domingo, 20 de setembro de 2020

STF tem de reverter vexame das Fake News


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

E agora, Luiz Fux? A Transparência Internacional bateu pesado no absurdo inquérito das Fake News promovido pelo Supremo Tribunal Federal do Brasil. A crítica foi curta e grossa: “O inquérito é um dos atos mais autoritários do Supremo desde a redemocratização do Brasil”. O País não precisava passar por mais essa vergonha internacional. O Judiciário se desmoralizou – o que é perigo,

A insegurança jurídica foi agravada. Originariamente criado para ser uma Corte Constitucional, por causa da redundância e pouca regulamentação da Constituição de 1988, o STF se transformou em um tribunal que julga qualquer coisa. Assim, acha que pode tudo. A pretensão suprema gerou o abuso de poder de uma instituição que se acha no direito de, ao mesmo tempo, denunciar, processar e julgar, conforme ocorre na aberração das “notícias falsas”.

O Senado é o instrumento institucional que tinha o dever legítimo de impedir a extrapolação de poder do STF. Acontece que os senadores preferiram se omitir, apequenando seu papel. A “razão” é facilmente explicável: muitos parlamentares enfrentam graves problemas judiciais. Muitos casos escabrosos estão no STF, ou podem ser afetados pos subidas decisões dos supremos magistrados. Eis um dos motivos pelos quais houve fraca e tímida reação dos senadores diante da imperdoável vacilada suprema.

A imprensa é outra instituição que deveria ter criticado, pesadamente, a postura autoritária do STF. Acontece que a extrema mídia foi quem inventou e se interessou por explorar, politicamente, o questionável e nada preciso conceito de “notícias falsas” (que o pedantismo tupiniquim achou mais elitista chamar de “fake news”).

O jornalixo achou mais cômodo formar uma “parceria” não-declarada com os ministros do STF que promoveram o absurdo inquérito que, curiosamente, só focou em conservadores que defendem o Presidente Jair Bolsonaro. A esquerda não produz notícia falsa?! Isto afronta a Verdade – a realidade universal permanente.

A partir de novembro, com a aposentadoria do ministro Celso de Mello e com a quase certa indicação de André Mendonça (um sujeito “terrivelmente evangélico”, na definição do Presidente Bolsonaro), o Supremo tende a entrar em uma fase de reequilíbrio. O progressismo será confrontado pelo conservadorismo. Isto é bom para a construção da Democracia. O STF, quem sabe, terá a chance de reverter o vexame do inquérito das Fake News.






Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Setembro de 2020.

5 comentários:

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

OS PILANTRAS ESQUECERAM DA WIKIPÉDIA, QUE É O MAIOR ARMAZENAMENTO DE NOTÍCIAS FALSAS E FSTOS DISTORCIDAS.

E O LAVA-ÉGUA PARA EMISSORAS, COM AS ENXURRADAS DE PROPAGANDAS DA JUSTIÇA ELEITORAL É IMPRESSIONANTE.

DE MADRUGADA CHEGA ATÉ TRÊS INSERÇÕES EM UM SÓ INTERVALO COMERCIAL.

VAMOS VER SE A TRANSFERÊNCIA DE ÁGUA DE PRIVADA IRÁ DUVULGAR A LISTA, COM OS VALORES DE CADA COMPENSAÇÃO FISCAL QUE A MÍDIA IRÁ RECEBER.

Anônimo disse...

[Morre a juíza Ruth Bader Ginsburg: judia, liberal e pedócrata, escolhida por Bill Clinton por sugestão de Hitler Clinton, para ocupar a posição de juíza associada à Suprema Corte dos Estados Unidos. Promotora e defensora da teologia de gênero talmúdica, ela foi uma das promotoras do assassinato de bebês (fetos) goyim até os nove meses e mesmo logo após ter nascido em NY (lei também copiada pelo sistema judaico "francês" no regime sionista de Macron), bem como a despenalização do crime de estupro anal de crianças goyim por pedófilos heterofóbicos e zero acusações por forçar as vítimas a fazer sexo oral na Califórnia. (...) A juíza também levou à obstrução de investigações contra os Clinton... sobre pedofilia e tráfico de crianças para extração de adrenocromo.]

O governo conservador começa na Suprema Corte dos EUA? (Sinais do Reino/Artigos)
https://www.sinaisdoreino.com.br/?cat=1&id=12247

Loumari disse...

