sábado, 24 de novembro de 2007

Doença Nacional

Edição de Artigos de Sábado Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Maria Lucia Barbosa

Se você, caro leitor, não tem o hábito de ler jornais e sua informação deriva apenas do que é veiculado pelas redes de televisão, irá crer com fé inquebrantável que Deus é brasileiro porque nosso país é o próprio paraíso na terra depois que Lula da Silva ascendeu ao poder. A Saúde, disse o presidente, está perto da perfeição. O desemprego caiu. Os pobres comem três refeições por dia porque o programa Fome Zero deu certo. O mundo se curva para o Brasil, mesmo porque, ganhamos o jogo contra o Uruguai.

Portanto, essa coisa de caos aéreo, caos da Saúde, caos do gás, impostos escorchantes, entre eles a famigerada CPMF apresentada como salvação nacional, falta de infra-estrutura, fracasso de políticas públicas, violência urbana chegando a níveis insuportáveis, violência praticada pelos chamados movimentos sociais ligados a Via Campesina, como o MST e congêneres, não existem. São intriga da oposição, mentiras dos que não aceitam que o Brasil deu certo. Tão pouco existe corrupção no governo, apesar da queda constante de ministros ou de casos escabrosos onde petistas, diante de montanhas de provas e evidências se declaram inocentes, enquanto seu líder afirma que nada vê, de nada sabe. Afinal, ele é apenas um pobre presidente da República.

Assim, idiotizados pela propaganda, enlevados pelo mito do “pobre operário” cuidadosamente construído pelo PT, aceitamos com naturalidade a total inversão de valores que aos poucos vai erodindo o que resta de nossa civilidade. Temerosos de infringir o politicamente correto damos por certo que elite é um termo pejorativo ao invés de significar produto de qualidade.

Nos curvamos ao veneno destilado pelos seguidores dos novos donos do poder que, usando a velha tática de dividir para dominar, a qual por sua vez é indutora de simplismos maniqueístas, divide a sociedade entre maus (aqueles que não são do PT) e bons (os que são petistas); elites (ricos maus e exploradores, em que pesem as doações dos grandes empresários para as campanhas milionárias do mitológico pobre operário e do fato deste e de seus mandarins da cúpula petista terem chegado ao paraíso da burguesia) e pobres (classe majoritária que foi resgatada das garras do capitalismo selvagem por LILS, o iluminado salvador da pátria); brancos (transgressores dos direitos humanos e opressores dos negros) e negros (cujo direito de odiar brancos e agredi-los é algo natural, como disse uma ministra do bondoso pai Lula). E temos apenas dois partidos: PT e PSDB (quem não pertence ao Partido dos Trabalhadores fatalmente é tucano, ainda que não faça parte de nenhum partido).

Acentua-se no Brasil, portanto, o etnocentrismo, ou seja, o julgamento que tudo o que é de alguns é bom e de outros é mau. É o radicalismo do “meu” e do “seu”. Não temos meios termos. Não existem morenos, mulatos, cafusos. Ou se é negro ou se é branco. Ninguém se salva fora do PT e todos que pertencem ao PT são cidadãos acima de qualquer suspeita, façam o que fizerem.
A chamada base governista, ou adesistas de ocasião, capazes de se vender a qualquer preço, mesmo por um “chinelinho novo”, não possuem tanta imunidade. São usados e depois jogados fora.

Que o diga o PMDB, partido cujos integrantes, segundo uma amiga internauta, trazem na testa um código de barra, é só passar em qualquer maquininha que sai o preço. Aliás, os mais experientes políticos de diversos partidos nunca aprendem que o PT possui leis próprias, entre elas, esmagar os que não pertencem à casta dos companheiros, triturar os que ajudam o partido e ao seu líder máximo.

Caminhamos rumo ao atraso e a decadência, sob o comando do espaçoso Hugo Chávez, mas vamos felizes entre uma partida de futebol e outra. Afinal, não vamos sediar a Copa do Mundo? Querer mais o quê?

E enquanto o povo se alegra assistindo futebol, gesta-se nos bastidores do poder o terceiro mandato do amado avatar, Lula da Silva. Quem poderá impedi-lo? E que outro mito o PT possui para se perpetuar no poder? Como o próprio presidente afirma que seu comandante Hugo Chávez é um democrata, basta seguir seus passos, como, aliás, vem acontecendo de forma mais branda, conforme a marca registrada brasileira da dubiedade.

Calmamente, cuidadosamente o PT fabrica sua ditadura sob aplausos gerais e toques de tambores de guerra de seus estridentes e fanáticos militantes e simpatizantes. Alertas parecem soar inutilmente enquanto triunfa a ignorância, a truculência, a incompetência, a corrupção. A decadência da nossa sociedade já é uma doença que parece incurável, pois progrediu muito.

