sexta-feira, 23 de abril de 2021

Poder Supremo salva Lula e “mata” Moro?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Facebook - @alertatotal

O Poder Supremo reafirmou sua capacidade de mando (ops, soberania) ao confirmar a decisão de considerar Sérgio Fernando Moro um juiz suspeito no julgamento do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ao ratificar a suspeição de Moro por ampla maioria de sete votos, o STF, agora sim, permitiu o lançamento oficial da candidatura Lula ao Palácio do Planalto.

Na prática, a decisão contra Moro (e a favor de Lula e da impunidade) confirmada pelo plenário do STF, tornou o ilustre condenado por corrupção plenamente elegível e apto a disputar as eleições de 2022. Com a decisão de ontem, parte do STF (inimiga da Lava Jato) avalia que destroçou qualquer chance de Sérgio Moro ser candidato à Presidência da República, na disputa que tende a ser polarizada entre Bolsonaro e Lula.

A decisão suprema deixou implícito que os atos de Moro ao longo dos processos contra Lula não podem ser reaproveitados pelo juiz do Distrito Federal que vai herdar o processo do Triplex e outros três casos. Assim, dificilmente, Lula será julgado antes de outubro de 2022. O tempo beneficiará o “infrator” - que não foi inocentado de verdade, mas é como se tivesse sido.

Outra leitura política da suprema decisão judicial de ontem é mais uma dúvida: o STF matou qualquer chance de viabilidade de uma eventual candidatura presidencial de Sérgio Moro, ao considerá-lo “parcial e suspeito” no julgamento do Triplex contra Lula? Ou, pelo contrário, a decisão do cada dia mais impopular Poder Supremo pode impulsionar o “Super Herói da Lava Jato”, turbinando-o como a famosa “Terceira Via”? Outras dúvidas: Moro pode recuperar o apoio popular, depois do desgaste de imagem com a saída súbita do Ministério da Justiça do governo Bolsonaro? E como pode viabilizar uma candidatura presidencial sem o apoio majoritário de políticos (corruptos) que só desejam ver a caveira dele?

Ainda persiste uma dúvida jurídica no ar: Como ficam as provas concretas e objetivas apresentadas pela Força Tarefa da Lava Jato contra Lula? Foi tudo jogado juridicamente no lixo? Nenhum ministro do STF, no julgamento da semana passada e no de ontem, teve a ousadia de declarar que nada possa ser reaproveitado nos novos julgamentos. Outro ponto gravíssimo da decisão: o STF desmoralizou as três instâncias do Judiciário (a 13ª Vara Federal de Curitiba, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região e o Superior Tribunal de Justiça). Os tribunais superiores confirmaram as condenações a Lula por corrupção e lavagem de dinheiro, inclusive aumentando a dosimetria da pena.

Ontem, na prática, o plenário do STF não discutiu se Moro agiu com parcialidade ou imparcialidade diante de Lula. Apenas confirmou a decisão da Segunda Turma do STF, que tinha resolvido, por 3 a 2, que Moro tinha sido parcial. O plenário atropelou o supremo relator da Lava Jato, Edson Fachin, e detonou Moro. O movimento foi liderado por Gilmar Mendes, seguido por Alexandre de Moraes, Kassio Nunes Marques, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Rosa Weber. Saíram derrotados, além das três instâncias do Judiciário brasileiro, os ministros Edson Fachin e Luís Roberto Barroso. O decano Marco Aurélio de Mello, com aposentadoria prevista para 5 de julho, pediu vista do processo, e não fixou data para proferir o voto final.

Resumindo: O STF deu um tiro mortal na Lava Jato. Resta aguardar para ver se o caso Lula terá outras consequências negativas contra o combate à corrupção estrutural e sistêmica no Brasil. A porteira da impunidade ficou escancarada para que a defesa de outros condenados apresentam idênticos argumentos de suspeição contra o juiz Moro. A mesma jogada pode ser usada contra o juiz Marcelo Brettas, da 7a Vara Federal Criminal no Rio de Janeiro). A pressão contra o juiz carioca tende a ser maior, pois os fatos apurados envolvem delações premiadas de empresários que denunciam negociações de sentenças judiciais no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.  

