domingo, 28 de março de 2021

Qual o DNA (ou Éthos) do Brasil?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Qual é o Éthos da Nação Brasileira? (Ou qual o nosso “DNA” Psicossocial?). Eis a pergunta que precisa ser respondida, após profunda reflexão, baseada em conceitos e observações corretas da nossa realidade. Éthos é definido como o conjunto dos costumes e hábitos fundamentais, no âmbito do comportamento (instituições, afazeres etc.) e da cultura (valores, ideias ou crenças), característicos de uma determinada coletividade, época ou região.

Alguns livre pensadores já tentaram pensar sobre o conjunto de traços e modos de comportamento que conformam o caráter ou a identidade da coletividade brasileira. No livro “Os Bruzundangas”, o “maldito” Lima Barreto psicografou os traços perversos da nossa “zelite” intelectual. Mário de Andrade também descreveu nosso “herói sem caráter”, o “Macunaíma”. Nelson Rodrigues denunciou o povo com “complexo de vira-lata”. 

Não encherei os 12 leitores e meio deste Alerta Total com teorias. Vamos descrever um caso real e prático em meio ao pandemônio covidiano. Não é ficção, nem fábula. Aconteceu nesta semana, no Estado do Paraná. Trata-se de um drama familiar. Porém, reflete e chama atenção para o problema que temos de resolver: o caráter do brasileiro (ou melhor: a falta de qualidade dele). Não citaremos nomes. Interessam os fatos e o fenômeno.

Assistimos nos dias de hoje, século 21, milhares de denúncias de desvios da vacina do COVID 19. Pessoas sendo vacinadas porque são parentes de autoridades que as nomearam só para receberem as vacinas. Autoridades vacinando suas famílias na cara dura, enquanto os brasileiros normais são tratados como pessoas inferiores e que devem esperar como cordeiros, a bondade dos senhores feudais brasileiros, para poderem se vacinar.

Nossa história se inicia na década de 20, do século passado. Uma família humilde, de trabalhadores da Tchecoslováquia migra para o Brasil, em busca de um futuro melhor. Em busca de uma nova Pátria. Eles viajam nos porões de um navio mercante, sem direito a sol e mal alimentados. Pai, mãe e um bebê, uma menina.

Chegando ao Porto de Santos, logo são aliciados para trabalhar nas fazendas de café do interior de SP. Com o passar dos anos, percebem que a comida que lhes dão custa mais caro do que a remuneração de seus trabalhos. A cada mês que trabalham ficam devendo mais e mais aos donos dos cafezais. Uma escravização disfarçada.

Vida sofrida. Mais duas meninas nascem na fazenda. Todos os trabalhadores dormem ao relento no meio dos cafezais e só são levados às suas casas no final de semana. A família de imigrantes tchecos leva as crianças para o meio do cafezal com eles, por falta de opção.

Então, uma das crianças morre durante a noite fria de inverno. Havia contraído uma gripe e nenhum medicamento estava disponível. Compreendendo o final terrível que os aguardava como escravos informais em meio aos pés de café, decidiram tentar sobreviver em outra região.

A família se muda e consegue trabalho rapidamente. Já na segurança de uma casa, a família cresce e as duas filhas ganham a companhia de mais duas meninas e três meninos. Todos trabalham, desde cedo. Ordenham os animais, cuidam das plantações e aprendem a falar e escrever o português brasileiro.

Os pais os ensinam a “Amar o Brasil”. O País que os acolhera e que era a nova Pátria deles. Deram aos filhos uma educação rígida, focada em valores familiares e no trabalho duro. Respeito, disciplina, honestidade e dignidade. Foram formadas pessoas de caráter. Resilientes e prontas para trabalhar e empreender.

Os poucos recursos não permitiam sonhar com cursos universitários. As condições financeiras melhoram, mas os filhos já não estavam mais em idade de estudar. Apenas o filho caçula poderia fazer faculdade se todos se unissem para ajudar. Por sorte e união da família, ele fez engenharia elétrica e matemática no RJ.

Este jovem engenheiro nascido no Brasil e filho de humildes imigrantes tchecos, de volta à sua cidade natal, nos anos 60, presta serviços para empresas locais e logo monta seu próprio negócio. Ele decide trabalhar com refrigeração em geral e aos poucos vai se especializando em refrigeração na área de saúde – freezers, refrigeradores e equipamentos para conservação de medicamentos. Monta uma pequena fábrica. Já nos anos 70 e 80 começa a exportar para países do Oriente Médio, clientes naturais por causa do clima local. 

O jovem engenheiro se casa e tem 2 filhos e uma filha e todos trabalham na empresa. Atualmente esta empresa é grande fornecedora de toda uma gama de equipamentos de refrigeração, fixa e móvel, desenvolvidos por ela, para as Vacinas da COVID 19. Ou seja, um empreendimento de importância social, sobretudo em tempos pandemônicos.

