terça-feira, 10 de novembro de 2020

Vamos votar pelo celular?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Agora a coisa ficou realmente séria na eleição presidencial norte-americana. O honorável Procurador-Geral do Departamento de Justiça, William Barr, ordenou uma investigação oficial sobre denúncias de fraude, principalmente nos votos pelos correios. Dependendo do que a auditoria do Justice Department’s Civil Right Division Voting Section’s constatar, devem ocorrer anulações de resultados, recontagens e, talvez, proclamações diferentes na escolha dos delegados.

Nos Estados Unidos, o bicho costuma pegar sempre que o famoso “Honorable Attorney General” entra em campo para comandar uma investigação oficial. Por isso, é recomendável não entrar no oba-oba da mídia e dos democratas que estão com uma pressa medonha para cantar vitória completa antes do jogo realmente terminar. A eleição indireta nos EUA só se decide, de verdade, no dia 17 de dezembro, quando o Colégio Eleitoral se reúne, no Congresso, para que os delegados eleitos escolham o Presidente.

Já pensou a doideira que será se a quantidade de fraude alegada por Donald Trump for comprovada? O placar de 290 a 214 a favor de Joe Biden pode ser alterado? A possibilidade é bem concreta, se a fraude foi realmente escancarada. Ex-Prefeito de Nova York e sempre advogado de Donald Trump, Rudolph Giuliani, vai para a batalha judicial para comprovar que os Republicanos foram garfados O problema é se o establishment dos EUA aceitará a ousada demanda que agora é, também, do Procurador-Geral.

Domingo que vem tem eleição municipal no Brasil. Aqui não tem voto pelos Correios. Temos a votação por dedada na urna eletrônica, com apuração ultra-rapidinha, pela via virtual, assim que se encerra a votação. A tal “Justiça Eleitoral”, além de também nos obrigar a votar, nos compele a aceitar o dogma do resultado eleitoral absolutamente confiável, embora não exista qualquer possibilidade de recontagem dos votos por meio físico. No Brasil, não adianta reclamar de fraude ao Procurador-Geral. Ele nada fará, por impossibilidade concreta.

Neste ano, teremos uma supernovidade. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Supremo Magistrado Luís Roberto Barroso, anunciou que será feito um teste de um sistema de votação usando o “telefone celular” (smartphone). Em pouco tempo, a modernosa urna eletrônica pode se transformar em coisa do passado? Talvez, sim. Do ponto de vista da tecnologia, o Brasil tem o sistema de votação mais avançado do mundo. O voto em papel foi abolido. Aqui não temos uma “fraude” como a verificada na recente eleição presidencial dos EUA.

Aqui só tem aquele probleminha. Temos de aceitar, sem discutir, o resultado final do processamento eletrônico de votos. A “Justiça Eleitoral” não aceita qualquer possibilidade de implantar um modelo físico para recontagem de votos. Oligarquia judiciária atropelou até a vontade do Poder Legislativo que aprovou o voto impresso para uma pequena e insuficiente auditoria por recontagem parcial de 3%.

Agora, teremos a novidade da votação via aplicativo de celular. Novidade perfeita para novembro azul – o mês da dedada para verificar se os homens têm problema de próstata, com risco de câncer. Vamos todos à dedada no domingo, 15 de novembro, feriado mentiroso de uma República que foi proclamada, mas até agora não foi efetivamente implantada. Bruzundanga é um caso para ser estudado pela NASA...

Voltando aos EUA, a pergunta doida: já pensou se uma gigantesca recontagem de voto permitir que Donald Trump reverta a derrota para Joe Biden e Kamala Harris? Vai ser muita doideira...

Outra perguntinha para os norte-americanos: quanto será que as empresas chineses investiram para a eleição dos democratas?








Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Novembro de 2020.

6 comentários:

Rodrigo Almeida disse...

Todo o mundo quer o dinheiro dos chineses. Tem ministro atropelando a todos pra agradar o Xixi Ping. Abram o olho com o cara, Forças armadas!!!

Anônimo disse...

