sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Quando o silêncio vira notícia



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Percival Puggina

Aos 75 anos, Lula voltou a Cuba. Desta feita, em lua de mel e para participar de documentário produzido pelo diretor Oliver Stone. Assim, sem nenhum adendo, a viagem foi levada ao conhecimento da opinião pública. Portanto, segundo o noticiado, Lula não foi abraçar nem reafirmar seus votos – estes, sim, eternos e promissores – à revolução e seus líderes. Por outro lado, conforme sugere um leitor, não terá ele ido Cuba fazer política, usando a entrevista para esse fim, sendo a lua de mel mero efeito colateral?

 

É incrível que nenhuma grande empresa de comunicação, brasileira ou norte-americana, tenha manifestado curiosidade e tomado a iniciativa de enviar um correspondente para cobrir eventuais atividades políticas de Lula em Cuba. Nem mesmo o nome do hotel onde está hospedado chegou ao conhecimento do público brasileiro, não por acaso, pagador parcial ou total dos requintados passadio e albergaria.

 

As últimas notícias sobre a viagem de Lula, sem qualquer acréscimo ou supressão, são idênticas às de duas semanas passadas e as mesmas do período anterior à viagem.

 

Diante de tamanho vazio, meu leitor pergunta, não sem razão: “Sendo Lula, juntamente com Fidel Castro, criador do Foro de São Paulo, é descabido supor que a viagem e a ausência da mídia internacional seja oportunidade para confabulações da esquerda revolucionária nele congregada? Não estarão em Havana, coincidentemente, nestes mesmos dias, algumas canetas robustas da Nova Ordem Mundial?”

 

Não é impróprio perguntar, então, se tal silêncio não é, por si só, uma notícia importante.

 

Percival Puggina (76), membro da Academia Rio-Grandense de Letras e Cidadão de Porto Alegre, é arquiteto, empresário e escritor.

4 comentários:

Loumari disse...

O senhor mazém sofre é de uma doença chamada "lula". Busque auxílio médico para se livrar desta doença que se estende como tentáculos e afecta todos seus neurónios.

aparecido disse...

A grande maioria dos homens hoje em dia são afrescalhados tipo do governador de SP...No meu tempo chaamavamos isso de bichonas enrustidas.....hoje são metrosexuais....tempos bons geram homens fracos e afrescalhados.. homens fracos e afrescalhados geram tempos confusos tempos confusos geram crises e guerras...e crises e guerras geram homens fortes.. como tinhamos no Brasil nas décadas de 50, 60 e 70.. decadas depois da grande guerra que terminou em 1945...estamos agora como nos anos 30 de seculo XX.. as vesperas de grandes conflitos...

Anônimo disse...

VOCÊ SABE A DIFERENÇA DO GAUCHO COM A ROSEIRA??? MIJE NOS PÉS DOS DOIS E AQUELE QUE SOLTAR O BOTÃO PRIMEIRO É O GAUCHO...SE VOCÊ NÃO VIU EU VI,ROUBARAM, QUEBRAM E JOGARAM TUDO FÓRA. ISTO É SABOTAGEM E FOI EXATAMENTE O QUE VOCÊS FIZERAM PARA QUEBRAR O PAIS,O DESCONTENTAMENTO DE CANALHAS DA SUA LÁIA É VER O POBRE NÃO PRECISAR PEDIR ESMÓLAS PARA COMER...AGORA FIQUE SABENDO QUE VOCÊ JÁ ESTÁ PAGANDO A MÉRDA QUE AJUDOU A FAZER...

Anônimo disse...

Percival sempre sagaz 👏