quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Hienas Feridas


Artigo no Alerta Total - www.alertatotal.net

Por Ernesto Caruso


O quadro político atual requer profunda reflexão do que se espera em termos de futuros mandatários desta Nação continental e da atual gestão. 

 

Cada um com a sua independência de eleitor e de opinião, sob o escopo da liberdade.

 

Os fatos ocorridos no passado próximo não podem ser esquecidos para que não se repitam as mesmas desastrosas consequências nos campos psicossocial e econômico, a citar a malfadada seleção que nodoa e deteriora o conceito, do que, por comunhão com a sociedade, deveria ser a Suprema Corte.

 

Justiça, por primazia, deveria ser o esteio da democracia, solapada por quem deveria protegê-la.

       

Dos governos de José Sarney, Fernando Henrique a Michel Temer, perpassando pelos treze anos do petismo de Lula e Dilma, desgastados supremos ministros que não conseguem sequer transitar pelos meios públicos sem ouvir xingamentos pelo cidadão comum no limite da exasperação e destemor.

       

José Sarney abriu as portas aos comunistas e/ou de formação esquerdista, nomeando-os para elevados cargos da administração, como espólio dos compromissos de campanha, advindos do que seria a estrutura de Tancredo Neves que morreu antes da posse. Vários deles foram ministros dos governos sucessivos, de viés esquerdista.

    

A desconstrução da sociedade é meta comunista e com tal começou bem antes, através a infiltração nos meios de comunicações, nas arenas sindical e estudantil, em permanente lavagem cerebral nos programas de entrevistas com formadores de opinião do mesmo filão, novelas, alteração no senso comum, comportamento, costumes, tradições, e nas igrejas para que a religião deixasse de ser a grande barreira na América Latina.

 

No entanto, a partir de maio de 1985, a resultante dos compromissos de campanha com os comunistas ocorreu com a publicação no Diário Oficial da União, do programa, estatuto e manifesto do Partido Comunista Brasileiro.

 

Fazendo parte do governo central, a esquerda cresceu, os costumes se degradaram e as regras favoreceram a impunidade, incentivando o delinquir de governantes e empresários malfeitores.

 

Lamentável constatar a fratura na espinha dorsal do ensino na autoridade dos professores, que hoje apanham de alunos desorientados, viciados e incontroláveis pelos genitores, alvos do mesmo despropósito e de um Estado complacente.

 

Através o Dec nº 1.904/1996, o governo de Fernando Henrique Cardoso instituiu o 1º Programa Nacional De Direitos Humanos – PNDH, valorizando a “cidadania e a Constituição”, sob a coordenação do Ministério da Justiça, com a participação e apoio dos órgãos da Administração Federal, sendo que cada órgão designará uma coordenação setorial, responsável pelas ações e informações relativas à execução e ao apoio do PNDH.

 

Uma rede de âmbito nacional que admitia a participação dos Estados e Municípios e, entidades privadas.

 

O Anexo ao referido decreto contém quarenta páginas. Os princípios são incontestáveis, tudo pelo bem da sociedade, mas no pacote dos direitos humanos “os jabutis”.

 

Sob o título “Monitoramento”, a atribuição ao Ministério da Justiça da responsabilidade de elaborar e apresentar ao Ministério da Justiça relatórios quadrimestrais...”.

 

Observe-se a seguinte abordagem, sobre a educação da primeira à quarta série, sob o título Orientação Sexual:

 

- “Diferencia-se também da educação realizada pela família, pois possibilita a discussão de diferentes pontos de vista associados à sexualidade, sem a imposição de determinados valores sobre outros.”.

 

Ainda com FHC, o neoliberal da maconha, pelo Dec nº 4.229/2002 se cria o plano de ação anual.

 

Pinçando o item 470, lê-se: “Fortalecer programas de educação em direitos humanos nas escolas de ensino fundamental e médio, com base na utilização dos ‘temas transversais’ estabelecidos pelos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs.”.

 

Com o advento do governo Lula, é editado o Dec nº 7.037/2009 que aprova o Programa Nacional de Direitos Humanos - PNDH-3 (não revogado).

 

Como a tradição, a História, os valores cristãos arraigados na formação da nacionalidade são vistos por essa gente, a destacar o seguinte tópico desse programa:

 

- “Desenvolver mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União.”.

 

Marx imperava: “A religião é o ópio do povo”.

 

Enfraquecimento do poder militar, na área de defesa interna, através a meta: - “Propor alteração do texto constitucional, de modo a considerar as polícias militares não mais como forças auxiliares do Exército, mantendo-as apenas como força reserva.”