Ironicamente, pela idade, nenhum dos filhos ainda foi vacinado. Apenas o fundador da empresa e sua esposa o foram. Estão na casa dos 80. Mesmo armazenando milhões de doses das vacinas adquiridas, o filho de imigrantes humildes que chegaram ao Brasil há quase 100 anos, ao contrário de muitos espertalhões, não se aproveitou da situação para imunizar sua família, seus filhos, noras e netos.

Não foi por falta de “convite”. Nestes meses de 2021, a todo momento, alguma prefeitura ou algum hospital em busca de equipamentos insinuava e até mesmo oferecia abertamente uma “porta dos fundos” para vacinar toda a família dele. Afinal eram em seus equipamentos que eram mantidas as vacinas.

Pois esse brasileiro filho de imigrantes tchecos NUNCA aceitou e nem permitiu que nenhum de seus filhos se aproveitassem desta situação. A vacinação da família seria conforme a programação coletiva. Ponto final. Sem discussão contrária… O caráter do idoso empresário não permitia o “jeitinho”.

Ele sempre dizia que seria uma falta de caráter muito grande se aproveitar para se vacinar antes das demais pessoas. Sua frase preferida era que não existe “MEIO CERTO” ou “MEIO ERRADO”.

Acontece que o destino prega peças às pessoas de bem. Nesta semana, infelizmente, seu filho primogênito e presidente da empresa faleceu vítima do CORONAVIRUS – COVID 19. Aos 59 anos de idade. Deixou uma filha temporã de cinco anos de idade.

Arrasado, este pai se despediu de seu filho e aos prantos clamava para que ele compreendesse suas razões. Após o sepultamento, abraçando seus filhos e netos, pediu perdão e se justificou, explicando que o nosso Brasil só vai melhorar quando todos entenderem que as obrigações coletivas estão sempre acima do bem-estar pessoal.

O trabalho, engenho e arte desse filho de imigrantes humildes hoje salva milhares e milhares de vidas todos os dias com seus equipamentos e invenções. Ele viveu o drama de “entregar” a Deus a vida do seu filho primogênito para construir uma Nação de pessoas honestas, honradas e de bom caráter.

Ele tem a esperança que sua família, seus netos e bisnetos vivam em um Brasil melhor. E você? Tem a mesma esperança?

Precisamos debater e - certamente rever - o DNA ou Éthos do brasileiro. Do contrário, somos candidatos a mergulhar na barbárie de uma guerra civil que pode gerar separatismo (secessão).

Releia o artigo: Terrorismo psicológico em tempos covidianos

Releia também: Pavor e Revolta em tempos de “Loucodown”

 


Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Secretário-Geral do Ibrasg - Instituto Brasileiro de Ativismo Societário e Governança.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Março de 2021.

12 comentários:

Jayme Guedes disse...

Sob pena de me tornar repetitivo, a maior riqueza "natural" de uma nação não é a extensão territorial, o clima, a água ou o subsolo. A maior riqueza natural de uma nação é a qualidade de seu povo e, sob esse aspecto, somos verdadeiramente indigentes. Enquanto não nos olharmos no espelho e não gostarmos da imagem nele refletida não avançaremos. Descobertos apenas 8 anos depois dos USA, lá o povo construiu a maior potência do planeta. Nós não construímos nada. Quando confrontados com esse FATO preferimos terceirizar nossa responsabilidade culpando Portugal. Democracia não combina com povo de baixa escolaridade. Precisamos priorizar a educação de qualidade e obrigatória pelos próximos 50 anos.

aparecido disse...

Os ministros do STF descobriram atraves de tentativas de avanços e recuos que os Generais peidam frouxo.. muito frouxo...aquilo que os gauchos chamam de peido na bombacha.....mais frouxo que peido na bombacha....agora ningém mais os seguram....

aparecido disse...

Só aqui ??? acharam na Italia um laboratório com algumas milhões de doses para serem vendidas no mercado negro...aquele pessoal tuto buona gente !!!!

Rogerounielo disse...

PSDB, PT, PSOL e PCdoB acionam STF contra Lei de Segurança Nacional - Voz influente no Partido Democrata (militar Pam Keith) pede intervenção dos EUA no Brasil - O youtuber Felipe Neto foi um dos internautas que apoiaram Pam - Boff prevê intervenção internacional no Brasil para salvar o país e a humanidade de Bolsonaro - Lei de Segurança Nacional é um ‘fóssil normativo’, diz ministro Lewandowski - DPU e advogados vão ao STF para impedir que Lei de Segurança Nacional seja usada para investigar críticos de Bolsonaro - Gilmar Mendes envia ao plenário pedido contra dispositivos da Lei de Segurança Nacional

Fonte - Link https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2021/03/26/psdb-pt-psol-pcdob-acionam-stf-contra-lei-de-seguranca-nacional.htm

1. Turma da esquerda no Brasil bem articulada com o PARTIDO DEMOCRATA dos EUA para acabar com a soberania nacional.

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

1.1 O STF poderia dar uma “forcinha” para os EUA fazerem uma intervenção militar no Brasil, pedida por Felipe Neto e por Leonardo Boff, acabando com a Lei de Segurança Nacional, incentivando as pessoas no país a terem liberdade total a ponto de agirem CONTRA A SOBERANIA NACIONAL! Perfeito!

