sexta-feira, 25 de junho de 2021

Regime do Crime estica a corda ao limite máximo...

 


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Facebook - @alertatotal

Um velho ditado popular prega que não parece recomendável “falar de corda em casa de enforcado”. É praticamente um consenso - principalmente entre os militares - que o regime do Crime Institucionalizado está esticando a corda institucional a um limite máximo e perigoso. O Poder Supremo e a máfia política têm tomado decisões contrárias ao combate à corrupção. Como a reação à falha estatal estrutural é lenta ou ineficaz, a “corda|” parece infinitamente elástica. Não arrebenta. Porém, a insatisfação popular crescente, manifestada nas redes sociais da internet e nas ruas, pode deflagrar mudanças. Como na clássica música do imortal Noel Rosa, “o povo já pergunta, com maldade, onde está a honestidade?” A maioria das pessoas parece PT da vida (sem trocadilho infame com o partido que desmoralizou a honradez). Algo vai mudar? A torcida é por reformas e mudanças no Capimunismo corrupto e rentista de Bruzundanga. 

 

O filósofo grego Heráclito pregava que “não há nada permanente, exceto a mudança”. Ou: “A única coisa que não muda é que tudo muda”. Assim, nada fica estático. Tudo se move. Tudo muda. O pensador foi um precursor da dialética e metafísica. Segundo o sábio Heráclito, uma incessante luta de contrários guia o fluxo das coisas. Tudo aquilo que parece estático, por pouco ou muito tempo, está, na verdade, em equilíbrio. Isso acontece pela ação recíproca de forças contrárias equivalentes. Uma outra famosa frase de Heráclito serviria de lição e reflexão para o momento conturbado vivido pelo Brasil: “A oposição traz concórdia. Da discórdia advém a mais perfeita harmonia”.

 

Se Heráclito defendia a mudança contínua e permanente das coisas, havia um outro filósofo grego que pregava exatamente o princípio contrário. Parmênides defende que não há mudança. Segundo ele, as essências permanecem as mesmas. A mudança que acontece é superficial. Tudo não passa de um engano dos sentidos. O curioso é que os dois filósofos que pensam diferente sobre um mesmo assunto sequer se conheceram. Mas um debate sobre as ideias conflitantes de ambos seria útil no Brasil. Afinal, estamos mudando? Ou a situação aqui não vai se alterar? Até quando seremos uma Anarquia Feudal comandada por velhas oligarquias - herdeiras daqueles que derrubaram o Império e D. Pedro II.

 

O processo institucional brasileiro é autofágico. A guerra de todos contra todos os poderes, combinada com a tribalista disputa política e com o descontrole da violência ilegal, produz um ambiente de insegurança e conflitos que podem redundar em guerra civil. O regime do Crime Institucionalizado, em processo de reinvenção e readaptação, tira proveito do regramento excessivo e da fragilidade da Constituição Vilã de 1988 - mal regulamentada e que exige constantes “interpretações supremas”. O fator mais explosivo do momento é uma espécie de conluio entre o Poder Supremo - que se acha acima de tudo e de todos - e uma parcela expressiva da desqualificada e corrupta classe política. Os “poderosos” sabotam demandas populares por transparência da “coisa pública” e por combate à corrupção. Pior e mais grave: os abusos de autoridade agridem a sociedade.

 

O ministro Gilmar Mendes estendeu suspeição do ex-juiz Sérgio Moro em relação a Lula a mais duas ações penais. Segundo o ministro, “as circunstâncias são as mesmas, e se trata de isonomia e segurança jurídica”. Assim, o STF vai anular, a exemplo do que aconteceu no caso do Triplex, os julgamentos do sítio de Atibaia e do Instituto Lula. A maioria suprema considerou incompetente o juiz Sérgio Moro em todos os casos e mandou recomeçar tudo em outras instâncias. Se as decisões assassinam a Lava Jato curitibana, podem proporcionar o ressurgimento político de Moro, depois do desgaste da briga com Jair Bolsonaro, na saída do Ministério da Justiça. Sem querer, o STF e Lula podem ser os maiores cabos eleitorais do provável presidenciável Moro. Em outubro, vamos saber se a hipótese é real, com a filiação de Moro ao Podemos ou ao PSDB.

