sábado, 3 de julho de 2021

Brasil expurga seus tumores


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Facebook - @alertatotal

O Poder Supremo continua desequilibrando a institucionalidade no Brasil. O Presidente Bolsonaro reclamou da atitude de ministros do Supremo Tribunal Federal em fazerem campanha aberta, pessoalmente, no Congresso Nacional, contra a aprovação do voto impresso pela urna eletrônica. O Presidente não citou nomes, mas qualquer um pode constatar que os militantes supremos contra o aprimoramento do sistema eleitoral são Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso e José Dias Toffoli. Moraes será o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral e vai cuidar da próxima eleição presidencial.


Se pensarmos um País como um organismo vivo, o Brasil tem diversos Tumores espalhados pelo corpo. São malignos e frutos de uma estrutura socioeconômica oligárquica, medieval e rentista. Um desses “cânceres” mais visíveis atualmente resulta da decisão da nossa oligarquia feudal, que está obrigando seus submissos representantes institucionais, aqueles representados na Corte Suprema brasileira, a assumirem um papel de protagonismo político incompatível com as regras republicanas. Trata-se do Poder Supremo - acima de tudo e de todos, atropelando o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. Parece que a toga preta só teme a farda (verde-oliva, branca ou azul).

A postura Suprema é pura Ignorância Histórica. Aliás, não existe exemplo histórico de militância política de Ministros de Supremas Cortes, em nenhuma democracia ocidental. O Supremo não é “o Judiciário”. Apenas faz parte deste fundamental poder. Assim, o poder moderador que o Judiciário representa nas repúblicas proíbe formalmente que os magistrados tenham lados, que promovam ativismo político e atuem no embate democrático. É REPUBLICANO que aos Julgadores, ao Juiz seja imposta a sagrada obrigação da imparcialidade objetiva, subjetiva ou ideológica. Qualquer outro comportamento é ilegítimo. 

O resultado já está definido. Poder Supremo legítimo é o do povo. Historicamente, o Poder Moderador, quando extrapola e abusa da autoridade, acaba rigorosamente “enquadrado” pela sociedade, de forma pacífica ou belicosa e seus líderes são expurgados. Parece ser esse o destino dos minis Supremos tupiniquins. São sérios candidatos à substituição. Não podem mais se esconder atrás de uma Constituição deficiente, prolixa, mal regulamentada. A Carta de 1988 produz insegurança jurídica. Precisa ser substituída, reformada e adaptada à realidade do País, junto com um enxugamento da excessiva quantidade de normas legais em vigor. O regramento excessivo só facilita a desgovernança pelo regime do Crime Institucionalizado. 

A institucionalidade depende de um embate equilibrado, civilizado, legal e legítimo entre os poderes. Por causa dos abusos e desmandos do Poder Supremo, já estamos em processo de metástase institucional avançada. A metástase do ativismo e militância daqueles que se comportam como membros de um suposto órgão máximo do Poder Judasciário. É impensável tanta injustiça e impunidade com a corrupção, se não houvesse uma cumplicidade sistêmica da Toga Brasileira, incluindo-se aqui aparato do Ministério Público, na União e nos Estados, pecando por omissão ou rigor seletivo. O estilo “gestapo” da máquina judasciária precisa ser questionado e combatido, pois atenta contra a Liberdade.

Com as Redes Sociais a todo vapor, diariamente, vemos casos em que Criminosos LAZARENTOS são libertados após praticarem crimes absurdamente cruéis. Os bandidos impunes voltam a praticar os mesmos crimes. A falha beneficia infratores menos poderosos. Mas o ápice da impunidade favorece aqueles criminosos que detêm influência política e alta capacidade econômica. Eles contratam as maiores bancas de advocacia - aquelas que têm trânsito livre e muita influência pessoal junto aos membros da oligarquia dos tribunais superiores. O regramento excessivo é utilizado, pragmaticamente, para justificar a punição e o perdão, conforme as conveniências políticas, econômicas e ideológicas.

Nunca assistimos a tanta exposição pública, midiática e atuação política dos nossos mini Supremos. O curioso é que nem sempre agem dolosamente, mas culposamente. A natureza do jogo cleptocrático que domina o Brasil os obriga a assumir a linha de frente da batalha, dando entrevistas diárias defendendo o “Mecanismo”, atacando os chefes dos poderes Executivo, Legislativo e até do Judiciário. A Suprema Corte brasileira entrou de peito aberto no protagonismo do embate político. Assim, perde e corrompe o papel originário de guardião da Constituição - por mais criticável que seja a Carta Magna.

Trata-se de uma típica atitude de “Republiqueta das Bananas”. Os exemplos de “Estado Policialesco” são assustadores. Inquéritos patrocinados sem a legal participação do Ministério Público. Jornalistas Investigativos sendo presos por exercerem suas profissões e expressarem suas opiniões. Um absurdo ataque ao constitucional direito de liberdade de expressão. O perdão forçado a corruptos notórios, devolvendo-lhes os direitos políticos e a capacidade de continuar delinquindo economicamente.

