terça-feira, 18 de agosto de 2020

No Brasil, 20 de agosto se comemora o Dia do Maçom


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por José Abreu

Confirmando simplificadamente dados da Wikipédia ...  “de acordo com a história maçônica, no dia 20 de Agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria "Comércio e Artes" e "União e Tranquilidade", na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, o Irmão Gonçalves Ledo teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.

A ideia de Gonçalves foi aprovada por todos os irmãos naquela reunião e registrada na ata do Calendário Maçônico no 20º dia, do 6º mês do ano da Verdadeira Luz de 5.822. Esta data, convertida para o calendário gregoriano (o que é usado na maioria dos países ocidentais), seria equivalente ao dia 20 de Agosto de 1822.

Teria sido por impulso da sociedade maçônica que o Príncipe Regente Dom Pedro I teria proclamado a Independência do Brasil no dia 7 de Setembro de 1822 (menos de um mês depois da grande reunião no Rio de Janeiro).

A data oficial foi oficializada no artigo 179 da Constituição do Grande Oriente do Brasil, tornando o dia 20 de Agosto o Dia do Maçom Brasileiro.”

Neste ano de 2020 o dia do Maçom terá um significado especial para todos que tomarem conhecimento do livro “A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA” no qual de uma forma romanceada, mas não totalmente de ficção, tentamos mostrar  o que poderia acontecer se todos os idosos da Maçonaria fossem abatidos por culpa do CORONAVÍRUS.

Por apenas 45 reais mais despesa correio, o livro já está disponível no link abaixo (é só clicar e seguir em frente):

https://www.americanas.com.br/produto/1944057240/a-ultima-marcha-da-maconaria?pfm_carac=9786500072327&pfm_page=search&pfm_pos=grid&pfm_type=search_page 

Participe dessa corrente de solidariedade e adquira o seu agora!

Nenhum comentário: