quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Rapidinhas Políticas

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

“Irmão” Obama


Maçons brasileiros comemoram, pela Internet, que o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Hussein Obama II é um Sublime Príncipe do Real Segredo, Grau 32 do Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA), de Obediência pertencente à Maçonaria Prince Hall.

Prince Hall é uma das primeiras Lojas Maçônicas dos EUA surgidas no processo de independência.

O nome é uma homenagem a seu fundador e mestre - um escravo liberto da área de couro, em Boston, que foi uma das mais famosas personalidades durante a Revolução Americana.

Os Arapongas russos agradecem

Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Rússia, Dmitry Medvedev, assinaram nesta quarta-feira acordos bilaterais nas áreas consular, tecnologia e defesa.

Um dos acordos libera de visto cidadãos brasileiros e russos em visita aos dois países.

Assim, os ex-agentes da KGB, que prestam serviços para empresas privadas de segurança no Brasil, poderão ir e vir com facilidade maior que hoje em dia...

A máfia russa, onde estes alguns destes ex-agentes atuam, também agradece pelo acordo.

Candidata é a mãe

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff teve pela primeira vez seu nome lançado para a Presidência da República em pleno Palácio do Planalto, diante de uma audiência de cerca de 900 representantes de movimentos populares.

A mãe do PACo foi chamada de "nossa sucessora" e "nossa futura presidente" por oradores na cerimônia.

Tomada de surpresa, a ministra sorriu e não escondeu a satisfação com a reação da platéia que repetiu seu nome aos gritos, chamando-a de "poderosa".

Dupla citação

O nome de Dilma como futura candidata foi citado duas vezes, merecendo mais aplausos dos presentes, incluindo os ministros Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência) e Guido Mantega (Fazenda), sentados a seu lado.

O nome da ministra surgiu ao final da fala de Cleide Nilva Lima, representante da Coordenação Nacional das Entidades Negras (Conen), uma das várias oradoras do evento:

“Acreditamos que este governo tem cumprido o que veio realizar. Acreditamos que ele precisa dar conta de sair 2010 elegendo nossa sucessora, nossa candidata Dilma Rousseff a presidente”.

Depois, outro representante dos movimentos sociais, Saulo Manoel da Silveira, da União Nacional por Moradia Popular, chamou a ministra de "nossa futura presidente Dilma Rousseff".

Deixa disso?

Dilma tentou minimizar o “lançamento”:

Às vezes acontece. No Palácio não é protocolar”.

Foi o que Dilma alegou, sorridente, enquanto tirava fotos com os presentes.

Lula perdeu

Após Dilma, os ministros Dulci e Mantega discursaram por uma hora cada, dentro da estratégia montada para dar tempo para o presidente Lula voltar de sua viagem a Santa Catarina.

Mas ao chegar a Brasília, para decepção dos presentes, Lula escapou do evento.
Seguiu direto para a Granja do Torto, onde teria um jantar com sindicalistas.

Certamente, fora avisado antes que haviam lançado sua “favorita” em pleno Palácio do Planalto...

O Favorito (dos banqueiros)...

O Presidente Henrique Meirelles foi questionado ontem sobre uma possível pretensão política para 2010, durante o XIV Congresso Nacional de Jovens LIderanças Empresariais, em Goiânia.

Meirelles desconversou e jurou que está focado apenas na economia.

O presidente do BC sonha em se candidatar ao governo de Goiás - estado pelo qual foi eleito em 2002 deputado federal.

Por que os banqueiros vibram?

Henrique Meirelles informou ontem que as reduções de compulsório bancário realizadas pelo Banco Central, somaram R$ 91 bilhões, até 21 de novembro.

Segundo Meirelles, os compulsórios tão criticados no passado se mostraram importantes neste momento de crise de liquidez.

Meirelles informou que só os bancos pequenos e médios usaram R$ 29,5 bilhões do compulsório para não quebrarem.

Além disso, o BC também disponibilizou ao mercado R$ 6 bilhões em liquidez para compra de dólares com compromisso de revenda.

Candidato negado

O delegado Protógenes Queoroz voltou a negar que pretenda entrar para a vida política:

Eu sou candidato à missão que a Polícia Federal me designar”.

