quinta-feira, 18 de março de 2021

“Bolsocaro” é desculpa canalha para subir juros


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

No Capimunismo Tupiniquim, o rentismo improdutivo e especulativo é tão destrutivo e prejudicial para a sociedade quanto a corrupção sistêmica e institucional. No Brasil, ficou provado, mais uma vez, que os banqueiros têm tanto (ou mais) poder efetivo que os ministros do Supremo Tribunal Federal. Os rentistas financeiros conseguiram vencer o bom senso econômico em plena crise covidiana, emplacando um expressivo aumento da taxa básica de juros - agora em 2,75%.


A subidona da Selic em 0,75 pontos (decidida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil) simboliza a precificação que os deuses do mercado fizeram da instabilidade institucional e da fragilidade do governo Jair Bolsonaro diante do pandemônio. Juros (nem tão baixos) a 2% fazem parte do passado. O futuro imediato é esquisito. Dane-se a necessidade de retomada da produção e do nível de emprego. Nossos capimunistas decidiram que o negócio é especular e lucrar na base do menor (ou nenhum) esforço. O País retrocede.


Mais uma vez, ficou comprovado que basta construir narrativas (nada verdadeiras) para justificar medidas (desagradáveis) que são tomadas. A desculpa esfarrapada para o BC do B (independente kkkkkk) iniciar um novo ciclo de alta dos juros foi “a ameaça da inflação” - que a contrapropaganda esquerdista batizou de “Bolsocaro”. Novamente, ferre-se a necessidade de retomada econômica, para compensar o agravamento da crise do Covid-19 e sua letal “variante amazônica”. (O verbo ideal seria outro, bem chulo, mas doeria nos olhos dos nossos 12 leitores e meio). A última vez que os juros básicos subiram foi em julho de 2015, no inesquecível (des)governo de Dilma Rousseff. A Selic estava em 2% desde agosto do ano passado, para tristeza e chiadeira dos rentistas.


Agora, tudo indica que que foi para o saco aquela conversinha fiada de que a condução da política de juros aconteceria livre de pressões políticas - conforme promessa vazia que justificou, 21 dias atrás, a sanção presidencial para a “autonomia” do Banco Central do Brasil. A decisão do COPOM do BC do B é descaradamente política. Precifica a pressão do mercado sobre o Governo Federal. Os rentistas investem no desgaste de imagem para a queda de Bolsonaro.


Em puro e pouco compreensível tecniquês, a língua oficial do estamento burocrático econômico, o BC do B alertou que o risco fiscal elevado, dada a necessidade de gastos para combater a pandemia, segue criando uma “assimetria altista no balanço de riscos” (Negão da Chatuba já perguntou, em seu sofisticado inglês da Baixada Fluminense: What a fuck is this?). Na livre tradução Tabajara, significa: sobe o juro porque o mercado quer ganhar dinheiro para compensar as perdas com as besteiras cometidas na crise do covidão.


A relação verdadeira que o aumento da taxa de juros tem com a contenção da inflação é uma narrativa sempre repetida que não confere com a realidade. Os juros baixos estimularam a atividade econômica, e não o contrário. Mais produção e emprego não geram “inflação”. A moeda é depreciada por fatores especulativos, ditados pelo mercado internacional. A elevação dos preços não é gerada pelos juros baixos. Os preços relativos sobem por fatores sazonais e psicológicos.


O Brasil continua obedecendo a paradigmas equivocados, e continuaremos tendo prejuízos sociais por causa disso. O liberalismo aqui é pura picaretagem retórica. Na verdade, é sinônimo de libertinagem, e não de liberdade econômica. Novamente, o Establishment decide que os juros precisam voltar a subir para o rentismo lavar a égua, como sempre fez. O mecanismo estatal apenas finge que deseja reduzir a carga fiscal. Na verdade, precisa tomar (ops, “roubar”, confiscar) cada vez mais grana da sociedade para sustentar as vantagens e privilégios de seus parasitas. O povo que pague a conta…


Por isso, é muita canalhice usar o argumento do “Bolsocaro” (inflação e alta sazonal ou especulativa do custo de vida) para justificar a retomada do aumento dos juros. Na verdade, o Estamento Burocrático (vulgo Establishment, porque na língua de Shakespeare fica mais bacana de ler, escrever e pronunciar) só pensa naquilo: ganhar dinheiro facilmente, lucrando pela via do menor esforço, se possível sem nenhum trabalho, que é coisa para os escravos, e não para os Senhores do Dinheiro.