LA MADRE DE LAS PROFECÍAS: Apostasia, Anticristo, Fin del Mundo, Apocalipsis, Marca de la Bestia...

https://www.youtube.com/watch?v=3NQHe25zMQY


Alerta!!! Los Laicos están llamados a defender la Fe en el Tiempo de Hoy y en los Últimos Tiempos

https://www.youtube.com/watch?v=1183v1CFimQ


Signo para conocer que Dios se retira del hombre | Luisa Piccarreta

https://www.youtube.com/watch?v=qDoafIjtAfg


Las almas víctimas son hijas de la Misericordia | Luisa Piccarreta

https://www.youtube.com/watch?v=NeQY94Xnhus


La soberbia nos transforma en demonios | Luisa Piccarreta

https://www.youtube.com/watch?v=667XGwPZErU

Anônimo disse...

https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/bolsonaro-vai-rebater-cr%C3%ADticas-em-discurso-na-assembleia-geral-da-onu-diz-jornal/ar-BB19g0On?ocid=msedgdhp

O presidente Jair Bolsonaro vai usar o discurso de abertura nos debates da 75ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), na 3ª feira (22.set.2020), para rebater críticas sobre sua gestão ambiental na Amazônia.

A informação foi publicada pelo jornal O Estado de São Paulo, que teve acesso a 1 texto preliminar com diretrizes para o pronunciamento de Bolsonaro.

O presidente deve mencionar que ele mesmo designou o vice-presidente Hamilton Mourão para estar à frente do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

Ele ainda deve dizer que seu governo trabalha na “mobilização de recursos para controlar o desmatamento, combater atividades ilegais e o crime organizado na Amazônia”.

A expectativa é que o presidente cite que o governo tem trabalhado para atrair financiamento para projetos na floresta.

O chefe do Executivo deve alegar ainda que o Brasil tem avançado na implementação da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável da ONU. No discurso, deve destacar que a preservação ambiental tem que seguir junto com o desenvolvimento econômico.

O presidente, no seu discurso de estreia na Assembleia Geral da ONU, em 2019, criticou o socialismo, Cuba e os governos Lula e Dilma. Falou de economia, acordos comerciais internacionais e Amazônia. Disse que não vai demarcar mais terras indígenas.

Combate à pandemia
Em seu pronunciamento, o presidente também deve defender a atuação de seu governo no enfrentamento à covid-19. Bolsonaro tem repetido que o Brasil foi 1 dos países que melhor enfrentou a crise.

No texto preparado para orientar o discurso, há uma sugestão de que o presidente brasileiro expresse suas condolências em homenagem às famílias afetadas pela doença e agradeça os esforços dos profissionais de saúde.
CONTINUA.....

Anônimo disse...

https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/bolsonaro-vai-rebater-cr%C3%ADticas-em-discurso-na-assembleia-geral-da-onu-diz-jornal/ar-BB19g0On?ocid=msedgdhp
CONTINUA...II E TERMINA.......

STF debate crise ambiental
Pela 1ª vez, o STF (Supremo Tribunal Federal) fará uma audiência pública para debater a crise ambiental no Brasil e o funcionamento do Fundo do Clima (Fundo Nacional sobre Mudança do Clima).

A reunião terá início nesta 2ª feira (21.set), às 9 horas, 1 dia antes do discurso de Bolsonaro na Assembleia Geral das Nações Unidas.
O sombra diz....
SEM FAZER O MEA CULPA O BOLSO NABO AINDA TEM A CARA DE PAU DE MENTIR NA ONU. VAMOS E VENHAMOS E UM BOZO TOTAL QUERENDO FAZER SELFIE DELE MESMO E DE SEU PERCURSO PERVERSO E SEM EXPECTATIVAS QUE QUE SO TROUXE ALIVIO PARA OS LADROES DOS TRES PODERES DE MERDA.
ENFRENTOU OS PROBLEMAS COLOCANDO BAND AID NO CANCER ELEVADO DA REPUBLIQUETA ANOS LUZ NO DESENVOLVIMENTO DOS ESTADOS UNIDOS. AINDA ESTAMOS NA ERA DA PEDRA LASCADA EM RELAÇAO AO RESTO DO MUNDO. CARA DE PAU E POUCO NO DESENVOLVIMENTO DE SEU TRABALHO AQUI NO TERRA DE NINGUEM.
COMO SEMPRE A CULPA E SEMPRE DOS OUTROS NUNCA E DELE MESMO QUE SEMPRE DA UM TIRO NO PE.