Foi o que respondeu ontem o delegado ao ser questionado por jornalistas se a visita aos parlamentares do PSOL seria um sinal de que pretende disputar um cargo eletivo.

Proteção a Dantas

O ex-chefe da Operação Satiagraha da Polícia Federal voltou ontem a criticar o que chamou de "aparato estatal" mobilizado para defender o banqueiro Daniel Dantas.

Segundo Protógenes Queiroz, as críticas a seu trabalho nesta operação se devem ao fato de ter descoberto corrupção nas relações do banqueiro com o Estado.

Para Protógenes, por mais que queiram desmerecer seu trabalho, não houve quem negasse que Daniel Dantas desviou bilhões de dólares.

"Toda a investigação revela uma trama que praticamente contaminou todo o aparato estatal"

Ele deu as declarações no gabinete do senador José Nery (PSOL-PA), onde foi recepcionando como sendo “uma nova liderança política”.

Sarney fora

A candidatura do senador Tião Viana (PT-AC) à presidência do Senado ganhou fôlego com a desistência de seu mais forte opositor.

O senador José Sarney (PMDB- MA) comunicou ao presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), ao líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), e ao principal articulador de sua candidatura - o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que ficará fora da corrida sucessória.

Sarney era apontado como a única alternativa do PMDB que dava segurança ao Planalto, a ponto de a cúpula do partido no Senado contar com a intervenção chefão Lula para convencer Tião Viana a retirar a candidatura, evitando a disputa no plenário.

Ah, meu São Jorge...

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio decide hoje se recebe a denúncia do Ministério Público do Estado contra o deputado estadual Jorge Luiz Hauat, o Jorge Babu (PT).

O deputado é acusado, com mais dez pessoas, de envolvimento em milícias na Zona Oeste do Rio.

O grupo vinha atuando desde o final de 2006 em Campo Grande, Paciência e Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde uma quadrilha armada teria se formado para a prática de vários crimes, entre eles o de extorsão.

Segundo a denúncia, o grupo cobrava de moradores e comerciantes valores semanais para garantir “proteção” e “segurança” nos locais.

Para realizar a cobrança, os acusados, de acordo com o MP, usavam violência.
Único réu que está solto e discípulo de São Jorge, Babu é apontado pelo MP como o chefe da quadrilha, além de promover eventos festivos nos locais dominados por eles.

Garotinhos multados

O casal Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho entraram com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra uma decisão do TRE do Rio.

Ambos foram multados em R$ 21.282 por propaganda eleitoral antecipada.

Além do ex-governador fluminense e da ex-governadora e atual prefeita eleita de Campos de Goytacazes, são acusados Edson Batista, vereador de Campos, e Jorge Santana de Azeredo, suplente de vereador na cidade, além da Rádio Jornal "O Diário Ltda".

Fala (demais), Garotinho...

O TRE aplicou a multa porque, no dia 14 de junho de 2008, Rosinha Garotinho foi entrevistada pelo marido, que conduz o programa de "Fala Garotinho", na rádio Diário FM 100,7.

A corte estadual entendeu que, por não ter convidado formalmente os outros candidatos a prefeito do município, o programa desrespeitou o princípio da isonomia nas eleições.

O vereador e o suplente alegam que foram convidados a participar do programa e que realizaram perguntas à então pré-candidata à prefeitura de Campos.

Nervoso por que?

O advogado Luiz Eduardo Greenhalgh entrou com pedido na Justiça de recolhimento de documentos obtidos pelo jornal O Estado de São Paulo sobre a guerrilha do Araguaia.

Greenhalgh pede a intimação do repórter Leonencio Nossa, da Sucursal de Brasília, para que forneça documentos repassados por militares que participaram dos combates entre as Forças Armadas e militantes do PC do B no Pará, nos anos 1970, sob pena de busca e apreensão na casa dele.

Greenhalgh é autor de um processo movido em 1982 em que pede esclarecimentos sobre a guerrilha.

Pedido negado

O pedido de busca e apreensão na casa do repórter chegou anteontem à tarde à mesa de um juiz para o despacho.

