segunda-feira, 29 de março de 2021

Brasil em tempos de Cólera, Corrupção & Covidão


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

O Brasil encara um momento esquisitíssimo. Vivenciamos uma perigosa combinação de fatores destrutivos. Instabilidade institucional. Insegurança política, jurídica, econômica, social e individual. Intolerância ideologicamente gerada para dividir as pessoas em antagonistas e inimigos que, dificilmente, tentarão e conseguirão se unir em torno do Bem-Comum. Explosões de violência, desobediência civil e desrespeito a autoridades (que não se dão ao respeito). A rebelião já começou. Vai se intensificar até degenerar em guerra civil? Melhor não duvidar... 

Parte do fenômeno é bem visível, percebida e sentida pela maioria. O covidão amedronta, infecta, mata (ou, na hipótese menos ruim, deixa sequelas). A bagunça econômica, por falhas estruturais, por erros conceituais ou por sabotagem friamente pensada, dificulta ou inviabiliza a vida de quem precisa trabalhar, empreender e lucrar produtivamente. É crescente a insatisfação e revolta das pessoas com os governantes, políticos e autoridades públicas em geral. Manda quem pode, porém quem tem “juízo” começa a desobedecer.

Outra parte do fenômeno (ainda) é percebida por poucos. A guerra de todos contra todos os poderes escancara um “vácuo de soberania”. Tem-se a falsa impressão de que o Judiciário é quem manda no País da injustiça e da impunidade, apesar do regramento excessivo. Na realidade, a anarquia feudal é comandada pelas velhas oligarquias regionais que repartem e brigam por espaço no “Condomínio do Poder”. Seus componentes formam o Estamento Burocrático (ou Establishment), do qual fazem parte membros do Executivo, do Legislativo, do Judiciário e das Forças Armadas (amadas ou não).

A constante do sistema brasileiro é o Organizado Crime Institucionalizado. Trata-se da associação delitiva entre bandidos de toda espécie e os ocupantes da máquina estatal em todos os poderes e níveis da “República”. Prevalece a lógica do Poder pelo Poder. As oligarquias regionais operam como cartéis. Na realidade, quem manda no País são os cartórios (ops, Partidos) políticos. Presenciamos uma forma agressiva de fisiologismo e patrimonialismo que funciona conforme a lógica da corrupção sistêmica.

Ocorre uma “partição” e apropriação do Orçamento Público pelos criminosos. Os sistemas de controle até percebem, constatam e comprovam a “roubalheira”. No entanto, apesar das denúncias de cidadãos, dos eventuais escândalos apontados midiaticamente e até do trabalho do aparato judiciário (Polícia, Ministério Público e Magistratura), os grandes crimes, quase sempre, terminam impunes. Nas decisões togadas acontecem o rigor seletivo para punir ou o cinismo pragmático para perdoar, apesar das evidências das provas objetivas. Pessoas boas, corretas e honestas acabam no ostracismo.  

Os debates na mídia, em sua maioria são insanos. Erram no ponto certo da abordagem. Discute-se muita abobrinha, e assunto irrelevante. Falam muito mais das consequências que das causas reais. Pior que isso: perdem o foco e empregam conceitos errados - o que dificulta a correta explicação e o exato entendimento das coisas. Na maioria das vezes, raras exceções, as discussões embarcam em falsas polêmicas e não botam o dedo nas verdadeiras feridas. Desta forma, sobram problemas e faltam soluções concretas. O jogo é de ilusão.

Assim caminha (ou desencaminha) o Brasil nesses tempos de cólera, corrupção e covidão. A última doença será resolvida com vacinação em massa, até aparecer outra mais destrutiva. A indústria farmacêutica não vende (caro) o medicamente para as outras duas. Calmante não resolve a primeira. Conivência não cura a segunda.