 

O parlamento brasileiro também dá seu mau exemplo no combate à corrupção - que será um dos temas relevantes da próxima campanha presidencial, junto com a retomada da economia e a crise do covidão. O Congresso Nacional dá sinais de que vai flexibilizar o combate à impunidade. Se o Poder Supremo detonou a Lava Jato curitibana - e tende a fazer o mesmo com a do Rio de Janeiro -, o Poder Legislativo pisou na bola aliviando a Lei da Ficha Limpa. A Câmara aprovou projeto permitindo que possam disputar eleições gestores públicos que tiveram suas contas rejeitadas ou que foram condenados apenas com pena de multa. Ou seja, irregularidade ou “corrupção leve” se tornam permitidas? 

 

O deputado federal Marco Feliciano twittou a contradição suprema: “O STF deu poderes aos governadores para administrarem os recursos na pandemia, e agora o mesmo STF proíbe a CPI de convocar aqueles governadores que estão sob suspeita de má gestão. Não é estranho?”... Outro deputado Federal, Paulo Eduardo Martins, resumiu, magistralmente, na mesma rede social, a situação gerada pelo Poder Supremo: “O que o STF está fazendo com o Brasil não vai acabar bem. Nenhuma  super concentração de poder e a ausência de moderação  em seu exercício acabam bem. Não é mera opinião pessoal, é a história”.

 

Resumindo: O Regime do Crime Institucionalizado estica a “corda” ao limite máximo e inimaginável. Se e quando ela vai arrebentar, parece questão de (pouco) tempo. De imediato, Bolsonaro é o alvo principal da Cleptocracia - que corre contra o tempo... Por sorte dos honestos, o tempo histórico parece lento, porém é implacável na hora do juízo final. “Roubando” (poeticamente) outro verso do imortal Noel Rosa: “A araruta também tem seu dia de mingau”...  



 #3em1 - Jorge Serrão comenta como, apesar da prisão de Daniel Silveira por desrespeito à tornozeleira eletrônica ser justa, a condenação do deputado como preso político revela um desprezo do STF e do Congresso em relação à Constituição. https://youtu.be/9nn5_jSlE24

 

Releia o artigo: Supremo mata a Lava Jato, mas pode dar vida à candidatura de Sergio Moro à Presidência https://jovempan.com.br/opiniao-jovem-pan/comentaristas/jorge-serrao/supremo-mata-a-lava-jato-mas-pode-dar-vida-a-candidatura-de-sergio-moro-a-presidencia.html…

 






 

Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://www.amazon.com.br/s?k=A+ULTIMA+MARCHA+DA+MA%C3%87ONARIA&__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&ref=nb_sb_noss_2

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Flamenguista. Editor-chefe do Alerta Total. Comentarista Político da Rede Jovem Pan.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Junho de 2021.

13 comentários:

Anônimo disse...

A MAIÓR TRAPAÇA NO PAIS É A DO CARRASCO NAZISTA ESTAR COMPRANDO AS FFAA PARA TENTAR UM NOVO GOLPE. EU E NINGUÉM DUVIDE POIS ATÉ HOJE AS FFAA APENAS PRESTOU O DESERVIÇO DE COMBATER O PRÓPRIO POVO.

Anônimo disse...

Acorda Serrão. Por culpa única dele, o seu ídolo está derretendo.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

O que os "soldadinhos de chumbo" da atualidade estão esperando? Esse papo de "corda esticando"já encheu o saco.Porventura os soldadinhos de chumbo estariam esperando que a tal corda esticasse até dar uma volta completa no círculo do Equador,que tem exatamente 40.075 quilômetros de diâmetro? Na verdade hoje falta "macho"nas Forças Armadas,como aqueles que existiam na década de 60,onde um só general,na madrugada de 31.3.1964,Olimpio Mourão Filho,a partir de Juiz de Fora,teve a iniciativae a coragem de colocar as suas tropas na rua e interromper o curso da corda que naquela época estava começando a esticar.Resumidamente: falta "macho" nas FA.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

O que os "soldadinhos de chumbo" da atualidade estão esperando? Esse papo de "corda esticando"já encheu o saco.Porventura os soldadinhos de chumbo estariam esperando que a tal corda esticasse até dar uma volta completa no círculo do Equador,que tem exatamente 40.075 quilômetros de diâmetro? Na verdade hoje falta "macho"nas Forças Armadas,como aqueles que existiam na década de 60,onde um só general,na madrugada de 31.3.1964,Olimpio Mourão Filho,a partir de Juiz de Fora,teve a iniciativae a coragem de colocar as suas tropas na rua e interromper o curso da corda que naquela época estava começando a esticar.Resumidamente: falta "macho" nas FA.

Chauke Stephan Filho disse...

Por que o Dep. Daniel Silveira não entra em greve de fome na cadeia?

Se lhe falta coragem, outros devem fazer isso como protesto contra os tiranetes do STF. Os "outros" são os patriotas, ou seja, nós. Dezenas, centenas ou milhares, ou apenas dezoito de nós, devemos nos reunir diante da sede do STF e ali começar greve de fome.

"Ou ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil."

Sob o STF, a Pátria nunca estará livre. É hora, pois, de morrer pelo Brasil. Subjugada, humilhada, sufocada pela toga, a Pátria clama pelo nosso sacrifício.

Iremos dizer não ao Brasil ?

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

LOGO O CAPETA ABRAÇARÁ O BELZEBU DE NOVE DEDOS E LEVARÁ A SUA CORJA MALDITA PARA O INFERNO.

A FILA PARA CARRASCOS VOLUNTÁRIOS DE PEÇONHENTOS VERMELHOS VAI DO OIAPOQUE AO CHUÍ E ESTÁ DE PRONTIDÃO.

NEM PRECISARÁ DOS ANTIGOS ÓRGÃOS DE UTILIDADE PÚBLICA DOPS E DOI-CODI.

ESTÁ TUDO NO PENDRIVE.

NINGUÉM FICA ANÓNIMO NA INTERNET, MUITO MENOOS EM BLOGGER/BLOGSPOT.

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

O SERTÃO VOLTOU A LEMBRAR QUE BANDIDOS CANGACEIROS TEM QUE TER AS CABEÇAS EXIBIDAS NA FEIRA.

Almanakut Notícias - São Paulo - Brasil disse...

07 DE SETEMBRO DE 2021, TODOS OS BRASILEIRO, CONTRÁRIOS AO POVO DE SODOMA, NAS RUAS PARA O DIA DO BASTA.

Loumari disse...

Israel volta a impôr uso de máscara

https://www.youtube.com/watch?v=t8jVY3mLIQw

Milhares reunidos na Parada do Orgulho Gay, em Telavive, no dia em que autoridades de Israel impõem, novamente, uso de máscara em espaços fechados.

Em Israel voltou a ser obrigatório, desde esta sexta-feira, o uso de máscaras em locais públicos fechados e empresas. Uma decisão tomada depois do aumento do número de infectados pelo novo coronavírus.

Uma situação que apanhou de surpresa o país que dizia ter sido o primeiro a sair desta crise sanitária graças a uma campanha maciça de vacinação. De acordo com as autoridades sanitárias a variante Delta, que se acredita ser mais contagiosa, e que surgiu na Índia, está a propagar-se rapidamente.

Nas ruas havia quem dissesse "sentir-se triste por ter de usar máscara, porque está calor, por outro lado compreendia ser para sua "segurança" e quem garantisse nunca ter deixado de usá-la, em espaços interiores e exteriores, por se sentir em segurança.

Mais de metade dos nove milhões de habitantes de Israel já recebeu as duas doses da vacina. Desde 15 de Junho que a máscara não era obrigatória. Agora continuará a não ser, nos espaços ao ar livre. Mas não se sabe se por muito tempo já que, esta sexta-feira, milhares de pessoas assistiram a um desfile do Orgulho Gay, em Telavive, uma das maiores manifestações públicas realizadas desde o início da pandemia e sem grandes precauções. No ano passado o evento tinha sido cancelado devido às restrições impostas para conter a propagação do novo coronavírus.

euronews (em português)

25.06.2021


OBS: Há semanas atrás políticos europeu defendiam o modelo Israeli pela sua rapidez em vacinar toda a sua população, e sentiam vergonha de seus governos que não aceleravam o passo e estender rapidamente a vacina de forma geral e vacinar o maior número possível de pessoas para que pronto a vida retorne ao normal.
Apenas dois meses depois de Israel ser dado como exemplo de eficácia e performance sanitária, hoje o que estamos a ouvir? É isso o retorno à vida normal?
Agora mesmo acabo de ler no Jornal France 24 de hoje 26/06 "Austrália: autoridades reconfinam a cidade de Sydney por causa da variante Delta."

Nem pela imprensa nem pela média estão a revelar que muitas pessoas estão a contrair o COVID depois de serem administradas as duas doses da vacina e não sobrevivem. Destas mortes ninguém fala porque os meios de comunicação são todos subvencionados pela elite globalistas que tudo controlam, só se divulga o que eles querem que seja divulgado ao povo idiota.

Certas pessoas estão muito excitadas na ideia de possuir o tal passaporte sanitário. Se sentem aliviadas com poder circular livremente e ter a vida facilitada.

Passaporte sanitário? Neste passaporte sanitário você é identificado pelo teu nome ou por um código de barra?

