segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

As FFAA merecem apanhar (tanto)?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Oficiais Generais - principalmente do Exército - acompanham, atenta e preocupadamente, aos ataques sistemáticos que as Forças Armadas vêm sofrendo da extrema mídia. O fenômeno acontece desde antes da “proclamação” da Nova República de 1985, na campanha das “Diretas, Já” (1983/84), pedindo o fim do regime dos Presidentes Generais. A “guerra” se intensifica na “Era” Jair Bolsonaro - que teve o apoio ostensivo de militares para se eleger.

Os grandes veículos tradicionais de comunicação, deliberada e estrategicamente, têm produzido séries de reportagens com as mais variadas denúncias contra militares. O pacotão de pancadas vai desde gastos questionáveis dos quartéis, passando por supostas denúncias de corrupção, envolvimento com tráfico de drogas, armas e milícias, até casos de importunação sexual em ambientes militares.

A marretada editorial também foca, como alvos, os “três Generais Eduardos”: Eduardo Pazuello (Ministro da Saúde), Luiz Eduardo Ramos (ministro articulador político do governo) e Eduardo Villas-Bôas (ex-Comandante do Exército e assessor especial do Palácio do Planalto). O claro objetivo dos ataques é bater, cada vez mais forte, no Presidente Jair Bolsonaro, atingindo, diretamente, sua mais consistente base de apoio e sustentação: os militares.

A jogada midiática, que é tão manjada e previsível que não consegue esconder os reais objetivos políticos por trás, pode ter consequências institucionais graves. A desmoralização sistemática das Forças Armadas só interessa aos inimigos do Brasil. É patética a vingança ideológica dos comunistas tupiniquins que falharam na intenção de aparelhar e cooptar o Exército, a Marinha e a Aeronáutica para o plano de conquista do poder.

Nem a criação do Ministério da Defesa, para ser ocupado por civis (especialmente por comunistas profissionais), na Era FHC, conseguiu esvaziar o poder militar - que é o sustentáculo de qualquer Nação. Nos governos Lula e Dilma, cometeu-se o erro (proposital) de atrapalhar o natural rodízio de oficiais-generais no comando das Forças. A intenção era cooptar os chefes militares. Não deu certo, e ainda gerou o descontentamento de generais que acabaram preteridos na promoção de carreira. Muitos deles deram o troco em 2018, apoiando a eleição de Jair Bolsonaro.

Se os Altos-Comandos Militares tiverem sabedoria estratégica, podem tirar muito proveito dos ataques midiáticos covardes. O momento é oportuno para corrigir eventuais erros pontuais, e não para escondê-los debaixo dos tapetes e da burocracia dos quarteis. É fundamental que as Forças Armadas promovam um choque de transparência, claro, preservando os aspectos de Segurança Nacional. Afinal, nenhuma instituição brasileira está livre de críticas - justas ou injustas.

Além disso, é hora de mobilizar, ainda mais, os oficiais da “reserva ativa”. Eles têm mais liberdade que os profissionais da ativa para as “prontas-respostas” indispensáveis ao contraponto dos sistemáticos e estruturados ataques midiáticos. A extrema imprensa e seus ideólogos comunistas (alguns envergonhados, que não saem do armário para assumir seu comunismo) vão continuar na ofensiva. A guerra psicológica tende a se intensificar. Faz parte do jogo (ops, encenação) democrática.

Só resta às Forças Armadas, amadas ou não, se aperfeiçoarem para neutralizar os ataques. O presente do futuro exige militares cada vez mais profissionais, com Forças cada vez mais preparadas para lidar com desafios das guerras (assimétricas) de quinta geração. Além disso, nossas Forças têm uma imensa contribuição a dar nas áreas de segurança, logística, engenharia e gestão de crises, sobretudo em Defesa Civil. O papo de “Ditadura” ficou no passado, e só persiste na canalhice da narrativa esquerdopata.

Nossos militares têm compromisso com o futuro. Seus sabotadores seguem na vanguarda do atraso, até serem neutralizados e reciclados pela força natural do implacável e impiedoso tempo Histórico. Por isso, a reação das Forças Armadas precisa contar com sabedoria, resiliência e estratégia correta. A guerra não é ideológica, como pode parecer. A guerra é institucional. A esquerda só quer aparelhar e mamar nas tetas estatais. Os militares profissionais não podem, nem devem, entrar no joguinho da canhota.

A “intervenção militar” já aconteceu com a eleição de Bolsonaro. Só o tempo dirá se foi uma ação suficiente. Tudo indica que não. Ainda há muito por fazer em reformas e mudanças. Os militares têm ciência de que Bolsonaro representa um Governo de Transição. Só é fundamental que a maioria sadia e inteligente da sociedade brasileira defina para onde vai caminhar tal transição. Felizmente, a maioria concorda que retrocessos são inaceitáveis. Os militares aprenderam essa lição. Isto é o mais importante.  