Resumindo: O povo terá de acordar. Talvez, lamentavelmente, pelo andar dos acontecimentos, o despertar aconteça na base da pancada. Em breve, assistiremos reações e contrarreações violentas das pessoas. Toda civilização acuada reage, mesmo em Países, como o Brasil, sem tradição de revoluções e contrarrevoluções explícitas. O roteiro para a convulsão social se escreve em nosso horizonte tupiniquim. O “loucodown” já está dando M...

Só o tempo dirá se isso representará a ressurreição ou a destruição.

Maquiavelismo

Um amigo sábio recomenda a leitura de um antigo texto escrito por Nicolau Maquiavel - que viveu entre os anos de 1469 a 1527. É atual para situar o caos atual que vivemos no Brasil:

“Um povo que aceita passivamente a corrupção e os corruptos não merece a liberdade. Merece a escravidão.

Um país cujas leis são lenientes e beneficiam bandidos não tem vocação para a liberdade. Seu povo é escravo por natureza.

Um povo cujas instituições, públicas e privadas, estão em boa parte corrompidas, não tem futuro. Só passado.

Uma nação, onde a suposta sociedade civil organizada não mexe uma palha se não houver a possibilidade de lucros, não é capaz de legar nada a seus filhos, a não ser dias sombrios.

Uma pátria, onde receber dinheiro mal havido a qualquer título é algo normal, não é uma pátria, pois nesse lugar não há patriotismo, apenas interesses e aparências.

Um país onde os poucos que se esforçam para fazer prevalecer os valores morais, como honestidade, ética, honra, são sufocados e massacrados, já caiu no abismo há muito tempo.

Uma sociedade onde muitos homens e mulheres estão satisfeitos com as sórdidas distrações, em transe profundo, não merece subsistir.

Só tenho compaixão daqueles bravos, que se revoltam com esse estado de coisas. Àqueles que consideram normal essa calamidade, não tenho nenhum sentimento.

Como é perigoso libertar um povo que prefere a escravidão!" 

Releia o artigo de Domingo: Qual o DNA (ou Éthos) do Brasil?




 


Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Secretário-Geral do Ibrasg - Instituto Brasileiro de Ativismo Societário e Governança.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Março de 2021.

5 comentários:

Loumari disse...

Série animada promove vacinas para todos

A nova série "Pandémica" promove uma mensagem global de acesso a vacinas e é co-financiada pelo vocalista do grupo irlandês, U2

"Pandémica" é uma nova série de animação que promove o acesso global à vacina anti-covid.

O projecto foi lançado pela ONE, uma organização global anti-pobreza, co-financiada pelo vocalista do grupo irlandês U2, Bono.

Estrelas internacionais como Penelope Cruz, Michael Sheen e David Oyelowo participam no projecto dando voz aos personagens animados.

Nas redes sociais, Bono lançou a mensagem de que é preciso levar a vacina a todos.

Analistas desta organização sem fins lucrativos afirmam que sem acesso global a vacinas, a mortalidade pode duplicar e a economia mundial arrisca-se a perder 7,8 biliões de euros.

O director executivo do projecto explica as razões da escolha de um filme animado para esta campanha.

"Queremos levar esta ideia a novas audiências, aos jovens. Trata-se de uma mensagem simples. Se não há vacinas, a pandemia não acaba. A animação é uma forma divertida de divulgar esta mensagem, através do humor, e assim chegar a muitas pessoas" defende David McNair, director de política global da ONE.

"O risco são as mutações do vírus que pode ganhar resistência às vacinas existentes. Essa é uma das mensagens desta animação, é um cenário possível de momento porque os países ricos estão a acumular vacinas e isso pode fazer durar a pandemia por muito tempo", acrescenta McNair.

O ilustrador britânico Andrew Rae concebeu as personagens e colaborou com um estúdio independente de animação premiado com um Emmy.