A grande tragédia nesta humanidade é que muitas pessoas já não possuem a alma, não possuem o espírito, e quando o ser humano está já neste estado de vazio de espírito já vira um simples autómato. E quem não possui o espírito não pode ter consciência. Consciência é dom de Deus ao homem que o torna racional.

Há uma citação atribuída a Adolf Hitler que diz: "Que sorte para os ditadores que os homens não pensem"

Há uma citação de Albert Einstein sobre a tolice que diz: "Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."

Portanto, a grande maioria da humanidade extinguiu de si o Espírito de Deus. Hoje estamos em meio de sepulturas ambulantes, são humanos unicamente no seu aspecto físico, mas, interiormente, a vida está extinta. E os que já estão neste estado de morte espiritual, não nos façamos ilusão, contar que podem um dia despertar. O que morreu, morreu.

Deus e o Anjo da Guarda se retiraram destas pessoas. Todas estas pessoas desprovidas do espírito de Deus são todas pertencentes ao Grémio de Satanás. Rejeitaram a Fonte de Água Viva.

Loumari disse...

Costumam estas pessoas ler o que recebem? OU DESPREZAM E SE FIAM AO SEU PRÓPRIO INSTINTO ANIMAL E DEMONÍACO?

Porque JESUS O BOM PASTOR A SEU REBANHO NA SUA MENSAGEM DE MAIO 17 DE 2020 ADVERTIU:

"Rebanho Meu, cada ser humano deste mundo já tem um código de barra pronto, codificado e armazenado, na memória de um grande computador (Big Data) chamado "a Besta". A tecnologia 5G, é a tecnologia do "Big Brother" que estará conectada por satélite à memória da Besta. A Nova Ordem Mundial, já próximo a ser estabelecida no mundo, dirigido pelo Anticristo e toda esta tecnologia estará à sua disposição para executar o seu projecto de controle e domínio, sobre a humanidade afastada de Mim.
Ovelhas de Meu Regaço, os alerto também sobre a VACINA QUE VEM COM O NOME DE LUCIFERINA (Luciferin) OU LUCIFERASA (Luciferase), porque esta VACINA, financiada pelas Élites e promovida por Organizações Internacionais, como VACINA contra o Coronavírus e as pandemias, tem por objectivo exercer controle sobre a humanidade.
Só pelo nome desta VACINA faz alusão ao nome do Meu adversário, e bem sabeis que tudo o que venha de Meu adversário É MORTE E DESTRUIÇÃO. Não creiais, não caiam neste engano, lembrai-vos que os servos do mal, a saúde nem o bem-estar da humanidade não lhes interessa; o que eles procuram é dizimar a população mundial, para que, no tempo do Anticristo, eles possam dominar e escravizar a população restante. (A)"


Na Mensagem aqui acima de Jesus, o Bom Pastor, num dos parágrafos notaram sinalizado pela letra (A)! Isso foi para levar-vos a que vejam por vocês mesmo o que está escrito na bíblia negra da maçonaria judaica:

>>Citações do Talmude judaico: Nidrasch Talpioth, p. 225-G: “Jeová criou o não judeu em forma humana a fim de que o judeu não tenha de ser servido por animais. O não judeu é, portanto, um animal em forma humana e está condenado a servir o judeu dia e noite.”

>>Simeon Haddarsen, fol. 56-D: “Quando o Messias vier, cada judeu terá 2800 escravos.


OBS: Se acham muito espertos? a esperteza é a ciência do Diabo. E a ciência do Diabo não leva a alma a escalar para o Céu, mas em descida para as profundezas das negruras do inferno, que é o destino final de todo o imbecil, todo tolo, todo corrupto, todo astuto, todo altivo, todo falso de falsa fé, todo orgulhoso, todo prepotente, todo arrogante, todo soberbo, todo mentiroso, todo devasso, todo hipócrita, todo intrometido em assuntos alheios (caluniadores, fofoqueiros, manipuladores)...
A desobediência aos Mandamentos de Deus, a violação dos Estatutos de Deus, a prevaricação, as heresias dentro mesmo da Igreja de Cristo por aqueles que se dizem ser seus familiares, seus ministros, sendo que, são mais pastores de seu ventre, e filiados a partidos políticos e na Missa o púlpito é reservado a louvar governantes, e não ensinar o Evangelho. Hoje a grande maioria dos católicos não conhecem as Sagradas Escrituras. O seu conhecimento é baseado na presunção, e consequência disso, são tantas almas a caírem entre as garras dos falsos predicadores, religiosos ao serviço de Satanás que seduz com engano e falso evangelho.
E, toda esta massa de católicos de fortuna, contam que vão escalar para o céu sem prévios estudos aprofundados da Sagrada Escritura, vivem convencidos que vão passar a prova com sucesso, sendo ignorantes na matéria. Quantas vezes não vos dissemos: esta é a geração que vai encher o inferno.

