segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Relatório de inteligência dos EUA confirma ligações entre Foro de São Paulo, terroristas e narcoguerrilheiros

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Breve, a Rádio Alerta Total no seu computador.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Exclusivo - Transformou-se na mais recente dor de cabeça do presidente Lula da Silva um relatório reservado do Departamento de Estado norte-americano que revela as articulações da cúpula do Foro de São Paulo com organizações terroristas - que se aproveitam do dinheiro do tráfico internacional de drogas para financiar suas ações de terror. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) teve acesso ao relatório em que a CIA e a coordenação de contraterrorismo do Departamento de Estado dos EUA informam, extra-oficialmente, sobre as ligações perigosas dos presidentes Hugo Chávez (Venezuela), Evo Moralles (Bolívia) e Daniel Ortega (Nicarágua) com narcotraficantes e guerrilheiros. Os três são da cúpula do Foro de São Paulo – balaio de gato que mistura partidos políticos de esquerda com ONGs e movimentos de esquerda armados (guerrilhas aliadas de narco-varejustas) na América Latina.

O Alto Comando do Exército sabe do teor do explosivo documento. O especialista de assuntos estratégicos de um grande jornal brasileiro, também – mas não pode divulgá-lo. Mas o Alerta Total apurou que o texto reservado tem o dedo de Joseph Cofer Black – que desde fevereiro deste ano é o presidente do The Black Group, que trabalha com “soluções totais em inteligência”. Antes deste empreendimento, por dois anos, Black foi vice-presidente da Blackwater USA – uma famosa empresa que funciona como um “exército privado". Antes disto, até 2005, Cofer Black foi coordenador de Contraterrorismo do Departamento de Estado norte-americano. Durante 28 anos, foi da diretoria de operações da CIA – a central de inteligência dos EUA. Informes de inteligência estimam que a Blackwater e o Black Group têm pelo menos 15 mil paramilitares de elite na América do Sul – grande parte nas regiões de fronteira do Brasil.

Uma das principais novidades do informe é sobre a origem da famosa droga sintética muito popular entre os jovens adeptos das festinhas de ravé. O documento reservado denuncia que o ecstazy que abastece a América Latina vem do Irã. O mais grave é que a droga chegaria ao continente através da Venezuela. O informe norte-americano revela que Hugo Chávez faz vista grossa para isto. Os EUA também têm indícios da colaboração direta de Chávez e Moralles com as FARCs colombianas. Também detectaram um foco de prováveis terroristas iranianos em Foz do Iguaçu. Os terroristas serviriam para apoiar as ações de guerrilha na expansão da revolução bolivariana. O relatório também indica o que todo mundo já sabe: Chávez usa o dinheiro do petróleo para expandir seu poder pessoal, em armamento, propaganda e treinamento de milícias para deflagrar sua revolução bolivariana.

Outro informe-velho é que os analistas de inteligência norte-americanos avaliam que o presidente Lula teme o poderio bélico de Hugo Chávez – que é o coordenador militar do Foro de São Paulo. Mas o relatório reservado dos norte-americanos aponta que a grande ameaça geopolítica para o Brasil é o presidente da Bolívia. O informe assegura que são fortes os indícios de que Evo Moralles tem intenções de tomar o Acre do Brasil. Para isso, o índio reforça sua fronteira de selva com um contingente de 23 mil homens. As tropas bolivianas teriam maior e melhor capacidade de armamento que o Exército Brasileiro.

Os norte-americanos advertem que Chávez e Moralles pretendem radicalizar na ocupação militar das regiões de fronteira. No entorno do Acre, os dois pretendem colocar 27 mil homens em mais de 20 quartéis a serem implantados. Na fronteira com o Amazonas, os planos bolivarianos de curto prazo são para construir outras dezenas de quartéis com 30 mil homens treinados mais bem armados que os brasileiros.

Recado ao operador brasileiro de Chávez

Os norte-americanos já identificaram quem é o operador do dinheiro de Hugo Chávez em múltiplos investimentos no Brasil.

O gestor do venezuelano virou alvo de observações pela fúria com que vem adquirindo o controle de empresas tradicionalmente norte-americanas, além dos grandes volumes de aquisições de terras nos estados de São Paulo e Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Os analistas de inteligência dos EUA também identificaram que a máfia russa e os iranianos participam desta parceria de negócios.