"A nossa principal preocupação foi representar pessoas de várias comunidades e diferentes partes do mundo de forma a escapar aos estereótipos. Foi por isso que criámos estes personagens meio estranhos como forma de diferenciar sem recorrer a clichés", explica o ilustrador Andrew Rae.

A série "Pandémica" já está disponível seja com legendagem ou dobrada em várias línguas.

euronews (em português)

28.03.2021

https://www.youtube.com/watch?v=2xFkjt2C7ew

Loumari disse...

OBS: Ao ver esta notícia (euronews) hoje, primeiro fez-me recordar que a Casa Paterna, nos vem alertando sobre isso, sobre campanha de vacinação geral, sobre este projecto arquitectado pela elite, servos de Satanás, que têm na sua agenda para controlar a humanidade e dominar sobre ela, multiplicar os estratagemas, lançar vírus na atmosfera e contaminar a população, depois adicionar esta contaminação para acelerar o processo no projecto de matança, impor o uso de máscaras, sendo essas impregnadas de contaminantes, depois vir como salvadores: se quereis tirar as máscaras e voltar a normalidade, devem se vacinar. Esta é a vossa liberdade. E, a humanidade que há muito vem sendo transformada em Bovídeos, corre para ir se injectar a dose que mais tarde vai nela desenvolver patologias de doenças incuráveis e morrerão com animais irracionais que são.
Hoje também me lembrei de uma série que vem sendo difundido em França no programa infantil, o dia que eu vi aquilo na televisão, me perguntei como há pais de família que deixam suas crianças assistir isso! é um desenho animado cujas figuras dos personagens são sem estética alguma, não falam, só emitem sons como glo glo, glo, e vulgarmente peidam e rebolam no chão de risada. Em francês esta série de programa infantil se chama: Les lapins crétins. O que quer dizer: Coelhos cretinos. Eu sempre me disse: estes iluminatis, eles não se ocultam, é a humanidade que não quer ver.

Quando surgiu esta pandemia, e do jeito que estão a tratar a humanidade, se isso eles não nos mostraram há muito tempo e ao longo dos anos, tudo esteve patente ante nossos olhos. Não é a humanidade coelhos cretinos?
Eu hoje, se tivesse criança, não deixaria assistir televisão. Em muitas famílias hoje, pensam ter crianças em casa, que têm filhos, só que, já não são seus filhos como pensam, mas filhos do Diabo que os transformou e os tem transtornado.

Estive meses atrás a conversar com uma anciã que trabalhou como professora na educação francesa, e ela contou-me que o seu netinho de 8 anos de idade só solta palavrões. Ela pergunta ao netinho: de onde aprendes estas palavras? o netinho responde: na escola. Com os meus amigos nós falamos assim. Eu disse para a avozinha: Não é na escola onde ele aprende esta cretinice, é com a televisão. E a avozinha diz para mim: o meu neto adora a televisão, ele não se despega da televisão.
E outra coisa que também notei é quando decretam o confinamento rigoroso: vou ao grande supermercado, logo na entrada é todo o espaço de 10 metros quadrados senão mais, reservado a bebidas alcoólicas de toda sorte, dos mais forte a simples cerveja, tudo em promoção até 50% de rebaixa. E andas mais para o interior, por detrás de todo este stock de promoção de bebidas alcoólicas, estão arrumados tudo que é confeitaria. Não é preciso ser sábia para deduzir que esta é uma armação muito bem calculada, que tem por objecto: enquanto os pais estão a embriagar-se, as crianças estão confiadas a televisão que se encarrega da sua educação e encher-se o ventre de doces. Os pais a se matarem com adição ao álcool e as crianças a forjar sua morte precoce com todos estes venenos contidos em todos estes produtos industriais.


Loumari disse...

APELO DE JESUS DE NAZARÉ A SEU POVO FIEL. MENSAGEM A ENOCH


MAIO, 06 DE 2020 AS 9:50 A.M.


MINHA PAZ SEJA CONVOSCO, MEU AMADO POVO.


