sexta-feira, 23 de abril de 2021

521 anos de Brasil


Artigo no Alerta Total - www.alertatotal.net

Por Carlos Henrique Abrão

Ao ser descoberto pelos portugueses em no dia 22 de abril de 1500, jamais poderiamos imaginar o quanto o Brasil seria uma Nação totalmente estranha e sem vocação para uma sociedade organizada e um governo de melhor qualidade, em todos os níveis.

O que necessitamos passados 521 anos da descoberta é redescobrir, refundar e renovar os laços de um País que no momento não deu certo por múltiplos motivos das mais diferentes naturezas. E como todo sabemos não basta dizer que a democracia se resume ao comparecimento de quatro em quatro anos nas urnas eletrônicas sem não temos representatividade, participação popular ou reforma de peso inclusive em termos de Constituição Federal.

Não logramos atingir boa renda per capita nossos índices de pobreza e miserabilidade são alarmantes,o desemprego ronda solto e o pior as expectativas de redesenhar o quadro sombrio são escassas. Faltam elementos que persigam ideais e tenham ótimas idéias para remover o atraso e vivenciar com a tecnologia de ponta uma renovação salutar da sociedade.Engasgamos nos mesmos e tradicionais problemas de um descontrole supremo cujas decisões invariavelmente causam estupefação e nossa liturgia da impunidade segue solta em todos os estranhos tempos de conflitos comumente sem solução aparente.

A fase outonal  nos leva à reflexão do que aconteceu no conjunto plural de sucessivos erros, poderão dizer que somos muito novos e ainda temos chão pela frente ou que a juventude se prepara para uma elevada guinada.Tudo falácia a Alemanha se reconstruiu em 50 anos e se tornou a maior potência européia com altíssimo crescimento e redução gradativa da taxa de desemprego.

A pandemia fez com que o BRASIL enfrentasse uma verdadeira guerra mundial sem qualquer disparo de arma de fogo com um quadro alarmante de  400 mil mortes e um programa de vacinação que apresenta defeitos e falhas de 

grande complexidade. Ao completarmos 521 anos somos uma Nação bem distante do primeiro mundo e completamente descartada dos padrões ético morais,enquanto isso fazemos o jogo que não há qualquer coisa equivocada no horizonte e dentro em breve voltaremos ao espetáculo do pão e circo, carnaval, futebol e auxílios emergenciais insubsistentes sob o prisma de visão da dignidade humana.

Não apenas a Alemanha mas vários Países tiveram graves problemas ao longo da interminável pandemia com críticas ácidas em relação ao então Presidente Trump e Chanceler Angela Merkel, no Brasil até agora não houve armstício e a disputa é pelo poder em 22.

De toda forma e de maneira bem clara não há nada para ser comemorado que nos felicite e demonstre o futuro da Nação,concentração de riqueza aumenta e de exclusão explode. Que ao menos sirva a data em plena pandemia para uma rebeldia com total revolução da submissão aos plantonistas da governabilidade tupiniquim.

Carlos Henrique Abrão é Doutor em Direito Comercial pela USP com especialização em Paris, professor pesquisador convidado da Universidade de Heidelberg, autor de obras e artigos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Os portugueses na época se livraram dos "' cristãos novos "', esse é nossos terremotos ,maremotos , furacões diários.

Loumari disse...

HEBREUS 10:37 Porque, ainda um poucochinho de tempo, e o que há-de vir virá, e não tardará.
38 Mas o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não terá prazer nele.


APOCALIPSE 22:12 Eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
13 E Sou o Alfa e o Ómega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.
14 Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
15 Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.
16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de David, a resplandecente estrela da manhã.


JEREMIAS 17:13 Ó Senhor! Esperança de Israel! todos aqueles que te deixam serão envergonhados: os que se apartam de MIM serão escritos sobre a terra; porque abandonam o Senhor, a fonte das águas vivas.
14 Sara-me, Senhor, e sararei: salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor.


APOCALIPSE 22:17 E o Espírito (Deus) e a Esposa (a Virgem Filha de Sião) dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.


Apocalypsis 22 Biblia Sacra Vulgata 20 dicit qui testimonium perhibet istorum. Etiam venio cito: amen. Veni, Domine Jesu.

21 Gratia Domini nostri Jesu Christi cum omnibus vobis. Amen.

ALMANAKUT BRASIL disse...

521 ATRÁS COMEÇARAM AS TROCAS DE PEREBAS.

Anônimo disse...

País muito mestiço não tem identidade, portanto não tem personalidade. Não tem patriotismo se limitando a um ufanismo barato como torcer pela seleção. Sem identidade/personalidade/patriotismo logo também não tem caráter, honestidade e por aí vai um monte de defeitos que só canhotos politicamente-corretos hipócritas para fazer vistagrossa a ainda achar isso lindo.