Assim, vamos que não vamos… Bolsocaro (ops, Bolsonaro) se mostra cada vez mais fraco e despreparado para encarar o Establishment, a fim de realizar a maioria de suas promessas de campanha eleitoral. O Presidente deveria falar menos e governar mais. Precisa fugir do estilo de sujeito em permanente campanha eleitoral, para assumir o papel de gestor e estadista, com equilíbrio, seriedade e sem factoides. Precisa rasgar a fantasia esfarrapada de “baixo clero” do Congresso. 


O problema maior, no entanto, é a sabotagem intestina que ele sofre. Além de ser forçado a negociar com o Centrão para ter alguma (pseudo) governabilidade, Bolsonaro tem de lidar com as contradições internas. Sua equipe econômica tem DNA Capimunista Rentista. O discurso é liberal, mas a prática é libertina. O mercado manda nela, porque ela é parte integrante do tal “mercado”. O lema é “Rentismo, Acima de Tudo”. O slogan “Brasil, Acima de Tudo” é para os otários.


Resumindo: O rentismo está prestes a detonar Bolsonaro, promovendo e, sobretudo, financiando, a troca dele por algum fantoche de “Centro”, em 2022. O Establishment não quer que Bolsonaro caia agora, mas que seja derrubado no tempo certo, depois de agonizar politicamente. Jogo bruto e sujo.


Só nos resta aguentar o Bolsonaro, o Bolsocaro e o Covidão. O primeiro o povo elegeu. O segundo o mercado nos impôs. E o terceiro só pode ser obra do Diabo, mas com consultoria de rentistas altamente qualificados, prontos para lucrar com a crise, se o negócio não desandar em guerra civil. Haja máscara N95 (ou PFF2) para cair...


Rentistas (quase sempre) ignoram, mas “a araruta tem seu dia de mingau”...

Abaixo-assinado


A meta é conseguir 3.000.000 assinaturas. Você pode ler mais sobre este assunto e assinar o abaixo-assinado aqui: http://chng.it/kv8S4r4bM2



Mais de 1 milhão já assistiram… Confira a íntegra programa com o senador que pede o impedimento de ministros do STF - https://youtu.be/fj_7-oSyQF0         





  



Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Secretário-Geral do Ibrasg - Instituto Brasileiro de Ativismo Societário e Governança.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Março de 2021.




8 comentários:

Anônimo disse...

rvchudo
quarta-feira, 17 de março de 2021
A trágica farsa

Coloco-me na posição do cidadão comum, que enfrenta toda sorte de dificuldades para dar conta das obrigações com a família, a sociedade e o Estado e imaginar como reage diante da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Mediante despacho em Embargos de Declaração, S. Exa. volta atrás e anula quatro condenações impostas a Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção ativa e passiva, como presidente da República.

Ao longo de vários anos o cidadão acompanhou a marcha dos processos, presididos pelo juiz Sérgio Moro. A Operação Lava Jato sacudiu a opinião pública nacional. Pela primeira vez, corrupção em larga escala era escancarada com documentos, delações e depoimentos de dirigentes de grandes empresas. A podridão nas altas esferas do governo, na Petrobrás, Banco do Brasil, em empreiteiras de obras públicas viciadas na prática de pagamentos de propinas, foi apurada com detalhes e resultou em prisões, condenações, conflitos familiares, quebras de empresas, destruição de reputações, desemprego, descrédito do PT. São prejuízos reais que a nulidade dos processos não conseguirá atenuar.