 

Na educação a questão do gênero assim abordada: “No PNDH-3, essa concepção se traduz em propostas de mudanças curriculares, incluindo a educação transversal e permanente nos temas ligados aos Direitos Humanos e, mais especificamente, o estudo da temática de gênero e orientação sexual...”

 

(Ah! Famigeradas cartilhas pervertidas e concebidas para distribuição às crianças do Brasil.)

 

“Incentivar a produção de filmes, vídeos, áudios e similares, voltada para a educação em Direitos Humanos e que reconstrua a história recente do autoritarismo no Brasil, bem como as iniciativas populares de organização e de resistência.” Ou seja, a enxurrada de filmes exaltando os terroristas/comunistas.

 

“Objetivo Estratégico: Promover a apuração e o esclarecimento público das violações de Direitos Humanos praticadas no contexto da repressão política ocorrida no Brasil no período fixado pelo art. 8o do ADCT da Constituição, a fim de efetivar o direito à memória e à verdade histórica e promover a reconciliação nacional.”

 

Culminando com a Criação da Comissão, por eles batizada, como da verdade e, “condenação” de 377 agentes (como designam) a começar pelo Marechal Castello Branco.

 

Os governos do PT, de Lula e Dilma, foram marcados pela corrupção extrema. Essas e outras lideranças da sigla ainda participam da vida pública e disputam cargos eletivos e se ligam a outros partidos de oposição, que usam a Suprema Corte como meio de minar o governo Bolsonaro, aproveitando as vicissitudes proporcionadas pela pandemia da Covid-19, impondo condições e, enfraquecendo a autoridade do presidente e seus ministros, gerando crises continuamente.

 

No governo Temer, que sucedeu o da “presidenta” afastada, mas não punida plenamente por indução do ministro Lewandowski, não houve freio em nada disso que se combate como nocivo à preservação dos costumes e das tradições atinentes ao civismo e interesses nacionais.

 

Teve a sua importância, mas esteve envolvido com o dono de frigorífico, na famosa gravação divulgada aos quatro ventos, com acusações de propinas nas atividades portuárias, reforma da casa da filha.

 

Foi aliado do PT, vice na chapa da “presidenta”. Mas, apoiou o impeachment.

 

Vale lembrar todo o empenho da esquerda capitaneada pelo PT, para afastá-lo da presidência, iludindo alas conservadoras no mesmo propósito. Inconcebível qualquer alinhamento com esse grupo para qualquer opção de fazer ou não fazer.

 

Ainda no governo Temer, aprecie-se a Portaria nº 33-17/01/2018*, assinada pelo ministro da Educação Mendonça Filho do DEM, que institui a possibilidade de uso do nome social de travestis e transexuais nos registros escolares da educação básica para alunos maiores de 18 anos, se menores pelos pais ou responsáveis.

 

Se alguém para mudar de nome, por esdrúxulo que considere, precisa recorrer à Justiça, uma portaria faz de tudo. Uma criança de seis/sete anos, pelo discernimento dos seus responsáveis/pais, que podem ser dois homens ou duas mulheres, registram a criança com o seu nome social.

 

O pós 1985 demonstra que esses políticos sempre estiveram juntos na divisão do butim e, participaram dos eventos, passeatas e protestos, onde não tremulava a Bandeira verde-amarela, que empunhada pelo cidadão de bem renasceu e, que lotou as ruas cantando o Hino Nacional, vestido com a camisa canarinho, a exclamar, A NOSSA BANDEIRA JAMAIS SERÁ VERMELHA.

 

Esplendorosa vitória nas eleições de 2018, mas de uma batalha e outras tantas surgem diariamente. O inimigo é solerte e insidioso.

 

Será que o brasileiro de bem vai deixar renascer do esgoto putrefato tudo que foi combatido com empenho, luta e abnegação?

 

Só em pensar no(s), na(s), em:

 

- enclaves que foram criados com tantas reservas indígenas sob pressão de potências estrangeiras e submissão de governos internacionalistas;

 

- pá de cal da Serra do Cachimbo que prejudicou o programa nuclear brasileiro, sabendo-se que os países detentores da tecnologia são respeitados;

 

- cotas raciais, como rótulo negativo e elemento desagregador, ao invés de cotas sociais que contemplam a todos universalmente;

 

- invasões de terras, destruição de fazendas e plantações e de imóveis na cidade... MST/MYST;

 

- corrupção recorde nos governos petistas, internamente e, externamente decorrente dos investimentos da poupança dos brasileiros nos países tipo Cuba (Porto de Mariel) e similares;

 

- safadeza urdida na Copa e Olimpíadas, construção de estádios, demolição do Maracanã;

 

- mensalão, petrolão e covidão, juntos e misturados com os remanescentes das siglas espertas;

 

- projeto de liberação das drogas que estava caminhando a passos largos;

 

- casamento gay, nome social para crianças nas escolas, legalização do aborto;

 

- preencher, hoje, o requerimento para novo passaporte, no formulário/internet consta: nome completo, filiação 1, nome e as opções para sexo (masculino, feminino, não especificado, idem para filiação 2 (não às consagradas expressões pai e mãe!!! Entes da procriação – Crescei e multiplicai-vos);

 

- 39 ministérios para divisão do butim; outros aspectos negativos podem ser acrescidos, porém há que se pensar nas consequências desse grupo político retornar ao poder.

