos(as) advogados(as) dos interessados dos respectivos inquéritos tem lutado permanentemente contra as ilegalidades perpetradas por algumas autoridades a fim de restabelecer a Ordem Democrática e o Estado de Direito, valendo-se de todos os recursos e instrumentos jurídicos previstos na legislação pátria.

Contudo, lamentavelmente os esforços empenhados vem sendo frustados em sua maior parte, com indeferimentos, rejeições, extinções e arquivamentos de recursos, ações e representações muitas destas de forma arbitrária, ilegal e inconstitucional, data vênia entendimentos diversos. Continua....

Anônimo disse...

revchudo continua IV.....

A gravidade da situação se torna ainda maior, pois referidas decisões em sua maioria são irrecorríveis, por serem emanadas por autoridades e órgão de última instância do país. Continua.....

Ao mesmo passo, não se pode perder de vistas que os direitos fundamentais são categorizados como interesse universal destinados a defesa e a proteção do indivíduo contra possíveis abusos provenientes de qualquer estado.

Detém, portanto, qualificação especialíssima, universal e internacionalmente reconhecida por todos os países alicerçados no estado Democrático de Direito, obrigando-se mutuamente por meio de tratados internacionais, firmados em épocas igualmente sombrias, que visavam justamente coibir o totalitarismo que noutros tempos já sufocou, prendeu e até matou milhões de pessoas em todos o mundo.

O Brasil é signatário de vários desses Tratados e, portanto, sujeita-se as regras destinadas a proteção dos direitos humanos fundamentais.

Justamente nesse contexto, e sem perder de vistas inúmeras associações, organizações e instituições públicas e privadas que também tem como objetivo a proteção dos direitos fundamentais humanos, muitos advogados do Brasil se uniram e formaram uma união destinada a proteção desses direitos.

Contando com o apoio da população e de outros advogados(as), "A Maior Ação do mundo" consiste num conjunto de iniciativas exclusivamente privadas, sem qualquer finalidade ou vínculo político que tem por objetivo levar ao conhecimento de todos esses países, pessoas, órgãos e instituições públicas e privadas bem como a própria imprensa de todo o mundo, as lamentáveis violações de direitos fundamentais e direitos de advogados ocorridas no Brasil, sobremaneira, as acima indicadas.

Serão acionados os principais mecanismos de defesa de direitos fundamentais humanos e de defesa de direitos de advogados(as) tais como a Organização dos estados Americanos - OEA, a Corte Interamericana de Direitos Humanos - CIDH, o Tribunal de Haia, a Organização das Nações Unidas - ONU, vários conselhos, Ordens de Advogados internacionais, bem como instituições e órgãos públicos e privados internacionais que tenham, como objetivo ou função, a proteção de tais direitos.

A Maior Ação do Mundo consiste no envio de denúncias, relatos e notas entre outros, observada a competência e legitimidade do órgão destinatário, no que diz respeito ao acompanhamento, fiscalização, decisão final ou mero apoio contra as violações de direitos fundamentais humanos e ofensas aos direitos dos(as) advogados(as) acima indicados. Continua....

Anônimo disse...

revchudo continua V e termina......

Desta maneira as petições formais, serão assinadas exclusivamente por advogados(as) regularmente constituídos pelos interessados. Os(as) demais advogados(as) (não constituídos) e cidadãos comuns (não advogados) interessados em APOIAR tais iniciativas, poderão fazê-lo, a parte, em NOTAS DE APOIO, observando o seguinte:

Quem pode participar e como participar,

Existem duas formas de participação, confira como participar:

Se você é advogado(a):

Em respeitos as regras éticas previstas no Estatuto da Advocacia e no Código de Ética da Advocacia, os advogados(as) interessados em participar, NÃO FUNCIONARÃO NA CONDIÇÃO DE ADVOGADOS(AS), mas EXCLUSIVAMENTE COMO APOIADORES, devidamente identificados.

O apoio será feito através de NOTA DE APOIO apartada, que poderá ser anexada nas iniciativas pertinentes que tratem ou digam respeito à defesa de direitos fundamentais e de direitos dos advogados, que serão amplamente divulgadas.