A população ordeira, honesta, trabalhadora, sente-se enganada. Tudo não teria passado de trágica farsa, encenada para iludir a quem acreditava no Poder Judiciário. O prolixo despacho de 46 folhas do ministro Edson Fachin, não analisa provas. Passa ao largo das questões de fundo. Revoga decisões da 13ª Vara Federal de Curitiba relativas ao triplex do Guarujá (confirmada em segunda e terceira instâncias pelo Superior Tribunal de Justiça), ao sítio de Atibaia (mantida pelo TRF-Paraná) e duas envolvendo repasses da Odebrecht ao Instituto Lula. Determina que os feitos engatem marcha a ré para redistribuição a alguma das Varas da Justiça Federal de Brasília, “podendo o juízo competente decidir acerca da possibilidade de convalidação dos atos instrutórios”. CONTINUA....

Anônimo disse...



rvchudo CONTINUA II.....

Exa. não desqualifica as provas nem sustenta que Luís Inácio Lula da Silva foi prejudicado no exercício do amplo direito de defesa. Limita-se à matéria processual – preliminar de incompetência em razão do local onde as ações foram processadas – para anular condenações e devolver os processos à estaca zero. Consumiu vários anos em tarefa que poderia ser encerrada em 30 dias, com despacho de duas folhas.

Ensina a ciência do processo civil ou criminal, que nulidade só se decreta quando causa prejuízo irreparável. O artigo 566 do Código de Processo Penal (CPP) é claro: “Não será declarada a nulidade processual que não houver influído na apuração da verdade substancial ou na decisão da causa”. Compete ao juiz desenvolver esforços no sentido de preservar o processo, sobretudo após a confirmação da sentença em segundo e terceiro graus de jurisdição. Obedecer a regra segundo a qual não há nulidade quando não houver prejuízo em aspecto essencial para o réu.

O alvo do despacho é o Dr. Sérgio Moro, cujo único erro teria sido a condenação de Lula. Assim pensa o ministro Gilmar Mendes, quando o acusa de parcialidade e o condena por suspeição, mas após o julgamento. Houvesse a decisão sido pela absolvição, como reagiria o STF? Foram parciais os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, ao confirmarem por unanimidade decisões da 13ª Vara? A mesma pergunta faço em relação aos Ministros do Superior Tribunal de Justiça, que mantiveram a sentença referente ao sítio de Atibaia.

Sérgio Moro recebeu os processos porque lhes foram distribuídos por via eletrônica. Poderiam ter ido às mãos de outro magistrado. Enfrentou a tarefa de julgar ex-presidente da República e ídolo popular. O que mais poderia fazer, além de sentenciar? Dar-se por suspeito? Qual a razão? A força das sentenças reside na fundamentação, ensinam os bons processualistas. As condenações estão mal fundamentadas? Não é o que dizem os ministros Fachin e Gilmar Mendes, em constantes entrevistas. CONTINUA...

Anônimo disse...



rvchudo – CONTINUA III E TERMINA....

Para alguns integrantes do Supremo Tribunal Federal seria necessário encontrar o bode expiatório. Sacrifique-se, portanto, o Dr. Sérgio Moro porque, ao receber a primeira distribuição, não fugiu, não tremeu, não vacilou, diante da tarefa de que foi investido pelo Código de Processo Penal. Se acaso as decisões estavam erradas, competia à segunda ou à terceira instância reformá-las. Não foi o que aconteceu.

Estamos diante de erros judiciais cometidos com os olhos voltados às eleições de 2022. Quem se beneficiará? É a pergunta feita por jornalistas, políticos e juristas insuspeitos. E o povo iludido, o que pensará de tudo isso?

Almir Pazzianotto Pinto é Advogado. Foi ministro do Trabalho. Ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho .

Os Divergentes

Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 13:28
O SOMBRA DIZ....
PARA O PREJUDICAR O JUIZ MORO E TODO O POVO BRASILEIRO. PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR E VALE MILHOES DE DOLARES. QUEM AJUDOU A DESTRUIR TUDO. QUEM/?
QUEM? QUEM? E POR QUE? FALTA DA PALAVRA E FALTA DE HONRA E UMA MERDA. OS BANDIDOS SEMPRE SE AJUDAM A CONTINUAR A MESMICE BRASILEIRA.

Anônimo disse...

MAS AO PERMITIR E APOIAR O AUMENTO ABUSIVO DO DÓLAR E DO RESTO QUEM FODEU MESMO COM O PAIS FOI O BOZOLIXO... REAJUSTE DE SALARIOS PARA OS AMIGOS DOS AMIGOS, SALARIOS E PREVILÉGIOS MILIONARIOS E MAIS OS ENVELOPES DE TODOS OS CAMBALACHOS FAZEM FICAR FACIL PARA QUALQUER OUTRO MAFIOSO ADQUIRIR E BANCAR MANSÕES FARAONICAS... ENQUANTO O POVO PASSA O DIA REVIRANDO LIXO E NAS FILAS DE ESMÓLAS...

Anônimo disse...

Viu como a guerra é de narrativas ?

Como o novo ministro é bom de argumentação; a vagabundagem não colocou hoje nenhuma fala dele. O site do doria (antagoniza), não colocou nenhuma fala do ministros (já que todas foram corretas); eles optaram por voltar a fazer xingamentos e ofensas sem fundamento, dizendo que o novo ministro é estagiário.

PS: Só a abertura de novos canais, vai criar um verdadeiro jornalismo. Como o ministro é bom de fala (narrativa), dará menos "espaço" para mentiras da vagabundagem do jornalismo; o wylli booner vai ter que invertar suas próprias mentiras.

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

SE O BRASIL QUISER VER AS LÍNGUAS DE FOGO NA ESCURIDÃO, VERÁ

E SE ONDE TEVE 11 MILHÕES DE CURADOS DA PRAGA CHINESA TIVER 1 MILHÃO DE PEÇONHENTOS DESPACHADOS PARA O INFERNO,O FUTURO SERÁ MELHOR E MAIS LIMPO DO QUE O HERDADO APÓS O GOLPE DO PALANQUE DAS DIRETAS JÁ.

Loumari disse...

SÃO JOSÉ, MODELO DE PAI E ESPOSO, PADROEIRO DA IGREJA UNIVERSAL - 19 DE MARÇO

CATÓLICOS SOMOS.

ORAÇÃO EM INVOCAÇÃO A SÃO JOSÉ, PEDINDO SUA PROTECÇÃO

(Dada em 26 de Fevereiro de 2020)

Ó Glorioso Patriarca São José, Pai adoptivo de Jesus e Esposo Humilde e Casto de Maria: Poderoso intercessor das almas e guardião Fiel da Igreja, a Ti recorremos, Amado Pai, para que Te dignes a ajudar-nos e auxiliar-nos no combate espiritual contra os inimigos da nossa alma. Vem em nosso auxílio e por Tua humildade e Pureza, livra-nos de todo o mal e perigo. São José, terror dos demónios, vem em meu socorro. (3 vezes)

Ó Glorioso São José! por Tua profunda humildade, por Tua mansidão inalterável, por Tua paciência invencível, por Tua pureza angélica e por Tua perfeita fidelidade que fez-te pontual imitador das virtudes de Jesus e de Maria, peço-te que me consoles em todas as minhas aflições, me ilumines em todas as minhas dúvidas, me protejas ante todas as tentações, me livres de todos os perigos espirituais e materiais; estenda Teu braço contra todos meus inimigos visíveis e invisíveis, desfazendo e rompendo todos os laços e armadilhas armados contra mim. Ámen.