Com esta crise criada do coronavírus, Satanás pode ver e repertoriar quem são os débeis, os facilmente influenciáveis, os facilmente manipuláveis, e também pode ver e constatar quem são os que resistem firmes na sua convicção e fé em Deus.

É claro que, se não são de Deus, não são filhos de Jesus Cristo, não podem ouvir a Sua voz e jamais Lhe obedecerão. É o que estamos a assistir na atitude e comportamento de muitas pessoas. Muita cautela com as pessoas que vocês frequentam.

Anônimo disse...

Um simpatizante da esquerda, em vez de considerar que o STF está esticando a corda (para forçar uma intervenção militar?), entende que o perigo maior é o vice-presidente participar de um golpe militar. Ou seja, a esquerda está esticando a corda e ao mesmo tempo preparando a opinião pública para o risco de endurecimento do regime, como se fosse uma aspiração irrefreável dos militares, o que apagaria a atuação dos comunistas na eclosão da Revolução de 1964 e confirmaria na sensibilidade das pessoas (o que permanece na memória) a narrativa da história reescrita pelos comunistas ensinada nas escolas. Está na hora de o governo considerar as narrativas da esquerda para os movimentos do governo Bolsonaro, pois isso faz parte da estratégia dos comunistas para manchar qualquer atitude heroica do governo perante a opinião pública. Eles estimulam uma tendência do ser humano de desconfiar dos motivos nobres de seus semelhantes. Por isso, é tão importante o presidente não perder apoio das pessoas apolíticas, que, por não se interessarem em acompanhar as jogadas dos comunistas e por serem informadas pela MSM, irão avaliá-lo como pessoa de bem pelo acúmulo de impressões positivas ou negativas de seus gestos e palavras.
Por exemplo, sua declaração para as pessoas que estão desesperadas para sair de casa se vacinarem não compensará, na sensibilidade dessas pessoas, o fato de a mídia dizer que ele atrasou a aquisição de vacinas. Como será difícil explicar aos apolíticos as razões do presidente, o melhor seria ele garantir a boa disposição dessas pessoas com a imagem que ele projeta. Ele poderia aproveitar a orientação que o Padre Jonas Abib deu a um temperamental e explosivo cantor carismático da Canção Nova: que ele deveria "explodir" no palco. O presidente precisa trabalhar para canalizar (não abafar) proveitosamente seu temperamento.

Anônimo disse...

Invadiram o seu blog .

Anônimo disse...

As FFAA são instituições republicanas desde a proclamação em 1889 e os policiais militares têm sua orientação. Então, que avaliação foi essa do Tribunal Militar ao inocentar o policial que estuprou uma mulher que pegou carona na extensão da repartição pública Distrito Policial que é a viatura, sob a alegação de que ela não ofereceu resistência (como se fosse uma embriagada em alojamento estudantil)? Na República, todos são cidadãos com direitos e deveres, e merecem respeito do poder público mesmo que fosse uma prostituta.
Essas avaliações fazem parecer que os militares vivem em um mundo paralelo à República e desfazem a imagem que os civis mais velhos tentam demonstrar aos mais jovens sobre sua atuação na Revolução de 1964. Que mulher voltará a confiar na polícia como mantenedora da ordem e do direito dos cidadãos que ela deve proteger? Que tipo de formação é dada aos policiais com essa sentença do tribunal?
O presidente Bolsonaro foi eleito como uma ponte entre o mundo civil e o militar para devolver aos militares a confiança que a sociedade havia discutido com a campanha caluniosa e difamatória incessante da esquerda, como parte da agenda revolucionária. É suficiente a atitude estabanada do presidente com as mulheres eleitoras para diminuir sua intenção de voto. Não precisamos acrescentar policiais com atitude de bandidos e sentenças complacentes. Ele ainda não entendeu que, se for respeitoso e isento com TODAS as mulheres (mesmo as histéricas provocadoras da esquerda; ele tem que treinar respostas, porque o foco das provocações não muda), suas diatribes contra os adversários serão vistas como audácia; se destratar as mulheres, será visto como um grosseiro desajustado social e sua agenda inovadora não encontrará eco nessa metade do eleitorado.