Como o gestor é um grande parceiro dos especuladores ingleses, os norte-americanos recomendam que ele ponha sua elegante barba de molho.

Em tempo: antes que alguém especule, o camarada não é o Zé Dirceu (que não tem barba), muito embora também faça negócios com os russos (vide o caso do Corinthians).

Parceria explosiva

Os analistas de inteligência dos EUA falam abertamente em parceria de Chávez com a Al Qaaeda.

As milícias da Venezuela são treinadas no Irã.

A mulher que invadiu recentemente um estúdio de tv para agredir o apresentador venezuelano foi identificada como uma miliciana, que já viajou 7 vezes para treinamentos no Irã.

Grande dúvida

Se os EUA sabem de tudo isso, por que não fazem nada, diretamente?

Os EUA agora não podem se preocupar diretamente com a América do Sul, por causa da frente aberta no Iraque.

Os analistas de inteligência avaliam que outra frente, principalmente para ações de guerra na selva, seria derrota certa.

Alternativa diplomática

Por isso e por enquanto, o Departamento de Estado dos EUA se limita a fazer pressões no Comitê Interamericano contra o Terrorismo (Cicte) da Organização dos Estados Americanos (OEA).

As metas principais do governo Bush no combate ao terrorismo são: derrotar as organizações terroristas atacando suas lideranças e seus sistemas de financiamento e comunicação;

E também cooperar com outros países para que eles se recusem a continuar patrocinando, apoiando ou abrigando terroristas

Bronca do desprestigiado

Os norte-americanos indicam que Lula está irritado e perdido porque ficou fora de todo este processo pela hegemonia do poder no Foro de São Paulo.

Os norte-americanos também revelam que o presidente de Cuba, Fidel Castro, deu uma “chamada” em Chávez para que o venezuelano tenha moderação na condução dos movimentos revolucionários.

Não é por coincidência (que não existe) que Lula fará uma viagem, nas próximas semanas, para um encontro com Fidel Castro, o comandante do Foro de São Paulo, que pedirá ao brasileiro uma ofensiva contra o companheiro bolivariano.

Em tempo: os EUA avaliam que, com a morte de Fidel, Chávez quer pegar Cuba antes dos EUA.

Velhas críticas ao Brasil

No final de abril de 2006, o Departamento de Estado americano fez críticas à política de combate ao terrorismo adotada pelo governo brasileiro.

O ataque foi em um relatório anual sobre o terror no mundo, no qual ficou escrito que o Brasil "não ofereceu o apoio político e material necessário para fortalecer as instituições antiterroristas".

O relatório reclamou que o Brasil "preferiu não estabelecer um regime de designação de organizações terroristas" similar à "lista negra" criada por Washington.

O documento destacou o problema do controle da Tríplice Fronteira (entre Brasil, Argentina e Paraguai), que foi apontada como cenário de "arrecadação de fundos" por parte do Hizbollah (grupo extremista islâmico libanês que recebe apoio sírio e iraniano) e do Hamas (grupo extremista islâmico).

Negócio de futuro

Os analistas de inteligência norte-americanos já sabem que os narcovarejistas brasileiros pretendem alcançar o controle da distribuição de drogas no atacado e conquistar a liberdade de comércio no varejo.

Por isso, os narcovarejistas brasileiros fazem parcerias com seus companheiros da Bolívia e da Colômbia.

Na Bolívia, de onde partem 80% da cocaína consumida no Rio de Janeiro, a produção da coca é independente, feita pelos lavradores.

O refino boliviano fica a cargo dos cartéis, que negociam com quadrilhas do Brasil e Paraguai.

Ajuda ao Brasil

Na Colômbia, o cartel poderoso é o do Valle.

O cartel produz, refina e vende direto para México, Estados Unidos e Europa.
Era controlado por Juan Carlos Abadía, preso em agosto, em São Paulo.

O bandido foi apanhado graças a informações levantadas e entregues de bandeja á Polícia Federal pelos “mercenários” dos exércitos privados e pelos agentes da DEA (Drug Enforcement Administration) norte-americana.

Outro identificado

Um dos principais homens a negociar drogas com quadrilhas brasileiras é Javier Chimenes Pavão.

Do Paraguai, onde construiu uma estância com mansões e haras, ele negocia carregamentos de maconha e cocaína com dois grandes grupos.