Releia o artigo de domingo: As 15 Lições Políticas do “Malvadeza”






 

Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Secretário-Geral do Ibrasg - Instituto Brasileiro de Ativismo Societário e Governança.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Fevereiro de 2021.

11 comentários:

Rodrigo Almeida disse...

As forças armadas precisam de união. De fora, aparentemente existem os patriotas como Tarcísio e Heleno. E os sinotucanos, como Mourão e Santos Cruz.
Há os petistas, mas esses são minoria e estão fora do proscênio.
Há alguma chance de haver união??
No momento, a única instituição que o Brasil possui são as forças armadas.
Precisamos muito deles, mas unidos. Volta pra gente, Mourão!!!!

aparecido disse...

AS FORÇAS ARMADAS NUNCA MOSTRARAM A REALIDADE DO QUE FIZERAM COM O PAIS DE 1964 A 1985...depois que sairam do poder em 1984 o pais parou por quase 40 anos...a esquerda no poder desisitu da industrialização do pais em favor da China.. se o Brasil tivesse continuado a politica de industrialização que vigorou de 1946 a 1980 hoje seriamos a CHINA DO ATLANTICO.. E NO ENTANTO A POLITICA DA ESQUERDA TRANSFORMOU O PAIS EM UMA COLONIA CHINESA FORNECEDORA DE COMODITIES.....( ISTO TEM QUE SER MOSTRADO ESCANCARADAMENTE AO PAIS E NINGUÉM ESTA FAZENDO ISSO ).......Pelo menos 80% da infraestrutura do pais exsitente hoje foi feita entre 64 e 1985 ( 54 grandes barragens, telecomunicações e estradas e aeroportos)...periodo em que os militares governaram o pais.....SE HOJE O PAIS TEM DINHEIRO PARA PAGAR AS BOLSAS DE TUDO É POR CAUSA DA INFRAESTRUTURA FEITA PELOS MILITARES.... Os militares tem um enorme serviço para mostrar ao pais e princialmente as gerações mais jovens que não viveram aquele periodo....e no entanto não sabem mostrar isso ao pais...SUGIRO AOS MILITARES DA RESERVA, QUE SÃO GENTE INTELIGENTE ESTUDAREM URGENTEMENTE COM PROFESSORES RENOMADOS DE MARKETING UMA MANEIRA DE DIVULGAR AS REALIZAÇÕES DOS MILITARES NESTE PERIODO DA HISTÓRIA...E ESSSA TAREFA NÃO PODER SER DELEGADA A PROFISSIONAIS DE MARKETING INDEPENDENTE PORQUE SÃO GENTE SUSPEITA...A DIVULGAÇÃO DOS FEITOS ENTRE 64 E 1985 É URGENTE E NECESSÁRIA...MOSTREM O QUE ERA O PAIS ANTES DE 64... E MOSTREM O QUE ERA O PAIS EM 1985...É FACIL E DIDATICO... E MUITA GENTE PODERIA COLABORAR NESTA TAREFA...E QUE TENHAM SUCESSO NA EMPREITADA...... TAMBÉM MOSTREM DIDATICAMENTE COMO A ESQUERDA TRABALHA CONTRA OS INTERESSES DO PAIS DESDE SEMPRE.. E SEMPRE GOVERNARAM O PAIS SOB A TUTELA DE POTENCIAS ESTRANGEIRAS...AS ESUQUERDAS SEMPRE TRAIRAM O PAIS.. ISTO DEVE SER MOSTRADO E DIVULGADO ESCANCARADAMENTE...

aparecido disse...