O procurador Rômulo Conrado deu parecer contrário ao pedido do advogado e ex-deputado federal.

Argumentou que o jornalista "não é parte integrante da lide, razão pela qual não pode figurar no pólo passivo do processo".

Contra-terrorismo

Um advogado argentino que representa a família de um militar assassinado por um grupo esquerdista em 1974 pediu a detenção dos líderes cubanos Raúl e Fidel Castro.

O pedido foi por considerar que os Governos de Argentina e Cuba tiveram responsabilidade na atividade guerrilheira dos anos 60 e 70.

Também pediu que seja acusado o ex-presidente da Argentina Héctor Cámpora (1973) e o ex-governador de Buenos Aires Oscar Bidegain por "terrorismo de Estado ao facilitar ações terroristas".

Cortando a própria carne

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem abrir processo penal contra o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo Medina; seu irmão, o advogado Virgílio Medina; o desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª região, José Eduardo Carreira Alvim; o juiz do Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, Ernesto Luz Pinto Dória; e o procurador regional da República João Sérgio Leal Pereira.

O grupo é acusado de participar de um esquema de venda de sentenças para contraventores, bingos e caça-níqueis no Rio.

O caso, investigado pela Operação Hurricane da Polícia Federal, revelou o esquema para beneficiar empresários de jogos de azar envolveu nomes conhecidos como Aniz Abrahão David (Anísio), Ailton Guimarães Jorge (capitão Guimarães), Antonio Petrus Kalil (Turcão) e diversos outros.

O que foi aceito

Paulo Medina responderá pelos crimes de corrupção passiva e prevaricação (ação de servidor público em benefício próprio).

Ele é acusado de vender sentenças judiciais para beneficiar empresários de jogos de azar.

A denúncia por formação de quadrilha foi rejeitada pela maioria dos ministros do Supremo.

Outro alvo

Já Virgílio Medina é acusado de ser o intermediário entre a máfia dos caça-níqueis e o irmão, o ministro afastado do STJ.

Ele responderá por corrupção passiva.

Detalhe: o único a votar contra o recebimento da denúncia contra os dois irmãos foi o ministro Marco Aurélio Mello, que alegou falta de provas.

Outros implicados

Por unanimidade, o STF também decidiu que Carreira Alvim responderá por dois processos por corrupção passiva (já que teria recebido propina em duas ocasiões) e um por formação de quadrilha.

Ernesto Dória, também por unanimidade, será julgado por formação de quadrilha.

João Sérgio Pereira responderá pelo mesmo crime.

Comida desceu mal...

Acusado de desvio de dinheiro, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical, teve a cassação de mandato pedida no Conselho de Ética, durante à tarde e, de noite, foi jantar com o chefão Lula.

O relatório contra Paulinho só não foi votado ontem (e ficou para semana que vem) porque a deputada Solange Amaral (DEM-RJ) pediu vista.

Para que Paulinho seja cassado, são necessários oito dos 15 votos dos membros do Conselho.

Paulinho é acusado pela Operação Santa Teresa, da Polícia Federal, de intermediar a liberação de empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas e prefeituras paulistas.

Batalha política

O Exército Brasileiro estará sendo intimado pelo Ministério Público a dar explicações sobre as transferências sumarias de todos os candidatos militares das ultimas eleições municipais.

A ação acontece graças a uma representação protocolada pelo Capitão Luis Fernando (PR/RS-SECPRDC-001361/2008).

O oficial da ativa, que foi candidato, pode ser punido por sua iniciativa.

Assume, coronel...

O artista Clodovil Hernandez não atendeu o chamado da Record, que pretendia contar com ele no papel de mordomo da "Louca família", especial do Tom Cavalcante.

Já o deputado federal Clodovil Hernandez corre o risco de perder o emprego.
Basta que o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT), cumpra a determinação judicial que pune CLõ por infidelidade partidária.

O coronel Jairo Paes de Lira (PTC), suplente de Clô, está pronto para assumir (a vaga, é claro...) no lugar de Clô.

Jovens bandidos

Dois homens armados e encapuzados invadiram e assaltaram a Paróquia São José Operário, em Santa Rita do Passa Quatro, interior de São Paulo, na noite de da última segunda-feira.