2. Para não sermos injustos, a OAB, a DPU, PSDB, PT, PSOL e PCdoB, também, estão dando uma “forcinha” na NARRATIVA para Felipe Neto acabar com a soberania do Brasil!

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

3. PSDB, PT, PSOL e PCdoB acionam STF contra Lei de Segurança Nacional

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte
26/03/2021

O STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu duas ações, movidas por PSDB, PT, PSOL e PCdoB, pedindo que a corte declare que a Lei de Segurança Nacional é inconstitucional. Outros dois partidos - PTB e PSB - também já apresentaram pedidos semelhantes.

Fonte - Link https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2021/03/26/psdb-pt-psol-pcdob-acionam-stf-contra-lei-de-seguranca-nacional.htm

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

5. Democrata chama Bolsonaro de genocida e defende intervenção no Brasil

O youtuber Felipe Neto foi um dos internautas que apoiaram Pam. Ele pediu auxílio: “Querida Pam, por favor, nos ajude. Fiz esse vídeo com o The New York Times no ano passado, peço que você assista. Nós precisamos de ajuda. Por favor, faça essa mensagem chegar até Joe Biden e Kamala Harris – nosso presidente está matando nosso povo desde o primeiro dia”, escreveu.

Fonte - Link https://www.metropoles.com/brasil/democrata-chama-bolsonaro-de-genocida-e-defende-intervencao-no-brasil

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

6. Gilmar Mendes envia ao plenário pedido contra dispositivos da Lei de Segurança Nacional

Em seu despacho, o ministro afirmou que, devido à "complexidade e importância da matéria em debate", era necessário ouvir as autoridades responsáveis pelos atos questionados, assim como a AGU e a PGR
Por Isadora Peron, Valor — Brasília

10/03/2021 12h46 Atualizado há 2 semanas

Fonte - Link https://valor.globo.com/politica/noticia/2021/03/10/gilmar-mendes-envia-ao-plenrio-pedido-contra-dispositivos-da-lei-de-segurana-nacional.ghtml

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

7. Lei de Segurança Nacional é um ‘fóssil normativo’, diz ministro Lewandowski

Fonte - Link https://jovempan.com.br/programas/jornal-da-manha/lei-de-seguranca-nacional-e-um-fossil-normativo-diz-ministro-lewandowski.html

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

8. Boff prevê intervenção internacional no Brasil para salvar o país e a humanidade de Bolsonaro

247 – "PENSANDO NO PIOR: Caso se constatar que o vírus amazônico que invadiu todo o país e já chegou nos Estados Unidos se mostrar tão letal que as atuais vacinas serão ineficazes, poderemos impedir a ocupação do Brasil por uma força internacional de salvação da humanidade e a destituição do homem?", questionou o teólogo Leonardo Boff, em suas redes sociais.

Fonte - Link https://www.brasil247.com/brasil/boff-preve-intervencao-internacional-no-brasil-para-salvar-o-pais-e-a-humanidade-de-bolsonaro

Continua

Rogerounielo disse...

Continuação

9. Voz influente no Partido Democrata pede intervenção dos EUA no Brasil

15:49 28.03.2021(atualizado 15:56 28.03.2021)

A militar Pam Keith, que tentou ser deputada federal pelo estado da Flórida, usou suas redes sociais para chamar Bolsonaro de genocida e defendeu uma intervenção dos EUA no Brasil.

A política do presidente Jair Bolsonaro ante a pandemia da COVID-19 segue sendo alvo de críticas pelo mundo. Ontem (27), foi a vez da integrante do Partido Democrata dos Estados Unidos, Pam Keith, que concorreu ao cargo de deputada federal nas últimas eleições.

Apesar de ter perdido a eleição para o republicano Brian Mast, que teve 56,3% dos votos, Pam Keith, que também é militar, possui grande influência nas redes sociais. Em suas redes, ela chamou o presidente brasileiro de "um bruto corrupto, genocida e incompetente", escreveu.

Em seguida, ela defendeu uma solução militar para a crise envolvendo a COVID-19 e o governo brasileiro.

Fonte - Link https://br.sputniknews.com/americas/2021032817223335-voz-influente-entre-os-democratas-pede-intervencao-dos-eua-no-brasil/

Fim

Unknown disse...

Muita publicidade para o insignificante Nelipe Feto.
Uol ? Tá de brincadeira, os EUA tão f***** não tem como tentar nada sozinhos contra o Brasil.
Não dá pra levar a sério, os EUA não vão durar até a próxima eleição.