 

Será que alguém, em sã consciência, acredita que se houver impeachment do presidente Bolosonaro, sendo substituído pelo Vice Mourão, vai domar a oposição que baba para voltar ao poder?  Ou a imprensa comprada pelas verbas de publicidade, não mais existentes, vai publicar os feitos positivos do governo seja com Bolsonaro ou Mourão?

 

Que o PCB, PT, PSDB, PDT, Dória, FHC, Globo, Folha... vão deixar de atacar o governo? Ou, essa imprensa vai continuar a boicotar o que possa considerar positivo para o governo?

 

Que o STF vai mudar os seus conceitos? Deixar de perseguir apoiadores do governo?

 

Ou, o pior de tudo são os palavrões do Bolsonaro? Ou porque ele não usa máscara. Ou porque responde com toda agressividade aos que o atacam diariamente.

 

O ministro da vez é o da Saúde, o das relações exteriores em segundo plano; já foram outros. Amanhã será mais um, com Bolsonaro ou Mourão.

 

Ou dar crédito a quem esteve no governo e após ser “despedido”, vê e acusa o presidente de tudo que não presta e o seu governo? Por que não saiu antes e divulgou as próprias razões?

 

Os componentes de uma equipe que se prezam devem remar na mesma direção e ritmo ditados pelo patrão; debater as questões em pauta nos locais apropriados com seus pareceres, e não em público. Óbvio que os oponentes vão aproveitar as dissonâncias no sentido de solapar a estrutura de governo.  

 

Veja na íntegra a Portaria nº 33-17/01/2018, como de longe teceram a rede do mal, para que as crianças pudessem adotar o tal nome social:

 http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=72921-pcp014-17-pdf&category_slug=setembro-2017-pdf&Itemid=30192


Ernesto Caruso é Coronel de Artilharia & Estado-Maior do Exército, reformado.

3 comentários:

aparecido disse...

Primeiro os chinos saem ao mundo assinando contrato de intenções de compra de vacinas seis meses antes do virus em set/19.. em out/19 Bill Gates (o maior acionista de laboratórios pelo mundo e maior dono de patentes de vacinas e medicamentos do mundo)..saiu a dizer que o mundo estava prestes a ter uma pandemia de Corona virus...depois surge a dita pandemia na China em dez/19 e a ditadura china fez de tudo para esconder o fato...depois a OMS focou dois meses dizendo ao mundo para ter calma que o "LEÃO" era manso.. o LEAO é muito manso.....depois a epidemia se espalha para a Europa inteira ao mesmo tempo.. e Npva York .. ( um unico resort austriaco teve 25o contaminações em poucos dias)...Depois do mundo mergulhado no caos em 2020.. SURGE mutações anda mais contagiosas em varias cidades do mundo ( todas no mesmo final de ano antes da epoca de viagens natalinas e de ano novo).. e poucos dias antes do lançamento mundial das vacinas dos laboratórios...e mais como o virus pode sofrer uma mutação "aleatória" exatamente do jeito ( e na data certa) que os laboratórios queriam ????.. é muita coincidencia junta..( a previsão de lucro de cada labooratório bem sucedido na vacina é de 15 a 20 bi de dpolares)....UMA PERGUNTA : é possível uma pessoa ir durante 7 semanas seguidas a uma lotérica comprar um bilhete e ganhar sozinho em todas as 7 semanas ???.. a probabilidade diz que isto é impossível...Só é possível na manipulação dos laboratórios chinos globalistas.. o povo do mundo está sendo ENGANADO pelos politicos pelos empresáios e pelos cientistas...fique esperto

Luiz Clemente disse...

O mal que a esquerda causou ao país é incomensurável. O Cel. Ernesto mostrou com precisão como agiram esses infratores.

adilson disse...

E escorreram por todos os niveis com uma facilidade admirável.Como fogo no mato.Sem resistencia alguma,vento a favor sempre.Oposição quem?Deitaram e rolaram naturalmente entre os seus e sempre pareceu só haver deles.É só observar o grau de condescendência praticada.Tudo a esquerda e nada a direita!Nunca!