A quadrilha de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e Ubiratã Brescovith, o Cheiroso, homem do PCC.

Parceria criminosa

Associada à quadrilha de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo, vem tentando montar um cartel de distribuição de drogas e armas com os grupos de traficantes que controlam as favelas do Rio - sejam do Comando Vermelho (CV), ou do Terceiro Comando Puro (TCP) ou Amigos dos Amigos (ADA).

A revelação vazou na CPI do Tráfico de Armas da Câmara dos Deputados, feita pelo delegado Godofredo Bittencourt, diretor do Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic), da Polícia Civil de São Paulo.

O promotor Roberto Porto, do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo, dispõe da gravação de grampos telefônicos autorizados pela Justiça que flagraram conversas de bandidos do PCC com a turma do CV.

Presidente Beira-Mar

O traficante Luiz Fernando da Costa utilizou "brechas" nas regras dos presídios de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná, e de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para comandar os negócios de sua quadrilha da cadeia.

Fernandinho Beira-Mar cadastrou até seis diferentes advogados para visitá-lo num mesmo dia, em Campo Grande. Com isso podia passar ordens e ficar horas fora da cela.

Apesar dessa descoberta, o traficante continuará recebendo seus advogados e também continuará com o direito a ter visitas íntimas.

Pelo menos até que o juiz da Vara de Execuções Penais, de Mato Grosso do Sul, Odilon de Oliveira, receba um pedido de abertura de processo administrativo para que Sua excelência Beira Mar retorne ao Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), ficando pelo menos um mês isolado.

Pobre Justus

A autobiografia do publicitário e apresentador Roberto Justus “Construindo uma Vida - Trajetória Profissional, Negócios e O Aprendiz” é um dos muitos livros lidos por Sua Excelência Luiz Fernando da Costa.

Por semana, Fernandinho Beira-Mar lê pelo menos dois livros, assiste filme, joga futebol, damas e dominó.

A leitura, o esporte e a recreação fazem parte dos programas de ressocialização freqüentados pelo traficante, considerado pelo secretário nacional de Segurança Pública, Antônio Carlos Biscaia, como "irrecuperável".

Quebrar umas pedras, com a bolinha de ferro amarrada na perna, não seria um programa mais terapêutico para o Fernandinho?

Tempo para “trabalhar”

O traficante conversa com advogados às segundas, terças e quintas por uma hora e recebe parentes por três horas na sexta-feira.

São nestes momentos, segundo a PF, que Beira-Mar comandaria o crime.

As segundas e sextas-feiras, Beira-Mar costuma jogar futebol durante o banho de sol.

No banho de sol das terças-feiras, mata o tempo em partidas de damas ou dominó com os outros presos.

Em tempo: Curiosamente, Beira-Mar não joga xadrez. Apenas vive no xadrez.

Democracia desmorallezada

Violentos protestos na noite de sábado e durante todo o dia de ontem deixaram três mortos e cerca de 140 feridos na cidade boliviana de Sucre.

Os conflitos estouraram depois da aprovação da nova Constituição da Bolívia, feita dentro de um quartel da cidade por razões de segurança.

Numa manobra rápida, os deputados do Movimento ao Socialismo (MAS), do presidente Evo Morales, aprovaram o texto geral da nova Carta por aclamação, sem a presença dos parlamentares da oposição.

Eles se recusaram a participar da votação por discordarem da transferência dos trabalhos da Constituinte para as instalações militares.

Fácil, extremamente fácil

Nem houve leitura da Carta Magna boliviana que foi aprovada quase por unanimidade, numa academia militar.

Os constituintes tiveram apenas que erguer os braços em aprovação.

Dos 138 presentes, 136 deram seu voto favorável.

A Constituição boliviana passará agora por uma votação artigo a artigo e em seguida será submetida a um referendo popular.

Por que não o Lula?

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), promete vai conversar com o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, para saber as razões de ele não ter citado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na denúncia sobre a existência do chamado mensalão petista.

Virgílio quer entender porque o procurador-geral poupou Lula, mas detonou o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) na denúncia sobre o valorioduto mineiro.

O tucano argumentou que, nos dois casos, as autoridades afirmaram que desconheciam as operações que foram apontadas como irregulares.

Mas o rigor seletivo do Procurador-Geral apresentou diferenças na hora de denunciar.