A população brasileira não suporta mais tanto caos. Cidadãos honestos, ordeiros, trabalhadores, cumpridores das Leis, que se sentem “idiotas”, começam a se revoltar. A maioria não suporta mais ver governadores, prefeitos e suas gangues políticas desfilando pelas ruas de suas cidades em carros caríssimos, expondo nas redes sociais suas vidas luxuosas, mansões, festas riquíssimas, ostentações grotescas incompatíveis com suas rendas de “servidores” públicos. Como no clássico samba do imortal Noel Rosa, “o povo já pergunta com maldade, onde está a honestidade… Onde está a honestidade?” 

Enquanto a organizada bandidagem reina, o “Mecanismo do Crime Institucionalizado” ataca impiedosamente a Lava Jato, soltando criminosos que devolveram mais de R$ 11,9 BILHÕES para os cofres públicos. Ao inocentarem esses criminosos fica a pergunta: se não tivessem roubado tamanho volume de recursos como seria possível terem tantos bilhões para devolverem? “O roubo” existiu. Foi real, material, comprovado. Com a cumplicidade criminosa de algumas empresas de comunicação, apelidadas de imprensa ou de mídia, e com a conivência de alguns mais profissionais remunerados pelos corruptos, o “Mecanismo” busca continuar operando impunemente. Até quando? 

Outro Tumor inquestionável é a opção adotada por empresas de comunicação que, em afronta absurda aos princípios da Liberdade de Expressão e Liberdade de Imprensa, ocultam fatos, distorcem informações que já são públicas e notórias e que circulam amplamente nas redes sociais. Tais “quadrilhas” de comunicação se mostram despreparadas para a Era Digital. Não entenderam que um país com aproximadamente 250 milhões de smartphones, com pleno acesso às informações na internet, é uma população que não pode mais ser tutelada, manipulada ou enganada por um noticiário feito para idiotas ou doentes mentais.

As quedas nos índices de audiência de programas jornalísticos destas “quadrilhas” de comunicação já são notícia nas mídias sociais. Impossível esconder. Historicamente dependentes de verbas públicas para o próprio custeio tais empresas se divorciaram do seu principal objetivo: seus leitores e telespectadores. Veículos de comunicação e imprensa, em confronto direto com seus leitores, é equação de resultado conhecido. A audiência está migrando. Temos nas redes sociais dezenas de celebridades, personalidades públicas e programas estilo Talk Show que ultrapassam 10 Milhões de seguidores. E eles estão sintonizados com seu público.

A velha mídia, a velha imprensa morreu. Curioso é que alguns de seus integrantes ignoram ou fingem não saber dessa “notícia fúnebre”. Felizmente… Os jovens de hoje, o público com menos de 40 anos de idade recebe informações em tempo real, instantâneo, sem filtros, da fonte por ele escolhida. E não perdoam quando se sentem manipulados. Trocam de fornecedor de informação, imediatamente. 

Assim é e será o Século 21. Sociedades democráticas, intolerantes com suas elites oligárquicas e medievais, elegendo políticos e representantes com valores éticos, morais e sociais compatíveis com os seus. O Povo nas Ruas, a mobilização política dos cidadãos é a nova face da vida pública no Brasil. Não é uma tendência, mas um novo País. Um novo Brasil está nascendo de dentro do velho Brasil. Sem temores, expurgamos nossos tumores. O processo histórico está em andamento.


#3em1 - Jorge Serrão analisa como a abertura de inquérito pela PGR contra @jairbolsonaro reflete ação do STF de impor soberania sobre os outros poderes, junto com aumento da pressão de partidos políticos para desgastar a imagem do presidente https://youtu.be/6J2l6XmEJnc


    

Veja, também, no 3 em 1 - Uma análise sobre os candidatos à sucessão presidencial de 2022, em quatro diferentes visões.  https://youtu.be/Rjtu_PQWOLY

 









Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://www.amazon.com.br/s?k=A+ULTIMA+MARCHA+DA+MA%C3%87ONARIA&__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&ref=nb_sb_noss_2

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Flamenguista. Editor-chefe do Alerta Total. Comentarista Político da Rede Jovem Pan.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 3 de Julho de 2021.

9 comentários:

Anônimo disse...