QUAL O MATERIAL ISOLANTE CAPAZ DE VEDAR A RADIAÇÃO SOLAR???.. QUAIS EQUIPAMENTOS TERRESTRES CAPAZ DE SUPORTAR 150 GRAUS POSITIVOS??? ONDE ARMAZENAR TUBOS DE OXIGENIOS DENTRO DE UM MINUSCULO SUPOSTO MODULO??? COMO COLETAR 500 KG. DE ROCHA EM SAQUINHOS DE SACOLÉ??? COMO FAZER UMA LIGAÇÃO TELEFONICA EM TEMPO REAL DOS EUA ATÉ A LUA EM 1969 QUANDO OS INTRURBANOS NÃO ATINGIAM 50 KM SEM NEM UMA INTERFERENCIA??? JÁ SE PASSARAM 60 ANOS E TODAS AS EVIDENCIAS E PROVAS DE QUE O HOMEM NUNCA CHEGOU A LUA POIS A TECNOLOGIA NÃO PERMETIA, NUNCA EM NEM UM PAIS ESTUDARAM AS LEIS DA FISICA??? SIM ELES ESTUDARAM E DESCOBRIRAM QUE COM A TÉCNOLOGIA EXISTENTE NAS DÉCADAS DE 60 E 70 E NEM A DE HOJE JAMAIS PERMITIRIA UMA NAVE TRIPULADA PARA A LUA... MAS O TAL ACORDO ENTRE CAVALEIROS JAMAIS PERMITIRA A DIVULGAÇÃO DESSA FRAUDE ENFIADA GUELA ABAIXO DO MUNDO INTEIRO... A PERGUNTA É VOCÊS PESSOAS COM UM GRAU ELEVADO DE INTELIGENCIA ACREDITAM QUE MESMO QUE TIVESSEM SIDO FRAUDADA ESSA ELEIÇÃO ALGUÉM DIVULGARIA OU ADMITIRIA??? POR QUE QUE O CRISTO NÃO DESCEU LÁ DO CÉU???

Vanderlei Lux disse...

Como já disse várias vezes aqui, antes: para você iniciar seu entendimento de uma coisa, basta seguir qual é o curso/posicionamento da imprensa sobre essa mesma coisa.

Quando a imprensa americana, em uníssono, começou a gritar "Biden venceu!" com ainda 40% da votação em aberto, eu senti que podia começar a suspeitar de algo. Ainda agora não nego que o velhaco demente possa de fato ter vencido o pleito americano, mas que tem algo de podre naquele reino, há se tem!

A mesma coisa é com essa mesma imprensa (pelo menos a parte dela que fala português) começando a inflar sujeitos como Sérgio Moro e Luciano Huck. De Huck eu nem tenho muito o que falar. Funcionário da Rede Globo, "da casa", dispensa comentários. Se Huck entrasse sozinho na briga pela cadeira presidencial, diria que é só mais um daqueles famosos "bois de piranha", ou seja, um laranjão que vai tirar votos de outro candidato mais potencial pra, em um eventual 2° turno, apoiar outro candidato.

MAS...

Já de Sérgio Moro eu confesso que a política brasileira ainda me surpreende. Pensem bem: o que exatamente um sujeito como Sérgio Moro fará na liderança do executivo? Como Sérgio Moro conseguirá dialogar com a câmara e senado? Como poderá Moro se relacionar com gente que ele quase colocou na cadeia? Ou melhor: com gente que ele COLOCOU na cadeia?

Com gente que ele mesmo - Moro - deixou vazar para a imprensa delações sigilosas e tudo mais? Como Moro vai ajudar o país em um lugar donde ele terá inimigos mais do que declarados. Inimigos mortais, diria! Será que testemunharemos um Sérgio Moro colocando petistas nos ministérios em prol de uma "governança"? Será que testemunharemos Sérgio Moro se aliando ao centrão, enquanto fala de combate à corrupção? Acho que já vi esse filme...

A pergunta sincera: "O que exatamente faz esse ex-juiz na política? Quem são os que apostam nele?".

Notem: Sérgio Moro é um cara que é praticamente intocável na imprensa. Nenhum grande veículo fala uma linha sobre ele, a não ser para elogiá-lo. Isso se chama "blindagem" e é um presente que poucos ganham na vida. É um presente que custa muito caro para quem o dá, e muito mais para quem o recebe.

A única explicação para essa aberração política chamada Sérgio Moro é que, de fato, a lava-jato não passou de uma tremenda fraude. Mas poucos entenderão isso.

Eu espero estar errado... mas meu instinto diz que não!

Anônimo disse...

Smartmatic foi usada nas eleições americanas (Terça Livre TV/Boletim da Manhã)
https://www.youtube.com/watch?v=mP6A5xI23Bg

Anônimo disse...

Reverter que derrota ? Já estás sendo influenciado pela Grobo ? A eleição não acabou, tá surtando ?

Loumari disse...

Bolsonaro avisa a Biden que Brasil tem 'pólvora' | AFP

https://www.youtube.com/watch?v=HMDClzL9GHY

O presidente Jair Bolsonaro alertou o presidente eleito dos Estados Unidos, sem mencionar o nome do democrata, que o Brasil tem "pólvora". Bolsonaro também disse que o Brasil tem que deixar de ser um país de "maricas".

11.11.2020


OBS: O vosso presidente disse aqui uma grande verdade sobre os brasileiros. Abordou um sujeito que ele tem bom conhecimento: brasileiros são maricas. Brasil é país dos Gays. Tapetes. Pedais que só servem para ser pisados.
Ele está a declarar guerra com pólvora contra os Estados Unidos de América? nestas alturas em que o Brasil está cada dia mais isolado do mundo, as exportações estão quase no ponto morto, investimentos estrangeiros já quase inexistentes, e o vosso presidente lança palavrões destas em contra da primeira potência militar no globo? Um maricas a declarar guerra contra Machos? onde se viu tal coisa?