AS FORÇAS ARMADAS NUNCA MOSTRARAM A REALIDADE DO QUE FIZERAM COM O PAIS DE 1964 A 1985...depois que sairam do poder em 1984 o pais parou por quase 40 anos...a esquerda no poder desisitu da industrialização do pais em favor da China.. se o Brasil tivesse continuado a politica de industrialização que vigorou de 1946 a 1980 hoje seriamos a CHINA DO ATLANTICO.. E NO ENTANTO A POLITICA DA ESQUERDA TRANSFORMOU O PAIS EM UMA COLONIA CHINESA FORNECEDORA DE COMODITIES.....( ISTO TEM QUE SER MOSTRADO ESCANCARADAMENTE AO PAIS E NINGUÉM ESTA FAZENDO ISSO ).......Pelo menos 80% da infraestrutura do pais exsitente hoje foi feita entre 64 e 1985 ( 54 grandes barragens, telecomunicações e estradas e aeroportos)...periodo em que os militares governaram o pais.....SE HOJE O PAIS TEM DINHEIRO PARA PAGAR AS BOLSAS DE TUDO É POR CAUSA DA INFRAESTRUTURA FEITA PELOS MILITARES.... Os militares tem um enorme serviço para mostrar ao pais e princialmente as gerações mais jovens que não viveram aquele periodo....e no entanto não sabem mostrar isso ao pais...SUGIRO AOS MILITARES DA RESERVA, QUE SÃO GENTE INTELIGENTE ESTUDAREM URGENTEMENTE COM PROFESSORES RENOMADOS DE MARKETING UMA MANEIRA DE DIVULGAR AS REALIZAÇÕES DOS MILITARES NESTE PERIODO DA HISTÓRIA...E ESSSA TAREFA NÃO PODER SER DELEGADA A PROFISSIONAIS DE MARKETING INDEPENDENTE PORQUE SÃO GENTE SUSPEITA...A DIVULGAÇÃO DOS FEITOS ENTRE 64 E 1985 É URGENTE E NECESSÁRIA...MOSTREM O QUE ERA O PAIS ANTES DE 64... E MOSTREM O QUE ERA O PAIS EM 1985...É FACIL E DIDATICO... E MUITA GENTE PODERIA COLABORAR NESTA TAREFA...E QUE TENHAM SUCESSO NA EMPREITADA...... TAMBÉM MOSTREM DIDATICAMENTE COMO A ESQUERDA TRABALHA CONTRA OS INTERESSES DO PAIS DESDE SEMPRE.. E SEMPRE GOVERNARAM O PAIS SOB A TUTELA DE POTENCIAS ESTRANGEIRAS...AS ESUQUERDAS SEMPRE TRAIRAM O PAIS.. ISTO DEVE SER MOSTRADO E DIVULGADO ESCANCARADAMENTE

Anônimo disse...

Militares Frouxos, deixaram o Brasil chegar onde chegou.Não há mais saida.

Fabio Chazyn disse...

Quem nao bate, leva...

aparecido disse...

Se as FFAA quiserem aprender um pouco de marketing politico sigam as ações do PCChines....até o governo americano está fazendo isso.....de tão eficiente que é....é aquele velho metodo cinico . divulgue o que é bom e esconda o que é mau... e o que o Ex ministro Ricupero disse em off e saiu no pais inteiro...o que é mau os inimigos já estão divulgando...então que se divulgue muito o que é bom e fez bem ao pais...

ARS disse...

Pelo simples fato de aceitarem que o partido comunista chinês (vulgo PCC) possa criar uma rede de espionagem no país, com a tecnologia 5g, os milicos do século XXI apanham até pouco.

Anônimo disse...

ELES GOSTAM É DE PUXAR O SACO DOS MILITARES, OS MILITARES ATÉ HOJE APENAS COMBATERAM O PRÓPRIO POVO,ESCRAVIZARAM, TORTURARAM E ASSASSINARAM,O MASSACRE QUE VEM DES DE GETULIO ONDE ERAMOS ESCRAVOS DA INGLATERRA E AS FFAA ERAM O CAPITÃO DO MATO E FOI ASSIM ATÉ OS AMERICANOS ORDENAR A LIBERTAÇÃO, JÁ NOS FINS DOS ANOS 50 AJOELHARAM PERANTE O BODE PRETO E JOGARAM O POVO NOS VICIOS E MISÉRIA ATÉ 1985 QUEM SE ATREVESE TENTAR UMA DENUNCIA ERA EXECUTADO NÃO MUITO DIFERENTE DE HOJE POIS DE 1964 PARA CÁ A MAFIA APENAS RECRUTOU MAIS SOLDADOS PARA PROMOVEREM O NARCOTRAFICO, CONTRABANDO E A ULTIMA MODA... UM DANDO O CÚ PRO OUTRO COM A CARA CHEIA DE COCAINA E CERVEJA IMPORTADA ENQUAMTO A PICANHA SUPERFATURADA DERRETE NA BRASA... COM OS SALARIOS E PREVILÉGIOS MILIONARIOS SE ESQUECEM QUE A MISSÃO SERIA PROTEGER A PATRIA E NÃO COMBATER O SEU POVO...FFAA,JUDICIARIO, RELIGIOSOS,POLTICOS,OAB, CRF,CRM,CREA, CRECI... MAÇONARIA,A MAFIA MALDITA.

Anônimo disse...

A quem servem?

Anônimo disse...

Sempre defendi os militares quando ouvia críticas da esquerda divulgadas pelos ignorantes, mas, no caso, concordo com o comentarista ARS. Não adianta argumentar que todos os sistemas digitais são passíveis de invasão hacker ou que a troca do 5G já instalado pelas operadoras encareceria a implantação do sistema: a segurança não tem preço e não é preciso facilitar o trabalho do inimigo.

Anônimo disse...

Li que "empresas" chinesas estão comprando infraestrutura brasileira, inclusive empresas de energia.

Exclusivo: a insana ordem executiva de Biden sobre mudanças climáticas deu à China acesso à rede dos EUA. De repente, há uma crise energética no Texas - alguma relação?
https://www.thegatewaypundit.com/021/02/exclusive-bidens-insane-executive-order-climate-change-gave-china-access-us-grid-suddenly-energy-crisis-texas-relationship/