Feliz com o Lula

O senador Renan Calheiros ficava feliz como uma criança quando tomava café com o presidente Lula.

Essa é uma das revelações idiotas do livro que a jornalista Mônica Velloso (mãe da filha de Renan) lança nesta quarta-feira.

Nas páginas de "O Poder que Seduz", Mônica afirma que Renan chegou a emagrecer 9 quilos no começo do romance, para agradá-la.

Vai ou não vai?

Para ter todos os votos dos 20 senadores do PMDB na aprovação da CPMF, os governistas serão obrigados a favorecer mais uma vez o presidente licenciado, Renan Calheiros.

Na quarta-feira de manhã, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado se reúne para analisar o projeto de resolução que propõe a cassação do senador alagoano.

Caso seja aprovado, o pedido de degola vai à votação no plenário no dia 5 de dezembro.

Destranca tudo

Num sinal claro da prioridade dada pelos governistas para a prorrogação da CPMF, o presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-AC), marcou para hoje a votação de duas medidas provisórias que estão trancando a pauta.

As duas MPs tratam de benefícios para empresas prejudicadas pela queda do dólar e da criação do Programa Nacional de Dragagem Portuária e Hidroviária.

Sessões deliberativas numa segunda-feira são raras na Câmara, onde ninguém gosta de trabalhar segunda-feira.

O clientelismo é a nossa energia

Funcionários de Furnas denunciam um grave esquema de "aparelhamento político".

O presidente de Furnas, Luiz Paulo Conde propôs a troca de diretores do Real Grandeza, o fundo de pensão da estatal.

Conde foi alçado ao cargo na cota dada ao PMDB – que deseja cada vez mais espaço no governo que, em breve, não será mais dos petistas – mas dos peemedebistas.

A ameaça é a nossa energia

O presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli, adverte que a empresa cortará o fornecimento de gás do Rio caso as termelétricas necessitem do combustível.

A decisão se deu pelo fato de a CEG e o governo do Estado terem ido à Justiça para garantir o fornecimento, ao contrário do que houve em São Paulo.

Até porque a distribuidora paulista, a Congas, pertence á British Gás, que controla o gasoduto Bolívia-Brasil...

Crise do Gás

Nesta sexta-feira, dia 30, das 9h às 13 horas, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro abrirá seu plenário para uma audiência pública sobre a crise do gás e as políticas energéticas

Estão convidadas as autoridades do setor, dstribuidores, varejistas e taxistas.

O evento é iniciativa do vereador Pedro Porfírio.

Cabral promete

Embora já não haja gás natural suficiente para toda a cadeia consumidora e o governo federal insista no desestímulo ao consumo de GNV, empresários do setor no Rio foram convencidos na sexta-feira pelo governador Sérgio Cabral Filho de que a política de incentivo ao uso do combustível está garantida.

Cabral prometeu aos representantes de postos e oficinas convertedoras que o estado manterá a política de incentivo.

Mas Cabral ressalvou que tudo depende de investimentos da Petrobras.

Entregando o ouro negro

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) inicia amanhã em clima de incerteza a 9ª rodada de licitações de áreas para exploração de petróleo.

Cerca de 70 empresas vão disputar 271 lotes.

Para especialistas, a retirada de 41 blocos do pacote, após a descoberta do megacampo de Tupi, e os debates sobre mudanças na lei do petróleo transformaram o leilão no mais conturbado desde o fim do monopólio estatal, há 10 anos.

Eleição complicada

O quorum poderá decidir a reeleição do deputado Ricardo Beizoini à presidência nacional do PT ainda no primeiro turno da eleição petista no dia 2 de dezembro.

Se menos de 40% dos 855.922 filiados aptos a votar comparecerem, a disputa deverá levar Berzoini a enfrentar um dos dois deputados federais: Jilmar Tatto e José Eduardo Martins Cardozo.

Nesse caso, as dificuldades para Berzoini vencer no segundo turno seriam maiores do que o foram em 2005.

Pior hipótese

O pior resultado para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será a escolha do deputado Jilmar Tatto (SP).

Como todos os petistas, Tatto defende a candidatura própria do PT à sucessão de Lula.

A diferença é que exclui outras possibilidades, como a desse candidato sair de um dos outros dez partidos da coalizão de governo.

O Bispo na telona?

Não será surpresa se virar um longa-metragem a biografia autorizada e revelada de Edir Macedo Bezerra, “O Bispo”.