O Alerta Total insiste: o reequilíbrio urgente entre os poderes no Brasil é fundamental. A guerra de todos contra todos precisa ser freada, ou vai conduzir o Brasil a um completo desastre institucional. O único Poder Supremo legítimo e aceitável é o de Deus - para quem, claro, acredita Nele. O resto é simulacro ou, na expressão da moda, FAKE! Ao arrasar com a Lava Jato, o STF desmoralizou três instâncias do Judiciário que condenaram Lula. O Crime venceu. A população no gostou. Acontece que, para a maioria do Poder Supremo, parece valer aquela máxima cínica-pragmática de um famoso personagem do imortal humorista Chico Anysio. O ficcional (?) Justo Veríssimo, um político corrupto, proclamava: “O Povo que se exploda”!










Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Flamenguista. Editor-chefe do Alerta Total. Comentarista Político da Rede Jovem Pan.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Abril de 2021.

4 comentários:

Fabio Chazyn disse...

É hora de lembrar as sábias palavras do De La Boétie, autor do livro “Discurso sobre a Servidão Voluntária” em 1549 quando tinha 18 aninhos:

“nem é preciso combater o tirano, nem se defender dele, pois ele será destruído no dia em que o país se recuse a servi-lo. Não é necessário tirar-lhe nada, basta que ninguém lhe dê coisa alguma. Não é preciso que o país faça coisa alguma em favor de si próprio, basta que não faça nada contra si próprio. ... É o povo que se escraviza, que se decapita, que, podendo escolher entre ser livre e ser escravo, se decide pela falta de liberdade e prefere o jugo, é ele que aceita o seu mal, que o procura por todos os meios”

Ou seja, sem ser cidadão, não se pode exercer a cidadania. O futuro de país democrático só se constrói pelas mãos de seus cidadãos livres e conscientes. Só “cidadãos” infantilizados entregam seus destinos a políticos paternalistas.

Fabio Chazyn disse...

Leia "O Brasil Tem Futuro?" https://clubedeautores.com.br/livro/o-brasil-tem-futuro

Anônimo disse...