E juntos oremos para que se cumpra o Plano de Deus, para que o Seu Divino Propósito se estabeleça. Orem Comigo, Meus filhos:

Senhor, que se cumpra o Advento da nova raça.
Que a humanidade possa expressar seu arquétipo.
Que a palavra seja viva e construa Teu templo.
Que se expanda em nós o Teu mistério, e a Tua Verdadeira existência se revele ao mundo, para que possamos nos unir em Teu Nome e glorificar a perfeita unidade. Ámen.
(Repetir 3 vezes)

(ORACIÓN: Dada em 27 de Outubro de 2019 Colômbia)


ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO AO CASTÍSSIMO CORAÇÃO DE SÃO JOSÉ

Castíssimo Coração de São José, protege e defende a minha família contra todo mal e perigo.
Castíssimo Coração de São José, irradia sobre toda a humanidade a graça e virtude do Teu Castíssimo Coração.
São José, eu me devoto totalmente a Ti.
Te consagro a minha alma, corpo, coração e toda a minha vida.
São José, defende a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Coração Imaculado de Maria.
Com as graças do Teu Castíssimo Coração, destrói todos os ardis enganos de Satanás.
Abençoa toda a Santa Igreja, o Papa, os Bispos e os Sacerdotes pelo mundo.
Nos rendemos a Ti com amor e confiança. Hoje e para sempre. Ámen!

Loumari disse...

ORAÇÃO: CONSAGRAÇÃO AOS SAGRADOS CORAÇÕES

(DITADA PELA SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA A LUZ DE MARIA DE REVELAÇÕES MARIANAS -05.03.2015)

ORA...

Eis-me aqui, Sagrado Coração de meu Cristo Redentor,
Eis-me aqui Imaculado Coração de minha Mãe de Amor,
Me apresento arrependido das faltas que cometi e confio em que o meu propósito de emenda me seja oportunidade de conversão.
Sagrados Corações de Jesus e Maria Santíssima, defensores de toda a humanidade: neste presente momento me apresento como filho vosso, voluntariamente desejo consagrar-me a tão amados Corações.
Sou a criatura que chega suplicando por uma oportunidade de perdão e ser por Vós acolhido.
Voluntariamente me apresento com o desejo de consagrar a minha casa, para que esta seja um templo onde reine o Amor, a Fé, a Esperança, e o necessitado ache refúgio e caridade.
Eis-me aqui suplicando pelo selo dos Sacratíssimos Corações para a minha pessoa e para meus seres amados, e seja eu o retrato e retransmissor deste Amor magno assim a todas as criaturas humanas no mundo.
Que a minha casa seja luz e abrigo para os desamparados, seja refúgio sereno a todo momento, como lugar consagrado aos Sacratíssimos Corações, faça que tudo o que seja contrário a Vontade Divina, fuja diante das portas da minha casa, que a partir do presente momento é sinal de Amor Divino, pois já foi selada com Amor ardente do Divino Coração de Jesus. Ámen.


Credo in unum Deum

Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus, e encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas.
Creio na Igreja una, Santa, Católica e Apostólica. Professo um só baptismo, para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Ámen.


PAI NOSSO...

† Pai Nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu Nome;
† Venha a nós o Teu reino, seja feita a Tua Vontade, assim na terra como no céu;
† O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
† E perdoa-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofendem;
† E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Ámen.


Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é contigo,
Bendita És Tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do Teu ventre Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, roga por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen.


SALVE...

Deus Te salve, Rainha e Mãe de Misericórdia, vida, doçura e nossa esperança; Deus Te salve. A ti chamamos os desterrados filhos de Eva; a Ti suspiramos gemendo e chorando, neste vale de lágrimas. Então, Senhora, nossa advogada, volte para nós estes Teus olhos misericordiosos; e depois deste exílio mostre-nos a Jesus, fruto bendito do Teu ventre.
Ó clementíssima, ó piedosa, ó dócil sempre Virgem Maria! Roga por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ámen.


Glória ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo, assim como era no princípio agora e sempre, pelos séculos dos séculos. Ámen.