Para fazer parte deste apoio, basta acessar e seguir as orientações da postagem fixada na página do Movimento Advogados do brasil:
https://www.facebook.com/101561107866306/posts/282274239794991

Se você é um cidadão:

O apoio do cidadão será feito em CARTA DE APOIO apartada, que poderá ser anexada nas iniciativas que tratem ou digam respeito à defesa de direitos fundamentais , que serão amplamente divulgadas.

É importante que você saiba, que poderá haver publicação pública de todas as iniciativas bem como da NOTA DE APOIO que você participará.

Para fazerparte do APOIO, basta fazer seu cadastramento acessando o link: https://www.citizengo.org/pt-br/signit/180727/view

Jornal da Cidade
Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 05:16

Anônimo disse...

Congresso em foco
GovernoBolsonaro diz que não loteou cargos estratégicos e alfineta Moro

Bolsonaro diz que não loteou cargos estratégicos e alfineta Moro

Presidente da República, Jair Bolsonaro, participa da cerimônia alusiva ao Acionamento do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Campo Alegre de Lourdes - BA.Alan Santos /PRAlan Santos /PR
O presidente Jair Bolsonaro fez uma postagem neste domingo (2) em que afirma que não loteou cargos estratégicos e diz que a Polícia Federal goza de “total liberdade”. Nas mensagens, ele aproveitou para alfinetar o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que deixou o governo sob a alegação de que o presidente buscava interferir politicamente na PF.

“Com a troca do Ministro da Justiça, como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas. A @PRFBrasil, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro”, escreveu Bolsonaro em elogio ao substituto de Moro na Justiça, o ministro André Mendonça.

“Qualquer operação, de combate à corrupção ou não, deve ser conduzida nos limites da lei, e assim tem sido feito em meu Governo. Quanto as operações conduzidas por outro Poder quem responde pelas mesmas não sou eu”, continuou o presidente na postagem.

Ao deixar o governo, em abril, Sergio Moro disse que o presidente queria obrigá-lo a trocar o diretor-geral da PF na época, Maurício Valeixo, para colocar alguém de seu contato direto no cargo. Depois, em depoimento, Moro afirmou que o presidente também teria pressionado para uma troca no comando da superintendência do Rio de Janeiro. “Moro, você tem 27 superintendências, eu quero apenas um: a do Rio de Janeiro”, teria dito o presidente a Moro por mensagem de Whatsapp, segundo o ex-juiz da Lava Jato.

Negociação de cargos
Em aproximação com o Centrão, grupo de partidos de centro e direita, Bolsonaro tem negociado cargos com partidos integrantes do bloco. Parte das siglas já se declara como base e tem acompanhado as orientações do governo na votação de matérias na Câmara. Na última quarta-feira (29), o governo nomeou o ex-senador Vicentinho Alves (PL-TO) para o cargo de secretário de Infraestrutura Turística do Ministério do Turismo. Vicentinho tentou a reeleição em 2018, mas acabou apenas na quarta colocação.

O PL também emplacou um indicado em uma diretoria do óFundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE): Garigham Amarante Pinto, que foi escolhido para a Diretoria de Ações Educacionais. Garigham trabalhava há mais de dez anos como assessor técnico da liderança do PL na Câmara. Em junho, Renata D’aguiar foi escolhida como diretora de gestão de fundos do mesmo órgão. Ela foi candidata a deputada distrital em 2018 pelo PP do Distrito Federal. CONTINUA....

Anônimo disse...

CONGRESSO EM FOCO – CONTINUA II E TERMINA....

Além do PP e PL, o PSD levou o comando da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), com orçamento de cerca de R$ 3 bilhões. Em nível regional, o PSC emplacou um aliado no comando da Companhia de Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de Pernambuco. O Republicanos deve emplacar um aliado no comando de uma secretaria no Ministério de Agricultura e Agropecuária e na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ligada ao mesmo ministério.