A Record vai lançar, a exemplo do que já tem a Globo, sua empresa cinematográfica.

Já foi escalado para comandar a Record Filmes o ator Márcio Garcia – que é ator/apresentador do programa “O Melhor do Brasil”.

Vou não vou

O novelista Aguinaldo Silva, autor de "Duas caras", garante que não foi demitido da emissora, "com quem mantém laços muito mais profundos do que certas pessoas da baixa mídia imaginam: são 38 anos de parceria e muitos sucessos".

A idéia de me demitir não passou pela cabeça dos dirigentes da emissora. Pois eu pedi férias, apresentei minhas razões e eles, como pessoas generosas que são, entenderam o quanto elas eram fortes e aceitaram o meu pedido".

Agnaldo estaria sofrendo pressões e ameaças de políticos, por causa dos personagens que retrata em sua Duas Caras.

Somos nós que vamos

Em 2008, a meta do Mengão é vencer a Libertadores das Américas.

A torcida do Flamengo bateu ontem mais um recorde de público do Brasileirão, com 82.044 pagantes, na vitória de dois a zero sobre outro rubro-negro, o Atlético Paranaense.

Como o Cruzeiro ajudou, ao perder para o Sport por 1 a 0, o Flamengo conquistou, com uma rodada de antecedência, a sonhada vaga na Taça Libertadores do ano que vem.

Joel Nazareno Santana, Bento 16 vai te canonizar, com certeza, pelo milagre obtido...

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

6 comentários:

Mario disse...

1. Operador brasileiro de Chávez = Marco Aurélio Garcia

2. Não é necessário ser de nenhum serviço de inteligência para saber da parceria Chavez + Irã

3. Se os EUA sabem de tudo isso, por que não fazem nada, diretamente?

Explicações corretas, porém, incompletas: "metade" do Congresso americano está na folha de pagamento de Chavez. Se fazem tanto carnaval por causa do Iraque, o que fariam se Bush atacasse Chavez? Além disso, há uma prioridade: evitar ataques terroristas "dentro de casa", no que estão obtendo sucesso. (Não é nenhum segredo que a Al Qaeda tinha outras ações preparadas para depois de 11.set)

4. "Departamento de Estado americano fez críticas à política de combate ao terrorismo adotada pelo governo brasileiro."

Isto, num documento oficial, porém, sabem que, em verdade, o desgoverno brasileiro é parceiro do terrorismo.

5. Beira-Mar: só um outro brasileiro tem mais mordomias do que Beira-Mar. Além disso, tem outras regalias: não é incomodado pela imprensa para dar explicações incômodas e não precisa "passar pelo risco de cair por estar voando o tempo todo".

6. "(...) o Flamengo conquistou (...)a sonhada vaga na Taça Libertadores do ano que vem."

Táí um sonho que o São Paulo não tem... sempre está lá!

JOSÉ disse...

Serrão, a cada dia você se supera.
Excelente seu artigo.
Pena que a maioria do nosso povo ainda não “acordou”!
Braga

A Língua! disse...

Sou de direita porque ser de direita é andar direito.

Agora quem não quer ter responsibilidade nem consigo e quer se rebelar a tudo que é harmônico, tende a ser de esquerda, quer a inversão de valores de tudo apenas para se divertir com a confusão.

Esquerdismo é sociopatia e tais sociopatas só sentem protegidos quando conseguem obter poder sobre as pessoas de harmonia que respeitam a ordem natural das coisas, e assim fazer sobressair o seu pensamento como regra que venha proteger tais pessoas com desfunções mentais ou de caráter. O vício dessas práticas pode trazer conseqüências negativas imensas já que a pessoa sem controle de caráter não mede os prejuízos em interfirir nos demais como se esses fossem sua propriedade material.

A Língua!
www.alingua.blogspot.com

A Língua! disse...

Burro-Cháves diz: ALCA al carajo.

E eu digo: ALBA Aos babakas!

Rejane disse...

Por que a maioria da mídia Brasileira teima em se omitir a esse respeito?

Omissão é conivência!!!

É caso de Procon!!!

Anônimo disse...

Parabéns pela sua coragem em expor um assunto cuidadosamente encoberto pela mídia. O Brasil agradece.
Tenho repassado seus textos por e-mail para centenas de amigos.