Perdemos nossa elite no sentido dos melhores, dos mais virtuosos e isso faz lembra o portentoso pensamento de José Ortega y Gasset em Espana Invertebrada: “quando a massa nacional chega a determinado ponto, são inúteis os argumentos racionais. Sua enfermidade consiste, então, no fato de que a maioria não se deixará influenciar, fechará freneticamente os ouvidos e pisoteará com mais força naqueles que queiram contrariá-la”. A partir daí se segue o triste espetáculo dos piores suplantando os melhores”.

Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga

13 comentários:

Glauko disse...

infelizmente a realidade do pais nao contempla mais do que 1 minuto de raciocinio logico antes de sermos bombardeados com a proxima mediocridade qualquer, criada por aqueles que querem distrair,
desgovernar, desproteger....

ordo ab chao,

coitado dos brazucas

Eraldo Angelo disse...

Dividir para enfraquecer. Enfraquecer para dominar. Inbecilizar a juventude. Dominar a grande mídia. Propaganda enganosa ... Isto me faz lembrar um certo livro, escrito no início do século passado, em que estão previstas essas coisas ... Deixa pra lá.

Anônimo disse...

Quer fazer o povo brasileiro acordar e ir pras ruas?? É fácil.

Aumente o preço da cachaça em 10 vezes, tripliquem o preço do ingresso da arquibancada no futebol e fechem os sambódromos de Rio e SP.

Rs...

Enquanto isso vamos vivendo no país do "SOMOS O QUE PODEMOS SER, SOMOS O QUE PODEMOS TER".

Anônimo disse...

Maria Lucia,
Como sempre, excelente artigo.

Anônimo disse...

Profa. Maria Lúcia,

Quando o MULLA ascendeu ao poder, comentávamos entre amigos, aqui em POA, que o Brasil iria conhecer o que era um governo Petista, pois a nossa amarga experiência nessa cidade, quando por 16 anos POA se transformou num hospício ao ar livre,e, depois, no governo do RS, com um gambá se elegendo e transformando o estado rico numa Uganda Pampeana, que levará 50 anos para se recuperar.

Anônimo disse...

Saudações.

Assunto:
ATÉ QUE PONTO DAS “ENTRANHAS DA TERRA” NÓS CONSEGUIMOS CHEGAR.

Fato verídico!!!

Absolutamente verídico !!!

(não daremos os nomes e endereços porque o “síndico” pediu discrição)

FATO:

O zelador de um prédio em Natal/RN, pediu à administração do condomínio onde trabalhava que o demitissem.

Contou o motivo:
. . . tem dois cunhados desempregados, lá mesmo em Natal, e que, por conta da

Bolsa Escola,
Cartão Cidadão,
Cartão Alimentação,
Vale Gás,
Transporte Gratuito,
Vale-Refeição (acreditem - Vale-refeição)

. . . e demais benefícios do nosso (des)governo, dados a título de esmola (voto de cabresto), vivem melhor que ele.

Aí paramos . . . e fomos fazer umas continhas:

1. Bolsa escola - R$ 175 para cada filho que freqüente as aulas (suponhamos que sejam apenas dois) = R$ 350,00 (em dinheiro);

2. Cartão cidadão (cujo intuito é restituir a cidadania) = R$ 350,00 (em Dinheiro);

3. Vale gás (um por mês) = R$ 70,00;

4. Transporte (calculamos 4 passagens diárias, que é uma boa média) R$8,00/dia x 20 dias = R$ 160,00;

5. Vale refeição (um por dia) R$ 3,50/dia x 30 dias x 4 pessoas (ele a Esposa e os dois filhos) = R$ 420,00;

Total em dinheiro - R$ 700,00

Total em serviços - R$ 650,00

Total mensal - R$ 1.350,00

Observação nº1 :
O salário do zelador acrescido de horas extras e tudo mais (neste caso) girava em torno de R$ 830,00/mês.

Observação nº2:
Tudo isso é o estabelecido pela *LEI No 10.836, de 09 DE JANEIRO DE 2004*.


Caso não acredite e tenha dúvidas, consulte:

http://www.planalto..gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Lei/L10.836.htm

Como o zelador tem três filhos em idade escolar, para ele é vantajoso ficar desempregado e ter esses benefícios.

Seu “salário desemprego” irá girar em torno de R$ 1.525,00, quase o dobro do que ganha trabalhando.

Sabe quem paga por isso?

