quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Aconselhe-se com Putin, Presidente Donald Trump!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Sérgio Alves de Oliveira

Apesar da plena convicção que têm sobre a fraude eleitoral que o fez perder a eleição presidencial para Joe Biden, na verdade Donald Trump não está tendo a luz necessária para vencer essa  guerra.

Não percebeu ainda, por exemplo, que as estruturas eleitorais que praticamente “homologaram” a vitória a Joe Biden são as  mesmas que participaram das (re)contagens de votos onde elas se realizaram, e que eventuais diferenças, dando a vitória final a Trump, acabariam desmoralizando e colocando em risco penal os membros das respectivas “mesas” diretorias da apuração. Seria, praticamente, uma confissão do “crime”, expondo os escrutinadores.

Como o Partido Democrata que lançou Biden à presidência não consegue mais esconder a sua total adesão à linha ideológica de esquerda, socialista, portanto aderindo de corpo-e-alma ao comunismo, talvez estivesse  em tempo de Trump espelhar-se nas principais  “democracias” comunistas que se instalaram pelo mundo, tão “prestigiadas” e “valorizadas” pelo Partido Democrata, e por Joe  Biden, e que talvez desejem transplantar semelhantes “democracias” para os  Estados Unidos.

Com certeza Vladimir Putin, da Rússia, Xi Jinping, da China, Kim Jong-un, da Coreia do Norte, ou  Nicolás Maduro, da Venezuela, dentre outros governantes, que praticam uma “democracia” toda “especial”, jamais se sujeitariam “docilmente” a um complô para derrubá-los como esse que Trump  está sofrendo de parte do “stablishment” político e midiático americano, que passaram a vestir a  camiseta da esquerda mundial, através  da Nova Ordem Mundial, ”consorciada” com o socialismo, os quais  estabeleceram  um acordo  espúrio de maneira que a NOM “cuide” dos interesses dos seus “sócios”, “donos” econômicos do mundo, em troca da entrega da política à esquerda ,numa recíproca troca de garantias, onde cada qual protege o outro.

Essa passa a ser uma “sociedade” entre os poderes político e econômico mundiais,“banindo” definitivamente da face da Terra qualquer participação do povo nos destinos dos seus respectivos países. É a morte  certa e inapelável da “soberania popular”, inclusive garantida pelo parágrafo único do artigo 1º da Constituição Federal brasileira. Uma falsa democracia, meramente “formal”,se encarregaria de “legitimar” a ditadura do “consórcio” NOM/esquerda. A China pode ser bom exemplo para se ver como “ficaria”.

Eu fico só imaginando o que deve estar pensando a essa altura dos acontecimentos o Presidente  Putin do seu “colega” americano Donald Trump, julgando-o, provavelmente,um “fraco”, não vendo qualquer chance de que um dia pudesse passar por tantos  inconvenientes. Em relação a Xi Jinping, muito mais ainda.

Estivesse  eu na “pele” de Trump, com certeza  trocaria todo o exército de advogados mendigando nos tribunais a reversão  do resultado das eleições   por um simples “conselho”de Putin, perguntando ao “colega” russo, por exemplo, o que ele  faria numa difícil situação dessas .

E seguindo, claro, o seu “conselho”!!!

Com certeza Trump  governaria os Estados Unidos por  mais 4 anos.

E estaria  meramente seguindo o conselho da autoridade máxima de um país “modelo” para  o candidato socialista Joe Biden !!!

Sem dúvida a liberdade, a democracia, a livre iniciativa e o trabalho foram os grandes responsáveis  pela grandeza e prosperidade dos Estados Unidos. Mas alguns  “excessos” de liberdade e democracia acabaram abrindo as portas para os inimigos da liberdade e da democracia.                                                                                                                                         

O Partido Democrata ofereceu-lhes a sua legenda para concorrerem  a cargos políticos eletivos,mediante  o compromisso de, se eleitos, trabalharem com afinco pela instalação da agenda esquerdista/socialista, contrariando toda a história e as  tradições políticas do povo americano,  que conseguiu  erguer com muito esforço e trabalho através dos séculos a sociedade mais desenvolvida do Planeta.

Na verdade os Estados Unidos passaram a ser o maior “sonho” da ideologia socialista. E como não tiveram a  capacidade de construir nenhum país rico por onde passaram, agora apostam em receber “de graça” um grande país já construído e próspero, cujo povo corre o risco de  acabar  se tornando “um novo povo chinês”, conduzido a “relho”, por exemplo.

Com efeito, destruir a prosperidade é bem mais fácil e rápido do que construí-la.

Sérgio Alves de Oliveira é Advogado e Sociólogo.

5 comentários:

Anônimo disse...


COVID? Eis a verdadeira razão:

https://www.rumormillnews.com/cgi-bin/forum.cgi?read=159479

Coloque o artigo para traduzir

Anônimo disse...

Mais um artigo Covid ( Coloque para traduzir):

https://beforeitsnews.com/eu/2020/12/bombshell-evidence-that-faulty-covid-pcr-test-is-testing-chromosome-8-in-human-dna-not-covid-humans-are-the-virus-debilitating-created-diseases-such-as-covid-designed-to-attack-your-auto-immune-sys-2664765.html

Anônimo disse...

Ninguém aceitou a recontagem de votos porque o problema não estava na contagem mas nas cédulas "piratas"que foram introduzidas. O ponto mais forte está nos progrmas da Dominion que estavam desviando votos do Trump para o Biden. Calmaria tensa no partido democrata, todo mndo sentado quietinho encima de um formigueiro.
A impresan esquerdista democrata como a CNN fazendo o impossível para esconder os fatos.

Vanderlei Lux disse...

Meu tio-avô tinha uma pequena fazenda para os lados de Rio Pardo/RS. Das poucas vezes que o visitei, a última vez já um pré-adolescente, lembro-me de que uma nuvem de gafanhotos havia atacado a lavoura semanas antes.

Conversando com ele, me conta sobre os insetos:

- "Veja guri, eles começam assim: primeiro vem os pequenos, jovens e ágeis. Eles chegam e imediatamente começam a devorar. E, óbvio, imediatamente começam a cagar. O cocô deles tem um feromônio que, pelo ar, atrai o restante da matilha. É como uma mensagem dizendo 'Olha! Encontramos comida! E zero inimigos!'".

Nunca me esqueci daquela conversa.

Hoje sei que um país é como uma imensa fazenda. O fazendeiro cuida da lavoura, da roça, da casa e das finanças. E o fazendeiro mata os gafanhotos como um leão mata um cordeiro: sem ressentimentos!

O Brasil sempre foi uma imensa fazenda. E hoje está tomada de gafanhotos. E esses gafanhotos estão, agora, chamando outros gafanhotos, muito maiores! E não temos mais o fazendeiro para nos defender.

Sinto que a era da fazenda acabou...

Anônimo disse...

Trump está seguindo os trâmites legais para provar a força da sociedade alicerçada no Direito. Começa pelos tribunais estaduais para recolher provas das fraudes atingindo até os juízes e as entrega na ação final na Suprema Corte. Ele disse que, mais do que ganhar uma eleição, quer restaurar a credibilidade das eleições como base da democracia. Se ele aceitasse os métodos das ditaduras de esquerda, se renderia à visão de mundo do inimigo. O que está em jogo é o futuro da visão de mundo liberal-conservadora da sociedade cristã ocidental.

https://tercalivre.com.br/transcricao-completa-do-discurso-de-trump-02-12-2020/