Também há articulações para que seja trocado o comando da Telebrás, estatal vinculada ao Ministério de Ciência,Tecnologia, Inovação e Comunicações. A indicação do novo nome deve caber diretamente ao presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.
NUTAVAEL DIZ...
EM VEZ DE CRITICAR O MINISTRO MORO, DEVERIA TER DADO FORÇA A ELE. PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR: QUANTOS DEPUTADOS, FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS. QUANTOS VEREADORES. QUANTOS SENADORES E QUANTOS MINISTROS DA SUPREMA CORTE FEDERAL E ELEITORAL FORAM PUNIDOS PELOS ATUAIS POSTERGADORES DA JUSTIÇA TIRARAM DO PODER? QUANTOS FORAM PUNIDOS DO EX PARTIDO DELE O O QUE ELE ESTA QUERENDO CRIAR AGORA? O QUE VEMOS E O ATRAZO DA JUSTIÇA GRAÇAS DA INOPERANCIA DESTE PRESIDENTE FRAUDULENTO E ESCONDIDOS ATRAZ DO NOME DE DEUS E DE SUA FAMILIA. O QUE VEMOS E ELE FALTANDO COM OS DEZ MANDAMENTOS DAS LEIS DE DEUS. PORTANTO ELE NAO E EMISSARIO DE DEUS, DA RELIGIAO MUITO MENOS DAS FORÇAS ARMADAS QUE ESTAO ENCLAUSURADAS COM SEU BASTAO DE JOGADOR. ELE JOGA COM O DESTINO E OS PROJETOS DE TODAS AS PESSOAS QUE SE APROXIMAM DELE. ELE NAO E NADA E UM FRAUDULENTO QUE NAO CUMPRE PROMESSAS E ESTA CORRENDO ATRAZ DE REELEIÇAO. ELE NAO DISSE EM SUA PLATAFORMA QUE ACABARIA COM REELEIÇAO, COMO ESTA CORRENDO ATRAZ QUE NEM UM LOUCO DESVAIRADO? QUAIS FORAM OS CRIMES REALMENTE PUNIDOS DOS MAGNATAS DAS CASAS DE TOLERANCIA TRES PODERES QUE FORAM PUNIDOS? O RESTO E CONVERSA FIADA DE SABUGO DE MERDA QUERENDO JUSTIFICAR SEU FRACASSO EM RELAÇAO AO QUE PROMETEU. TOLERANCIA ZERO PARA O ROUBO PRINCIPALMENTE DE FUNCIONARIOS PUBLICOS QUE ATRAZAM NOSSO PAIS. ISTO E FATO. NAO PRECISAMOS DE PROVAS PORQUE OS FATOS JA REVELAM TUDO. MENOS BENESSES, MENOS GRATIFICAÇOES, MENOS ELOGIOS, MENOS FALTA DE PALAVRA. MOSTRAR A VERDADE, SO A VERDADE E NADA MAIS DO QUE A VERDADE. E TRAZER A LUZ DE VOLTA A NOSSO PAIS TOTALMENTE IMERSO NUM MAR DE MENTIRAS, ESCRAVIDAO DE NOSSO POVO FALTA DE PALAVRA E PRINCIPALMENTE FALTA DE HONRA. NOSSO PAIS E A TERRA DE SANTA CRUZ. FOMOS BATIZADOS PELOS FRADES FRANCISCANOS QUE MONTARAM O ALTAR E REZARAM A PRIMEIRA MISSA EM HONRA A NOSSA TERRA. PORTANTO SOMOS CRISTAOS. NOSSA IGREJA E A JUDAICO CRISTA, SEGUNDO TESTAMENTO. E ELE ESTA MUITO LONGE DE JESUS. SANGUE DE JESUS TEM PODER. NAO SOUBE NEM PRESERVAR SUA FAMILIA. JA ESTA NO TERCEIRO MANDAMENTO E AS ANTERIORES NAO RORRERAM. MORARAM OU QUEREM QUE SE DESENHE. EM MATERIA DE HONRAR FAMILIA E PALAVRA O CAPITAL BOLSO NABO E NADA.

