domingo, 9 de agosto de 2020

O Futuro do Livro

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Carlos Maurício Mantiqueira

Com o avanço das comunicações eletrônicas, a mensagem impressa tende a diminuir enormemente.

O livro impresso vai desaparecer ? Penso que não. O texto de qualidade continuará sendo impresso em edições de luxo junto com imagens de alta definição.

Talvez deixem de existir algumas editoras sem coerência em suas publicações. Manter no catálogo livros de autoajuda e livros de arte é sinal de inadequação aos novos tempos.

As publicações de Franco Maria Ricci serão o paradigma para o nicho de livros de arte; há outras maravilhosas editoras francesas, inglesas, alemãs, espanholas, etc.

As tiragens serão cada vez menores e o seu custo unitário subirá muito.

Penso que desaparecerão os livros sem ilustrações.

Mesmo assuntos de alto valor intelectual deverão vir com imagens relacionadas ao texto.

O bom gosto de diretores de arte deve imperar na montagem final do que será publicado.

A competição será feroz. O ditado de Confúcio (se não me engano) ensina que vale mais uma imagem que mil palavras.

A Poesia voltará a figurar entre os temas preferidos pelo público culto.

Os ilustradores ganharão importância nesses novos tempos.

Livros de fotografias antigas, encantarão as novas gerações.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...



Bom dia, sr Carlos Mauríco que Jesus esteja com você.


Precisamos trazer a cultura Ocidental de volta que o establishment se encarregou de detruí-la.