IGNORANTE E MUITO BURRO É QUEM DEFENDE O VOTO IMPRESSO, SERIA O COMPROVANTE PARA A VENDA DE VOTOS,O VOTO TROCADO POR,PROMESSAS DE CONSULTAS MÉDICAS, CIRURGIAS,ESCRITURAS, PROJETOS,DENTADURAS, PARES DE BUTINAS,EMPREGOS OU UNS TROCADOS... IMAGINEM ENTRAR NA JUSTIÇA CONTRA UM MAFIOSO QUE COMPROU O MEU VOTO E NÃO PAGOU,VOTO IMPRESSO É VALIDO APENAS NA CABEÇA DE MÉRDA DE UM PRESIDENTE DE BOSTA QUE É CAPAZ DE MANDAR MATAR QUEM NÃO COMPROVAR QUE VOTOU NELE... ESSE PRESIDENTE E TODOS OS QUE APOIAM AS SUAS IMBECILIDADES DEVERIAM SEREM PROCESSADOS POR ESTELIONATO... ESTE LIXO VAI TER QUE PASSAR A MAIÓR VERGONHA DA SUA VIDA NAS URNAS QUE ELE ENVERGONHOU QUANDO JOGOU OS POBRES NOVAMENTE NAS FILAS DE ESMOLAS POR SER O MAIÓR INCOMPETENTE E VIGARISTA QUE JÁ PASSOU POR AQUI...

Loumari disse...

EDSON GLAUBER E APPARIZIONE DEL 14 NOVEMBRE 2020 (aprite le orecchie) (Abrir os olhos)

https://www.youtube.com/watch?v=uw9iEEbE3YM

Loumari disse...

FIAT VOLUNTAS TUA !

Fiat voluntas tua, sicut in caelo et in terra. Seja feita a tua vontade, como no céu e na terra.


JESUS CRISTO: Eu quando comunico com as almas, não olho pelas dignidades delas, nem se são bispos ou papas, o que reparo nelas é que se estão despojadas de tudo e de todos, olho se nelas é, tudo, tudo amor por Mim...

(Extracto do Livro do Céu 10-14, Luisa Piccarreta


JESUS CRISTO: Eu não sou compreendido por quem não está despojado de todos e de tudo, a minha voz soa mal aos seus ouvidos, até porque a minha voz lhe parece a coisa mais absurda...

(Extracto do Livro do Céu, 10-12, Luisa Piccarreta)


JOÃO 7:24 Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a recta justiça.


1 SAMUEL 16:7 Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a altura da sua estatura, porque o tenho rejeitado, porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha o coração.


MATEUS 23:12 E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.


Loumari disse...

DIZ JESUS: OLHA PARA O SEIO DE MINHA MÃE!

Minha filha, não te distancies de Mim, não Me deixes só, Meu Amor quer companhia, este é o excesso desejo do Meu Amor, não querer ficar só. Queres tu saber de quem desejo esta companhia? Da criatura. Olha para o seio de Minha Mãe, Comigo estão concebidas todas as criaturas, junto Comigo.

(Extracto do Livro do Céu, vol. 1. Luisa Piccarreta)

Anônimo disse...

Bom dia .
Estamos em meio a uma guerra.
Guerra entre nova ordem mundial e o comunismo chinês e está sendo travada dentro do Brasil.
Cada lado procura seus inocentes úteis .
Pôr outro lado , imperdoável dos que proclamaram a República em 1889.

Paulo Helmich disse...

E esse Chicxulub.2 que está demorando para vir!! Passou da hora!! Os humanoides estão a merecê-lo!!!!

Chauke Stephan Filho disse...

Anônimo, aprenda a escrever, meu filhinho. Por que não consulta uma cartilha de gramática do português? Sugiro que comece pelo capítulo sobre as regrinhas de acentuação.

Sim, filhinho, eu sei, nós viemos da selva, mas não podemos voltar para lá. Não escreva como faria um macaco bem treinado.

Você conhece alguma palavra paroxítona terminada em a acentuada, além de "mérda"?

Como você quer ser grande escrevendo "maiór"? Isso faz você menor, mas o Brasil não pode ser pequeno.

Portanto, cresça, ou desapareça, para não envergonhar ainda mais o Brasil.

Anônimo disse...

CHAUKE, PRA QUEM SABE LER UM PINGO É LETRA...VOCÊ ENTENDEU O CONTEUDO??? VÁ TOMA NO SEU KÚ... UM LADRÃO COMO VOCÊ E A SUA TURMA QUE ROUBA A ESCOLA DO POVO SÃO QUEM ENVERGONHA O PAIS...

Anônimo disse...

Oh Anônimo das 03:37 PM, és muito mal informado ou estás desinformando, escreves errado e/ ou não tens ideia do que seria o voto impresso....! Um voto que é impresso e fica visível, depois dele votar sozinho oela urna eletrônica na cabine de votação, e aí o eleitor confere e o voto impresso cai dentro da urna lacrada. Nunca, mas nunca sai na mão do eleitor!!! Ao final do dia, no encerramento da votação, como já e feito hoje, é emitido da urna o BU - boletim de urna da seção, com os totais de votos por partido / candidato! Mas haverá ainda a apuração dos votos impressos que ficaram na urna, pelos mesários de cada seção ali mesmo, daí os totais de votos em cédula serão comparados com os totais do BU,se não bater, recontam os votos impressos e de novo não batendo com o BU, valerá a contagem manual que subirá para o TSE. Esta seria uma proposta. Desmente agora e demonstra que é mais seguro do jeito que é hoje. Vai conhecer melhor o que seria o voto impresso primeiro...!!!!