Anônimo disse...

msn notícias
Presidente se isenta de responsabilidade de operações contra corrupção, mas afirma que devem ser no limite da lei
© José Cruz/Agência Brasil
Presidente se isenta de responsabilidade de operações contra corrupção, mas afirma que devem ser no limite da lei
Numa sequência de mensagens no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo, 2, que não responde por operações conduzidas por outros Poderes e que todas devem ser conduzidas nos limites da lei. A declaração ocorre em meio a críticas à operação Lava Jato realizada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, seu escolhido em setembro passado para chefiar a PGR, rompendo com a tradição de sacar um nome da lista tríplice elaborada em eleição interna no Ministério Público.

“Qualquer operação, de combate à corrupção ou não, deve ser conduzida nos limites da lei, e assim tem sido feito no meu governo”, escreveu, acrescentando: “Quanto às operações conduzidas por outro Poder, quem responde pelas mesmas não sou eu”.

Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia© VEJA/VEJA Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia
Na série de postagens, Bolsonaro afirma que “o maior programa de combate à corrupção” foi executado por ele ao não lotear cargos estratégicos, como as presidências das estatais. A postagem, porém, conflita com o que ele mesmo declarou em maio, numa das transmissões que faz pelas redes sociais às quintas-feiras, admitindo a entrega de cargos por apoio no Congresso.

Continua após a publicidade
Disse na ocasião: “Tem cargo na ponta da linha, segundo ou terceiro escalão que estava na mão de pessoas que são de governos anteriores ao Temer. Trocamos alguns cargos nesse sentido. Atendemos, sim, a alguns partidos nesse sentido (de cargos).”

Nas postagens deste domingo, o presidente, sem citar o nome do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, agora seu desafeto, afirmou que “a Polícia Federal goza de total liberdade em sua missão” e prometeu que em breve o efetivo da corporação será aumentado. Disse, ainda, que, “como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas”. “A Polícia Rodoviária Federal, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro”, afirmou, referindo-se à gestão de André Mendonça à frente da Justiça, a quem a PRF é subordinada.
NUTAVAEL DIZ...
AGORA O ARAS CORRE ATRAS DA PROMESSA DE TER UM LUGAR NA SUPREMA CORTE PROMETIDO PELO PRESIDENTE BOLSO NABO. ESPERO QUE DESTA VEZ ELE CUMPRA O QUE PROMETEU. O ARAS ESTA CORRENDO ATRAZ PARA JUSTIFICAR AO PRESIDENTE QUE MERECE O LUGAR. FRAUDULENTO COMO OS ANTECESSORES QUE NUNCA CUMPRIRAM SUAS FUNÇOES PERSEGUINDO APENAS AS PESSOAS QUE FOSSEM CONTRARIAS A QUEM OS INDICOU. NO NOSSO ARAS ESTA ARANDO PARA SEPULTAR O JUIZ MORO. QUERER ELE QUER MAIS CONSEGUIR. QUA, QUA,QUA. ELE SO ESTA QUERENDO ESPETACULIZAR E RIDICULARIZAR O CARGO QUE POSSUI A EXEMPLO DE ANTECESSORES QUE NUNCA FIZERAM NADA PARA AJUDAR A LAVAJATO SO TRABALHARAM PARA SALVAR VAGABUNDO QUE AINDA ESTAO DENTRO DO CONGRESSO MODIFICANDO LEIS. A VERDADE E MAIS DO QUE CLARA E NAO PRECISA DE MAIS PROVAS AS AÇOES DOS PREVARICADORES SAO AS PROVAS NECESSARIAS PARA MOSTRAR A REALIDADE DE NOSSO PAIS EM RELAÇAO A JUSTIÇA. JUSTIÇA PIFIA QUE NAO PUNE OS INFRATORES DO COLARINHO BRANCO. ESTA E A VERDADE.

Anônimo disse...

msn notícias
Presidente se isenta de responsabilidade de operações contra corrupção, mas afirma que devem ser no limite da lei
© José Cruz/Agência Brasil
Presidente se isenta de responsabilidade de operações contra corrupção, mas afirma que devem ser no limite da lei
Numa sequência de mensagens no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo, 2, que não responde por operações conduzidas por outros Poderes e que todas devem ser conduzidas nos limites da lei. A declaração ocorre em meio a críticas à operação Lava Jato realizada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, seu escolhido em setembro passado para chefiar a PGR, rompendo com a tradição de sacar um nome da lista tríplice elaborada em eleição interna no Ministério Público.