“NÓS”, os “OTÁRIOS” que damos um duro danado e passamos restrições que só nós sabemos para conseguir sobreviver com dignidade !!!

Pergunto:
Porque você acha que o Nordeste em peso votou no Lula?

Atenciosamente.
Manoel Vigas

Anônimo disse...

Resumindo, inversão dos valores éticos, morais é o que estamos assistindo, paralisados e perplexos diante de tanta incompetência. Beira o caos! Pasmem!
Parabéns pelo texto, irretocável!
Maria Cristina SP/SP

Anônimo disse...

Céus! São 18:00 hs e ninguém, absolutamente nenhum brasileiro comentou "Doença Nacional". É de uma verdade tão verdadeira, tão contundente que deixa a todos estáticos, roxos de vergonha. Aquela vergonha envergonhada de quando "se pega alguém com a boca na botija", DOEU, mas é a mais pura verdade, que nenhumA máscara pode encobrir. Enquanto isso, todos ficamos "encolhidos" por ser branco, por ser remediado, por ser rico, por ser elite, por não esquecer os "r" , os "s", por ter um título universitário e... por não precisar de "Bolsa Esmola", "bolsa Escola", "Bolsa Enrola" e "Kit Pariu" como aqui, no meu estado. Dispenso o blush, o rouge ou o carmim. Estou corada de vergonha por suportarmos tanto indecoro!!!!!!!!!!

JOSÉ disse...

Prezados Manoel Vigas e anônimo das 5.20PM, já cansei de me “esgoelar” sobre o que vocês comentam. Esse projeto de detonação vem de muitos anos. Só que atualmente, com sofisticadas tecnologias de induções subliminares, o “bicho” está “pegando” e, feio!
É hora de lutar, e muito. A continuar assim, em 15 anos no máximo, não haverá nenhum ser pensante (coitados dos meus netos!).
Teremos uma só classe: a dos recebedores de esmolas da canalha que nos desgoverna. Fico curioso em saber quem financiará tudo isto?
Não sou pessimista e, sim realista.
Vamos usar, enquanto for possível,
a “rede”, não para “anexos pps” com música e lindas mensagens, mas sim para lutar. Ou a Palavra de Jesus chegou até nós, por omissão dos que acreditaram N'Ele? Não tenho religião, mas vida sem dignidade é pior que a morte. Em tempo, morte não é doença nem castigo!
Mas como diz uma famosa rede de televisão: “a gente se vê por aí”. Será?
Braga

JOSÉ disse...

Prezados Manoel Vigas e anônimo das 5.20PM, já cansei de me “esgoelar” sobre o que vocês comentam. Esse projeto de detonação vem de muitos anos. Só que atualmente, com sofisticadas tecnologias de induções subliminares, o “bicho” está “pegando” e, feio!
É hora de lutar, e muito. A continuar assim, em 15 anos no máximo, não haverá nenhum ser pensante (coitados dos meus netos!).
Teremos uma só classe: a dos recebedores de esmolas da canalha que nos desgoverna. Fico curioso em saber quem financiará tudo isto?
Não sou pessimista e, sim realista.
Vamos usar, enquanto for possível,
a “rede”, não para “anexos pps” com música e lindas mensagens, mas sim para lutar. Ou a Palavra de Jesus chegou até nós, por omissão dos que acreditaram N'Ele? Não tenho religião, mas vida sem dignidade é pior que a morte. Em tempo, morte não é doença nem castigo!
Mas como diz uma famosa rede de televisão: “a gente se vê por aí”. Será?
Braga

bastilha disse...

Enquanto o mentecapto gorila bolivariano, ameaça prender e arrebentar com os padre e bispos da igreja católica...

seu preposto Stédile, promove a anarquia generalizada em terras produtivas.

Assistam detalhes sobre as verdadeiras intenções do MST na invasão da fazenda Coqueiros, que é TOTALMENTE PRODUTIVA e pertence à Família Guerra há 98 anos.
Hoje eles invadem terras, amanhã estarão dentro das nossas casas e então, nada mais poderá ser feito.

www.rejabrasil.blogspot.com


e o povão analfabeto do brasiuvaroniu, esperando a copa chegar....

não cemos um povo patriota e valente?


isso vai dar mierda lá, e merda cá!

bastilha disse...

sorry


errata

www.reajabrasil.blogspot.com

Anônimo disse...

Maria Lúcia,
ainda bem que temos o seu trabalho, o do Jorge e de outros, que abre nossos olhos e mostra a verdadeira cara do PT, porque se depender da propaganda veiculada na televisão sobre o governo, o paraíso é pouco. E eu? Onde será que que eu vivo mesmo?