sábado, 26 de setembro de 2020

Como o “Poderoso” cai


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Carlos Maurício Mantiqueira

Em todos os aspectos da vida humana, tudo é efêmero.

Se assim não fosse, uma família dominaria o mundo em cinco gerações.

No Brasil, as oligarquias nordestinas e sulistas dominam o país desde os tempos coloniais.

As novas tecnologias da informação, principalmente as redes sociais, estão destruindo centros de poder existentes há séculos.

Hoje em dia tudo se sabe e tudo se compartilha.

As desesperadas tentativas de censurar a internet são em vão.

Os Bill Portões, os Zucabekas e outros, em breve desaparecerão do cenário mundial.

O Poder os embriagou. O poder absoluto corrompe absolutamente.

Um argentino destrói, de maneira implacável, a maior e mais antiga multinacional do mundo: a Igreja Católica Apostólica Romana.

Se as profecias de São Malaquias estiverem certas, em breve chegará o dias do Juízo Final.

Os que sempre pautaram suas vidas sobre os preceitos romanos, nada têm a temer.

“Honeste vivere, alterum non laedere, cuique suum tribuere “.

Lembremo-nos do singelo ditado: “Um copo d'água, um pedaço de pão e nem sombra de leve mágoa tocará seu coração”.

 

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

As novas tecnologias estão destruindo centros de poder existentes há séculos, mas oferecem o risco de criar UM centro de poder mundial. Não adianta dizer que a Nova Nova Ordem Mundial não permitirá a instauração da Nova Ordem Mundial, porque os controles burocráticos pelas novas tecnologias (o verdadeiro Grande Irmão) são mais avassaladores que os antigos, sempre com a desculpa de "facilitar" a vida do cidadão, como o 5G. Li que a implantação do 5G é do interesse da área militar, ou seja, o controle totalitário será implantado pelos militares (aqui entra a ironia de Romulus Maia sobre a tentação de passar sobre a dignidade das pessoas - "Vovô-Voyer"). O presidente disse que ninguém pode ser obrigado a tomar vacina, mas a burocracia pode inseri-la nas exigências para atividades essenciais, como matrícula em escolas, ingresso em universidade ou concurso público (como na área da saúde, polícia e FFAA), prova de vida para receber aposentadoria ou pensão, renovação da CNH etc., como já acontece com vacinas obrigatórias para passaporte para determinados países. Bem lembrada sobre Bill Gates e Mark Zuckerberg a orientação de Olavo de Carvalho: mandar todos os psicopatas para casa, impedindo-os de exercer qualquer atividade pública (ainda que sob a capa de defesa sanitária). Aqui podemos ter a remota possibilidade de as vacinas recuperarem sua credibilidade perante a população.
Em suma, o controle está aumentando no setor público e na iniciativa privada e a mídia faz de conta que nada está acontecendo.

Tecnologia que filma, fotografa e mede a febre de clientes nos shopping centers em operação no Brasil. Entenda tudo!
https://aluizioamorim.blogspot.com/2020/09/tecnologia-que-filma-fotografa-e-mede.html