A dupla, que segundo as vítimas aparentavam ter idades entre 18 e 20 anos, levou dois relógios de pulso, um anel de prata, um computador, uma filmadora, câmera digital e cerca de R$ 300 da paróquia.

Os marginais amarraram os pés e as mãos de dois padres e usaram um comprimido, possivelmente sedativo, para evitar que os párocos chamassem a polícia.

Pura barbárie

O assalto a uma residência produziu cenas de barbárie e terror em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

Uma estudante de 25 anos, moradora da casa na Rua Orlando Albuquerque Orlandino, foi violentada e teve um dedo da mão esquerda cortado com uma faca de cozinha pelos bandidos.

Os marginais decidiram cortar o dedo da jovem porque não havia dinheiro na casa.
Socorrida à Unidade Mista de Saúde do Jardim Record, a jovem, segundo a polícia, teve o dedo reimplantado.

Menores?

Um dos bandidos foi preso numa favela próxima e acabou delatando os demais. Dois deles são menores de idade.

Segundo a polícia, foram os dois adolescentes, de 17 e de 16 anos, que cortaram o dedo da estudante.

Os dois maiores de idade são Fabrício Santana, de 21 anos, e Michel Teodoro Machado, de 20 anos.

Justiça pra quem precisa

O promotor Thales Ferri Schoedl foi absolvido por unanimidade pelo Órgão Especial do TJ (Tribunal de Justiça), composto pelos 25 desembargadores mais experientes do tribunal.

Schoedl é acusado de atirar contra os estudantes Diego Mendes Modanez e Felipe Siqueira Cunha de Souza, ambos de 20 anos, matando o primeiro e ferindo gravemente o segundo.

O crime aconteceu na saíde de um luau na praia de Bertioga, em 30 de dezembro de 2004.

Versão conflitante

O promotor foi preso em flagrante pelo delegado de polícia de Bertioga.

O acusado argumentou que foi cercado após uma discussão e que disparou contra o chão, para dispersar os rapazes, que teriam imaginado que as balas eram de festim.

Acuado, então, o promotor alegou que atirou na direção dos jovens.

Entretanto, ao contrário da versão apresentada por Schoedl, testemunhas ouvidas pela polícia disseram que, após passar pelo grupo de jovens, o promotor iniciou uma discussão, por achar que eles olharam para sua namorada.

Em seguida, teria sacado a arma, atirado no chão e depois na direção dos garotos.

PM honesto existe

Um Policial Militar virou herói no bairro Miguel Couto, onde mora, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

O cabo Jorge Couto, do 5º BPM (Praça da Harmonia), que encontrou uma carteira com um cheque de R$ 55 mil e a devolveu à assistente social Vera Lúcia Martins da Silva, 66 anos.

O PM recebeu um presente especial: o reconhecimento do filho, Rafael, de 9 anos, que também quer ser policial.

Espera-se que tenha atitudes honestas, como a do pai...

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Novembro de 2008.

5 comentários:

Anônimo disse...

ADESIVO ANTIGO DO PT

Já que o FILHO DA PUTA não faz nada, vou votar na PUTA.

Anônimo disse...

Com certeza essas representações de movimentos sociais que aplauduram a Ministra, deve receber gordas e generosas ajudas em DINHEIRO DO CONTRIBUINTE, para estarem tão estarem tão intusiasmadas.. Eita paiszinho sem vergonha.

Anônimo disse...

Por que o PSOL quer tornar o Protógenes um político, é no mínimo estranho, porque dai ele pasara a não fazer nada e todos sabem o que acontece com as pessoas quando se elegem.

Anônimo disse...

Contra-terrorismo

Esta faltando o que para fazer isso aqui também no Brasil, que elém de cancelar as volumosas e irregulares pensões e indenizações a terroristas no Brasil, tirá-los também do poder e colocá-los na cadeia.

Anônimo disse...

O pior nessa industria do MENOR, é que nem chamá-los de BANDIDOS, ASSASINOS OU LADRÃO, podemos; criaram até um nome novo para eles, Menor Infrator. É o cúmulo da falta de respeito com o cidadão.