“Qualquer operação, de combate à corrupção ou não, deve ser conduzida nos limites da lei, e assim tem sido feito no meu governo”, escreveu, acrescentando: “Quanto às operações conduzidas por outro Poder, quem responde pelas mesmas não sou eu”.

Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia© VEJA/VEJA Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia
Na série de postagens, Bolsonaro afirma que “o maior programa de combate à corrupção” foi executado por ele ao não lotear cargos estratégicos, como as presidências das estatais. A postagem, porém, conflita com o que ele mesmo declarou em maio, numa das transmissões que faz pelas redes sociais às quintas-feiras, admitindo a entrega de cargos por apoio no Congresso.

Continua após a publicidade
Disse na ocasião: “Tem cargo na ponta da linha, segundo ou terceiro escalão que estava na mão de pessoas que são de governos anteriores ao Temer. Trocamos alguns cargos nesse sentido. Atendemos, sim, a alguns partidos nesse sentido (de cargos).”

Nas postagens deste domingo, o presidente, sem citar o nome do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, agora seu desafeto, afirmou que “a Polícia Federal goza de total liberdade em sua missão” e prometeu que em breve o efetivo da corporação será aumentado. Disse, ainda, que, “como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas”. “A Polícia Rodoviária Federal, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro”, afirmou, referindo-se à gestão de André Mendonça à frente da Justiça, a quem a PRF é subordinada.
NUTAVAEL DIZ...
AGORA O ARAS CORRE ATRAS DA PROMESSA DE TER UM LUGAR NA SUPREMA CORTE PROMETIDO PELO PRESIDENTE BOLSO NABO. ESPERO QUE DESTA VEZ ELE CUMPRA O QUE PROMETEU. O ARAS ESTA CORRENDO ATRAZ PARA JUSTIFICAR AO PRESIDENTE QUE MERECE O LUGAR. FRAUDULENTO COMO OS ANTECESSORES QUE NUNCA CUMPRIRAM SUAS FUNÇOES PERSEGUINDO APENAS AS PESSOAS QUE FOSSEM CONTRARIAS A QUEM OS INDICOU. NO NOSSO ARAS ESTA ARANDO PARA SEPULTAR O JUIZ MORO. QUERER ELE QUER MAIS CONSEGUIR. QUA, QUA,QUA. ELE SO ESTA QUERENDO ESPETACULIZAR E RIDICULARIZAR O CARGO QUE POSSUI A EXEMPLO DE ANTECESSORES QUE NUNCA FIZERAM NADA PARA AJUDAR A LAVAJATO SO TRABALHARAM PARA SALVAR VAGABUNDO QUE AINDA ESTAO DENTRO DO CONGRESSO MODIFICANDO LEIS. A VERDADE E MAIS DO QUE CLARA E NAO PRECISA DE MAIS PROVAS AS AÇOES DOS PREVARICADORES SAO AS PROVAS NECESSARIAS PARA MOSTRAR A REALIDADE DE NOSSO PAIS EM RELAÇAO A JUSTIÇA. JUSTIÇA PIFIA QUE NAO PUNE OS INFRATORES DO COLARINHO BRANCO. ESTA E A VERDADE.

Anônimo disse...



"Percebemos uma manipulação para induzir o povo a acreditar que o Presidente Bolsonaro e o PGR está contra a corrupção subliminarmente. O que não procede porque está tendo muito mais investigações agora, que antes."

Correção:

Onde lê o "Presidente Bolsonaro e o PGR está contra a corrupção" subliminarmente. Lê-se: O Presidente Bolsonaro e o PGR estão contra o COMBATE à corrupção subliminarmente.


Desculpem a falha.

Anônimo disse...

Quem vive na mentira, termina assim. Fiquem louvando e adorando homens de carne e osso!
Isso aqui é pais laico, né? Roma já caiu e o ocidente já foi destruído.
O golpe final será desferido não muito a frente!