sábado, 14 de novembro de 2020

“Abraça o urso quando errar”, Bolsocoringa


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Foi uma tortura psicológica para o torcedor assistir o terceiro jogo da seleção brasileira da CBF pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. O time do técnico Tite jogou mal e teve muito trabalho para obter uma vitória magrinha de 1 a zero contra a ingênua equipe da Venezuela. No estádio do Morumbi vazio, sem público, o destaque da partida foi a experiência auditiva de captar as insistentes e detalhadas ordens do Tite para seus jogadores. Os craques não obedeceram muito...

Porém, viva a magia do silêncio forçado pela ausência de torcedores combinada com a alta qualidade de captação dos microfones externos. Em dado momento, um jogador exagerou na displicência e perdeu a bola para o adversário. Tite mandou a bronca enigmática, curiosa e direta para quem cometeu a falha: “Abraça o urso quando errar!”. Os comentaristas esportivos ficaram na dúvida se o conselho era algum “provérbio gaúcho”. Provavelmente não era. Mas o significado provável é: “Falhou, se sacrifique e faça o impossível para corrigir o erro”.

Lancemos a bola do mundo do futebol para a esfera política. Os nada discretos microfones e câmeras da extrema mídia tupiniquim têm captado sons e imagens que agravam as críticas e a pancadaria editorial contra o Presidente da República. Nesta semana, o destaque foi a insistente pendenga de Jair Bolsonaro com seu vice Hamilton Mourão – o famoso “indemissível”. Nada de anormal. Uma hora essa crise persistente se resolve. Para o bem ou para o mal.

Interessante que o Bolsonarismo não ficou restrito a essa polêmica inútil entre o Presidente e o Vice. Nas mídias sociais, assistimos a mais um fenômeno de comunicação envolvendo Jair Bolsonaro. Inimigos e opositores há muito sacaneiam Bolsonaro associando a imagem dele a um personagem-criminoso: o Coringa – um dos principais e mais malvados inimigos do morcegão Batman. Azar da criativa petelândia & afins é que os bolsonaristas tiraram proveito contrário da malvadeza.

O pay-back é um Bolsocoringa tirando sarro com as bobagens cometidas pela esquerdalha. Produziram um negócio que consegue ser escroto e hilário. Agora, os agressores provam do próprio veneno. Bolsocoringa é o bicho. O Mito é um caso de comunicação a ser estudado pela NASA, com supervisão da Frota Estelar. Quando mais batem nele, mais ele se beneficia. E sem que o Tite aconselhe, quando Bolsonaro erra – e erra muito na tática comunicativa -, ele abraça o urso. Incrível...  







Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 14 de Novembro de 2020.

3 comentários:

Vanderlei Lux disse...

“Abraça o urso quando errar” com certeza não é, absolutamente, nenhum provérbio gaúcho. Aqui não tem ursos!

Aliás? Tem ursos no Brasil? Acho que não né?

Mas por aqui temos um provérbio que se aplica que nem uma luva ao Brasil: "Mais sujo que pau de galinheiro". É um provérbio magnífico!

Entretanto eu confesso que jamais imaginei ver isso, mas eu vi. Uma revista famosa chama o presidente de palhaço psicopata e seus apoiadores adoraram. Entram na zoeira e confirmam que ele é um palhaço psicopata. É assim que essa gente quer combater a esquerda? Meus Deus do céu...

Anotem ai. Não existe governo conservador/direita que implanta agendas esquerdistas. O final nós já sabemos qual é. Não existe outro desfecho! E sabe porquê? Simples: revolta! O eleitor não vai perdoar! Ainda mais quando esse mesmo eleitor tinha naquele candidato uma esperança, uma última chance!

Já temos vários exemplos mundo afora: Argentina, Chile, Bolívia, México... e agora Estados Unidos. Torna-se óbvio quem será o próximo país!

Em tempo: A fala do general Edson Pujol de que lugar de militar não é na política é uma fala "política", é esquerdóide, quase de insubordinação contra o presidente da república. O óbvio que qualquer presidente com duas bolas faria era mandar o generalzinho pra reserva! Mas sabemos que "Bozoringa" vai deixar assim mesmo, pra mais uma decepção daquela turma de eleitores.

Anônimo disse...

Essa "divisão" da equipe do presid e vice foi estratégia desde o início. Estou com eles e não abro. Apenas espero q a missão q a eles cabe esteja acima das dívidas e paixões com as igrejas, países estrangeiros e família Rolo...

Loumari disse...

ORA ALMA PEREGRINA:

Consciente do meu nada, e da Tua Sublimidade, Misericordioso Salvador, me prostro aos Teus Pés e Te agradeço pela Graça que me tens concedido, ingrata criatura; Te agradeço especialmente por libertar-me, através do Teu Precioso Sangue, do poder destruidor de Satanás.
Na presença de minha Querida Mãe Maria, do meu Anjo Custódio, do meu Santo Patrono, e de toda a Corte Celestial, voluntariamente me consagro, com o coração sincero, ao Teu Precioso Sangue, ó Queridíssimo Jesus, através do qual redimiste o mundo do pecado, da morte e do inferno. Ámen!


Glória ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo, assim como era no princípio agora e sempre, pelos séculos dos séculos. Ámen.


Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é contigo,
Bendita És Tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do Teu ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, roga por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen.


† Pai Nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu Nome;
† Venha a nós o Teu reino, seja feita a Tua Vontade, assim na terra como no céu;
† O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
† E perdoa-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofendem;
† E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Ámen.


ORAÇÃO ENSINADA PELO ANJO DE PORTUGAL AOS PASTORINHOS NAS APARIÇÕES EM FÁTIMA

Meu Deus; Eu creio, adoro, espero e amo-Te. Peço-Te perdão pelos que não crêem, não adoram, não esperam e não Te amam (3 vezes).

Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-Vos o Preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da Terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores. Ámen.