O SOMBRA DIZ....
O CULPADO DE TODA A SACANAGEM, LIBERTINAGEM, PUTARIA, VAGABUNDAGEM DOS ESCROTOS SERVIDORES PUBLICOS, CHEIOS DE PRIVILEGIOS QUE NOS PAGAMOS COM NOSSO SUOR, LAGRIMAS E SERVIDAO DENTRO DA SUPREMA CORTE DE BOSTA FOI, E E SERA O LEVANDO A VIDA DE NABABO LEWANDOVSKI QUE NA 470 PERMITIU A VAGABUNDA ASQUEIROSA DILMA BUCEFALA MANTER SEUS PRIVILEGIOS, PORQUE PERMITIU EMBARGOS INFRINGENTES PARA PROTEGER A CRIMINALIDADE DE 64. INFELIZMENTE NOSSO PAIS ESTA SEM OPÇAO E CONTINUA NAS MAOS DOS INFRATORES. SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E SUPREMO ELEITORAL SAO UM PUXADINHO DOS ADVOGADOS DE PORTA DE XADREZ BERMUDES E KAKAI FEIJOADA O AMARAL. ESSA GENTALHA CONTINUA BATALHANDO PARA ACABAR COM O PAIS E FAZER NOSSA IGUALDADE COM TODOS OS MERDA SUL DE BOSTA. QUEM VIVER VERA. NOSSAS FORÇAS ARMADAS FORAM AMORDAÇADOS PELA FAMILIA DE BOLSO NAVE.
NAVE ALINHADA EM FALACIAS E EM CONDUÇAO DO PAIS PARA A ESCURIDAS. ALINHADAS AS IGREJAS DE BOSTA CHEIAS DE PRIVILEGIOS E ALINHADAS AS FORÇAS QUE JA FORAM ARMADAS BRASILEIRAS MAS HOJE ESTA REBAIXADAS PELO 9 DEDOS DE BOSTA, PELA DILMA E SEUS CAFAGESTES PREFERIDO DO PT E BRUPELHO DE 64. O FRACIONAMENTO DA CRIMINALIDADE DO INDIVIDUO LULA LADRAO FOI A PERDIÇAO DO NOSSO PAIS E FOI FRANQUEADO PELAS SUPREMAS BOSTAS ELEITORAL E FEDERAL QUE JAMAIS TRABALHARAM EM BENEFICIO DO BRASIL ESCONDENDO TODAS AS CRIMINALIDADES NOS FRACIONAMENTOS DAS AÇOES E DISTRIBUIÇAO DENTRE OS JUIZES QUE SE ESCONDERAM DE PRESTAR SERVIÇOS A NAÇAO.
A MALDIÇÃO FOI DEIXAR OS 470 DE 64 VOLTAR AO PODER E ELIMINAR A JUSTIÇA BRASILEIRA COM UMA CONSTITUIÇAO FRAUDULENTA E UMA SUPREMA CORTE FEDERA E ESTADUAL QUE JAMAIS JAMAIS MESMO FORAM ESCOLHIDAS PELO POVO BRASILEIRO MAS SIM POR EX PRESIDENTE DE BOSTA FIXAS SUJAS QUE AINDA MANDAM NESTE PAIS DE MERDA IGUAL AO MERDA SUL E MERDA EUROPA E O POVO BRASILEIRO SEM OPÇAO DE SAIDA. NOSSOS MILITARES AMORDAÇADOS PELO BOLSO NAVE QUE PRECISA CALAR A JUSTIÇA PARA SAFAR ELE E OS FILHOS DE BOSTA DESTE ENCOSCO TODO PELA FALTA DE PALAVRA DELE. SALVE O JUIZ MORO O UNICO QUE TEM CATEGORIA, VERGONHA NA CARA QUE ENTROU NA JUSTIÇA PELA PORTA DE DENTRO E SAIU DO MINISTERIO COM A MESMA CATEGORIA QUE ENTROU. QUEM VIVER VERA O BRASIL VIRAR UMA AFRICA DE BOSTA, UM MERDA SUL, MERDA EUROPA DE BOSTA. TRAMBIQUEIROS QUE QUEREM JOGAR UM MAR DE LAMA E MERDA NO NOSSO PAIS. AQUI TEM AGUA, FLORES E MUITOS MINERAIS PRECIOSOS PARA QUE OS FALACIOSOS QUEIRAM TOMAR NOSSO PAIS. AQUI E A TERRA DE SANTA CRUZ QUE PERTENCE A JESUS E O SANGUE DE JESUS TEM PODER. QUEM VIVER VERA????

ALMANAKUT BRASIL disse...

Juristas cristãos vão à OEA para denunciar ataque do STF à liberdade religiosa - 23/04/2021

No dia 08 de abril, os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram por 9 a 2 que decretos estaduais e municipais que proíbem a realização de missas, cultos e demais celebrações religiosas presenciais durante a pandemia estavam em conformidade com a Constituição Federal, embora o texto na Carta Magna diga o oposto. Agora, um grupo substancial de juristas e parlamentares protocolou um pedido de audiência no órgão autônomo ligado à Organização dos Estados Americanos (OEA), da qual o Brasil é membro.

https://noticias.gospelmais.com.br/cristaos-oea-denunciar-stf-liberdade-religiosa-146004.html

OEA registrou que temos a mais ágil e segura apuração das Américas, diz, ministro Luís Roberto Barroso, presidente do TSE - (Agência Estado/Correio do Povo - 29/11/2020)