sábado, 17 de outubro de 2020

Operação Lava Rabo para crimes societários


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

A corrupção no Brasil é estrutural, sistêmica e cultural. Não acaba por passe de mágica. Nem por declaração oficial, por mais honesto que seja ou pareça o dirigente. A prega impede o crescimento e o desenvolvimento do País. Felizmente, um número expressivo de brasileiros resolveu dar um basta, entrando em ritmo de tolerância zero contra a corrupção, os corruptos e corruptores. O mesmo acontece com relação aos preconceitos e aos abusos sexuais.

Agora a corrupção foi “fundo” e, simbólica e literalmente, atingiu seu máximo nível escatológico. Um senador, que ocupava a vice-liderança do governo federal, foi apanhado com dinheiro muito mais adentro da mera cueca. A Polícia Federal teria filmado grana sendo retirada do “fiofó”. O senador conseguiu contrariar o imperador romano Vespasiano, autor da expressão “dinheiro não tem cheiro”. O daqui de Roraima teve... E fedeu...

O caso bem que merecia ser batizado de “Operação Lava Rabo”. Só que ninguém merece isso! Parabéns à Controladoria Geral da União. A CGU tem sido decisiva no combate à corrupção pandêmica – ou pandemônica (meus 12 leitores e meio decidem). O importante é que o trabalho seja aprimorado, com novas forças-tarefas de auditores. A dura realidade da delinqüência empresarial no Brasil exige medidas duras.

A “roubalheira” continua. Acionistas, sobretudo os minoritários, sofrem prejuízos descarados. O mercado demanda um pente fino, principalmente naquelas empresas que têm participação acionária dos fundos de pensão. Muitos dos esquemas armados na Era PT continuam vivinhos da Silva. Contribuintes previdenciários correm perigo de amargar prejuízos absurdos e irreversíveis. A Lava Jato falhou na apuração de crimes societários – que seguem flagrantemente impunes nas empresas de economia mista (nossa jabuticaba) e nas empresas privadas que parecem “estatais”.

Lá fora, o bicho pega... A holding controladora da JBS, J&F, acertou acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos em que se declarou culpada de violar legislação americana contra corrupção e pagará cerca de US$ 128 milhões (R$ 716 milhões) às autoridades do país. Por aqui, ninguém se preocupou em perguntar aos americanos quais os políticos e autoridades brasileiras que estão na lista dos envolvidos.

Temos um grave precedente de pizza no Brasil. A Petrobras foi forçada e aceitou indenizar investidores estrangeiros pelas perdas com as falcatruas do “petrolão”. Estranhamente, a empresa reluta em dar tratamento isonômico aos investidores brasileiros. A petrolífera é alvo de arbitragens na Câmara da Bolsa de Valores. Só que a “estatal” tenta uma embromação: apela ao judiciário para nada pagar. Usa a falsa tese de que é “vítima”... Na verdade, as vítimas foram seus investidores minoritários.

A briga segue intensa nos bastidores empresariais. Em algum momento, a Justiça será feita. Do contrário, investidores só vão aplicar em ações no exterior, onde o judiciário funciona melhor, com menos impunidade aos crimes societários.

A CGU brasileira deve avançar no seu trabalho anti-corrupção. A coisa, por aqui, continua muito escrota. Nada de anormal na anarquia feudal nada republicana e seu Capimunismo tupiniquim...

Relevante

Ibrasg (instituto Brasileiro de Ativismo Societário e Governança) iniciou uma arbitragem na Câmara da B3 para que sejam indenizados os investidores que sofreram perdas com as ações do IRB em 2020.

Para garantir que possam se beneficiar de uma eventual decisão favorável nessa arbitragem, os acionistas podem se associar ao Ibrasg, bastando se cadastrar no site www.ibrasg.com.

Não há nenhum custo para participar dessa entidade ou para se beneficiar da arbitragem.







Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Outubro de 2020.

2 comentários:

Anônimo disse...

SERIA ESSE DINHEIRO DIRECIONADO DIRETO DO CÚ DO CHICÃO PARA A BORCETA DA MISCHEQUE??? BOZOLIXO ESTÁ MAIS SUJO DO QUE PAU DE GALINHEIRO,ME DIGA COM QUEM ANDAS E LHE DIREI QUEM ÉS, COM 3 PATÉTAS NOIADOS E A RAINHA DAS CAGADAS PRETAS, JA PASSOU DA HORA DE MANDAREM ESSE ENTREGUISTA PARA A CADEIA,COM O DOLAR CUSTANDO 6 CONTOS E OS PREÇOS DE TUDO TEREM VIRADO UM ASSALTO BOLZOLIXO E SUA QUADRILHA NA MINHA OPINIÃO TEM QUE SEREM INVESTIGADOS A FUNDO.

Anônimo disse...

Empresas BR (PetrobraX tb, como queriam os.liberalecos d esq e Dir.) Vão fazer n sei o q na BoRsa solarizada para ficar refém do sistema d Lah... Vivem entregando grana para estrangeiro... Santa inocência...