MEU REBANHO, OS VÍRUS E PANDEMIAS, SERÃO PRETEXTO PARA VACINAR MASSIVAMENTE A HUMANIDADE; ESTAS VACINAS DARÃO ORIGEM A NOVAS PANDEMIAS, QUE VÃO DIZIMAR GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO MUNDIAL!


Meu Rebanho, cuidado com as campanhas generalizadas de vacinação, o tudo é financiado pelas Élites e amparadas e promovidas por organismos internacionais, estas vacinas têm por finalidade dizimar a grande parte da população mundial. Vos faço este anúncio sobre uma vacina em especial, esta que as Élites ao serviço do mal vão pretextar proteger a humanidade de pandemias. Muito cuidado pois esta vacina traz nele o Microchip, que ao ser injectada na população das nações, vai automaticamente marcá-la com a marca da besta. Os organismos internacionais e as Élites que governam este mundo, em silêncio, querem controlar a humanidade, preparando-a para a aparição do Anticristo.


Meus filhos, quando os organismos internacionais os anunciarem uma vasta campanha de vacinação a população a nível mundial, abstende-vos de vos vacinarem, porque vos introduzirão no organismo o microchip; lembrem-se de que todo aquele que for marcado com a marca da besta, perderá a vida do Espírito e deixará de ser Ovelha de Meu rebanho.


Muito próximo os meios mediáticos lançarão anúncios para uma campanha massiva de vacinação a toda população mundial, os quais são patrocinados e financiados pelas Élites e por organismos internacionais. Mas antes da vacinação procederão primeiro com o recenseamento da população ao nível mundial, para estabelecer o número de infantes, crianças, adolescentes, jovens adultos, e adultos maiores. Nem por isso deveis temer, confiem e orem e o Céu se encarregará de protegê-los. Todas estas coisas começarão a suceder depois do AVISO e MILAGRE; se perderão todos aqueles que não estão inscritos no Livro da Vida. Eu, vosso Eterno Pastor, não permitirei que se Me perca nem uma só de Minhas ovelhas. Garanto-vos!


Meu Rebanho, os vírus e pandemias, serão o pretexto para vacinar massivamente a humanidade; estas vacinas darão origem a novas pandemias, que vão dizimar grande parte da população mundial. Neste último reinado do Meu adversário a humanidade marcada com o Microchip, perderá sua identidade como ser humano; visto que já não possuirá nome, somente serão conhecidos e chamados por número, que será tido codificado na memória do ""The Big Brother".


MATEUS 16:24 Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;
25 Porque, aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á.
26 Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? ou que dará o homem em recompensa da sua alma?
27 Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará, a cada um, segundo as suas obras.
28 Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte, até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.


ACTOS DOS APÓSTOLOS 3:23 E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será EXTERMINADA DE ENTRE O POVO.


Estão avisados, Meu Rebanho, ponham em prática as instruções, orações e remédios naturais, que o Céu vos deu a conhecer para que possais vencer as pandemias, armadilhas e enganos do inimigo de vossa alma.

Loumari disse...

No es una vacuna (Vacina), es obra del diablo'

https://www.youtube.com/watch?v=1HN9yinQFNg

Estas son las palabras del Cardenal arzobispo de Valencia, Antonio Cañizares, que cree que la ciencia detrás de la pandemia del coronavirus es cosa del demonio.

Diario Público

17.08.2020

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

A “MILICADA” NASCIDA PÓS-ROCK IN RIO CONHECE SOBRE LAMARCA E MARIGHELLA? E O ALTO-COMANDO DAS FORÇAS ARMADAS, ESQUECEU? - 29/03/2021

https://almanakut10.wordpress.com/2021/03/29/a-milicada-nascida-pos-rock-in-rio-conhece-sobre-lamarca-e-marighella-e-o-alto-comando-das-forcas-armadas-esqueceu