terça-feira, 3 de novembro de 2020

SEM TÍTULO

 


Artigo no Alerta Totalwww.alertatotal.net

Por Carlos Maurício Mantiqueira

Sem paciência para falar com idiotas (ouví-los muito menos) sigo por este caminho nada suave.

A minha amada paulicéia tem as ruas e calçadas “mais bem” esburacadas do mundo ocidental.

Nos últimos tempos, infestada de pedintes de verdade (ou plantados por ONGs).

Às vésperas das eleições para edis e burgomestres, faço um apelo aos pedestres de bom grado ou a contre coeur: Não reelejam ninguém.

Procurem novas desilusões; não reincidam nas velhas.

Saibam que as juras de amor dos cãodigatos e candigatas são falsas.

Pesquisem no Santo Google a vida pregressa dos postulantes.

Vejam o caso da Andorinha. Antes um pássaro que simboliza o verão; hoje aprendiz de perdiz que ora diz, ora se desdiz.

Perdigoto, saído do esgoto, se pensa de escol mas é um esc... (rima)

Irritar-nos é seu esporte até o dia que lhe tocar a morte.

Por inação dos filhos de Mavorte, deixa o povo à própria sorte.

Teremos um Dezoito Brumário ? Ou um Noventa e Três que deu cabo a um rei francês.

Jejuno em coragem, honra e memória, será fadado ao lixo da História.

Flango flito está aflito; vai tomar do chefe um pito. Mandacarú ou madá-lo a quase isso ?


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...

El Gran Reseteo: Davos y el gran reinicio: usar el COVID para implantar un gobierno mundial - 24/10

https://www.youtube.com/watch?v=BZ6WvEIl4WU

Anônimo disse...

Se os poderosos não sabiam desse valor da forma das cidades, agora que sabem não voltarão a permitir que elas contem a história. Com a fotografia e os vídeos, cabe aos cidadãos registrarem essa história e passarem às novas gerações.

[Olavo de Carvalho: "A forma das cidades, no mundo inteiro, conta a história delas. A das cidades brasileiras é uma história que começou na semana passada e vai terminar na semana seguinte. Os brasileiros vivem num vácuo histórico que os imbeciliza e os torna imprevidentes. Os planejadores urbanos do Brasil mereceriam ser todos fuzilados."]